Arquivo da categoria: Literatura

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Janeiro (2022)

Olá! Feliz 2022 a todos os fieis leitores do Bloggallerya.

Conforme mencionado no post que encerrou as atividades de 2021 do site, a resenha crítica de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, esse espaço irá passar por algumas mudanças e reformulações; de modo que será focado mais em artigos atemporais do que publicações factuais (o que, convenhamos, nunca foi nosso forte). Os lançamentos de livros, HQs e filmes permanecem, resenhas de filmes mais recentes também.  Posts relacionados a premiações saem de cena… Eu já havia dito, em algum post anterior, que a cobertura da Awards Season de 2020 seria a última, mas decidi encerrar esse capítulo na história do Bloggallerya no ano em que o site completou dez anos de existência. Não foi lá uma grande ideia, visto que o Oscar do ano passado teve uma de suas piores, se não a pior, edição de todos os tempos… Foi osso de assistir.  Mas nem só por conta do notório declínio da qualidade da premiação que decidimos não mais acompanhar a Awards Season. Outro fator que pesou nessa decisão, foi a vida e nossas atribuições off-line, de modo que não podemos continuar com esse compromisso.

Por outro lado, iremos continuar providenciando conteúdo de qualidade para vocês, com muita informação e, também, muita nostalgia. Sem mais delongas, vamos para o primeiro post de lançamentos de 2022. Janeiro traz: Missão Romance, segundo volume do Clube do Livro dos Homens de Lyssa Kay Adams, lançamento da Arqueiro; a estreia literária de Danya Kukafka com A Garota na Neve, destaque da HarperCollins; baseado em fatos, Rosas Esquecidas de Martha Hall Kelly é publicado no Brasil pela Intrínseca; e, para completar, a Rocco disponibiliza o promissor Os Espectadores de Jennifer duBois e um box imperdível contendo os três primeiros romances da série Crônicas Vampirescas da celebrada autora americana Anne Rice, que nos deixou em dezembro do ano passado.

Abaixo, você confere capas e sinopses dos principais lançamentos literários do mês que abre 2022.  As obras sucedidas por um asterisco (*) são aquelas que irão integrar nossa biblioteca particular do Bloggallerya. Lembrando que, qualquer alteração no mês de lançamento dos títulos, é de responsabilidade única e exclusiva das editoras nacionais.

Bom ano e boas leituras!

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Janeiro (2022)

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Dezembro (2021)

Em dezembro, a editora Carambaia traz um testemunho contundente do Holocausto em Auschwitz e Depois de Charlotte Delbo. Já para os fãs de romances adultos, a editora Charme lança Alguém Para Abraçar de Mary Balogh, Sempre Foi Você de Aline Sant’ana e Rock Bottom de R. K. Lilley. A caveirinha pergunta: “E se a pessoa que te colocou no mundo e que você tanto ama fosse um assassino serial?”, publicação da Darkside Books, BTK: Meu Pai, assinado por Kerri Rawson, é descrito como um corajoso livro de memórias. Para os colecionadores, a Excelsior lança Kit: A incrível Jane Austen em edição de luxo e, pela Via Leitura, sai uma edição especial contendo os clássicos Pollyanna e Pollyanna Moça de Eleanor H. Porter. E a Intrínseca publica, aqui no Brasil, o livro vencedor do Booker Prize, A História de Shuggie Bain de Douglas Stuart. Confira abaixo capas e sinopses dos principais lançamentos literários do mês que fecha 2021. Lembrando que alterações quanto ao mês de publicação das obras abaixo são de responsabilidade das editoras nacionais. Os títulos sucedidos por asterisco (*) são aqueles que irão integrar a biblioteca particular do Bloggallerya. Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Dezembro (2021)

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Novembro (2021)

Novembro traz vários lançamentos literários imperdíveis. Para os fãs de Outlander, a Arqueiro apresenta O Círculo das Sete Pedras, uma coletânea de sete histórias curtas e independentes que expandem o inventivo universo concebido por Diana Gabaldon. A mesma editora ainda publica o sétimo volume da série Os Ravenels da autora Lisa Kleypas, intitulado Uma Tentação Perigosa. Pela Astral Cultural, sai o romance engajado Queenie de Candice Carty-Williams. O destaque da Comix Zone é O Demônio de Frankfurt, assinado pelo ícone da literatura marginal Ferréz, com ilustrações de Lourenço Mutarelli.

Darksiders, vão reservando um espaço considerável na estante para abrigar os novos lançamentos da caveirinha! Para este mês, a editora promete Hell House: A Casa do Inferno de Richard Matheson, Rastro de Sangue: Holmes, o Maligno: 4 de Kerri Maniscalco, Grimório Oculto de John Michael Greer, Elementais de Michael McDowell, Amityville de Jay Anson, Halloween: O Legado de Michael Myers de Dustin McNeill e Travis Mullins, H.P. Lovecraft: Medo Clássico Volume 2 (com duas capas distintas) de H.P. Lovecraft e Virgil Finlay e o promissor O Ano das Bruxas de Alexis Henderson.

