Previsões Oscar 2021 – Indicados

Na próxima segunda-feira, 15 de março, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood finalmente divulgará os indicados à 93ª edição do Oscar, considerado o maior, mais importante e tradicional prêmio da indústria cinematográfica mundial. O anúncio dos nomes que disputam as 23 categorias contará com apresentação do músico Nick Jonas e da atriz Priyanka Chopra (que são um casal na vida real) e será feito por meio de live streaming disponível no site oficial da premiação, a partir das 10hs30 da manhã. Também será possível acompanhar a transmissão ao vivo nas plataformas digitais oficiais da Academia, tais quais Twitter, YouTube e Facebook.

A cerimônia de entrega dos prêmios está agendada para 25 de abril e não há muitos detalhes a respeito de como será o seu formato – se presencial ou virtual.

Abaixo, estão nossas predições para o Oscar 2021. Em cada categoria, há cinco nomes que eu acho que devem ser indicados (exceto Melhor Filme que tem um número maior de concorrentes) e os nomes em vermelho são aqueles que, creio, terem chances de derrubar algum dos outros cinco favoritos. Na sequência dos prováveis indicados, estão meus palpites de quem será o grande vencedor em cada categoria, além de nomes que podem ser alternativas aos vencedores cogitados.

* Os asteriscos diante dos títulos em Melhor Filme indicam os longas já assistidos. Continuar lendo Previsões Oscar 2021 – Indicados

Indicados ao BAFTA 2021

Dando sequência à temporada de prêmios de 2021, foi a vez da Academia Britânica de Artes de Cinema e Televisão (British Academy of Film and Television Arts) anunciar os indicados à 74ª edição do BAFTA, ontem, terça-feira, dia 9. A principal premiação do cinema britânico sofreu duras críticas ano passado devido à ausência de diversidade nas nomeações, com uma lista de indicados majoritariamente branca. Em resposta às críticas sofridas e à controvérsia gerada pela tag que se popularizou nas redes sociais, #BAFTASoWhite, o presidente da premiação, Príncipe William, discursou durante a cerimônia de entrega dos prêmios a respeito da falta de diversidade e representatividade tanto na premiação quanto na indústria cinematográfica em geral.

Disposta a reparar esse erro, desta vez, mais da metade dos 24 indicados nas categorias de atuação pertencem a minorias étnicas, como é o caso de Daniel Kaluuya de Judas e o Messias Negro e Bukky Bakray de Rocks. Quatro mulheres foram indicadas à categoria de direção, incluindo Chloé Zhao, já premiada no Globo de Ouro e Critics’ Choice Awards por seu trabalho em Nomadland. Zhao já fez história nessa temporada, tornando-se a primeira mulher de ascendência asiática e a segunda mulher a ganhar o prêmio de melhor direção no Globo de Ouro deste ano.

Aliás, Nomadland lidera a lista de indicações em 2021, concorrendo em sete categorias, empatado com o drama britânico Rocks. Já os longas Bela Vingança, Mank, Meu Pai e Minari disputam seis prêmios. The Mauritanian e The Dig aparecem logo em seguida, com cinco indicações.

A cerimônia de entrega do Bafta será realizada no dia 11 de abril, quase duas semanas antes do Oscar, seguindo o calendário atrasado de premiações deste ano, que teve de sofrer diversas alterações devido à pandemia. E seguindo o exemplo dos prêmios anteriores, este também se tratará de um evento virtual. Abaixo, você confere os indicados ao Bafta 2021.

Continuar lendo Indicados ao BAFTA 2021

Vencedores do Critics’ Choice Awards 2021

Na noite de ontem, 7 de março, a Associação de Críticos de Cinema e Televisão norte-americana promoveu a entrega do Critics’ Choice Awards em cerimônia realizada parte presencialmente, parte virtualmente e contando com a apresentação de Taye Diggs pelo terceiro ano consecutivo. O prêmio, que se encontra em sua 26ª edição, celebra anualmente, desde 1995, as melhores produções do cinema e televisão de acordo com a crítica especializada norte-americana.

