Nas Prateleiras: Lançamentos de Quadrinhos – Março (2021)

Lançamento da Darkside, A Revolta da Vacina de André Diniz, trata-se tanto de um documento histórico quanto uma obra urgente e atual, um título imperdível nestes tempos sombrios de pandemia e de desgoverno. A Skript Editora lança a aclamada graphic novel 11 Dias dos argentinos Sage e Aleta Vidal que narra o colapso de jovens que simplesmente param de dormir e perdem a sanidade. A Panini traz uma nova edição da clássica Elektra Assassina, de 1986, assinada por Frank Miller. A mesma editora coloca X-Men contra Quarteto Fantástico devido a uma decisão de Franklin Richards, em uma revista que reúne quatro números de X-Men/Fantastic Four, lançada ano passado nos Estados Unidos. Para celebrar os 80 anos do Palhaço do Crime, a Panini ainda lança a antologia Batman Especial Vol. 2: Coringa – Aniversário de 80 Anos, contando com roteiros de autores renomados como Scott Snyder, James Tynion IV, dentre outros.

A Intrínseca publica a nova graphic novel do criador da série Black Hammer: de Jeff Lemire, o primeiro volume da distopia Family Tree, intitulado Nascimento, reunindo os quatros fascículos iniciais da série. Falando em Lemire, a Mino lança um pacote com os quatro primeiros volumes de Gideon Falls, vencedora do Eisner de melhor nova série em 2019. A Pipoca e Nanquim traz o segundo volume de Tomie – coleção fechada que reúne todas as edições do cultuado mangá publicado entre 1987 e 2000 no Japão, premiado com o Kazuo Umezu, em 1989. Ainda no campo das obras premiadas, chega por aqui Deus em Pessoa de Marc-Antoine Mathieu, obra ganhadora do Grande Prêmio da Crítica da ACBD, uma das premiações mais influentes do ramo dos quadrinhos na França.

Pela Conrad, sai Tangências, novo título do autor de Traço de Giz, Miguelanxo Prado. E a Devir Livraria publica A Saga Completa de Martha Washington no Século XXI, assinada por dois dos mais consagrados nomes da nona arte, Frank Miller e Dave Gibbons. A obra, lançada originalmente em 1991, agora é reunida, pela primeira vez no Brasil, em um único e glorioso volume. Confira capas e sinopses dos principais lançamentos de quadrinhos de março.

*  Os títulos com asterisco na frente, são aqueles que irão integrar a nossa biblioteca pessoal.

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Quadrinhos – Março (2021)

Bons Filmes em Março (2021)

Os nostálgicos de plantão já podem matar as saudades de Zamunda e reencontrar os clássicos personagens que povoaram o imaginário dos espectadores da Sessão da Tarde em seus tempos áureos. O Prime Video, serviço de streaming da Amazon, disponibiliza, a partir deste dia 5, a sequência de O Príncipe em Nova York e aproveita para incluir em seu catálogo o filme original, que marcou tantas infâncias em frente à telinha – em um tempo em que era telinha mesmo e não existiam plataformas de vídeo. Aproveitando a sessão saudosismo, a Netflix disponibiliza a trilogia Karatê Kid, ícone oitentista, aproveitando o embalo do sucesso de Cobra Kai, série derivada do universo habitado por Daniel LaRusso e que também está no catálogo do streaming. Já o Telecine Play aposta no terror sul-coreano As Faces do Demônio de Kim Hong-sun, filme lançado no ano passado e que deve aguçar a curiosidade dos fãs do gênero. Abaixo, você confere datas de lançamento e sinopses dos filmes que entram nos catálogos da Netflix, Amazon Prime Video e Telecine Play. Para os não assinantes, existe a opção de alugar alguns dos títulos no Google Play. Divirtam-se e boas sessões!
Continuar lendo Bons Filmes em Março (2021)

Vencedores do Globo de Ouro 2021

Conhecemos nessa noite de domingo, 28 de fevereiro, os vencedores da 78ª edição do Globo de Ouro, em cerimônia comandada pela dupla Tina Fey (diretamente de Nova York) e Amy Poehler (de Los Angeles). Devido ao momento pandêmico, apenas algumas personalidades subiram ao palco para anunciar os vencedores, enquanto estes agradeceram os prêmios recebidos diretamente de suas casas, dividindo a tela com os demais indicados que disputavam nas categorias de cinema e televisão.

