Arquivo da categoria: Televisão

November Rain – Guns N’ Roses

Você pode até não curtir Guns N’ Roses. Achar que a sonoridade e a estética da banda ficaram datadas, que o som é repetitivo, que o Axl Rose é um lunático pretensioso que afundou o próprio grupo… Mas é inegável que November Rain é um daqueles casos emblemáticos que revolucionou a história e a indústria do videoclipe – esse formato de mídia tão subestimado…

Continuar lendo November Rain – Guns N’ Roses

[Versões e Regravações] Amor, Meu Grande Amor – Angela Ro Ro

Original:

A cantora Angela Ro Ro gravou, em 1979, seu álbum de estreia autointitulado pela gravadora Polygram, tornando-se uma das maiores cantoras de MPB do nosso país. Nesse seu primeiro trabalho, uma das canções de destaque foi a balada Amor Meu Grande Amor, um dos clássicos de sua carreira, escrita por ela em parceria com a letrista e escritora Ana Terra.

Continuar lendo [Versões e Regravações] Amor, Meu Grande Amor – Angela Ro Ro

O Ano em Questão: 2001 – O Começo do Século XXI

2001 foi bem diferente do que Stanley Kubrick imaginou…

Parece que foi ontem que tudo aconteceu, não é? Há exatamente 20 anos o século XXI deu seus primeiros passos, mas com algum vestígio remanescente do século XX. 

Antes que reclamem, a Casa dos Artistas já foi relembrada por aqui, assim como a terceira edição do festival Rock in Rio.

Nessa época, ter um computador em casa era um sonho distante para a maioria e quem tinha, usava rede discada. A internet banda larga ainda não existia. Linha de telefone? Já tínhamos em casa, mas celular ainda era para poucos. As TVs por assinatura já começavam a ganhar as massas, porém ainda não haviam chegado à minha casa (só em 2002) e eu estava cansado da falta de diversidade na TV aberta. 

Sem mais delongas, vamos relembrar 2001.

Continuar lendo O Ano em Questão: 2001 – O Começo do Século XXI

Vencedores do SAG Awards 2021

Sem grande alarde e sem muita chance de pautar o Oscar, a cerimônia de entrega do Screen Actors Guild Awards, prêmio anual concedido pelo Sindicato dos Atores de Hollywood, foi realizada ontem, em plena Páscoa, de maneira virtual, já pré-gravada, com duração de apenas uma hora e sem transmissão simultânea na TV fechada por aqui, como normalmente acontece e como fora noticiado erroneamente no post sobre os indicados.

Nas categorias cinematográficas, destaque para A Voz Suprema do Blues, consagrando Viola Davis como a Melhor Atriz do ano segundo o sindicato, e vitória póstuma de Chadwick Boseman em Melhor Ator. O já altamente premiado Daniel Kaluuya, levou de Melhor Ator Coadjuvante por Judas e o Messias Negro e a excelente Youn Yuh-Jung conquistou a estatueta de Melhor Atriz Coadjuvante por Minari – merecidíssimo! Os 7 de Chicago foi o vencedor do principal prêmio da noite, de Melhor Elenco. O casting é realmente a força motriz do longa e a conquista garantiu um boost para o Oscar, mas não parece despontar como ameaça suficiente ao franco favorito Nomadland que, no SAG, foi lembrado apenas na categoria de Melhor Atriz, com a indicação de Frances McDormand. Portanto, a vitória no SAG não deve pavimentar o caminho para a consagração de Os 7 no prêmio da Academia.

Sem surpresas nas categorias televisivas, com The Crown arrematando a estatueta de Melhor Elenco em Série Dramática, Schitt’s Creek faturando em Melhor Elenco em Série de Comédia e a fabulosa Anya Taylor-Joy levando o prêmio de Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme por O Gambito da Rainha – mais um para a sua coleção.

Abaixo, você confere a lista completa dos vencedores da 27ª edição do SAG Awards: Continuar lendo Vencedores do SAG Awards 2021

Comando Estelar Flashman

Após falar de Jaspion e Changeman, é hora de ceder espaço para outro tokusatsu que também está no coração dos brasileiros. Neste mês, Flashman está celebrando 35 anos no Japão.

