Arquivo da tag: Eventos

Indicados ao Eisner Awards 2021

A Image Comics lidera a lista de indicações do Eisner Awards 2021, premiação máxima da indústria dos quadrinhos, concorrendo em 32 categorias. A editora tem nomes como Ed Brubaker e Jeff Lemire representando suas publicações (entre elas, Pulp e Gideon Falls), em disputa por prêmios como Melhor Série Contínua, Melhor Minissérie e Melhor Roteirista. Outra que conquistou um expressivo número de nomeações, 19 ao todo, é a DC Comics. A editora, por meio do selo DC Black Label, concorre, dentre outras categorias, a Melhor Minissérie e Melhor Artista ou Equipe de Artistas por Strange Adventures, do celebrado  Tom King em parceria com os ilustradores Mitch Gerads Evan “Doc” Shaner. Bowie: Stardust, Rayguns & Moonage Daydreams, graphic novel que narra a ascensão e os percalços na carreira de um dos nossos músicos favoritos, David Bowie, disputa três prêmios: Melhor Artista, Melhor Colorista e Melhor Letrista.

Os indicados à premiação foram anunciados na última quarta-feira, dia 9, por meio do site da San Diego Comic Con. A entrega dos Prêmios Eisner é realizada tradicionalmente durante esse que é o mais famoso e pioneiro dos eventos geeks pelo mundo. Este ano, os vencedores do Eisner serão revelados em 23 de julho, data oficial da edição 2021 da SDCC.

Abaixo, você confere os indicados ao Eisner Awards 2021: Continuar lendo Indicados ao Eisner Awards 2021

O Ano em Questão: 2001 – O Começo do Século XXI

2001 foi bem diferente do que Stanley Kubrick imaginou…

Parece que foi ontem que tudo aconteceu, não é? Há exatamente 20 anos o século XXI deu seus primeiros passos, mas com algum vestígio remanescente do século XX. 

Antes que reclamem, a Casa dos Artistas já foi relembrada por aqui, assim como a terceira edição do festival Rock in Rio.

Nessa época, ter um computador em casa era um sonho distante para a maioria e quem tinha, usava rede discada. A internet banda larga ainda não existia. Linha de telefone? Já tínhamos em casa, mas celular ainda era para poucos. As TVs por assinatura já começavam a ganhar as massas, porém ainda não haviam chegado à minha casa (só em 2002) e eu estava cansado da falta de diversidade na TV aberta. 

Sem mais delongas, vamos relembrar 2001.

Continuar lendo O Ano em Questão: 2001 – O Começo do Século XXI

Vencedores do Oscar 2021 – In Memoriam

Nomadland foi eleito o Melhor Filme no Oscar 2021

O Oscar em tempos de pandemia se absteve das tradicionais gags. Ainda bem, pois a criatividade tem passado longe dos roteiristas da premiação ano após ano, com piadinhas cada vez mais desgastadas, sem graça e sem criatividade. Mas, acima de tudo, essa foi uma decisão tomada por questão de respeito, afinal estamos em um momento crítico e sombrio. Por mais que a premiação tenha sido presencial, teve de respeitar as normas e orientações de distanciamento social estipuladas pela Organização Mundial da Saúde (OMS); não foi realizada no tradicional Dolby Theatre (embora, também tenha sido um espaço utilizado durante o evento), mas concentrou seus convidados na Union Station, estação de trem desativada localizada em Los Angeles, e ainda contou com outros palcos ao redor do mundo, como na França e em Londres. Desse modo, os diversos nomes que se revezaram para apresentar as categorias e anunciar os vencedores, se restringiram a fazer o serviço de modo breve e direto, sem embromações. O evento foi discreto e sem muita pompa ou glamour; dirigido pelo cineasta Steven Soderbergh que bem poderia concorrer ao Framboesa de Ouro de Pior Direção no ano que vem por esse Oscar que foi o flop dos flops.

Uma série de tomadas de decisões ruins, cerimônia apressada e atropelada (a despeito de suas mais de três horas de duração), com um ar de que foi realizada apenas para cumprir a tabela da temporada. Foi o que definiu a edição deste ano. Seria ressentimento da Academia por conta de tantos longas independentes e egressos de streaming concorrendo aos prêmios ou a melancolia decorrente do período que nos encontramos que fez a organização ser mais comedida (talvez pelo medo de parecer insensível ao realizar uma festa desse nível quando boa parte do mundo ainda está doente e outra se encontra em fase de recuperação)? Quem vai saber?

A realizadora Chloe Zhao foi a segunda mulher a faturar um Oscar de direção em 93 anos de premiação

Em suma, tratou-se de uma cerimônia sem grande emoção. O In Memoriam – momento típico da premiação em que se presta um tributo aos profissionais do cinema que faleceram ao longo do ano anterior – foi muito rápido, desprovido de sentimento e contando com uma trilha sonora equivocada. O próprio Oscar deveria ser incluso na lista, porque, com o perdão do trocadilho (por favor, não me cancelem!), este foi um evento morto.

Atípico, também, entregar o prêmio principal da noite, de Melhor Filme, antes de anunciarem os vencedores de Melhor Atriz e Ator. Outra das decisões estapafúrdias dos realizadores.

