Arquivo da tag: Mangá

Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Janeiro (2019)

Para os entusiastas e leitores ávidos de mangás, vários lançamentos prometem fisgá-los neste mês que inaugura 2019. Tem novos volumes de Pokémon Gold & SilverDr. Slump, Black Butler, The Irregular at Magic High School, Tokyo Ghoul: Re, Your Lie In April, Vagabond, Lobo Solitário, Naruto e muitos outros. Para os fãs do Investigador do Pesadelo, as novidades ficam por conta de Dylan Dog: Nova Série 2 e Dylan Dog: O Guardião da Memória. Aqueles que, como eu, curtem o trabalho do genial Mike Mignola e sua mais preciosa criação, Hellboy, podem se deliciar com uma nova Edição Histórica do personagem, que reúne as clássicas O Vigarista e A Capela de Moloch (a pedido dos próprios fãs). A tradicional turma do limoeiro marca presença com novas edições de Turma da Mônica Jovem e a Coleção Um Tema Só. Para completar, Riad Sattouf presenteia os leitores com a aclamada O Árabe do Futuro 2: Uma Juventude no Oriente Médio – 1984-1985. Confira abaixo capas e sinopses destes e outros lançamentos em quadrinhos do mês de janeiro:

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Janeiro (2019)

Favoritos 2018 – HQs

Este foi um ano de excelentes páginas e incríveis narrativas em quadrinhos. Abaixo, estão as nossas escolhas de melhores lançamentos da nona arte, além de outros que não fizeram nossa cabeça. Ficamos aqui torcendo para que 2019 nos proporcione tantos bons títulos em quadrinhos quanto 2018.

Continuar lendo Favoritos 2018 – HQs

Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Dezembro (2018)

Enxurrada de lançamentos de quadrinhos no mês que encerra 2018! Em seu volume 6, centrado na inspetora Akane Tsunemori, a série Psycho-Pass caminha para seu impactante final. A Coleção Histórica Marvel apresenta mais das clássicas aventuras do Hulk e do Mestre do Kung Fu. Falando em Marvel, a Panini – responsável pelos títulos marvéticos aqui no Brasil – ainda traz o volume 4 da saga Inferno dos X-Men. A editora também promete um presente especial de natal para os fãs de Mickey Mouse: um álbum ilustrado em comemoração aos 90 anos do rato mais famoso do mundo. Para os fãs do gato detetive antropomórfico, tem nova aventura de Blacksad chegando por aí, pela SESI-SP. A editora Draco vem com três lançamentos imperdíveis, entre eles o soturno Delirium Tremens de Edgar Allan Poe que reúne uma galera de peso dos quadrinhos nacionais para celebrar os 210 anos do mestre da melancolia, com histórias inéditas carregadas de mistério e horror mórbido. A Marsupial lança o primeiro volume de Meninos e Dragões. A badalada Citrus chega aqui pela NewPOP, editora especializada em mangás. Tem três novas edições de Fullmetal Alchemist para a alegria dos fãs do shōnen que sai pela JBC, outra gigante do mercado de mangás. A Pipoca e Nanquim lança uma edição de luxo do aclamado O Relatório de Brodeck em um volume único. Pra fechar, a Mythos lança mais histórias do Investigador do Pesadelo, Dylan Dog e e do Detetive do Impossível, Martin Mystère.

E vocês, quais quadrinhos dessa imensa lista vão acrescentar às suas estantes nesse natal? Se está em dúvida, leia mais sobre os lançamentos logo abaixo antes de decidir suas aquisições de fim de ano. Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Dezembro (2018)

Nas prateleiras: Lançamentos de HQs – Novembro (2018)

Para quem curte os clássicos, O Essencial de Calvin e Haroldo: Uma Coletânea Especial Álbum Mickey 90 Anos são ótimas pedidas. Especialmente para os mais nostálgicos. Os fãs de Jessica Jones e do quadrinista Brian Michael Bendis tem dois motivos para comemorar. Chega, neste mês, às livrarias e lojas especializadas em HQs, o terceiro volume de Alias: A Vida Secreta de Jessica JonesBreganejo Blues é um título nacional com uma premissa promissora. Outros destaques ficam por conta de Hellboy: Krampusnacht do mestre Mike Mignola; o primeiro volume de Umbrella Academy escrito por Gerard Way (esse mesmo que você está pensando) e ilustrada pelo sensacional Gabriel Bá; e Lumberjanes que promete fazer barulho também na telinha. Dá uma olhada nas capas e sinopses dos mangás, quadrinhos e graphic novels que compõem a lista de lançamentos do mês: Continuar lendo Nas prateleiras: Lançamentos de HQs – Novembro (2018)

Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Outubro (2018)

Como Uma Luva de Veludo Moldada em Ferro é o novo lançamento de Daniel Clowes, autor do sensacional Paciência. Brian Azzarello, de 100 Balas e A Piada Mortal, vem com  o segundo livro de Flinch: Horror E Desespero. Marvetes de plantão, se preparem para mais edições da Coleção Histórica Marvel, estreladas por Hulk e Wolverine. Fãs de Preacher, uni-vos! Preacher – Histórias Antigas reúne, em 228 páginas, diversas histórias protagonizadas por alguns dos mais bizarros e brilhantes coadjuvantes de Jesse Custer. E o volume 2 do premiado A Voz do Silêncio, uma tocante história sobre bullying é outro destaque do mês. Confira esses e outros lançamentos de HQs de outubro:

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Outubro (2018)

Bienal de Quadrinhos de Curitiba 2018

As cinzas em que se converteu o Museu Nacional do Rio de Janeiro suscitaram mais uma vez, pelas redes sociais, a discussão acerca do descaso e desleixo para com a cultura no Brasil. Infelizmente, esse trágico e lamentável episódio é somente a ponta do iceberg.

Acredito que a cultura, bem como o esporte, pode ter um efeito transformador na vida de muitas crianças e adolescentes que não dispõem de privilégios e recursos. Ao expressar-se artisticamente, eles transformam o sonho em realidade, e são capazes de evitar caminhos sombrios.

Cultura deveria andar de mãos dadas com a educação. Deveriam ser elementos intrínsecos. “A educação é a base de tudo”, você já deve ter ouvido essa frase milhares de vezes por aí. Investindo em mais educação, na reforma e construção de mais escolas, oferecendo salários mais dignos para professores e fomentando o aprendizado constante e a vontade de educar, estaríamos trilhando certamente um caminho mais seguro. Ao invés de cultivar a cultura da punição, estaríamos incentivando a cultura da prevenção, pensando em um futuro melhor para as crianças.

Mas é mais do que óbvio que educação não é prioridade no país. Tampouco cultura. Um povo letrado e instruído desenvolveria senso crítico, o que poderia ser uma poderosa arma contra governantes picaretas e corruptos. Um país bem educado está longe, muito longe, de representar uma prioridade, pois não traz aos poderosos nenhuma vantagem. Quanto menos instrução, menor é o risco de o povo começar a ponderar, a refletir. Quanto mais iletrado, mais fácil de ser manipulado.

Mas, Andrizy, o que isso tem a ver com a Bienal de Quadrinhos?

Continuar lendo Bienal de Quadrinhos de Curitiba 2018