Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Setembro (2020)

Durante a década de 1960, auge da Beatlemania, um rumor tomou forma e alcançou proporções inimagináveis, sustentando-se até hoje como o boato mais duradouro e bem elaborado da cultura pop: a suposta morte de Paul McCartney. Um acidente de carro, sem graves consequências, sofrido pelo músico originou a famosa história de que o integrante dos Beatles havia morrido e, posteriormente, substituído por um sósia. O rumor foi alimentado por singelas pistas espalhadas por capas de discos e letras de músicas da cultuada banda de Liverpool, tornando-se um dos golpes de marketing mais emblemáticos de todos os tempos. Agora, a história ganha contornos de ficção especulativa por meio das páginas da graphic novel Paul Está Morto – Quando Os Beatles Perderam McCartney, concebida pelos italianos Paolo Baron e Ernesto Carbonetti e que chega ao Brasil pela editora Comix Zone com um acabamento de qualidade e marcador de páginas exclusivo.

Este, contudo, não é o único destaque dentre os lançamentos mensais do universo da nona arte. A editora Pipoca e Nanquim apresenta o primeiro de uma série de três volumes de Satsuma Gishiden: Crônicas dos Leais Guerreiros de Satsuma. A obra do grande mestre dos mangás de samurai, Hiroshi Hirata, publicada originalmente no Japão entre o fim da década de 1970 e início dos anos 1980, ganhou uma edição de luxo imperdível. Falando em edições de Luxo, a mesma editora ainda lança Cannon de Wallace Wood em um volume de 276 páginas que compila as aventuras estreladas pelo explosivo agente secreto e máquina de matar imbatível, John Cannon, publicadas entre os anos de 1970 e 1973.

A Panini lança Wolverine: A Longa Noite, adaptação para os quadrinhos do podcast oficial da Marvel: Wolverine: The Long Night. Já a Excelsior traz Homem-Aranha: Miles Morales, de Jason Reynolds, elogiada até mesmo pelo co-criador do protagonista, Brian Michael Bendis. A Veneta publica duas obras que atestam a genialidade de uma das revelações atuais dos quadrinhos brasileiros, Juscelino Neco – são elas:  a segunda edição de Matadouro de Unicórnios e Reanimator, uma adaptação de um conto de H. P. Lovecraft. Pela Zarabatana, sai a edição colorida de um marco premiado dos quadrinhos nacionais: Bando De Dois de Danilo Beyruth. A Solidão de um Quadrinho Sem Fim, novo título do brilhante autor Adrian Tomine, com tradução de Érico Assis, é uma das novidades da Nemo. E Separados do aclamado Scott Snyder é a novidade da divisão especializada em graphic novels da editora Darkside.

Confira abaixo capas e sinopses dos principais lançamentos de mangás, graphic novels, encadernados e edições avulsas de HQs do mês de setembro.

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Setembro (2020)