[Especial] Origem dos Nomes Artísticos – Parte 5

Quinta parte do especial que revela a origem dos nomes de bandas e artistas solo. Agora é a vez das letras R, S, T e U.

Radiohead: Tirado da canção Radio Head do grupo Talking Heads.

Rage Against The Machine: A primeira banda do vocalista Zack De La Rocha se chamava Inside Out e chegou a lançar um disco. O segundo álbum dessa banda seria Rage Against The Machine, mas esse nunca chegou ao mercado. Zack, então, aproveitou o nome para batizar a sua nova banda.

Raimundos: Quando eles começaram a se apresentar em festinhas, o quarteto brasiliense ainda não tinha canções próprias e faziam covers dos seus ídolos, Ramones, e versões roqueiras de canções do cantor de forró Zenilton. Então, optaram por um nome comum do nordeste brasileiro que se assemelhasse aos seus ídolos americanos. Isso sem falar da mistura de rock com ritmos nordestinos que eles nomearam de forrócore.

Rainbow: Nome inspirado no Rainbow Bar & Grill, ponto de encontro dos roqueiros de Los Angeles. É a banda que o guitarrista Ritchie Blackmore formou após a sua primeira saída do Deep Purple, em 1975. Ele uniu forças com o que restou do Elf, que pertencia ao vocalista Ronnie James Dio.

Ramones: Na época dos Beatles, Paul McCartney usou o pseudônimo Paul Ramone durante a primeira turnê da fab four na Escócia. O grupo punk americano pegou o nome emprestado, mas o utilizou no plural e o Ramone acabou por batizar cada integrante da banda, sendo o sobrenome artístico dos membros da banda.

Ratos de Porão: Segundo o guitarrista Jão: “O nome foi dado pelo primeiro baterista, Betinho. Foi meio de bobeira e ele queria colocar um nome bem estranho”.

Ratt: O grupo americano se chamava originalmente Mickey Ratt, em alusão ao personagem Mickey Mouse. Porém, quando a banda começou a ganhar mais repercussão, os integrantes decidiram simplificar o nome simplesmente para Ratt.

Ray Charles: O nome completo do cantor e pianista americano é Ray Charles Robinson. Artisticamente, ele se chamava Ray Robinson, mas um amigo sugeriu se chamar Ray Charles, para as pessoas não confundirem com o pugilista “Sugar” Ray Robinson.

Red Hot Chili Peppers: Pimentas vermelhas ardidas. Segundo o vocalista Anthony Kieds: “Eu acho que foi em 1983 o primeiro show em que nós tocamos e fomos chamados de Tony Flow And The Miraculously Majestic Masters Of Mayhem. Logo após o show, nós chegamos à conclusão que o nome era uma droga. Depois de uma semana pensando em milhares de nomes, o Flea (baixista) veio com a ideia do nome Red Hot Chili Peppers que parecia muito apropriado, pois transmitia energia, cor e sons”.

Renato Russo: O nome artístico é uma homenagem ao matemático inglês Bertrand Russell, ao escritor suíço Jean-Jacques Rousseau e ao pintor francês Henri Rousseau. O nome verdadeiro do cantor era Renato Manfredini Junior.

R.E.M.: Trata-se da sigla para “Rapid Eyes Movements”, movimentos rápidos e espasmódicos dos olhos durante o sono que marcam o início dos sonhos.

Rhapsody: Rapsódia: Fragmento ou trecho de poemas épicos. Anos depois, o grupo italiano adaptou o On Fire no nome.

Ritchie: O nome verdadeiro do cantor inglês naturalizado brasileiro é Richard David Court. O pseudo é a abreviação de seu primeiro nome de batismo. Além de Ritchie, o nome Richard também possui outros diminutivos como Rick ou Dick.

Rodox: Foi o apelido que o vocalista, Rodolfo Abrantes, recebeu quando era membro dos Raimundos. Foi um trocadilho de seu nome com o conhecido mata-mosquito brasileiro. Essa banda só durou dois discos, vindo a acabar em 2004.

Rolling Stones: O finado guitarrista Brian Jones escolheu o nome por causa da frase “A rolling stone gathers no moss” (pedras rolantes não criam limo), que está presente na canção Rollin’ Stone do cantor e guitarrista americano Muddy Waters.

RPM: Sigla de Rotações Por Minuto, que é uma unidade de velocidade angular. É visto nos painéis de veículos motorizados.

Rush: No inicio da carreira, o trio canadense estava preocupado, pois tinha um show marcado, mas ainda não possuía nome. O irmão mais velho do primeiro baterista, John Rutsey, sugeriu o nome Rush (pressa em inglês).

Samson: Tirado do herói bíblico Sansão (Samson em inglês), cujos poderes foram perdidos após os seus cabelos terem sido cortados por Dalila. O grupo inglês de heavy metal marcou o início da carreira de Bruce Dickinson. Após o fim do Samson, em 1981, o vocalista ingressou no Iron Maiden.

