Esquadrão Relâmpago Changeman

Mais uma vez, estou fazendo valer a promessa que fiz aqui há dois anos no artigo TOKUSATSUS!. Além de Jaspion, outro tokusatsu que está no coração dos brasileiros também celebra suas bodas de coral. Neste turbulento ano de 2020, Changeman está comemorando 35 anos.

Produzido pela Toei Company, Changeman é o nono tokusatsu da franquia Super Sentai (Super Esquadrão em japonês) e seu nome oficial é Dengueki Sentai Changeman. No Brasil, foi rebatizado para Esquadrão Relâmpago Changeman. Ele e Jaspion foram os responsáveis por tornarem o Metal Hero e o Super Sentai as franquias de tokusatsu mais populares em nosso país. Changeman estreou no Japão na TV Asahi, em 2 de fevereiro de 1985, encerrando em 22 de fevereiro de 1986. Chegou à TV brasileira em 1988, pela extinta TV Manchete, através do programa Clube da Criança, que era apresentado, na época, por Angélica.

A nave Gôzma se posiciona diante do Planeta Terra e seus tripulantes ficam curiosos. Eis que aparece o seu chefe, o malévolo Rei Bazoo (Kazuto Kuwabara), que coleciona os seus poucos aliados dos planetas que destruiu, em suas investidas cruéis no espaço. Ele promete recuperar seus planetas, se participarem da missão do Império Gôzma em conquistar a Terra. O mesmo vale para os monstros espaciais enviados para a missão. O comandante da nave Gôzma é Giluke (Shohei Yamamoto), que tem como aliados o pirata espacial Buba (Yoshinori Okamoto), a princesa Shima (Kana Fujieda), o capacho Gata (Hiroshi Masuoka) e o monstrengo Gyodai – que tem o poder de ressuscitar os monstros derrotados em forma gigante. Eles chegam à Terra com seus caças, conhecidos como Gôzma Fighter.

No nosso planeta, um grupo de soldados do exército dos Defensores da Terra é treinado pelo rígido sargento Ibuki (Jun Fujimaki). Sem dizer nada, ele espera pela manifestação da chamada Força Terrestre (Earth Force). Cansados da truculência de seu superior, os soldados abandonam o treinamento, entram na floresta e avistam ovos gigantes. Famintos, eles caem em cima dos ovos, sem imaginar que de dentro deles saem os soldados Hidler do Império Gôzma, que deu início as investidas na Terra. Junto de Buba e o Monstro Espacial Gabu, eles executam os soldados pertencentes aos Defensores da Terra.

Porém, cinco pessoas (três homens e duas mulheres) ainda estão vivas e prestes a conhecer o mesmo trágico destino. De repente, os transformadores em seus respectivos pulsos brilham e a Força Terrestre finalmente se manifesta, para a alegria do Sargento Ibuki. Os cinco sobreviventes são banhados por sua energia e cada um adquire os poderes de um densetsu-ja (animal lendário): Dragão (Change Dragon), Grifo (Change Griphon), Pégaso (Change Pegasus), Sereia (Change Mermaid) e Fênix (Change Phoenix).

Os cinco se transformam em Changeman. Com um vasto arsenal, eles são os únicos capazes de enfrentar o Império Gôzma. Cada um tem uma pistola chamada Change Fogo, que pode se transformar em uma espada e um escudo. Com o uso da Power Bazooka (ou poderosa bazuca, como é chamada na dublagem para o português), eles destroem os monstros invasores. Porém, os mesmos são ressuscitados em forma gigante por Gyodai. Por conta desse imprevisto, o quinteto é obrigado a recorrer ao Change Robô, que era formado pelo jato Jet Change 1 (pilotado por Dragon), o helicóptero Heli Change 2 (Griphon e Mermaid) e o veículo terrestre Land Change 3 (Pegasus e Phoenix), que vinham dentro da Base Shuttle.

