Arquivo da tag: Documentário

Mangá-Documentário: Virgem Depois dos 30

Embora eu seja uma curiosa e entusiasta da cultura japonesa e consuma obras vindas da terra do sol nascente – como mangás, animes, filmes e mais recentemente livros – tenho zero propriedade para falar de aspectos de sua cultura, tem muita coisa que ainda não consegui assimilar. Portanto, não sei como os japoneses abordam a questão dos gatilhos emocionais e como estes funcionam; e nem qual é a verdadeira dimensão do impacto que a falta de contato íntimo tem na população do país. Portanto, tive de confiar na palavra do autor enquanto lia.

Falo dos gatilhos, pois Virgem Depois dos 30 traz um alto teor de violência, tanto gráfica quanto narrativa, tanto física quanto psicológica. Trata-se de uma obra intensa, agressiva, hardcore, destituída de leveza e sutileza. Continuar lendo Mangá-Documentário: Virgem Depois dos 30

Bons Filmes em Agosto (2020)

Vários clássicos para diferentes gostos (Love Story, Instinto Selvagem, Fuga de Alcatraz) e algumas sessões da tarde nostálgicas (Loucademia de Polícia 2: A Primeira Missão, Good Burger) entram em cartaz nas plataformas de streaming neste mês de agosto. Se vocês querem meu conselho, o nacional Casa Grande e o terror O Farol são as minhas dicas pessoais. Ainda neste mês, se ainda não viu, terá a oportunidade de conferir o vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, Jojo Rabbit, tanto via streaming quanto na televisão por assinatura. E está todo mundo querendo saber qual é a de Power, original da Netflix, que traz Rodrigo Santoro no elenco. Confira abaixo as opções de filmes já disponíveis e outros com lançamento agendados para agosto nas principais plataformas de streaming. E para os não assinantes, há a alternativa de comprar ou alugar os filmes em plataformas de distribuição digital, ou ainda conferir na tela da TV. Divirtam-se!
Continuar lendo Bons Filmes em Agosto (2020)

Conversando com um Serial Killer: Ted Bundy

A Netflix investe fortemente na linha de documentários e uma de suas últimas aquisições para o catálogo foi a série documental Conversando com um Serial Killer: Ted Bundy. Para quem não quem conhece a figura, ele é um dos maiores estupradores e assassinos seriais que aterrorizaram os anos 1970, nos Estados Unidos. Bundy era cheio de peculiaridades. Branco, bonito e estudante de Direito. Mantinha um emprego voluntário em uma ONG, prestando apoio emocional a pessoas deprimidas. Tinha como principal arma o seu próprio charme. Seduziu e matou uma quantidade expressiva de mulheres – jamais se chegou a um número definido de assassinatos praticados por ele. Continuar lendo Conversando com um Serial Killer: Ted Bundy

The Keepers

Após o sucesso estrondoso e o impacto causado por Making a Murderer, a Netflix aposta novemante no gênero documental. E, caros amigos, novamente um extraordinário acerto. Pode ser que a série trate de um assassinato acontecido em 1969, mas ela não se restringe apenas a isso. A história envolve homicídio,   abuso sexual,  e o impacto causado por uma professora em suas alunas que, quase cinquenta anos depois, se unem  para encontrar a resposta definitiva  para a pergunta que as atormenta: Quem matou Cathy Cesnik? Continuar lendo The Keepers

Aconteceu, Virou Manchete

capa rede manchete

Tenho apenas boas lembranças da Rede Manchete de Televisão. Pensar em Rede Manchete, é pensar na minha infância, bem como MTV é sinônimo de memórias da adolescência. E, hoje, é muito triste ligar a televisão e saber que não posso mais sintonizar nenhum desses dois canais. Não são apenas emissoras que desapareceram da nossa telinha; é toda uma história que ficou para trás, memórias de um tempo que, definitivamente, se foi. Ver os registros em vídeo no youtube não é a mesma coisa. Não passa nem perto de transmitir a mesma sensação. É apenas lamentável.

Continuar lendo Aconteceu, Virou Manchete