Bons Filmes em Novembro (2020)

Estamos quase na reta final desse estranho e sombrio 2020 que parece estar se desenrolando em um universo paralelo, em alguma linha temporal alternativa… Teorias à parte, já é novembro e, por aqui, continuamos a indicar opções de filmes disponíveis em alguns dos principais serviços de streaming, mesmo que estejamos diante de um ensaio tímido de retomada dos cinemas. Temos arrasa-quarteirões como Matrix e O Hobbit, os indicados ao Oscar O Aviador, Ray, Até o Último Homem e Lion – Uma Jornada Para Casa, além de diversos filmes natalinos para já ir preparando o espírito para as festividades de fim de ano. Abaixo você confere datas e sinopses das produções que passam a integrar os catálogos da Netflix, Prime Video e Telecine Play  a partir deste mês e, para os não assinantes, sempre existe a alternativa de alugar ou comprar os filmes em outras plataformas digitais, como Google Play, Looke e iTunes. Confira:

Continuar lendo Bons Filmes em Novembro (2020)

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Novembro (2020)

Darksiders podem comemorar! A Caveirinha traz uma tonelada de lançamentos para todos os gostos literários neste mês de novembro. Pela linha DarkLove, temos: Os Registros Estelares de uma Notável Odisseia Espacial de Becky ChambersA Noite do Tigre de Yangsze ChooMulheres Extraordinárias: As Criadoras e a Criatura de Charlotte Gordon; Ela e o Monstro de Linda BaileyDivinas Mulheres de Ann Shen A Sonata Perfeita de Rose Tremain; e pela DarkLove Classics, a editora lança uma nova edição impecável e imperdível de O Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë. Já pelo aterrorizante selo Macabra, sai Livros de Sangue: Volume 1 de Clive Barker; Invasores de Corpos de Jack Finney e A Garota da Casa ao Lado de Jack Ketchum. A editora ainda publica um livro indispensável para os fãs da Dama do Crime: Dicionário Agatha Christie de Venenos de Kathryn Harkup. Saindo dos domínios da caveira, a Editora Record lança o novo livro de Stephen Chbosky, autor de As Vantagens de Ser Invisível, Amigo Imaginário em uma edição limitada. Pela mesma editora, é publicada uma edição especial de O Poderoso Chefão, clássico de Mario Puzo. A Fazenda dos Animais de George Orwell é publicado no Brasil pela primeira vez com o nome original e com ilustrações da brasileira Vânia Mignone e compreende uma das novidades da Companhia das Letras. Para os fãs de Outlander, a Arqueiro traz o oitavo volume da aclamada série de Diana Gabaldon, intitulado Escrito Com O Sangue Do Meu Coração. E a Universo dos Livros lança Imagina-me, novo livro da série Estilhaça-me de Tahereh Mafi. Abaixo, você confere capas e sinopses dos principais lançamentos literários de novembro:

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Novembro (2020)

Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Novembro (2020)

Seguindo a linha do mês anterior, novembro traz uma dezena de lançamentos premiados ao redor do globo. A NewPOP publica o primeiro volume da edição definitiva de A Voz do Silêncio de Yoshitoki Oima, um mangá de sucesso que trata de um tema espinhoso: bullying. Pela Devir sai Marcha para a Morte de Shigeru Mizuki – baseada em fatos, a obra japonesa vencedora dos prêmios mais importantes da indústria dos quadrinhos, retrata os horrores e a crueldade da guerra e a futilidade do militarismo de maneira, ao mesmo tempo, contundente e delicada. O quarto volume de The Wicked + The Divine, criada por Kieron Gillen e Jamie McKelvie, é uma das novidades da Geektopia, e traz em seu enredo a metáfora precisa do caráter efêmero da glória e do poder. A consagrada Berlim de Jason Lutes, que retrata a ascensão do nazismo na capital alemã durante o os anos 1920, é publicada por aqui pela Veneta. A Darkside lança o tocante Mamãe Está com Câncer, no qual o autor, Brian Fies traduz e compartilha a experiência, repleta de angústia e questionamentos, de conviver e assistir a um ente querido travando essa árdua batalha – o álbum foi a maneira que Fies encontrou de lidar com a situação vivida por sua mãe. Figura proeminente dos quadrinhos atuais Jeff Lemire surge com um trabalho mais pessoal e audacioso – pela Intrínseca sai Royal City Volume 1: Segredos em Família que apresenta o drama cotidiano de uma família disfuncional em uma cidade decadente. Abaixo, você confere os grandes destaques em termos de lançamentos de mangás, graphic novels, encadernados e HQs avulsas do mês de novembro: Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Novembro (2020)

