Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Novembro (2019)

Novas obras das consagradas e distintas romancistas, Danielle Steel, Lisa Kleypas, Lucinda Riley, Isabel Allende e Megan Maxwell, chegam às livrarias em novembro. Além delas, outras escritoras lançam novos e imperdíveis títulos. A autora dos seminais Acqua Toffana e O Matador e uma das mais talentosas da nossa literatura nacional, Patricia Melo, retorna com um romance atualíssimo que aborda a temática do feminicídio no Brasil: Mulheres Empilhadas, que sai pela editora Leya. Margaret Atwood, autora do célebre O Conto da Aia, retoma o universo distópico da obra que a consagrou na sequência Os Testamentos, lançamento da Rocco, que se passa quinze anos após os eventos do livro original.

Obra máxima do terror, O Exorcista de William Peter Blatty ganha uma nova edição pela HarperCollins. A Arqueiro traz uma edição comemorativa de dez anos do lançamento do best-seller Se Eu Ficar de Gayle Forman. A Suma das Letras aproveita o mês de estreia nas telonas da adaptação cinematográfica de Doutor Sono de Stephen King, e republica o livro em terras tupiniquins com a capa do filme. A Companhia das Letras lança o primeiro volume da Biblioteca Lovecraft que compila as histórias completas de um dos mais aclamados nomes dos gêneros terror, fantasia e ficção científica, recomendada tanto para os fãs do renomado autor, quanto para aqueles que querem conhecer mais profundamente a sua obra. Pela mesma editora, sai Essa Gente, novo romance de Chico Buarque que retrata de maneira tragicômica o Brasil destes tempos.

E quem não está para brincadeira, definitivamente, é a Darkside Books. A caveirinha traz algumas das publicações mais aguardadas do mês: O Médico e o Monstro e Outros Experimentos de Robert Louis Stevenson, Ghost Story de Peter Straub e Seres Mágicos & Histórias Sombrias, editado por Neil Gaiman e Al Sarrantonio. Confira abaixo os principais lançamentos literários do mês de novembro:

O Exorcista
William Peter Blatty
HarperCollins

Um clássico do terror com mais de 13 milhões de exemplares vendidos. Uma obra que mudou a cultura pop para sempre, O Exorcista é o livro que deu origem ao maior filme de terror do século XX. Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra-prima de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna do combate entre o sagrado e o profano, em um dos romances mais macabros já escritos. O mal assume várias formas. Seja com monstros, fantasmas ou demônios, tanto a literatura quanto o cinema sempre foram bem-sucedidos em representar a essência do nosso lado mais reprovável. O Exorcista, no entanto, conseguiu superar qualquer outra obra do gênero. Inspirado no caso real do exorcismo de um adolescente, o escritor William Peter Blatty publicou, em 1971, a perturbadora história de Chris MacNeil, uma atriz que sofre com inesperadas mudanças no comportamento da filha de 11 anos, Regan. Quando todos os esforços da ciência para descobrir o que há de errado com a menina falham e uma personalidade demoníaca parece vir à tona, Chris busca a ajuda da Igreja para tentar livrar a filha do que parece ser um raro caso de possessão. Cabe a Damien Karras, um padre da universidade de Georgetown, salvar a alma de Regan e ao mesmo tempo tentar restabelecer a própria fé, abalada desde a morte da mãe. Neste livro, Blatty conseguiu dar ao demônio a sua face mais revoltante: a corrupção de uma alma inocente. A menina Regan é, ao mesmo tempo, o mal e sua vítima. Ela recebe a pena e a revolta de leitores e espectadores em doses equivalentes e, mesmo quarenta anos depois, seu sofrimento e o abismo entre o que ela era e o que se torna continuam nos atormentando a cada página, a cada cena. Um clássico do terror que se mantém atual como somente os grandes nomes do gênero poderiam criar, O Exorcista não se trata apenas de uma simples história sobre o bem contra o mal, ou sobre Deus contra o Demônio, mas também sobre a renovação da fé.

Box As Mil e Uma Noites
Autor Anônimo, Alberto Diniz (Tradutor)
HarperCollins

Depois da traição de sua esposa, o sultão Shahriar decide se casar com uma jovem diferente todas as noites para, na manhã seguinte, matá-la. A resoluta filha do grão-vizir, Sherazade, se oferece em casamento ao sultão visando acabar com esse castigo e salvar a vida de centenas de mulheres. Durante mil e uma noites, ela o transporta para o extraordinário mundo das histórias, envolvendo Shahriar e o leitor em narrativas mágicas sobre mercadores, gênios e ladrões, o que garante a ela mais uma noite de vida, e, ao leitor, outro fantástico conto.

Mulheres Empilhadas
Patrícia Melo
Leya

Com sua linguagem ao mesmo tempo dura e poética, Patrícia Melo está de volta com um romance urgente que aborda a temática da matança de mulheres no Brasil. Mulheres Empilhadas é uma obra de ficção, mas todas as personagens desse livro existem de fato. As protagonistas dessa história são as mulheres. Todas elas: as já feitas e as meninas, as gordas e as magras, as negras e as pardas, as indígenas e as descendentes de imigrantes, as analfabetas e as com grau universitário. Nesse romance intenso, que se lê de um fôlego só e que acompanha a trajetória pessoal de uma advogada, Patrícia Melo fala sobre a matança sistemática de mulheres no Brasil, que atinge democraticamente todas as classes sociais.

