Todos os posts de bloggallerya

Fanboyz and Fangirlz

[O que ler na quarentena] Simulacron-3

Daniel F. Galouye não figura na lista de autores aclamados do gênero ficção científica como Arthur C. Clarke ou Isaac Asimov. Nem mesmo teve sua obra reconhecida postumamente como Philip K. Dick. E, infelizmente, nem parece correr o risco de vir a ser redescoberto por uma nova safra de leitores aficionados por sci-fi. Talvez seja pelo fato de não possuir a mesma energia narrativa transformadora, o texto denso e complexo dos demais citados. Mas, ainda assim, vale a pena dar uma oportunidade e descobrir sua obra. Continuar lendo [O que ler na quarentena] Simulacron-3

Bons Filmes em Maio (2020)

Continuamos em casa… Isto é, fazendo o máximo possível para permanecer em casa, mas tendo de sair vez ou outra, quando realmente necessário, certo? Cinemas continuam fechados e totalmente fora de cogitação… Mas há inúmeras opções de streaming para conferirmos filmes novos, antigos, clássicos, etc… Para quem não é assinante de Netflix, Amazon Prime Video, Telecine Play, Globoplay, existe a alternativa de alugar ou comprar filmes avulsos pelas plataformas Google Play, Looke, iTunes, quase como se fossem locadoras online (os mais nostálgicos devem se lembrar como funcionavam as locadoras de vídeo e DVD). Para quem possui TV por assinatura, também há algumas dicas. Abaixo, você confere datas de lançamento ou exibição e sinopses dos principais destaques em filmes do mês de maio nos streamings, bem como as plataformas e canais pelos quais vocês podem assisti-los.

Continuar lendo Bons Filmes em Maio (2020)

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Maio (2020)

Em tempos de isolamento social, ler um livro é uma das melhores alternativas e, para ajudar, maio traz uma grande variedade de títulos para você escolher. A começar pelo romance de estreia de Kate Elizabeth Russell, elogiado por Gillian Flynn (Garota Exemplar, Objetos Cortantes). O instigante Minha Sombria Vanessa sai pela Intrínseca e trata de um tema urgente, atual e o discute sob uma ótica complexa e ambígua: o abuso sexual. Outro livro promissor e arrepiante é o thriller Os Olhos da Escuridão de Dean Koontz, publicação da Citadel Editora, que tenta desvendar o mistério por trás da suposta morte de um garoto e a obsessão de sua mãe em descobrir a verdade. Tati Bernardi marca presença com Você Nunca Mais Vai Ficar Sozinha sobre uma jovem adulta que busca a ascensão financeira e distanciar-se de sua família e acaba surpreendida pela notícia de que está grávida. Uma prosa ágil e dotada de bom-humor que é um dos destaques da Companhia das Letras. A Nova Fronteira republica grandes clássicos da literatura, como A Ilha do Tesouro de Robert Louis Stevenson, As Aventuras De Tom Sawyer de Mark Twain, Os Três Mosqueteiros de Alexandre Dumas, Persuasão de Jane Austen, Drácula de Bram Stoker, A Volta Ao Mundo Em 80 Dias de Júlio Verne, além de um box de Os Miseráveis do autor francês Victor Hugo. E, como não poderia deixar de ser, a Darkside vem com mais uma de suas edições caprichadas, dessa vez em tributo à obra de Stephen King! Trata-se de Antologia Dark que reúne contos sombrios e aterrorizantes de diversos autores inspirados nos grandes clássicos do mestre do horror moderno. Abaixo, você confere capas e sinopses dos principais destaques literários de maio. Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Maio (2020)

Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Maio (2020)

A obra precursora dos mangás protagonizados por garotas que combatem o mal é lançado em edição histórica pela NewPOP: Cutie Honey, um dos títulos mais célebres de Go Nagai é uma das novidades do mês de maio. Outrora publicados de maneira independente e em edições avulsas, os contos Lobos, Deméter e o premiado O Pântano de autoria de Becky Cloonan são reunidos em um encadernado licenciado pela editora Image Comics e publicado no Brasil pela Pipoca e Nanquim. Lançado como um presente da banda de heavy metal Semblant para os seus fãs, Semblant: Blood Chronicles de Sergio Mazul e ilustrada por André Meister apresenta o diálogo entre o metal com o terror e histórias em quadrinhos em uma edição com a qualidade primorosa da Darkside. Para os fãs de Oliver Queen, a Panini traz Arqueiro Verde: A Queda da aclamada dupla Jeff Lemire, Andrea Sorrentino. E, falando em Lemire, um de seus títulos integra um dos gloriosos kits que a editora Nemo lança neste mês de maio: são os Kits As Mais Belas Histórias da Nemo, que reúne Duas Vidas, Uma Irmã e Nada a Perder (este último de Lemire); Viva a Diferença, que traz as HQs de cunho educativo, Pílulas Azuis, Não Era Você Que Eu Esperava, A Diferença Invisível; e Special Daniel Clowes, que reúne duas obras-primas do mestre: Ghost World e Paciência.

Confira abaixo capas e sinopses dos principais lançamentos de mangás, graphic novels e edições avulsas de quadrinhos de maio. Nestes tempos de pandemia, fique em casa e leia HQs: Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Maio (2020)

Mais Filmes Ambientados na Década Perdida

Há algum tempo, meu colega, Windson Alves, escreveu um artigo aqui no site, elencando e comentando sete filmes ambientados na famosa década perdida, ou seja, os anos 1980. Aqui, lhes apresento a parte 2 do post, falando de mais cinco filmes que retratam a referida década e que vale muito a pena serem citados. Continuar lendo Mais Filmes Ambientados na Década Perdida

[O que rever na quarentena] Marvel’s The Avengers: Os Vingadores (2012)

Em comemoração aos oito anos desse grande evento!

“Havia uma ideia. Stark sabe disso. Chamada de Iniciativa Vingadores…”

Na cena pós-créditos do longa inaugural do MCU, Homem de Ferro, de 2008 – e que, na época, pouca gente viu, pois foi a própria Marvel que tornou tendência manter o espectador na poltrona da sala de cinema até o fim dos créditos – Nick Fury (Samul L. Jackson) surge diante de Tony Stark (Robert Downey Jr, no papel de sua vida) repreendendo o playboy, filantropo e gênio da tecnologia, por ter anunciado ao mundo, durante uma coletiva de imprensa, que era o Homem de Ferro. O diretor da SHIELD (Superintendência Humana de Intervenção, Espionagem, Logística e Dissuasão) ainda faz questão de salientar para Stark que ele não é o único e que outros vieram antes dele. O objetivo desse diálogo pouco amistoso é conscientizar Tony acerca da Iniciativa Vingadores.

O próprio Stark, posteriormente, dá as caras no, hoje praticamente esquecido (e renegado por seu próprio diretor), O Incrível Hulk de Louis Leterrier – também de 2008, e que trazia Edward Norton no papel do gigante esmeralda, ao invés de Mark Ruffallo – falando com o General Ross (William Hurt) sobre a tal iniciativa.

Após a inserção de alguns easter-eggs em Homem de Ferro 2 (2010) – com a exibição do escudo do Capitão América em uma passagem bem-humorada e o Mjölnir de Thor em sua cena pós-créditos – foi a vez destes heróis ganharem seus filmes solos de origem em 2011 e, assim, pavimentarem o caminho para tão aguardada reunião dos clássicos personagens da Marvel Comics nos cinemas. Um evento que tomou as telas em 2012 com o primeiro longa dos Vingadores.

Continuar lendo [O que rever na quarentena] Marvel’s The Avengers: Os Vingadores (2012)