Atirem Direto no Meu Coração, livro de estreia da jornalista Ilze Scamparini é publicado pela HarperCollins. A autora Alyssa Cole aborda racismo e tensões sociais no thriller Quando Ninguém Está Olhando, destaque da Intrínseca. Falando nisso, A Planeta Minotauro lança aquele que, segundo o The New York Times, é dos melhores thrillers do ano: O Paciente de Jasper DeWitt. E pela Universo dos Livros, sai Intensa, novo livro da autora best-seller de Estilhaça-me, Tahereh Mafi.

Confira abaixo capas e sinopses dos principais lançamentos literários do mês de novembro. Lembrando que possíveis alterações quanto ao mês de lançamento das obras abaixo são de responsabilidade única e exclusiva das editoras nacionais. Os títulos marcados com um asterisco (*) são aqueles que irão integrar a nossa biblioteca particular do Bloggallerya.

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Novembro (2021)

Feliz Dia dos Mortos (2021)

Celebrado no dia 2 de novembro em tributo aos falecidos, o Dia dos Mortos (ou Día de Los Muertos, no original, em espanhol) tem origem indígena e é considerado o feriado mais popular e tradicional do México. As festividades ocorrem do dia 31 de outubro (quando é comemorado o Halloween nos Estados Unidos) a 2 de novembro e, reza a lenda, é exatamente no segundo dia do mês que as almas têm permissão para visitar os familiares vivos. Aqui no Brasil, no entanto, chamado de Dia de Finados ou, com menos frequência, Dia dos Fiéis Defuntos, o dia 2 de novembro é um feriado católico e sem festividades. É um dia de orar pelos falecidos e visitar os sepulcros dos entes queridos que já partiram dessa para… sabe-se lá onde.

Aqui no Bloggallerya, assim como no ano passado, resolvemos aproveitar a data para indicar algumas obras interessantes que versam sobre a morte e o luto. Continuar lendo Feliz Dia dos Mortos (2021)

Duna

“Não terei medo. O medo mata a mente. O medo é a pequena morte que leva à aniquilação total. Enfrentarei meu medo.”

Obra seminal e clássico incontestável da literatura fantástica e de ficção científica, Duna foi considerado, por muito tempo, inadaptável. E esse mito em torno da obra de Frank Herbert perdurou e se fortaleceu diante das tentativas fracassadas de levá-lo ao cinema. Primeiro com o chileno Alejandro Jodorowsky, em 1975, cuja adaptação jamais chegou a sair efetivamente do papel, e permanece sendo o longa dos sonhos de muitos geeks e o melhor filme jamais realizado (se você, fã de Duna, não viu o documentário Duna de Jodorowsky, lançado em 2013, e que discute a pré-produção do audacioso projeto, não perca tempo e assista! É fantástico). Posteriormente, em 1984, o cultuado David Lynch o levou às telas, em um filme renegado pelo próprio diretor americano, mas que ganhou ares de trash cult. Compreendo que a experiência de filmar Duna não foi das melhores para Lynch devido às interferências do estúdio, mas considero sua posição bastante radical. Ele fez o que podia com recursos limitados e mesmo diante da falta de autonomia durante a execução do longa, o resultado não é tão ruim quanto clamam por aí.

Por fim, quase quarenta anos depois da adaptação de Lynch, chega aos cinemas (após diversos adiamentos por conta da pandemia), a nova versão de Duna. E coube ao cineasta Denis Villeneuve a tarefa de traduzir para o grande ecrã a obra de Herbert que inspirou, dentre outras obras, nada menos do que Star Wars Continuar lendo Duna

Notas Sobre o Luto – Chimamanda Ngozi Adichie

Tornou-se assustadoramente comum abrirmos o facebook e nos depararmos com notas de luto nestes tempos de pandemia. Portanto, o novo livro de Chimamanda Ngozi Adichie, Notas Sobre o Luto, surge no momento ideal. A escritora nigeriana traduziu a experiência e o sentimento de maneira precisa e poderosa.

Foi por meio de uma chamada de zoom, durante o início do lockdown no ano passado, que a escritora recebeu a notícia de que seu pai havia falecido. Chimamanda recebeu a notícia como muitos de nós receberíamos a notícia da perda de um ente querido: primeiro com descrédito, depois sentiu revolta, entrou em desespero e, por fim, sentiu-se devastada, aos pedaços. Lidar com luto nunca foi fácil, falo por experiência própria. Já lidei algumas vezes com isso nos últimos anos. Porém, nestes tempos em que vivemos, a dor parece ainda mais insuportável diante da certeza de que aqueles responsáveis por gerenciar crises estivessem lidando com o problema de maneira mais responsável, não estaríamos passando por todas essas perdas. 

Continuar lendo Notas Sobre o Luto – Chimamanda Ngozi Adichie