Sepultura: Inspirado em uma canção do Motörhead chamada Dancing On Your Grave que, em inglês, quer dizer Dançando na Sua Sepultura. Segundo o baterista e co-fundador, Igor Cavalera: “É um nome que eu e meu irmão (o vocalista Max Cavalera) inventamos com 13 anos de idade. Como a gente morava em Belo Horizonte, uma cidade super conservadora, com uma igreja em cada esquina, achamos que um jeito de chocar, na época, era chamar a banda de Sepultura. Lembro que fizemos até um teste com a nossa avó: ‘Vó, nossa banda se chama Sepultura’. Ela ficou apavorada! Daí, pronto, deu certo. Não tivemos nenhuma visão, nem sonho para escolher o nome da banda”.

Sex Pistols: O nome da banda inglesa pioneira do movimento punk foi baseado no nome da loja Sex, onde a banda se formou e de propriedade de seu empresário Malcolm McLaren. É também uma conotação para o órgão genital masculino.

Silverchair: Homenagem híbrida juntando Sliver do Nirvana com Berlin Chair do You Am I.

Simply Red: O seu vocalista Mick Hucknall trabalhava a noite como DJ. Quando alguém perguntou como gostaria de ser chamado, ele disse: “Just Red (apenas vermelho)”, um apelido de infância do cantor por causa de seu cabelo extremamente avermelhado. O gerente então perguntou “como assim?” e Mick respondeu “Simply Red” (simplesmente vermelho).

Siouxsie and The Banshees: Baseado no filme Cry of The Banshee (chamado aqui de O Uivo da Bruxa), estrelado por Vincent Price. Siouxsie vem da sua vocalista Siouxsie Sioux.

Sisters of Mercy: Tributo a Leonard Cohen, autor da canção de mesmo nome.

Shaman: O grupo de power metal paulista foi formado por três ex-integrantes do grupo Angra. Por ideia do baixista Luis Mariutti, eles pegaram o nome da canção The Shaman, gravada pelo seu grupo anterior no segundo disco, Holy Land (1996).

Skank: O grupo mineiro tirou o nome da canção Easy Skanking de Bob Marley. É a pronuncia de Skunk, que é o nome de uma variação do cannabis sativa, popularmente conhecida como maconha.

Skid Row: Gíria para sarjeta. O nome foi uma sugestão de Jon Bon Jovi. A banda iria se chamar Skip Rope (Pular Corda).

Slayer: Carrasco. Foi inspirado no filme Dragonslayer (aqui chamado de O Dragão e O Feiticeiro), muito embora no disco Divine Intervention (1994), se encontram os dizeres “Satan Laughs As You Eternally Rot” (Satã Ri Enquanto Você Apodrece Eternamente), a primeira letra de cada palavra da sentença combinadas formam SLAYER.

Small Faces: Inspirado na canção I’m The Face do The Who. Face (rosto) é uma gíria Mod para uma pessoa cheia de estilo e bem apresentada, algo importante entre os Mods que os destacam de sua antítese, os Rockers. Os membros eram de baixa estatura, tornando-os Small (pequeno) Faces. Quando Rod Stewart e Ron Wood entraram na banda, o Small foi abolido do nome.

Smashing Pumpkins: O vocalista e guitarrista Billy Corgan já deu várias explicações. O nome poderia ter vindo de uma piada sobre halloween, que usa a abóbora (pumpkin) como símbolo. Em outra explicação, ele diz que Gene Simmons (vocalista e baixista do Kiss) apareceu em um sonho seu e disse “Joe Strummer (vocalista do The Clash) is a pumpkin, drunken and smashed!” (Joe Strummer é uma abóbora, bêbado e chapado). Mas o que ele mais afirma é que o termo smashing é usado no sentido de “arrasador”, não como um verbo conjugado. O certo é que a sua cidade natal é produtora de abóboras e há quem diga que o nome (Esmagando Abóboras) é uma vingança a um comentário de uma ex-namorada que teria lhe dito que ele não realizaria nada na vida e jamais conseguiria sair da cidade, passando a vida inteira a esmagar abóboras.

Smiths: Segundo uma biografia da banda, os membros queriam um nome genérico que não denunciasse nenhum estilo musical especifico. Em uma entrevista à revista inglesa X, o vocalista, Morrissey, conta que o nome surgiu por que Smith é o nome mais comum na Inglaterra, portanto parece algo comum e pejorativo, o que caía bem com as letras deprê e com aquela ironia sem esperança das letras da banda.

Soulfly: Alma voa. O nome é uma homenagem de seu vocalista, Max Cavalera, ao seu enteado Dana Wells, que foi assassinado em 1996.

Steppenwolf: “Lobo da Estepe”, nome baseado no livro homônimo do escritor alemão Herman Hesse.

Sting: Quando ainda tocava em uma banda de jazz, ele usava uma camisa amarela com listras pretas que mais lembrava uma abelha. Seu apelido (ferroada em inglês) veio daí. O nome verdadeiro do vocalista e baixista do The Police é Gordon Matthew Thomas Summer.

