Arquivo da tag: Cinema

Bons Filmes em Novembro (2019)

Um dos grandes destaques cinematográficos de novembro é Ford vs Ferrari, filme de James Mangold, protagonizado por Matt Damon e Christian Bale, que retrata a lendária rivalidade nas pistas entre a montadora americana Ford Motor Company e a italiana Ferrari e está previsto para estrear em 14 de novembro. Considerado um dos grandes filmes do ano, badalado em festivais de cinema de renome, Parasita, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2019, dirigido por Bong Joon-ho, chega às telas no próximo dia 7. Na mesma data, Doutor Sono, continuação do clássico O Iluminado de Stanley Kubrick, invade as telonas. O longa baseado na obra do mestre do terror, Stephen King, é dirigido por Mike Flanagan e estrelado pelo talentoso Ewan McGregor. Ainda no dia 7, os fãs do sensacional Richard Linklater, poderão conferir seu novo trabalho: Cadê Você, Bernadette? com a presença sempre iluminada de Cate Blanchett. Para os baixinhos, fãs das sessões de desenhos animados da Rede Cultura, o lançamento que promete é Dora e a Cidade Perdida de James Bobin, que estreia em 14 de novembro. E no dia 21, um novo fruto da mente megalômana de Roland Emmerich chega às telas: Midway – Batalha em Alto Mar, longa baseado em fatos, com com Luke Evans, Patrick Wilson, Nick Jonas Woody Harrelson.

Confira abaixo datas de estreia, pôsteres e sinopses dos principais lançamentos cinematográficos de novembro. Lembrando que qualquer alteração no calendário de lançamento dos filmes é de responsabilidade única e exclusiva das distribuidoras nacionais.
Continuar lendo Bons Filmes em Novembro (2019)

Ad Astra

É ao mesmo tempo curioso, interessante e sintomático como o cinema acostumou a transformar a exploração espacial em narrativas intimistas que se propõem a mergulhar no universo particular do indivíduo. Assim, a vastidão do espaço parece servir como metáfora ou alegoria, não apenas como plano de fundo, para um profundo estudo do íntimo do ser humano. O final do apoteótico 2001: Uma Odisséia no Espaço, seminal obra de Stanley Kubrick, atesta isso. O mesmo com o belo Gravidade de Alfonso Cuarón e o recente e experimental High Life de Claire Denis. O mote deste Ad Astra de James Gray é o relacionamento entre pai e filho. Desse modo, o cineasta traça um paralelo entre a jornada pelas profundezas do espaço com a jornada pessoal do protagonista em busca de autoconhecimento. Continuar lendo Ad Astra

Coringa

Sou eu… Ou o mundo está ficando mais louco?

O barulho em torno de Coringa tem sido ensurdecedor desde muito antes de seu lançamento. De um lado, estava uma escolha curiosa para assumir a direção – Todd Phillips, acusado de piadas sexistas, racistas e outros istas em exemplares pregressos de sua filmografia, como os longas da série Se Beber, Não Case, e cujas declarações recentes sobre como o humor politicamente correto acabou com a comédia não o tem ajudado – de outro, estava a preocupação diante do fato de o filme enaltecer o nêmesis de Batman como um herói, de celebrar a cultura incel, de levantar bandeiras fascistas e promover o Joker como um símbolo equivocado e irresponsável de subversão. Isso gerou debates acalorados nas redes sociais, com gente que sequer havia assistido ao filme classificando-o precipitadamente como tóxico e perigoso.

Coringa, de fato, é sombrio, furioso, violento, anárquico, perturbador. Exatamente como se esperava que fosse um filme sobre o personagem. A produção retrata uma conduta, mas não a defende ou valida, não legitima a violência. Em nenhum momento assume um tom apologético. Importante ressaltar que o comportamento e atitudes do vilão não são justificados por conta do bullying, agressões e traumas que o protagonista, Arthur Fleck (Joaquin Phoenix), sofre e com os quais convive desde a infância. Ele é um sociopata, afinal. Não precisa de grandes motivações para agir da maneira como age. A empatia por Fleck, no entanto, acaba quando ele se converte definitivamente em Coringa e começa a matar. E ele mata sem hesitações ou arrependimentos posteriores; sem ver nada de errado nisso. Jamais pondera sobre seus gestos. Fala com absurda normalidade sobre as atrocidades que comete. Não está atrás de justiça, mas de vingança. Continuar lendo Coringa

Bons Filmes em Outubro (2019)

O grande destaque dentre os lançamentos cinematográficos de outubro é Coringa que estreia na próxima quinta-feira, dia 3. Além do longa estrelado pelo palhaço do crime de Gotham City e nêmesis de Batman, outras estreias do mês são as sequências Angry Birds 2Malévola 2 – Dona do Mal, Zumbilândia 2: Atire Duas Vezes e o novo O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio. Outras opções interessantes incluem o inédito de Ang Lee, Projeto Gemini, estrelado por Will SmithCrime Sem Saída com Chadwick BosemanO Farol de Robert Eggers; e A Família Addams de volta, dessa vez em um longa de animação. Ainda tem diversas estreias nacionais – alguns que fizeram barulho internacionalmente, em festivais, como é o caso de A Vida Invisível e Morto Não Fala.

Abaixo, você confere datas de estreia, pôsteres e sinopses dos principais filmes que entram em cartaz em outubro nos cinemas. Lembrando que qualquer alteração no calendário de estreias é de responsabilidade única e exclusiva das distribuidoras nacionais.

Continuar lendo Bons Filmes em Outubro (2019)

Personalidade: Batman

Conheci o Batman em um desenho animado bem antigo que passava no programa da apresentadora Mariane (uma pseudo-Xuxa) na CNT/Gazeta. Por volta dessa época, o SBT transmitia o clássico camp e multicolorido seriado de 1966, Batman, também conhecido por estas bandas como Batman e Robin. Eu sentava no sofá ao lado de minha irmã e de meu saudoso pai e me divertia assistindo àquela que era considerada uma paródia autorizada do personagem.

O tempo foi passando e eu fui conhecendo outras versões do Homem-Morcego. Quanto mais crescia, mais me apaixonava pelo personagem. Todo o teor sombrio de suas histórias (contrastante com aspecto cômico do seriado que me apresentou sua primeira faceta em live-action), seu psicológico atormentado, sua infância trágica e a vida dupla que levava (playboy excêntrico durante o dia, herói e justiceiro à noite) me fascinavam e eu me via mergulhando cada vez mais na caótica e decadente Gotham City – a cidade natal de Batman, que sempre exerceu em mim uma curiosa atração, bem como seus ilustres e peculiares moradores.

Como hoje é 21 de setembro e nesta data é celebrado o Dia do Batman, decidimos prestar nossa homenagem ao herói que completou nada menos do que 80 anos em 2019.

Continuar lendo Personalidade: Batman