O líder do quinteto é o ex-jogador de beisebol Hiryuu Tsuruji (Haruki Hamada), que faz parte da tropa aérea dos Defensores. Seu primeiro nome em japonês significa dragão voador e o segundo nome (a pronuncia em japonês é Surugui) significa espada. No esporte citado, ele criou a revolucionária Bola Dragão nas categorias de base. Porém, um acidente com um amigo, que foi atingido por tal bola, o fez abandonar o beisebol, se tornando um ser amargurado. Tsuruji (na dublagem virou Suruji) recupera o amor pelo beisebol quando os amigos lhe dão a idéia de usar o esporte como arma. Sua roupa de combate é o Change Dragon.

Em seguida, vem Shou Hayate (Kazuoki Takahashi), que faz parte da tropa do Comando Florestal. Seu primeiro nome em japonês significa conhecimento e o segundo nome (na dublagem se pronuncia Raiate) significa vento forte. É tido como o galã da equipe, é mulherengo e, em tentativas frustradas, vive passando cantadas nas funcionárias da base secreta do Changeman ou nas duas colegas de batalha. Trajando uma roupa de couro, ele carrega sempre um pente e o passa no cabelo antes, durante e depois das lutas. Há uma ocasião em que até mesmo usa o artefato como arma. Se destacou como o mais popular dentre os personagens e sua roupa de combate é o Change Griphon.

O terceiro changeman é Youma Ozora (Shiro Izumi), que faz parte da tropa Força Defensora da Terra. Seu primeiro nome em japonês significa cavalo valente e o segundo nome significa grande céu. É o comediante da equipe, guloso, infantil e desafinado. Essa última característica é usada como beneficio contra um monstro espacial. É um mestre em explosivos e chegou a ter um cavalo chamado Pégaso, xará de sua roupa de combate Change Pegasus.

Agora, a dupla feminina do Changeman! A começar pela cientista Sayaka Nagisa (Hiroko Nishimoto), que faz parte da tropa Operação de Ataque. Seu segundo nome em japonês significa praia, pois Sayaka é um nome próprio no Japão. É considerada a musa da equipe e luta de roupas curtas. Porém não se engane por sua vaidade, por que ela é o cérebro do Changeman, pois sempre tem um plano contra as investidas de Gôzma. Sua roupa de combate é a Change Mermaid.

Para encerrar, temos Mai Tsubasa (Mai Ooishi), que faz parte da tropa de espionagem, fazendo dela uma expert em disfarces. Seu segundo nome em japonês significa asa, pois Mai é um nome próprio no Japão também. Adora andar de moto, possui um temperamento explosivo e não leva desaforo para casa. Ao contrário da colega, Mai tem cabelo curto e prefere lutar de calças. Sua roupa de combate é a Change Phoenix.

No decorrer da missão, o quinteto percebe que nem todos os alienígenas são a favor de Gôzma e fazem amizade com alguns deles. A partir do episódio 17 a missão do Changeman ganhou um peso a mais com a chegada de Ahames (Fukumi Kuroda) que, no passado, foi aliada de Giluke na luta contra Bazoo (leia-se bazu). O próprio Bazoo acaba criando uma rivalidade entre os dois, que não assume de início. Mas ela se concretiza quando os dois brigam para tomar posse da Aura Energética, emanada pela menina Nana (Miyako Hayakawa), que é dotada de incrível inteligência e veio do planeta Tecnolíquel. Ela é salva pelo Changeman em episódios anteriores. Ahames não está sozinha, pois traz com ela o dragão gêmeo Yangueran e o chamado trio-monstro.

Ahames ri por último, pois se apodera da Aura Energética, que fez Nana sair da infância e chegar na adolescência (Tokie Shibata). Derrotado, Giluke é sepultado por Bazoo no cemitério espacial e Ahames assume o posto de comandante do Império Gôzma. Em seguida, ela começa a fazer uso do super poder adquirido com a Aura Energética. Changeman teve que tirar leite de pedra para fazer valer os poderes que ganharam da Força Terrestre. Para a revolta de Ahames, o quinteto consegue superar o seu poder, além de destruir o trio monstro.

A missão de Ahames piora ao saber que Giluke regressou em forma de fantasma e para aterrorizá-la. No cemitério espacial, o corpo do ex-comandante da Nave Gôzma se junta a de um monstro. Giluke volta a correr atrás de Nana, acreditando que ela tenha mais um pouco da Aura Energética. Com o apoio de Bazoo, ele consegue deixar de ser um fantasma e volta a ter um corpo, passando a se chamar Super Giluke.