Assim como o Globo de Ouro, a cerimônia de entrega dos prêmios contou com a presença de seu hostess e de alguns apresentadores no palco, anunciando os vencedores das categorias. Mas boa parte dos apresentadores e dos vencedores dos prêmios participaram diretamente de suas casas. Destaque para o jovem Alan S. Kim de apenas oito anos, já premiado por sua performance em Minari na categoria Ator/Atriz Jovem, e que ao agradecer a honra recebida chorou copiosamente. Uma gracinha.

Não dá vontade de pegar no colo e apertar?

Minari, longa falado em coreano, ainda levou o prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

Dentre as produções mais premiadas da noite, nas categorias cinematográficas, destaca-se Nomadland, que repetiu os feitos do Globo de Ouro e levou a melhor nas categorias Melhor Filme, Melhor Direção e ainda Roteiro Adaptado. Vitória justa de Os 7 de Chicago em Montagem, mas controversa em Melhor Elenco, que trazia concorrentes mais fortes e expressivos. Chadwick Boseman conquistou outro prêmio póstumo como Melhor Ator por A Voz Suprema do Blues e sua vitória no Oscar parece cada vez mais certa. O longa ainda venceu nas categorias técnicas de Figurino e Cabelo/Maquiagem.

O longa Nomadland foi um dos grandes vencedores da noite

Nos prêmios dedicados à televisão, destaque para The Crown da Netflix, que arrematou os troféus de Melhor Série Dramática, Melhor Ator (Josh O’Connor), Melhor Atriz (Emma Corrin) e Melhor Atriz Coadjuvante (Gillian Anderson) em Série de Drama. A queridinha e já finalizada em sua sexta temporada (exibida no ano passado), Schitt’s Creek, da emissora canadense CBC, saiu vitoriosa nas categorias Melhor Atriz em Série de Comédia (Catherine O’Hara) e Melhor Ator Coadjuvante (Daniel Levy) em Série de Comédia. A surpresa da temporada, Ted Lasso, da Apple, faturou os prêmios de Melhor Série Cômica, Melhor Ator (Jason Sudeikis) e Melhor Atriz Coadjuvante (Hannah Waddingham) em Série de Comédia.

Abaixo, você confere em negrito os vencedores do Critic’s Choice Awards 2021:

Continuar lendo Vencedores do Critics’ Choice Awards 2021

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Março (2021)

Março traz uma variedade literária para satisfazer a todos os gostos. A Jangada apresenta a aguardada sequência repleta de suspense e mistério de Os Seis Finalistas, de Alexandra Monir, intitulada A Descoberta Final. Pela Companhia das Letras, sai Klara e o Sol, do ganhador do Nobel de Literatura em 2017, Kazuo Ishiguro. Outros dos destaques da editora é A Idiota de Elif Batuman, romance finalista do Pulitzer.

A Darkside publica o romance de estreia de Nico Walker, Cherry: Inocência Perdida, que discute guerra, dependência química e transtornos mentais e cuja adaptação cinematográfica estrelada por Tom Holland e dirigida pelos irmãos Russo está prevista para estrear em breve. A caveirinha ainda lança, pelo selo Darklove, o finalista do Bram Stoker Awards 2020, eleito o melhor livro de horror no Goodreads Choice Awards 2020, escolhido como um dos favoritos do ano de diversas publicações e que ainda ganhará uma série para a TV pelo serviço de streaming Hulu: Gótico Mexicano de Silvia Moreno-Garcia.

Dentre as novidades da Arqueiro, estão A Promessa Das Terras Altas de Hannah Howell, terceiro volume da série Os Murrays; a edição econômica do livro 3 de As Quatro Estações do Amor de Lisa Kleypas, intitulada Pecados no Inverno; e o primeiro lugar do The New York Times, eleito o melhor livro do ano pelo Wall Street Journal e o melhor romance histórico pela Goodreads, O Rouxinol de Kristin Hannah.

E os fãs de Trainspotting não podem perder essa novidade da Rocco: A Calça dos Mortos, novo romance de Irvine Welsh, sequência direta de O Artista da Faca, reúne novamente as figuras clássicas que fazem parte do imaginário dos leitores desse genial autor. Abaixo, você confere sinopses e capas dos principais lançamentos literários de março.

