Arquivo da tag: Oscar

O Destino de uma Nação

Não raramente, cinebiografias de personagens históricos pecam justamente ao não desconstruírem a aura de herói em torno de seus retratados, ao não desmitificá-los. Decepcionando o espectador que espera conhecer mais do ser humano por trás do símbolo. Felizmente, não é o caso de O Destino de Uma Nação. O longa passa longe de ser dos melhores ou mais memoráveis dessa temporada de premiações. Mas é com inegável eficiência que Joe Wright compõe um drama biográfico que despe Winston Churchill da lenda.  Continuar lendo O Destino de uma Nação

Três Anúncios Para um Crime

3Anuncios 2

Buscando justiça para a filha, brutalmente assassinada e cujo caso permanece sem solução – aparentemente, devido à inércia da polícia local  – a impetuosa Mildred Hayes (Frances McDormand) aluga três outdoors em uma estrada pouco movimentada – frequentada somente por quem estiver perdidos ou for muito idiota – que acabam por perturbar a paz de toda a cidade de Ebbing, no estado do Missouri (essa sentença leva ao ótimo título original), especialmente do Delegado Willoughby (Woody Harrelson) – encarregado da investigação – e de todos os envolvidos direta ou indiretamente com Angela Hayes (Kathryn Newton). Continuar lendo Três Anúncios Para um Crime

Lady Bird – A Hora de Voar

Greta Gerwig tem um jeito único de retratar o fracasso. Com desenvoltura e humor, temperados por uma melancolia genuína, ela apresenta sua relação com o mundo ingrato que não parece reconhecer seus talentos, valorizá-la devidamente e que se mostra sempre disposto a lhe dar uma nova rasteira ao invés de uma nova chance. Contudo, não há espaço para vitimismo; ela parece rir de sua própria desgraça. Como atriz e roteirista, já havia nos brindado com uma série de desventuras no excelente Frances Ha (2012). Agora, acumulando as funções de roteirista e diretora, presenteia o espectador com um texto esperto recheado de diálogos brilhantes e intensos, fugindo – ainda que não completamente, mas com sabedoria – das artimanhas de uma autobiografia. A própria Gerwig assume que se espelhou em trechos de sua vida para compor Lady Bird – A Hora de Voar. Mas isso não significa que o filme seja necessariamente baseado em suas frustradas experiências ao longo da vida. Continuar lendo Lady Bird – A Hora de Voar

The Post – A Guerra Secreta

Em meio a indicados mais audaciosos, seja em termos de estilo, narrativa ou visual, The Post – A Guerra Secreta se assume como o típico Oscar bait, dirigido por um cineasta duas vezes premiado com o careca dourado de melhor diretor e tendo em seu elenco dois vencedores em categorias de atuação do prêmio da Academia: Meryl Streep, duas vezes consagrada com o Oscar de melhor atriz e uma como atriz coadjuvante; e Tom Hanks, vencedor por duas vezes do prêmio de melhor ator. Além de suas vitórias, tanto o cineasta quanto os dois atores colecionam indicações, inclusive neste ano. Além disso, The Post é baseado em um momento histórico decisivo para os Estados Unidos, envolvendo jogos políticos, guerra e imprensa. Continuar lendo The Post – A Guerra Secreta

Dunkirk

Dunkirk

Tecnicamente irretocável e emocionalmente vazio. Eis um modo preciso de definir o último petardo de Christopher Nolan. A proposta do longa é narrar os pormenores da Operação Dunkirk, ocorrida durante a Segunda Guerra Mundial e cujo objetivo era evacuar quase quatrocentos mil soldados aliados das praias da cidade portuária que dava nome à operação, localizada no norte da França. Isso sob o intenso bombardeio das tropas nazistas que haviam invadido o país. Continuar lendo Dunkirk

Corra!

corra1

Um dos hits inesperados dos cinemas americanos em 2017, Corra! (Get Out no original, em inglês), dirigido por Jordan Peele, traz uma história simples, mas surpreendentemente bem contada, em uma embalagem certeira de filme de terror. Nele, o jovem fotógrafo Chris Washington (Daniel Kaluuya) decide, ainda que com certa relutância, conhecer a família da namorada, Rose Armitage (Allison Williams). Como se trata de um relacionamento interracial, Chris tem motivos de sobra para estar inseguro. No entanto, sua namorada afirma que seus pais não são racistas. Inclusive, seu pai até votaria em Barack Obama pela terceira vez (uma frase que o próprio faz questão de repetir ao conhecer o genro). Continuar lendo Corra!