Previsões Oscar 2020 – Vencedores

Amanhã, dia 9 de fevereiro, enfim conheceremos os vencedores do Oscar 2020. Por aqui, como já é tradição, vocês conferem as nossas apostas e palpites quanto aos nomes que serão agraciados com as estatuetas douradas. Lembrando que a 92ª edição do maior e mais importante prêmio da indústria cinematográfica será transmitida ao vivo diretamente do Dolby Theatre, em Hollywood. A cerimônia, assim como no ano passado, não terá um apresentador. No Brasil, você poderá acompanhar a transmissão ao vivo pelo canal por assinatura TNT, a partir das 22h:00 pelo horário de Brasília, e com vários cortes e flashes do Big Brother Brasil na TV aberta, pela Rede Globo. Se eu fosse você, procuraria um livestream ao invés de acompanhar pela emissora dos Marinho. A não ser que Glória Pires ou Susana Vieira sejam chamadas para comentar.

Melhor Filme: 1917
Possibilidade: Parasita
Considerações: Uma possível vitória de Parasita na categoria seria emblemática por diversos motivos. Mas será que a Academia, que adora passar a imagem de modernosa durante a cerimônia, mas continua conservadora na entrega das estatuetas, está preparada para premiar o sul-coreano Parasita? Na dúvida, 1917 leva. É a aposta segura, tradicional de sempre. Não-estrangeira, não-Netflix, não-Tarantino. Até agora, ganhou o Globo de Ouro de Filme Dramático e o BAFTA de Melhor Filme. O longa de Sam Mendes também levou o prêmio do Sindicado dos Produtores, o PGA, considerado um dos termômetros infalíveis do Oscar. Dificilmente o Producers Guild não pauta o prêmio da Academia. Enfim… Ao seu favor, Parasita tem o SAG de Melhor Elenco, mas isso não diz muita coisa. Estou torcendo para errar nessa.

Melhor Diretor: Sam Mendes (1917)
Possibilidade: Bong Joon Ho (Parasita)
Considerações: Mendes venceu o DGA – Prêmio do Sindicato dos Diretores. Também levou o Globo de Ouro, o BAFTA e o Critic’s Choice Awards, dividindo este último com Bong Joon Ho. Outra vez, vou torcer para estar errada.

Melhor Atriz: Renee Zellweger (Judy)
Possibilidade: Ninguém não.
Considerações: Alguém realmente ousa apostar em outro nome que não o de Zellweger? Ela levou praticamente todos os prêmios da temporada, incluindo Globo de Ouro de atriz de drama, SAG, Critic’s Choice e BAFTA. A estatueta é dela e ninguém contesta.

Melhor Ator: Joaquin Phoenix (Coringa)
Possibilidade: Ninguém… Tá, tá bom! Talvez, MUITO TALVEZ, Adam Driver (História de um Casamento)
Considerações: Outra barbada. Phoenix leva o Oscar de Melhor Ator pelo mesmo papel pelo qual o saudoso Heath Ledger foi reconhecido com o prêmio póstumo de Melhor Ator Coadjuvante na cerimônia de 2009. Até agora, o ator levou o Globo de Ouro, o Critic’s Choice, o SAG e o BAFTA.

Melhor Atriz Coadjuvante: Laura Dern (História de um Casamento)
Possibilidade: Scarlett Johansson (Jojo Rabbit)
Considerações: Acredito que Scarlett não tenha a mínima chance de derrubar Laura Dern em Coadjuvante, assim como não tem em Melhor Atriz de derrubar Zellweger. Mas já é uma grande conquista para atriz que sempre foi preterida pela Academia ter sido indicada. E em duas categorias! Eu digo que já é uma grande recompensa e reparação pelos anos em que foi esnobada. De qualquer forma, a coadjuvante de 2019 foi mesmo Laura Dern que, assim como os demais acima, faturou o Globo de Ouro, Critic’s Choice, SAG, BAFTA, Troféu Imprensa, Melhores do Ano do Faustão e Prêmio Fandom 2019 do Twitter. Como está previsível esse Oscar

Melhor Ator Coadjuvante: Brad Pitt (Era Uma Vez em… Hollywood)
Possibilidade: Ah, fala sério! Talvez o Al Pacino (O Irlandês)
Considerações: Mesma coisa: Globo de Ouro, Critic’s Choice, SAG, BAFTA. Mas, enfim, chega a vez do Brad Pitt. Para quem reclamava do DiCaprio que nunca ganhava até ser premiado pelo chatíssimo O Regresso – e quase esquecer a estatueta em um restaurante (o que mostra que os fãs davam uma importância maior ao prêmio do que ele mesmo) – seu parceiro de cena em Era Uma Vez em… Hollywood tem um histórico de esnobadas ainda maior. Isso muda amanhã!