O estoque de monstros espaciais diminui e Bazoo autoriza Super Giluke a transformar os guerreiros de Gôzma em monstros espaciais. Primeira tentativa foi em Buba, mas esse foi salvo pela pirata Gil (Minako Tachibana), com quem teve uma paixão nos tempos da pirataria espacial. Ela dá a sua vida para salvá-lo do Super Giluke. Shima também é transformada, mas consegue se separar do monstro. Nem mesmo são poupados os dragões gêmeos Yangueran. Bazoo separa os dois, fazendo deles monstros espaciais.

Nesses episódios finais, Zole (Makoto Kousaka) e Wallage (Kazuhiko Ohara), respectivamente esposa e filho de Gata, aparecem e imploram para ele abandonar Gôzma. Ao saber que Zole está grávida, Gata resolve trair Gôzma em um ato de desespero. Shima também resolve debandar do império, ao saber que terá que dar a vida por Gôzma. Buba resolve ajudá-la tirando a sua vida por uns tempos, a fim de livrá-la da influência maligna. Em uma luta épica com Change Dragon, Buba é derrotado. Mas antes de explodir,  ele consegue ver que Shima não tem mais a voz masculina, voltando a ter a sua voz original.

Sozinha na nave Gôzma junto de Gyodai, Ahames é transformada em um monstro espacial chamado Mezu por Super Giluke e Bazoo. Foi Mezu que descobriu a entrada para a base secreta do Changeman, mas foi impedida de entrar por Shima, Changeman e o Sargento Ibuki, que revelou ser um alienígena, para surpresa de todos. Ele admite para o quinteto que veio do planeta Hissi, que foi destruído por Bazoo. Ahames se separa de Mezu e, sozinha, entra na base secreta para destruí-la. A cada destruição que promovia na base secreta, Ahames gritava para Bazoo resgatar o seu planeta Amazo. Ahames dá sua vida em vão para destruir o QG, em uma cena tão lembrada pela Geração Manchete, quanto a última luta entre Change Dragon x Buba.

Giluke reassume a nave Gôzma; a mesma invade o Planeta Terra e, em seguida, ele se transforma no monstro espacial Guiraz. Enquanto Changeman luta com o monstro, Sargento Ibuki, Nana, Shima e Gata entram na nave Gôzma para tentar descobrir o segredo de Bazoo. Do lado de fora, Changeman tem dificuldade para derrotar Guiraz, seja no tamanho normal ou no Change Robô. Após isso, o sargento Ibuki aciona sem querer o botão de decolagem da nave Gôzma e o Changeman vai atrás com a Base Shuttle junto da família de Gata.

Dentro da nave Gôzma, os quatro alienígenas descobrem o plano final do Império Gôzma: chocar o seu planeta com a Terra. A Base Shuttle alcança a nave e o Changeman chega para salvá-los. De repente Bazoo aparece diante dele e destrói a nave Gôzma, mas todos conseguem escapar e salvam Gyodai. Ibuki avisa ao quinteto o último plano de Bazoo. Também salva por Changeman, a anjo Sakurá (Sachiko Shigeno) aparece para ajudar com o seu talismã meriliano, que os guia para o tal planeta Gôzma. No caminho, o cometa Halley passa diante dos olhos de todos e, em seguida, avistam o Planeta Gôzma, que até aquele momento era um mistério para quem assistia Changeman.

O quinteto enfrenta os soldados Hidler controlados por Bazoo. Depois, descobrem que os mesmos tratavam-se de hologramas gerados pelo corpo vital (no caso, o Planeta Gôzma), que crescia com os planetas que destruía. Com o Change Robô, o quinteto destrói o núcleo do planeta, alcançando a vitória final. De volta à Terra e com o Monte Fuji de testemunha, o Changeman e os membros da antiga base se despedem do sargento Ibuki e de outros alienígenas, que vão embora da Terra pela Base Shuttle, com o intuito de reconstruírem os seus respectivos mundos destruídos por Bazoo. Após uma emocionante despedida, Tsuruji, Hayate, Ozora, Sayaka e Mai partem para rumos diferentes.