* Os títulos com asterisco são aqueles que passarão a integrar a nossa biblioteca do Bloggallerya.

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Março (2021)

Nas Prateleiras: Lançamentos de Quadrinhos – Março (2021)

Lançamento da Darkside, A Revolta da Vacina de André Diniz, trata-se tanto de um documento histórico quanto uma obra urgente e atual, um título imperdível nestes tempos sombrios de pandemia e de desgoverno. A Skript Editora lança a aclamada graphic novel 11 Dias dos argentinos Sage e Aleta Vidal que narra o colapso de jovens que simplesmente param de dormir e perdem a sanidade. A Panini traz uma nova edição da clássica Elektra Assassina, de 1986, assinada por Frank Miller. A mesma editora coloca X-Men contra Quarteto Fantástico devido a uma decisão de Franklin Richards, em uma revista que reúne quatro números de X-Men/Fantastic Four, lançada ano passado nos Estados Unidos. Para celebrar os 80 anos do Palhaço do Crime, a Panini ainda lança a antologia Batman Especial Vol. 2: Coringa – Aniversário de 80 Anos, contando com roteiros de autores renomados como Scott Snyder, James Tynion IV, dentre outros.

A Intrínseca publica a nova graphic novel do criador da série Black Hammer: de Jeff Lemire, o primeiro volume da distopia Family Tree, intitulado Nascimento, reunindo os quatros fascículos iniciais da série. Falando em Lemire, a Mino lança um pacote com os quatro primeiros volumes de Gideon Falls, vencedora do Eisner de melhor nova série em 2019. A Pipoca e Nanquim traz o segundo volume de Tomie – coleção fechada que reúne todas as edições do cultuado mangá publicado entre 1987 e 2000 no Japão, premiado com o Kazuo Umezu, em 1989. Ainda no campo das obras premiadas, chega por aqui Deus em Pessoa de Marc-Antoine Mathieu, obra ganhadora do Grande Prêmio da Crítica da ACBD, uma das premiações mais influentes do ramo dos quadrinhos na França.

Pela Conrad, sai Tangências, novo título do autor de Traço de Giz, Miguelanxo Prado. E a Devir Livraria publica A Saga Completa de Martha Washington no Século XXI, assinada por dois dos mais consagrados nomes da nona arte, Frank Miller e Dave Gibbons. A obra, lançada originalmente em 1991, agora é reunida, pela primeira vez no Brasil, em um único e glorioso volume. Confira capas e sinopses dos principais lançamentos de quadrinhos de março.

*  Os títulos com asterisco na frente, são aqueles que irão integrar a nossa biblioteca pessoal.

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Quadrinhos – Março (2021)

Bons Filmes em Março (2021)

Os nostálgicos de plantão já podem matar as saudades de Zamunda e reencontrar os clássicos personagens que povoaram o imaginário dos espectadores da Sessão da Tarde em seus tempos áureos. O Prime Video, serviço de streaming da Amazon, disponibiliza, a partir deste dia 5, a sequência de O Príncipe em Nova York e aproveita para incluir em seu catálogo o filme original, que marcou tantas infâncias em frente à telinha – em um tempo em que era telinha mesmo e não existiam plataformas de vídeo. Aproveitando a sessão saudosismo, a Netflix disponibiliza a trilogia Karatê Kid, ícone oitentista, aproveitando o embalo do sucesso de Cobra Kai, série derivada do universo habitado por Daniel LaRusso e que também está no catálogo do streaming. Já o Telecine Play aposta no terror sul-coreano As Faces do Demônio de Kim Hong-sun, filme lançado no ano passado e que deve aguçar a curiosidade dos fãs do gênero. Abaixo, você confere datas de lançamento e sinopses dos filmes que entram nos catálogos da Netflix, Amazon Prime Video e Telecine Play. Para os não assinantes, existe a opção de alugar alguns dos títulos no Google Play. Divirtam-se e boas sessões!
Continuar lendo Bons Filmes em Março (2021)