Melhor Roteiro Adaptado: Jojo Rabbit
Possibilidade: Adoráveis Mulheres
Considerações: Adoráveis Mulheres tem o Critic’s Choice e USC Scripter Award (prêmio concedido anualmente pela Universidade do Sul da Califórnia autores e roteiristas). Jojo Rabbit tem o BAFTA e, mais importante, o WGA, prêmio do Sindicato dos Roteiristas. Acho que dá Jojo. Mas minha torcida é pelas Mulherzinhas.

Melhor Roteiro Original: Parasita
Possibilidade: Era Uma Vez em… Hollywood
Considerações: O filme de Taratino tem ao seu favor o Globo de Ouro e o Critic’s Choice. Começou a temporada super bem, a frente nas apostas, não apenas em Roteiro, mas também em Melhor Filme. Foi caindo no decurso da Awards Season e, ao que tudo indica, perde o prêmio para o sensacional Parasita que venceu o BAFTA e o WGA.

Melhor Animação: Toy Story 4 (Disney/Pixar)
Possibilidade: Klaus (Netflix)
Considerações: Klaus superou o quarto capítulo da saga dos brinquedos da Pixar no Annie Award, prêmio concedido às produções em animação, sagrando-se vencedor em 7 categorias, inclusive a principal, de Melhor Longa Animado. Também levou o BAFTA. Em seu favor, no entanto, Toy Story tem o Critic’s Choice, o PGA e o VES Awards (prêmio da Visual Effects Society). Missing Link, que também concorre à categoria, levou o Globo de Ouro (que dificilmente pauta o Oscar) e dois prêmios no VES, mas o favoritismo ainda é de Toy Story. Veremos.

Melhor Filme Estrangeiro: Parasita
Possibilidade: Nem vem, Dor e Glória!
Considerações: Parasita é o favorito supremo, isso é indiscutível. Assim como tenho a certeza de que o sul-coreano será eleito o Melhor Filme Internacional, gostaria de poder dizer seguramente que ele vencerá a estatueta de Melhor Filme, mas há um 1917 e todo um histórico de conservadorismo e tradição (sem intenções de mudança) da Academia no meio do caminho. Parasita levou a melhor nessa mesma categoria no BAFTA, Critic’s Choice, Globo de Ouro e no recente Spirit Awards, além de arrematar o prêmio de Melhor Elenco no SAG como já citado anteriormente. Um cenário extremamente favorável ao longa de Bong Joon Ho.

Melhor Documentário: American Factory
Possibilidade: For Sama / Honeyland
Considerações: Acredito ser um páreo duro entre American Factory, que é o favorito, e For Sama, com Honeyland correndo por fora. O primeiro venceu o DGA e o Spirit Awards, além do Critics’ Choice Documentary Awards em duas categorias: Melhor Documentário Político e Melhor Diretor. Para completar, ainda levou o Gotham, o prêmio do Festival de Sundance, o National Board of Review, os prêmios da crítica de Los Angeles, Oklahoma e Toronto. For Sama levou o BAFTA, venceu em quatro categorias no British Independent Film Awards (Documentário, Diretor, Montagem e Filme Britânico Independente), além de diversos outros prêmios em festivais, como Cannes. Difícil… Mas minha aposta é American Factory.

Design de Produção: Era Uma Vez em… Hollywood
Fotografia: 1917
Montagem: Ford Vs. Ferrari / Possibilidade: Parasita
Figurino: Adoráveis Mulheres
Maquiagem: O Escândalo
Edição de Som: 1917 / Possibilidade: Ford Vs. Ferrari
Mixagem de Som: 1917
Trilha Sonora: Coringa
Canção Original: I’m Gonna Love Me Again (Rocketman)
Efeitos Visuais: 1917 / Possibilidade: Vingadores: Ultimato
Curta-Metragem: The Neighbors’ Window / Possibilidade: Brotherhood
Curta de Animação: Hair Love
Documentário em Curta-Metragem: Learning to Skateboard in a Warzone

Andrizy Bento

Uma consideração sobre “Previsões Oscar 2020 – Vencedores”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s