O êxito de Changeman gerou dois episódios especiais de 30 minutos exibidos nos cinemas japoneses no Festival do Mangá, promovido pela Toei. Somente pela internet que o público brasileiro tomou conhecimento desses filmes. A maioria das canções da trilha sonora foi interpretada pelo cantor Hironobu Kageyama, incluindo a abertura que dá título ao sentai e o encerramento Never Stop Changeman. A cantora Naomi Miyanaga gravou as canções Love Forever e Mermaid & Phoenix. Outro “intruso” foi a belíssima We Can Change, gravada pelos grupos corais Japan Echo Singers e Koorogi’73.

Na franquia super sentai, Changeman sucedeu Bioman (inédito no Brasil) e antecedeu Flashman (1986). O último atrasou a sua produção, obrigando Changeman a dar uma esticada, se tornando o segundo Super Sentai mais longo com 55 episódios exibidos. Ele só perde para Gorenger (1975), o primeiro da franquia que teve 85 capítulos. Geralmente, um super sentai tem em torno de 50 episódios. Flashman teve o número de episódios padrão e chegou ao Brasil em 1989, pela mesma Rede Manchete.

Há dados pioneiros de Changeman na franquia Super Sentai. A Power Bazooka foi a primeira arma pesada criada para destruir monstros em um super sentai. As produções anteriores a Changeman possuíam um superpoder, que era gerado quando os cinco se juntavam para destruir o monstro. Gyodai foi a primeira criatura expert em ressuscitar monstros em forma gigante. Sayaka/Change Mermaid se tornou a primeira heroína sentai a usar branco. Antes, a cor havia sido utilizada apenas por um homem em JAKQ (sentai de 1977). Intérprete da heroína sentai, Hiroko Nishimoto atuou em Black Kamen Rider (1987) e depois se desligou do meio artístico.

Já a intérprete da vilã Shima, Kana Fujieda, começou a carreira como modelo e por conta disso a produção não acreditava no seu potencial como atriz, lhe atribuindo uma voz de homem, que ficava a cargo de Michirou Iida (leia-se iida). Antes de viver Mai Tsubasa/Change Fênix, Mai Ooishi era cria da JAC e já tinha dois trabalhos em tokusatsus no currículo, como os metal hero Sharivan (1983) e Shaider (1984). Yoko Nakamura atuou em Changeman no papel de Ayra, uma alienígena amiga de infância do Tsuruji. A atriz é lembrada por ter vivido a Sara/Yellow Flash em Flashman.

Por falar no Tsuriji, o seu intérprete, Haruki Hamada, continuou com a carreira de ator, até se tornar correspondente internacional na imprensa japonesa. Ele cobriu de Nova York, para uma emissora de TV do seu país, os ataques terroristas de 11 de setembro em 2001. Na época de Changeman, Kazuoki Takahashi atendia pelo nome artístico Hiroshi Kawai. Ainda nos anos 1980, ele participou em Flashman, Metalder e Jiraya. Sobre os papéis que ele interpretou nos três tokusatsus, eu falarei em um futuro próximo. Em 2001, Kazuoki Takahashi atuou no filme franco-japonês Wasabi, onde viveu um dos capangas da Yakuza, abatido pelo protagonista Jean Reno, que protegia a filha japonesa em plenas compras no shopping.

Além de Ozora/Change Pegasus, o ator Shiro Izumi interpretou outro personagem memorável em um super sentai. Trata-se de Burai/Dragon Ranger em Zyuranger (1992), o 16º da franquia. Aliás, Zyuranger está envolvido em uma polêmica com os tokufãs brasileiros, pois foi reciclado para a primeira temporada do controverso Power Rangers. Shiro Izumi também fez participações em outros sentais como Kakuranger (1994) e Ohranger (1995). Já o seu primeiro trabalho pós-Changeman foi na segunda temporada de Sukeban Deka (1986), que é um tokusatsu do tipo dorama. Intérprete de Buba, o ator Yoshinori Okamoto viveu outros papeis marcantes em tokusatsus. Em Flashman ele deu vida aos vilões Gals e Galdan. Em Maskman, ele interpretou o vilão Oyobu.