Yuh-Jung Youn entregou o melhor discurso da noite

Dentre os pontos positivos, podemos citar o ótimo discurso de Yuh-Jung Youn, vencedora do prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por Minari, que aproveitou para gracejar com Brad Pitt após ele lhe entregar o prêmio, garantindo o melhor momento da noite; Meu Pai vencendo as categorias de Roteiro Adaptado e Melhor Ator para Anthony Hopkins (merecidíssimo); Daniel Kaluuya levando a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante por Judas e o Messias Negro; o belo e devastador Se Algo Acontecer… Te Amo sendo premiado como o Melhor Curta-Metragem de Animação; e Chloe Zhao arrematando o Oscar de Melhor Direção. Aliás, ela é simplesmente a segunda mulher a vencer a categoria de Direção em 93 anos de premiação.

Quanto às minhas apostas… Foi um dos meus piores anos palpitando. 17 acertos em 23 categorias, sendo três possibilidades certeiras. Um verdadeiro desastre tal qual a cerimônia. Abaixo, você confere os vencedores na ordem em que foram anunciados. Os asteriscos indicam os acertos com relação às minhas apostas.

Continuar lendo Vencedores do Oscar 2021 – In Memoriam

[Especial] Oscar 2021

É hoje! Logo mais, à noite, conheceremos os vencedores do Oscar 2021. Na contramão das demais premiações, a cerimônia de entrega das estatuetas douradas, concedidas pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas aos melhores profissionais da indústria no ano que passou, será inteiramente presencial, realizada no tradicional Dolby Theatre e na Union Station de Los Angeles, ainda contará com palcos em Londres e Paris (para aqueles que não poderão comparecer em Los Angeles, devido às restrições relacionadas a viagens internacionais), e promete seguir à risca os protocolos e orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), preservando a saúde e segurança dos que comparecerem ao evento.

Diferentemente do Globo de Ouro, que optou por uma cerimônia mista (parte presencial, parte virtual), o Oscar não dará a opção de os indicados participarem virtualmente e os vencedores fazerem seus discursos por meio de videoconferência. Novamente, o prêmio não contará com anfitrião. Originalmente, o Oscar é televisionado pela emissora norte-americana ABC. No Brasil, a 93ª edição do Oscar será transmitida pelo canal pago TNT a partir das 22hs. Ainda estará disponível via streaming, nas plataformas TNT GO e Globoplay (que, inclusive, estará aberto para não assinantes). Na TV aberta, a Globo exibirá a premiação, porém, de maneira fragmentada, começando pela metade, de modo a adequá-la à sua própria programação.

Neste post, você confere todas as publicações do site relacionadas ao maior evento anual de cinema: Continuar lendo [Especial] Oscar 2021

Previsões Oscar 2021 – Vencedores

No domingo, 24 de abril, finalmente se encerra a temporada de premiações e conheceremos os vencedores do Oscar 2021. O prêmio, que se encontra em sua 93ª edição, realizará a entrega das estatuetas em uma cerimônia integralmente presencial no Dolby Theatre e na Union Station de Los Angeles, seguindo as normas e protocolos da  Organização Mundial da Saúde (OMS) de modo a assegurar a saúde dos participantes.

Abaixo, você confere nossas apostas para os vencedores do maior e mais importante prêmio da indústria cinematográfica:

Continuar lendo Previsões Oscar 2021 – Vencedores

Vencedores do Independent Spirit Awards 2021

Carey Mulligan e Riz Ahmed venceram em categorias de atuação na última premiação antes do Oscar, que será realizado no próximo domingo, dia 25

A última premiação antes do Oscar, o Independent Spirit Awards, anunciou seus vencedores ontem, quinta-feira, dia 22, em cerimônia totalmente virtual, apresentada pela atriz e comediante Melissa Villaseñor. Desde 1984, o evento é realizado anualmente e se dedica a celebrar a produção de cinema independente.

Nomadland confirmou seu favoritismo, conquistando a vitória em quatro categorias – a principal, de Melhor Filme; Melhor Direção para Chloé Zhao; Melhor Montagem; e Melhor Fotografia. O belo O Som do Silêncio consagrou-se como o Melhor Filme de Estreia e seu protagonista, Riz Ahmed, saiu vitorioso na categoria de Melhor Ator, contrariando as expectativas que indicavam Chadwick Boseman como favorito ao prêmio.

Melissa Villaseñor comandou a festa, que foi totalmente virtual

Carey Mulligan foi agraciada com a estatueta de Melhor Atriz por Bela Vingança e, sem surpresas, Yuh-jung Youn arrematou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por seu excelente trabalho em Minari. O nosso Bacurau, infelizmente, não se sagrou vencedor, perdendo a disputa em Melhor Filme Internacional par o bósnio Quo Vadis, Aida. Uma Noite em Miami levou o Prêmio Robert Altman (prêmio honorário, entregue a diretor, diretor de elenco e elenco).

Abaixo, em destaque, você confere os vencedores da 36ª edição do Independent Spirit Awards:

Continuar lendo Vencedores do Independent Spirit Awards 2021