Stone Temple Pilots: O grupo americano se chamava, no início, Mighty Joe Young, porém este era o nome de um cantor de blues. Eles gostavam do emblema do óleo de motor STP (Scientifically Treated Petroleum) e começaram a buscar nomes com essas iniciais. Foram de Shirley Temple’s Pussy para Stereo Temple Pirates, até finalmente chegar em Stone Temple Pilots.

Sugar Ray: Homenagem ao boxeador americano “Sugar” Ray Leonard. Eles ensaiavam em um estúdio que pertencia ao ex-lutador, xará do mencionado “Sugar” Ray Robinson.

Supergalo: É uma das categorias de peso no boxe. O grupo carioca foi criado pelo ex-Raimundo, Fred.

Supergrass: Grass (grama) é uma gíria para maconha.

Supertramp: O nome provém do livro Autobiography of a Supertramp, escrito por R.E. Davies em 1910.

Supla: O nome verdadeiro do cantor paulista é Eduardo Smith Vasconcelos Suplicy. Seu nome artístico é uma abreviação de seu último sobrenome. Ele é filho dos políticos Marta e Eduardo Suplicy. Faz parte da família Matarazzo, sendo trineto de Francesco Matarazzo.

System of a Down: O nome vem de um poema escrito pelo guitarrista, Daron, chamado Victim of a Down. System foi escolhida por ser uma palavra mais forte.

T. Rex: O tiranossauro rex é o maior animal que já pisou na terra. Marc Bolan queria que sua banda tivesse status igual.

Talking Heads: Jargão em vídeo para aquelas tomadas que captam os repórteres dos ombros para cima, muito comum no telejornalismo.

Tianastacia: O grupo mineiro usou como referência o nome da personagem Tia Nastácia de O Sítio do Pica Pau Amarelo, escrita por Monteiro Lobato.

Tihuana: Inspirado em Tijuana, cidade situada no noroeste do México. Porém o grupo inseriu o “h” no lugar do “j (a letra tem som de r na língua espanhola)”. Essa banda nasceu no Rio de Janeiro com o nome OsTheobaldo, que lançou dois discos. Em 1999, eles se mudaram para São Paulo e o seu primeiro vocalista, Johnny, saiu. Em uma feira de surfistas no litoral paulista, conheceram o vocalista Egípcio, o contrataram e mudaram de nome.

Tim Maia: O nome verdadeiro do cantor carioca era Sebastião Rodrigues Maia. Antes ele era chamado de Tião (abreviação de seu primeiro nome), mas devido a influência da música americana mudou para Tim (comum para quem se chama Timóteo aqui).

Titãs: Segundo o baixista, Nando Reis: “O nome foi extraído de uma biblioteca, que ficava perto do local de onde ensaiávamos no início da carreira. Nela, as estantes tinham os livros separados por temas tipo ‘titãs da arquitetura’, ‘titãs da pintura’ e ‘titãs da música’. Nesse embalo, nos batizamos de Titãs do Iê Iê, porque, na época, fazíamos uma releitura do Iê Iê Iê”. Antes de assinar o seu primeiro contrato com uma gravadora, eles aboliram o “do Iê Iê”, passando a ser chamar apenas Titãs.

Tokyo: Escrita inglesa de Tóquio, capital do Japão. Esse grupo paulista marcou o inicio da carreira do cantor Supla.

Tom Jones: O nome verdadeiro do cantor inglês é Thomas Jones Woodward. Tom é a abreviação de Thomas.

Tori Amos: Seu nome verdadeiro é Myra Ellen Amos. Uma amiga achou que Tori soaria melhor.

Toto: Segundo a versão oficial: “Quando estávamos pensando em um nome para a banda, dissemos: precisamos de um nome como Toto, bem simples, fácil de lembrar e facilmente identificável em qualquer língua; o qual, se você ouvir uma vez, irá se lembrar para sempre”.

Troggs: O nome vem da palavra inglesa troglodyte (troglodita).

Twisted Sister: Gíria para irmã depravada.

U2: O grupo irlandês tirou o nome de um modelo de avião de espionagem desenvolvido pelo governo americano. O vocalista, Bono Vox, declarou certa vez que o nome vem da ideia de interatividade com o público: “You Too” (você também em inglês).

UB40: O grupo de reggae inglês foi formado por vários desempregados. UB são as iniciais de Unemployment Benefit, ou seja, assistência ao desemprego, auxílio existente na Inglaterra. UB40 é o nome do formulário para solicitar o beneficio.

UFO: Sigla para Unidentified Flying Objects que, em português, significa objeto voador não identificado (OVNI).

Ultramen: É a pronúncia do nome do famoso herói japonês Ultraman. O grupo gaúcho trocou o “a” pelo “e”, para não terem problemas com os direitos autorais do personagem, pertencente a Tsuburaya Productions, criadora do herói.

Uriah Heep: Personagem do livro David Copperfield (não o ilusionista), escrito por Charles Dickens. Já o nome do personagem foi baseado em um ser mitológico, espécie de duende.

Windson Alves

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s