Quanto aos veículos, Mazda e Suzuki predominaram. O carro da Mazda usado por Changeman era um modelo 626 de cor branca. Suzuki era responsável pelas motos que Tsurugi, Hayate, Ozora e Mai usavam nas patrulhas, além de usarem capacetes da marca Shoei. A Suzuki também era responsável pela Auto Change, moto do quinteto com as roupas de combate. O nome da marca era muito visível na lateral do veículo de duas rodas. Changeman também usava uma pick-up chamada Change Cruiser, uma Toyota Hilux 4×4, fugindo do padrão Mazda/Suzuki.

Como eu havia dito antes, o último episódio de Changeman foi exibido em 22 de fevereiro de 1986. No início daquele ano, foi discutida no mundo inteiro a passagem do Cometa Halley no céu do planeta Terra. Muito se falou, mas pouco se viu. No mesmo dia citado acima, foi exibido o último capítulo da novela Roque Santeiro, que pertencia à antiga faixa das oito da noite da Rede Globo. Assim como Changeman, o folhetim de Dias Gomes também citou a passagem do cometa no último capítulo, sendo visto por meio de uma luneta pelo professor Astromar (Rui Rezende).

Changeman é muito querido no Brasil. Na época foi satirizado pelos gibis da Turma da Mônica com o título de Xingamen. Outra paródia data de 2017, no programa humorístico Tá no Ar: A TV na TV da Rede Globo. Programa liderado por Marcelo Adnet, Mauricio Faria e Marcius Melhem. Nele, o Changeman virou Electro Five, sendo que o Pegasus ficou verde e a Mermaid amarela. A brincadeira dividiu opiniões entre os tokufãs brasileiros.

Outra prova da paixão dos brasileiros por Changeman é que o sentai possui um famoso cosplayer que costuma ser visto em eventos como o Anime Friends e o Comic Con Experience. Change Dragon é Danny Tsuruji, que já fez fotos com o uniforme de beisebol do seu ídolo, simulando o lançamento da Bola Dragão. A cosplayer da Change Mermaid é Cristina Olakristal. Ela até foi entrevistada pelo apresentador Tiago Leifert no programa Zero 1 da Globo. Change Griphon é homenageado por JDream Cosplay, enquanto que Change Pegasus por RDM Cosplay. Em 2019, o time se completou com a chegada de Gisele Silvestre, com o cosplay da Change Phoenix. Todos eles possuem perfil no facebook e instagram.

Agora vamos à parte da dublagem, que ficou a cargo do estúdio Alamo. Diferentemente de Jaspion, Francisco Borges narrou todos os episódios de Changeman. Mas o sentai também passou pela mudança de dublagem, que foi questionada pelos tokufãs brasileiros. Do primeiro até o episódio 16, o Tsuruji/Change Dragon era dublado por Paulo Ivo, cujo paradeiro é desconhecido. A partir do episódio 17, o líder do Changeman nas batalhas passou a ser dublado por Ricardo Medrado, que se tornou uma das vozes mais lembradas do tokusatsu e devido a alguns filmes dos anos 1990. Dizem que Ricardo Medrado viveu cada dia como se fosse o último, vindo a falecer em 2003.

A personagem que mais passou por mudanças na dublagem foi a vilã Shima. O primeiro a dublá-la foi Mario Jorge Montini, entre o primeiro ao 16º episódio. O segundo dublador foi Borges de Barros, a partir do episódio 17. Entre o 21º e o 25º episódio, Shima foi dublada por Libero Miguel. Borges de Barros reassumiu a voz da vilã a partir do episódio 27. Sem contar que ele também dublava o personagem Gata. Quando Shima voltou a ter a sua voz original no 52º episódio, a personagem passou a ser dublada por Maximira Figueiredo, que também dublava a Zole, a esposa de Gata. Ambos do dubladores já são falecidos.