A premiação seguiu assim: parte presencial, parte virtual. Obviamente, o formato não deixou de apresentar algumas falhas. A primeira delas, logo no início da cerimônia, quando o áudio de Daniel Kaluuya cismou de não funcionar bem no momento em que ele agradecia o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante pelo filme Judas and The Black Messiah.

Nas premiações cinematográficas, foi certamente um prazer para muita gente ver Nomadland levar os prêmios de Melhor Filme de Drama e Direção para Chloé Zhao. Borat: Fita de Cinema Seguinte levou a melhor nas categorias de Melhor Filme de Comédia ou Musical e Melhor Ator de Comédia ou Musical para Sacha Baron Cohen, que ainda concorria ao prêmio de Ator Coadjuvante por Os Sete de Chicago. Falando nele, o longa de Aaron Sorkin foi premiado na categoria Melhor Roteiro.

Andra Day surpreendeu e derrotou nomes de peso como Viola Davis, Vanessa Kirby, Frances Mcdormand e Carey Mulligan, vencendo a disputa de Melhor Atriz de Drama por The United States Vs. Billie Holiday. Outra surpresa foi Rosamund Pike sendo premiada como a Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical por I Care a Lot. Chadwick Boseman levou o prêmio póstumo de Ator em Filme Dramático por A Voz Suprema do Blues. E uma das grandes barbadas da noite foi o prêmio de melhor animação entregue a Soul.

Nas categorias televisivas, mais vitórias previsíveis: The Crown e Schitts Creek saíram vitoriosas em Melhor Série de Drama e Comédia ou Musical respectivamente. A primeira, ainda levou mais três estatuetas: Melhor Atriz e Ator em Série de Drama e Melhor Atriz Coadjuvante em Série. Vitórias merecidas de The Queen’s Gambit e sua protagonista, Anya Taylor-Joy, em Melhor Série Limitada ou Filme para TV e melhor performance feminina em minissérie ou telefilme.

Abaixo, você confere os vencedores em todas as categorias do Globo de Ouro 2021 que, aqui na Brasil, contou com a transmissão exclusiva e simultânea do canal por assinatura TNT. Continuar lendo Vencedores do Globo de Ouro 2021

Essa Tal de Gang 90 & as Absurdettes (1983) – Gang 90 & as Absurdettes

Data de Lançamento: 1983
Faixas: 10 faixas
Duração: 36:03
Estilo: Pop Rock
Produção: Luiz Fernando Borges
Gravadora: RCA Victor/BMG

Lado A
Nosso Louco Amor
Românticos A Go-gô
Telefone
Eu Sei, Mas Eu Não Sei [i Know But I Don’t Know]
Convite Ao Prazer

Lado B
Dadá Globe Orixás (spaced Out In Paradise)
Perdidos Na Selva
Noite e Dia
Mayacongo
Jack Kerouac

Continuar lendo Essa Tal de Gang 90 & as Absurdettes (1983) – Gang 90 & as Absurdettes

O Sal das Lágrimas

O longa em preto e branco de Phillipe Garrel, que esteve em competição no Festival de Cinema de Veneza em setembro de 2020, infelizmente, não foi disponibilizado em nenhuma plataforma de streaming e provavelmente muito poucas pessoas terão a oportunidade de vê-lo no cinema. É uma pena, porque O Sal das Lágrimas (Le Sel des larmes no original, em francês) tem uma das fotografias mais bonitas do ano.

Continuar lendo O Sal das Lágrimas

Vencedores do Crunchyroll Anime Awards 2021

Ontem, sexta-feira, 19 de fevereiro, foram anunciados os vencedores da 5ª edição do Crunchyroll Anime Awards, premiação realizada anualmente pelo serviço de streaming de anime Crunchyroll, e que celebra as melhores produções do mercado de animações japonesas do ano anterior.

Um corpo de jurados especializados da indústria de animes seleciona os finalistas, contudo, os vencedores são eleitos tanto pelo júri quanto por voto popular (a somatória dos votos do público e dos especialistas compõe a nota total de cada indicado, definindo, assim, o ganhador). Estima-se que, este ano, a premiação totalizou 15 milhões de votos (4 mi a mais do que a edição do ano passado), a maioria desses por conta dos fãs dos Estados Unidos, México e – olha só! – Brasil! Isso mesmo, estamos entre o maior público votante da 5ª edição do Crunchyroll Anime Awards. Continuar lendo Vencedores do Crunchyroll Anime Awards 2021

Cinema, quadrinhos, séries de TV, música, animações e muita nostalgia!