Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Janeiro (2021)

Janeiro traz uma overdose de Tex Willer! A casa oficial do ranger, a Mythos, traz uma imensa variedade de volumes de diferentes séries estreladas pelo icônico personagem. E desde o final do ano passado, a gigante Panini também passou a publicar Tex no Brasil. Neste mês, a editora apresenta Tex – O Segredo do Juiz Bean. Sem dúvida, um prato cheio para os fãs da criação de Giovanni Luigi Bonelli e Aurelio Gallepini, que vem atravessando e conquistando gerações. Além de sua estrela de maior grandeza, a Mythos ainda lança os volumes 11 a 15 de Julia, além da edição 149 de J. Kendall, intitulada Aventuras De Uma Criminóloga – uma ótima oportunidade de adquirir mais conhecimento acerca da elegante e audaz personagem criada por Giancarlo Berardi. A editora ainda publica novos volumes de Dylan Dog, Zagor e Mágico Vento.

Saindo do Bonelliverse, essa vai para os fãs de Karate Kid: o spin-off disponível na Netflix ganha uma versão quadrinizada pela editora Excelsior. A graphic novel, bem como a série, conta a história pela perspectiva de Johnny Laurence, o arquirrival de Daniel Larusso. A Devir lança um pack contendo os 12 volumes da série The Boys acompanhado de um bookplate numerado autografado pelo autor Garth Ennis. Fãs do genial Jack Kirby, preparem-se! Jack Kirby: A Épica Biografia do Rei dos Quadrinhos de autoria de Tom Scioli sai pela Conrad.

Quadrinho espanhol mais premiado da história, Traço de Giz é um clássico de Miguelanxo Prado lançado originalmente em 1992 e que ganha, agora, uma reedição publicada pela Pipoca e Nanquim. A melhor editora do ano de 2020 ainda traz o volume 1 da série Todo Incal, obra-prima de Alejandro Jodorowsky e Moebius, considerada a maior ficção científica dos quadrinhos e que felizmente retorna ao Brasil em uma edição imperdível.

E não tem como falar em Jodorowsky, Moebius e Incal e não lembrar da versão nunca realizada de Duna que tinha a dupla a frente do projeto e jamais passou da fase de pré-produção. Como o filme não saiu, a parceria resultou no quadrinho Incal. Já Duna ganhou uma versão cinematográfica massacrada pela crítica, mas que se tornou cult, assinada por David Lynch e lançada em 1984. Em 2021, a aclamada obra de Frank Herbert se prepara para ganhar as telas do cinema novamente com a adaptação de Denis Villeneuve. Por conta do momento pandêmico, o longa teve sua estreia adiada, mas, por enquanto, dá para curtir a graphic novel publicada pela Intrínseca e que é um dos destaques dentre os lançamento do mês. Com adaptação para o formato de quadrinhos a cargo do filho do autor, Brian Herbert, e Kevin J. Anderson, o primeiro volume da série de graphic novels é belamente ilustrado por Raúl Allén e Patricia Martín.

Abaixo, você confere capas e sinopses dos principais lançamentos de mangás, graphic novels e edições avulsas de HQs do mês de janeiro. Divirtam-se!
Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Janeiro (2021)