Devido ao sucesso das duas produções citadas acima, o senhor Toshi Egashira percebeu que o tokusatsu era viável no Brasil e trouxe mais um para a sua Everest Video. Flashman é o décimo da franquia Super Sentai e produzido pela Toei Company. Seu nome oficial é Choushinsei Flashman que, em português, significa Supernova Flashman. Sua exibição no Japão, originalmente, deu-se entre 1º de março de 1986 e 21 de fevereiro de 1987 na TV Asahi. No Brasil, foi rebatizado de Comando Estelar Flashman, dublado pela Álamo e estreou no dia 6 de março de 1989, no programa Clube da Criança da extinta TV Manchete. Continuar lendo Comando Estelar Flashman

Indicados ao Oscar 2021

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood finalmente anunciou os indicados ao Oscar 2021, em uma temporada de prêmios atípica, em que todo o calendário de premiações sofreu alterações e adiamentos em virtude da pandemia. O casal Priyanka Chopra e Nick Jonas foram os encarregados da divulgação dos nomeados às 23 categorias, na manhã desta segunda-feira, dia 15.

Confira:

Uma das consequências da pandemia, foi o fechamento por tempo indeterminado de cinemas. Muitos dos grandes títulos que poderiam ter chances nessa temporada de prêmios tiveram seus lançamentos postergados. Até mesmo a cerimônia de entrega dos Oscars foi adiada de modo a alongar o prazo de elegibilidade dos longas, visando a nomeação dos tão aguardados lançamentos hollywoodianos, que acabaram não entrando em cartaz. Resultado: assim, meio sem querer, o cinema indie tomou de assalto as listas de indicados de importantes premiações. E, diferentemente de anos anteriores, há mais diversidades nas categorias, especialmente as de atuação.

Dentre as nomeações, a surpresa ficou por conta do diretor dinamarquês Thomas Vinterberg, indicado em Melhor Direção por Another Round, que também concorre na categoria de Melhor Filme Internacional, sendo um dos favoritos ao prêmio. Deste modo, Aaron Sorkin de Os 7 de Chicago e Regina King de Uma Noite em Miami ficaram de fora da disputa. Bom no caso de Sorkin, pois como diretor, ele é um excelente argumentista. Triste no caso de King, pois perdemos a chance de ter três mulheres indicadas em Direção. Falando em Uma Noite…, o longa ainda foi solenemente esnobado na categoria Melhor Filme. Outro ignorado foi o reverente Relatos do Mundo, que disputa apenas em Trilha Sonora e em categorias técnicas – fotografia e mixagem de som. Judas e O Messias Negro, além de conquistar uma vaga entre os melhores filmes, ainda teve dois de seus atores indicados à categoria de Melhor Ator Coadjuvante e disputa outros três prêmios: Roteiro Original, Canção e Fotografia.

Mas é Mank que lidera as indicações, concorrendo em dez categorias, incluindo a principal de Melhor Filme. Na sequência, está o belo Nomadland, com sete indicações, e Minari (maravilhoso!), Meu Pai, Os 7 de Chicago, O Som do Silêncio e Judas e o Messias Negro disputando 6 prêmios.

Sobre as minhas apostas: meu resultado foi mediano desta vez. Na categoria de Melhor Filme, acertei todos os oito indicados, mas a validade do meu palpite é contestada devido ao fato de eu ter apostado em dez filmes e a categoria contar apenas com oito títulos desta vez. Fui precisa nas categorias de Melhor Atriz, Ator, Atriz Coadjuvante e, pasmem, Animação – aquela que eu nunca faço questão, por não gostar muito e nem ter paciência para animações (salvo raras exceções). Podem me chamar de chata, eu deixo.

Em Melhor Ator Coadjuvante, acertei 4 dos 5 nomes que disputam o prêmio e em Direção, Roteiro Adaptado, Roteiro Original, Filme Internacional e Documentário, fui parcialmente feliz, tendo um total de apenas três acertos em cada uma delas. Em Direção, acertei na possibilidade, já que Emerald Fennell foi indicada por Bela Vingança (aliás, assisti ontem. Ótimo filme, vejam!). Mesmo caso de Roteiro Original, com Judas e O Messias Negro. Já Roteiro Adaptado, foram duas possibilidades certeiras.

A 93ª edição do mais tradicional prêmio da indústria cinematográfica está marcada para 25 de abril (originalmente, seria 28 de fevereiro) e contará com transmissão simultânea para inúmeros países, incluindo o Brasil, que exibe a premiação com exclusividade pelo canal a cabo TNT. De acordo com a organização do evento, a cerimônia de entrega das estatuetas será presencial, mas realizada e transmitida de diversos lugares, com apresentadores em pontos distintos para evitar aglomerações.

Abaixo, você confere a relação de indicados ao Oscar 2021.

Continuar lendo Indicados ao Oscar 2021