Quem também trabalhou dobrado em Changeman foi Mario Vilela, que dublou o Buba e o Gyodai. Ele é mais conhecido por ter dado voz ao Senhor Barriga e o seu filho Nhonho no seriado Chaves, além de ter dublado outros personagens do ator Edgar Vivar em Chapolin. Mario Vilela também dublou o javali Lenny em Kissyfur. O próprio dublador conheceu Edgar Vivar, quando o ator esteve no Brasil em 2003, durante o extinto programa Falando Francamente, comandado por Sônia Abrão no SBT. Mario Vilela morreu aos 71 anos, devido a complicações da diabetes, em 1º de dezembro de 2005.

Voltando ao Changeman, o mulherengo Hayate/Change Griphon foi dublado por Carlos Takeshi. Por conta de sua origem japonesa, ele também foi o responsável pela tradução das falas tanto de Changeman quanto de Jaspion. Carlos Takeshi ainda dublou o ator Jackie Chan no filme Operação Condor (1991) e o Bobby Lo (Tong Lung), irmão de Billy Lo (Bruce Lee) na primeira dublagem de Jogo da Morte 2 (1981).

Armando Tiraboschi foi o responsável por dar voz ao Ozora/Change Pegasus. Ele também é lembrado como o mais conhecido dublador de Bruce Lee nos filmes honcongueses O Dragão Chinês, A Fúria do Dragão, O Vôo do Dragão e a saga O Jogo da Morte. Isso quando ambos foram exibidos pela primeira vez na TV brasileira, dentro da sessão de filmes Tela Quente da Globo, em 1994.

Neuza Azevedo foi a dubladora da Sayaka/Change Mermaid. Ela também deu voz a Lorraine da trilogia De Volta Para o Futuro, Judy de Os Jetsons, a tenente Shimazu em Cybercop e foi a narradora do concurso de Miss Universo no episódio O Concurso de Beleza em Chaves. Para a tristeza de nós, tokufãs, Neuza Azevedo veio a falecer recentemente, no dia 2 de agosto de 2020. A atriz sofria da doença de Alzheimer, o que a afastou da dublagem em 2010.

Para terminar a parte de Changeman, temos Márcia Gomes, que dublou a Mai/Change Phoenix. Ela também é conhecida por ter dado voz ao personagem Gato Felix, além da operadora Miho em Cybercop, a Madogarbo de Jiban, Janine Melnitz de Os Caça-Fantasmas (tanto no filme quanto no desenho animado) e à Doutora Poter em Sharivan. O sargento Ibuki foi dublado por Gilberto Barolli, o mesmo que deu voz ao Dokussai em Jiraya. Seu filho, Hermes Barolli, dublou algumas crianças em Changeman.

A personagem Nana teve três dubladoras, sendo que duas foram durante a fase de infância. A primeira foi Thelma Lúcia, conhecida por ter dublado O Pequeno Príncipe. Thelma Lúcia também foi a primeira dubladora do anjo Sakurá, pois a segunda foi Cecília Lemes, que também dublou a pirata Gil. A segunda dubladora de Nana na infância foi Suzana Lakatos. Na adolescência, Nana passou a ser dublada por Lúcia Helena, que é outra voz conhecida em tokusatsus. A mesma Lúcia Helena também dublou Ayra.

Para finalizar a menção aos dubladores, Ahames foi dublada por Nair Silva, que também emprestou sua voz à robô Mag em Flashman. Dublador do Giluke, Marcos Lander também deu voz ao vilão Wandar em Flashman. Jorge Pires dublou o Rei Bazoo e o dublê de vidente Rakuchin em Jiraya.

Changeman foi exibida na Manchete até 1994, quando passou a ser apresentada pela TV Record, ignorando os episódios anteriores; começando a ser transmitida a partir do episódio 17 até o 53. Changeman também foi reprisado na CNT/Gazeta e Rede Brasil. Em 2009, o tokusatsu foi lançado em DVD no Brasil pela Focus Filmes. Em 2017, a Sato Company disponibilizou alguns episódios de Changeman no Youtube, sendo removidos do ar três anos depois. No dia 22 de março de 2020, Changeman voltou a ser exibido na TV aberta no Brasil, dessa vez na tela da Bandeirantes, durante as manhãs de domingo, junto de Jiraya e Jaspion.

Windson Alves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s