Formiga Atômica

Lá vem a triônica, a Formiga Atômica!

Esse era o memorável bordão que o minúsculo herói, Formiga Atômica (Atom Ant), gritava quando se preparava  para entrar em ação.

Três anos após o trio Stan Lee, Larry Lieber e Jack Kirby ter criado o herói Homem Formiga para os quadrinhos da Marvel Comics, outra produtora de entretenimento, a Hanna-Barbera, também utilizou a figura desse mesmo inseto para desenvolver seu primeiro super-herói, mas, dessa vez, era uma formiga de verdade, sendo o personagem mais um dos vários animais antropomórficos criados pelo estúdio. A série animada da Formiga Atômica estreou nos Estados Unidos no dia 2 de outubro de 1965 pela emissora NBC, com uma temporada de 26 episódios.

Em uma base secreta dentro de um formigueiro próximo à cidade, vive a Formiga Atômica que, através suas antenas, detecta sinais de que existe algum perigo à vista. Por meio de seu mainframe, ele recebe uma mensagem do chefe de polícia, alertando da missão a ser cumprida. Aliás, a formiga passava tanta segurança para a cidade, que praticamente não haviam policiais na cidade – exceto pelo citado chefe de polícia e seu ajudante, que possuíam apenas uma viatura.

Ao receber o chamado, não hesita em sair correndo e gritando seu clássico bordão. Seus poderes consistem em uma força descomunal, supervelocidade, além da habilidade de voar. Mesmo com o tamanho diminuto, a Formiga Atômica mostrava que poderia chegar a ser o maior herói do planeta. Ao perceber que sua força se esgotava, voltava rapidamente para o formigueiro levantar seus halteres para se recarregar e, então, poder cumprir sua missão. Em cada episódio, o desafio do nosso herói era enfrentar algum vilão, com dois deles sendo recorrentes na série, que eram Ferocious Flea e o Professor Von Gimmick.

Depois do fim da série animada, pudemos conferir outras participações da Formiga Atômica em alguns desenhos protagonizados pelo Zé Colmeia ao lado de outros personagens da HB. O personagem também deveria ter feito parte da equipe Dabba Doozys do desenho Ho-Ho-Límpicos, mas como a ideia de uma quarta equipe foi descartada, a Formiga e outros personagens acabaram de fora da série.

Também participou de dois longas-metragens do Scooby-Doo, como A Máscara do Falcão Azul e Scooby Apocalypse nos créditos finais, sendo recrutada como um dos novos membros pelo Falcão Azul para a sua equipe de heróis, a Falcon Force. Ainda falando em Scooby-Doo, a personagem também participou do episódio Roller Ghoster Ride da série O Que Há de Novo, Scooby-Doo?. Não podemos esquecer que a formiguinha foi réu na série Harvey, o Advogado, sendo defendida pelo próprio no episódio Incredible Hippo. Atualmente, marcou presença em Jellystone, série original da HBO Max.

No Brasil, estreou na década de 1970 na Rede Globo, sendo transmitida pela emissora até o início da década seguinte, quando teve uma breve passagem pela Record, e depois pela Bandeirantes. Já nos anos 1990, foi exibido pelo SBT e passou por canais de TV por assinatura, como Cartoon Network, Boomerang e atualmente pode ser visto tanto no Tooncast como na Rede Brasil.

Adryz Herven

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s