Arquivo da tag: Super-Heróis

Excelsior! Em Memória de Stan Lee, o Herói de Todos os Heróis

marvel2

O Bloggallerya manifesta pesar pela irreparável perda do lendário mestre dos quadrinhos, Stan Lee, principal nome da Marvel Comics, criador de diversos heróis, como Capitão América, Homem-Aranha, Homem de Ferro, Quarteto Fantástico, X-Men, Hulk, Demolidor dentre outros. Stan Lee foi a alcunha adotada por Stanley Martin Lieber para entrar no mercado de quadrinhos, uma vez que ele tinha pretensões de se lançar como romancista utilizando seu nome original. Para não confundir as coisas, passou a assinar suas histórias como Stan Lee, o nome que o tornou famoso. O quadrinista nasceu em 1922, em Nova York, e veio a falecer hoje, aos 95 anos de idade. Há algum tempo, Lee já apresentava uma saúde fragilizada, sofrendo inclusive de pneumonia. Fica aqui o nosso adeus para uma das principais inspirações para a criação deste site. Continuar lendo Excelsior! Em Memória de Stan Lee, o Herói de Todos os Heróis

Nas prateleiras: Lançamentos de HQs – Novembro (2018)

Para quem curte os clássicos, O Essencial de Calvin e Haroldo: Uma Coletânea Especial Álbum Mickey 90 Anos são ótimas pedidas. Especialmente para os mais nostálgicos. Os fãs de Jessica Jones e do quadrinista Brian Michael Bendis tem dois motivos para comemorar. Chega, neste mês, às livrarias e lojas especializadas em HQs, o terceiro volume de Alias: A Vida Secreta de Jessica JonesBreganejo Blues é um título nacional com uma premissa promissora. Outros destaques ficam por conta de Hellboy: Krampusnacht do mestre Mike Mignola; o primeiro volume de Umbrella Academy escrito por Gerard Way (esse mesmo que você está pensando) e ilustrada pelo sensacional Gabriel Bá; e Lumberjanes que promete fazer barulho também na telinha. Dá uma olhada nas capas e sinopses dos mangás, quadrinhos e graphic novels que compõem a lista de lançamentos do mês: Continuar lendo Nas prateleiras: Lançamentos de HQs – Novembro (2018)

Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Outubro (2018)

Como Uma Luva de Veludo Moldada em Ferro é o novo lançamento de Daniel Clowes, autor do sensacional Paciência. Brian Azzarello, de 100 Balas e A Piada Mortal, vem com  o segundo livro de Flinch: Horror E Desespero. Marvetes de plantão, se preparem para mais edições da Coleção Histórica Marvel, estreladas por Hulk e Wolverine. Fãs de Preacher, uni-vos! Preacher – Histórias Antigas reúne, em 228 páginas, diversas histórias protagonizadas por alguns dos mais bizarros e brilhantes coadjuvantes de Jesse Custer. E o volume 2 do premiado A Voz do Silêncio, uma tocante história sobre bullying é outro destaque do mês. Confira esses e outros lançamentos de HQs de outubro:

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Outubro (2018)

Adaptações de Histórias em Quadrinhos Para o Cinema

Quadrinhos e cinema são dois temas fundamentais aqui, no Bloggallerya. Portanto, vamos dar início a uma série de artigos focados no encontro entre as duas mídias.

Adaptações de HQs para o cinema tornaram-se praticamente um subgênero hollywoodiano de uns tempos para cá – mais propriamente dizendo, desde o início do novo milênio. Também pudera, um encontro entre as duas formas de expressão sempre pareceu propenso. Afinal, as semelhanças entre a sétima e a nona arte vão muito além do óbvio fato de ambas associarem o texto à imagem. Continuar lendo Adaptações de Histórias em Quadrinhos Para o Cinema

Novidades sobre X-Men: Fênix Negra

O aguardado trailer de X-Men: Fênix Negra, foi divulgado na última quarta-feira, 26 de setembro, e veio cercado de controvérsias que vão bem além do fato de Tempestade (Alexandra Shipp) aparecer segurando um guarda-chuva – quem sabe haja algum contexto plausível para a cena e não seja apenas um furo de roteiro? Nos resta aguardar. Continuar lendo Novidades sobre X-Men: Fênix Negra

Bienal de Quadrinhos de Curitiba 2018

As cinzas em que se converteu o Museu Nacional do Rio de Janeiro suscitaram mais uma vez, pelas redes sociais, a discussão acerca do descaso e desleixo para com a cultura no Brasil. Infelizmente, esse trágico e lamentável episódio é somente a ponta do iceberg.

Acredito que a cultura, bem como o esporte, pode ter um efeito transformador na vida de muitas crianças e adolescentes que não dispõem de privilégios e recursos. Ao expressar-se artisticamente, eles transformam o sonho em realidade, e são capazes de evitar caminhos sombrios.

Cultura deveria andar de mãos dadas com a educação. Deveriam ser elementos intrínsecos. “A educação é a base de tudo”, você já deve ter ouvido essa frase milhares de vezes por aí. Investindo em mais educação, na reforma e construção de mais escolas, oferecendo salários mais dignos para professores e fomentando o aprendizado constante e a vontade de educar, estaríamos trilhando certamente um caminho mais seguro. Ao invés de cultivar a cultura da punição, estaríamos incentivando a cultura da prevenção, pensando em um futuro melhor para as crianças.

Mas é mais do que óbvio que educação não é prioridade no país. Tampouco cultura. Um povo letrado e instruído desenvolveria senso crítico, o que poderia ser uma poderosa arma contra governantes picaretas e corruptos. Um país bem educado está longe, muito longe, de representar uma prioridade, pois não traz aos poderosos nenhuma vantagem. Quanto menos instrução, menor é o risco de o povo começar a ponderar, a refletir. Quanto mais iletrado, mais fácil de ser manipulado.

Mas, Andrizy, o que isso tem a ver com a Bienal de Quadrinhos?

Continuar lendo Bienal de Quadrinhos de Curitiba 2018