Dom Pixote

Um dos mais famosos estúdios de desenhos animados, Hanna-Barbera, durante sua trajetória, desenvolveu várias animações; a maioria delas protagonizadas por animais antropomórficos (com características e aspectos humanos), sendo grande parte destes personagens caninos, como o famoso Dom Pixote (Huckleberry Hound no original). Continuar lendo Dom Pixote

Just – Radiohead

Já faz um tempo que estamos discutindo a ideia de falarmos sobre videoclipes por aqui. Afinal, como bons filhos dos anos 1980, que cresceram durante a década de 1990, somos egressos da geração MTV Brasil clássica, antes desta sair das mãos do grupo Abril e virar aquela emissora abjeta atual (que se dedica, na maior parte do tempo, à transmissão de intragáveis reality shows). Já até flertamos com a ideia alguns anos atrás, com um post sobre o cultuado Tonight Tonight dos Smashing Pumpkins. Mas nunca fomos em frente. Então, nesse mês de aniversário do site, é chegada a hora.

Há um sem número de videoclipes históricos que marcaram nossas vidas e, uma vez que esse importante veículo de divulgação de hits musicais, inaugurado pelos Beatles na década de 1960, carece de mais extensa e profunda bibliografia (ainda há poucas referências sobre o assunto em termos de artigos e pesquisas acadêmicas e mesmo livros), decidimos catalogar, neste espaço, fichas técnicas, informações e curiosidades sobre clipes diversos. 

Um dos mais badalados dos anos 1990 e um dos mais misteriosos também, o videoclipe de Just do Radiohead ganhou o coração da divisão mais alternativa e “antenada” da geração MTV em seus tempos áureos, justamente quando as melancólicas bandas britânicas de rock começavam a despontar. Continuar lendo Just – Radiohead

A Barata – Ian McEwan

A Barata

“Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso.” Qualquer um reconhece o genial início de A Metamorfose de Franz Kafka, seja o verdadeiro bookworm ou mesmo o leitor casual. Ainda que não tenha lido a obra, já ouviu falar desta que é uma das mais célebres aberturas de livro da literatura e conhece de imediato sua procedência. E ainda que você não se encaixe em nenhum dos dois grupos citados, não curta e nem consuma livros, e ainda assim teve um clique ao ler o começo da desafortunada aventura de Gregor Samsa neste texto, deve ser porque certamente se deparou com o trecho em uma prova do vestibular ou Enem. 

Ian McEwan, o badalado autor de Reparação, dá início à narrativa de A Barata prestando uma evidente homenagem ao clássico de Kafka. No entanto, a situação se inverte. Neste, é a barata que, certa manhã, acorda em uma cama transmutada em uma criatura monstruosa: um homem. Mas não se trata de um homem qualquer e, sim, do Primeiro Ministro do Reino Unido. Com a metamorfose, vem uma carga ininterrupta e inesgotável de responsabilidades e decisões a serem tomadas. Como a barata não tem nada a perder em um corpo que não lhe pertence, mas que será devolvido ao dono em breve, metamorfoseado em Jim Sams, a criatura dá início à execução de um tão engenhoso quanto absurdo plano, o Reversalismo. Isto é, além de inverter a lógica da clássica obra de Kafka, a ideia é inverter também o fluxo do dinheiro. Desse modo, as pessoas pagam para trabalhar e ganham dinheiro para consumir.  Continuar lendo A Barata – Ian McEwan

Bloggallerya é a Prova dos Nove

É 4 de julho! Por aqui, não comemoramos a independência nesta data, mas estamos soltando fogos! Mentira, estamos não… Somos conscientes 🙂

giphy

Nove anos de história. Nove anos de informações, de curiosidades, de artigos e pesquisas aprofundadas. Nove anos escrevendo sobre nostalgia, entretenimento e cultura pop em geral para vocês. Nove anos trazendo mensalmente as estreias de filmes, os lançamentos de livros e de quadrinhos, resenhando e opinando sobre cinema, séries e literatura; revisitando grandes clássicos da telona e do mercado fonográfico; relembrando consagrados discos de vinil e antigos desenhos animados; acompanhando as temporadas de premiações e enaltecendo eventos locais como a Bienal de Quadrinhos de Curitiba. Continuar lendo Bloggallerya é a Prova dos Nove

Bons Filmes em Julho (2020)

De longas premiados como A Lista de Schindler e Elizabeth até os clássicos da Sessão da Tarde, De Volta para o Futuro, Gatinhas e Gatões e Top Gun; passando por Os Batutinhas e a série American Pie. Dá uma olhada nas datas de lançamento e sinopses das produções que entram em cartaz nos principais catálogos de streaming em julho. Para os não-assinantes, existe a opção de alugar ou comprar os filmes em plataformas como o Google PlayLooke e iTunes ou conferi-los nos canais por assinatura. Bons filmes!

Continuar lendo Bons Filmes em Julho (2020)

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Julho (2020)

Lançamentos literários para todos os gostos. É o que mês do nosso aniversário proporciona a todos os ávidos leitores que nos acompanham. Um dos maiores escritores contemporâneos brasileiros, Cristovão Tezza, apresenta a história de um especialista em pirataria em A Tensão Superficial do Tempo, publicação da Todavia. A Rocco traz uma edição comemorativa de A Descoberta do Mundo de Clarice Lispector. O Escândalo do Século, lançamento da Record, reúne cinquenta textos do lendário Gabriel García Márquez, publicados em jornais e revistas entre 1950 e 1984. A Intrínseca publica Malorie, sequência do best-seller Caixa de Pássaros que originou a produção de mesmo nome da Netflix. E a Nova Fronteira continua fazendo um trabalho excepcional ao publicar novas edições de clássicos; obras fundamentais de autores do calibre de Mark Twain, Bram Stoker, Fiódor Dostoiévski, Emily Brontë, Jane Austen, Jonathan Swift e Irmãos Grimm são algumas das novidades imperdíveis da editora neste mês. Confira capas e sinopses dos principais lançamentos literários de julho:

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Julho (2020)