Arquivo da categoria: Artigos

Caverna do Dragão

Será que teve final ou não? Esse foi, por muito tempo, o principal mistério por trás desta clássica série animada, que deixou muitos fãs em dúvida pensando em como teria terminado a saga mágica. Mas afinal, como o famoso desenho Caverna do Dragão (Dungeons & Dragons) acabou? Continuar lendo Caverna do Dragão

Gigantes Guerreiros Goggle Five

Agora é a vez de Goggle Five ser lembrado. Este é o primeiro tokusatsu que celebra por aqui suas bodas de esmeralda (40 anos).

Em 1990, a TV Bandeirantes deixou de lado a sua fama de “canal do esporte”, quando viveu o auge da sua cobertura esportiva na televisão brasileira. A emissora dos Saad decidiu renovar a sua programação, aderindo à onda do tokusatsu no Brasil, que era promovido especialmente pela extinta Rede Manchete no fim dos anos 1980 e início da década de 1990. Além das distribuidoras de seriados japoneses Everest Video e Top Tape, o gênero ganhou um terceiro investidor no Brasil, a Oro Filmes, que era conhecida por trazer filmes italianos para o nosso país. A empresa trabalhou exclusivamente para a TV Bandeirantes, para quem cedeu Goggle Five, Machineman e Sharivan. Continuar lendo Gigantes Guerreiros Goggle Five

Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (1987) – Titãs

Data de Lançamento: 23 de novembro de 1987
Faixas: 12 faixas (13 na versão em CD)
Duração: 37:24
Estilo: Pop Rock, Rock
Produção: Liminha
Gravadora: WEA

Lado A:
Todo Mundo Quer Amor
Comida
O Inimigo
Corações e Mentes
Diversão

Lado B
Jesus Não Tem Dentes No País Dos Banguelas
Mentiras
Desordem
Lugar Nenhum
Armas Pra Lutar
Nome Aos Bois

Faixa incluída apenas em CD:
Violência

Continuar lendo Jesus Não Tem Dentes no País dos Banguelas (1987) – Titãs

[Versões e Regravações] Por Enquanto – Legião Urbana

Original:

A Legião Urbana já havia conquistado o país com seu primeiro disco autointitulado, lançado em janeiro de 1985, trazendo grandes canções que marcaram a trajetória da banda brasiliense. Um dos hits que consta deste álbum é a poética Por Enquanto, composição do vocalista Renato Russo (que completaria 62 anos amanhã se não houvesse nos deixado precocemente, aos 36 anos, em outubro de 1996).

A música versa sobre um relacionamento entre duas pessoas que parecia eterno (e qual não parece eterno no início, não é mesmo?), mas que se desgasta no decorrer das estações e que, um dia, chega ao fim, com cada um seguindo o seu caminho. Mesmo assim, um não esquece do outro e  de tudo que houve entre eles, pois há memórias de bons momentos juntos que nem o tempo é capaz de apagar. 

Óbvio que, por se tratar de uma letra de Renato Russo, é passível de variadas interpretações. Esta seria a leitura mais simples e mais evidente, porém, o caráter intimista da canção, que se tornou um clássico, pode revelar uma maior profundidade da composição e camadas ainda não desvendadas pelos ouvintes. Continuar lendo [Versões e Regravações] Por Enquanto – Legião Urbana

Rock nas Telenovelas

No fim do ano passado foi celebrado os 70 anos da primeira novela no Brasil. No dia 21 de dezembro de 1951 estreou a pioneira, Sua Vida Me Pertence, na extinta TV Tupi. A novela teve 15 capítulos e terminou em 8 de fevereiro de 1952.

Resolvi elaborar uma lista de 20 canções de rock que marcaram presença nas telenovelas do Brasil. São 10 nacionais e 10 internacionais. Não foi fácil fazer essa lista, pois tive que deixar alguns sucessos de fora… Continuar lendo Rock nas Telenovelas

[Versões e Regravações] Sentado à Beira do Caminho – Erasmo Carlos e Roberto Carlos

Original

Lançada em 1969, a música Sentado à Beira do Caminho, foi mais um grande sucesso escrito por uma das mais bem-sucedidas duplas de compositores da música brasileira. No citado ano, Erasmo gravou a canção em um compacto simples. Foi um grande hit a ponto de ser conhecido mundialmente.

A música narra a história de alguém passando por uma profunda crise de depressão, totalmente desprovido de esperança e sofrendo ao pensar em um antigo amor que não vai mais voltar. Entretanto, depois acaba refletindo sobre a situação e decide parar de sofrer, seguir em frente e pensar um pouco mais em si mesmo, ao invés de sentar à beira de um caminho que não tem mais fim.

Continuar lendo [Versões e Regravações] Sentado à Beira do Caminho – Erasmo Carlos e Roberto Carlos