Homem-Aranha: Sem Volta para Casa

“Three is the magic number”

O terceiro longa da trilogia do aracnídeo, estrelada por Tom Holland, se encaixa naquela categoria de filme-evento, em que o lançamento em si é considerado um evento cultural tão importante quanto a própria produção e os fãs aguardam ansiosos a estreia que vem cercada de inúmeras expectativas. Comparável ao alarde em torno de Vingadores: Ultimato, Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa também foi aquele filme em que o público digladiou por um ingresso para a pré-estreia, temendo o risco de spoilers que poderiam prejudicar a experiência dentro da sala de cinema – em que o fator surpresa é fundamental e desperta as reações mais interessantes dos espectadores presentes.

A Sony Pictures, responsável pela distribuição do filme, em uma estratégia para evitar o vazamento dos tão desagradáveis spoilers, barrou cabines de imprensa para outras praças fora de São Paulo, um verdadeiro desrespeito com jornalistas culturais… Mas não vou me delongar neste tópico. Vamos falar do terceiro filme do teioso que, sim, é um grandioso entretenimento e digno de se presenciar no grande ecrã. Continuar lendo Homem-Aranha: Sem Volta para Casa