MTV Ao Vivo (2000) – Raimundos

Data de lançamento: 16 de Outubro de 2000
Duração: 2:02:00
Faixas: 40 faixas
Estilo: Punk e Hardcore

CD 1:
Fome do Cão*****
Mato Véio*****
Carrão de Dois*****
Nega Jurema*
Bê a Bá*
Pompém*****
O Pão Da Minha Prima**
Pequena Raimunda (Ramona)****
Bonita****
Língua Presa*****
Opa! Peraí Caceta**
Sereia da Pedreira**
I Saw You Saying (That You Say That Saw)**
Andar na Pedra****
Eu Quero Ver o Oco**
Selim*
Marujo*
Deixei de Fumar (Cachimbo da Mulher)/Cana Caiana*
Tá Querendo Desquitar (Ela Tá Dando) **
Boca de Lata*****

CD 2:
Herbocinética**
Poquito Más****
Rapante*
Puteiro em João Pessoa*
A Mais Pedida*****
Deixa Eu Falar*****
Pitando no Kombão**
Palhas do Coqueiro*
Papeau Nuky Doe***
Oliver’s Army****
Pout Pourri: Minha Cunhada/You’re Gonna Kill That Girl*
Baile Funky****
Tora-Tora**
Esporrei na Manivela**
Nariz de Doze****
Me Lambe*****
Bestinha**
Mulher de Fases*****
Reggae do Maneiro
20 e Poucos Anos

As faixas inéditas não possuem asteriscos
*Raimundos (1994)
**Lavô Tá Novo (1995)
***Cesta Básica (1996)
****Lapadas do Povo (1997)
*****Só no Forevis (1999)

Produção: Tom Capone, Carlos Eduardo Miranda e Mauro Manzoli
Gravadora: Warner Music

Continuar lendo MTV Ao Vivo (2000) – Raimundos

[Versões e Regravações] De Música Ligera – Soda Stereo

Original

A banda argentina Soda Stereo, um dos grandes nomes do rock latino, gravou De Música Ligeira para o seu quinto álbum, Canción Animal de 1990. A música foi composta pelo vocalista e guitarrista Gustavo Cerati e pelo baixista Zeta Bosio e se converteu em um dos sucessos mais emblemáticos da banda. A letra começou a ser desenvolvida em uma passagem de som do trio pelo México. A história da canção não é sobre amor como muitos pensam e, sim, sobre música. Sobre o desejo de compor e a intenção de criar canções para serem grandes sucessos – algo que os primeiros versos sugerem.  A música ocupou a 1ª posição no ranking das 500 melhores canções de rock latino-americano da Al Borde (revista de música americana, fundada em Los Angeles em 1997, dedicada ao público hispânico) no ano de 2006, sendo eleita a melhor canção de rock latino-americano de toda a história. Continuar lendo [Versões e Regravações] De Música Ligera – Soda Stereo

O Diabo de Cada Dia

Explorando a perigosa relação entre o fanatismo religioso e a violência, O Diabo de Cada Dia traz uma premissa interessante e um elenco afinado, porém, a produção sucumbe ao fatalismo e ao excesso de conveniências narrativas. A princípio o filme surge como uma denúncia. Por trás de moralismo, dos bons costumes, das vidas regradas pautadas pela obediência e devoção religiosa, encontram-se escondidos não apenas falhas humanas triviais, mas a hipocrisia e o terror mascarados de boas intenções. Justificam-se crimes violentos e hediondos com o velho discurso da fé, do “chamado divino”, da salvação e expurgo da alma. Os personagens utilizam a religião e a suposta fé como escudos para se eximir da consequente penitência dos pecados.  Continuar lendo O Diabo de Cada Dia

Uma poltrona macia, um balde de pipoca, alguns discos de vinil, umas revistas da Marvel e um encontro com Tarantino… De tudo um pouco ou nada disso