Literatura e Cidades
Regina Dalcastagnè, Gislene Barral, Maria Isabel da Silva
Zouk Editora

Este conjunto de ensaios abre espaço, em suas análises, para uma literatura que repercute fortemente as relações entre homens e mulheres desprovidos de poder e o espaço que ocupam e que os constitui. […] A coletânea – composta por treze estudos que abordam produções relacionadas a diferentes cidades brasileiras, mas também a alguns outros lugares do mundo – se inicia por um trajeto que conduz à complexidade das relações entre sujeito, cidade e literatura. Logo em seguida, o foco dos textos se volta para a representação do espaço de grupos marginalizados em produções literárias contemporâneas, oferecendo um painel de análise de diferentes obras brasileiras, urbanas e contemporâneas. Com textos de: Leonor Arfuch, Ricardo Araújo Barberena, Schariza Barberena, Susanna Busato, André Telles do Rosário, Elizabeth Suarique Gutiérrez, Henrique Freitas, Leila Lehnen, Natalia Borges Polesso, Mario Cámara, Johana Kunin, Lucía Tennina, Sophia Beal, Adrián Gorelik.

Entre o CEO e o Inferno
Lettie S.J.
Pandorga

KIERAN STONEHEART é exatamente o que o seu nome diz: um homem com o coração de pedra. Nascido em berço de ouro, tinha tudo para seguir o caminho do pai e se tornar um bon vivant, mas o avô, que estava conformado em ver o seu legado ir por água abaixo, descobre que o neto é uma criança-prodígio. Logo Kieran perde o controle da sua vida, sendo obrigado a se dedicar exclusivamente ao império financeiro da família. Sem viver uma infância e adolescência normais e sem criar vínculos afetivos com ninguém, ele se torna o único herdeiro de uma fortuna bilionária. Porém, este mesmo homem de pedra cai no golpe da mulher que deseja há anos, mas nunca conseguiu conquistar. Uma mulher que sempre rejeitou Kieran, mas que agora está disposta a correr os maiores riscos para pagar a dívida milionária do irmão viciado em jogos de pôquer. LEAH BRIGHT aprendeu a duras penas que sonhos românticos não existem e que tudo na vida gira em torno do dinheiro. Em uma onda de sorte, ganha um concurso de moda e segue a carreira de modelo. Tudo parece perfeito, até que, em uma noite de azar, seu irmão perde todo o dinheiro que tinha em um jogo de pôquer e ganha inimigos perigosos, que passam a ameaçá-los. Encurralados, os dois irmãos criam um jogo ainda mais perigoso para escapar da perseguição. Planejam um golpe para conseguir o dinheiro que precisam, e a vítima seria uma celebridade do seleto círculo social do Principado de Mônaco. Apesar de arriscado, o plano poderia se realizar de maneira perfeita, se um certo CEO poderoso não atravessasse o caminho deles antes. Kieran & Leah que achavam que nunca mais teriam suas trajetórias cruzadas, em breve descobrem que o passado guarda segredos inconfessáveis.

Diário de um Banana 14: Quebra Tudo
Jeff Kinney
VR Editora

Greg e sua família acabam de receber uma herança inesperada e vão usar o dinheiro para reformar a casa. Mas obras são sempre uma caixinha de surpresas. E os Heffley vão aprender isso da pior maneira possível. Todo tipo de problema começa a surgir: madeira podre, mofo tóxico, bichos indesejados e coisas ainda mais sinistras. Quando a poeira baixar, será que conseguirão morar em terra arrasada ou terão que se mandar para outra cidade?

Sobre os Ossos dos Mortos
Olga Tokarczuk
Todavia

A aclamada autora mistura thriller e humor nesta reflexão sobre a condição humana e a natureza.

Vencedora do PRÊMIO NOBEL DE LITERATURA

Vencedor do MAN BOOKER INTERNATIONAL PRIZE 2018

Subversivo, macabro e discutindo temas como mundo natural e civilização, este livro parte de uma história de crime e investigação convencional para se converter em uma espécie de suspense existencial. “Uma das grandes vozes humanistas da Europa”, segundo o jornal The Guardian, Olga Tokarczuk oferece um romance instigante sobre temas como loucura, injustiça e direitos dos animais.

Franny & Zooey
J.D. Salinger
Todavia

Um retrato lírico, ocasionalmente cômico e sempre cortante da vida em família e do fim da infância. Salinger continua a explorar os meandros da família Glass,que os leitores conheceram em Nove Histórias. Em Franny, a mais jovem dos Glass se encontra com o namorado, mas o que prometia ser um fim de semana aprazível acaba se tornando uma descida ao mal-estar espiritual que a domina. Em Zooey, encontramos Franny em meio a um colapso nervoso, e cabe a seu irmão tentar ajudá-la.

Seduzido Pelo Coração de uma Lady: Volume 1
Christi Caldwell
Editora Pausa

O Tenente Lucien Jones, filho de um visconde, regressou da guerra para descobrir que a sua mulher e filho estavam mortos. Culpando seu pai pela missão dada de lutar contra as forças de Boney, ele se contentou em definhar no Hospital de Londres… Até que conseguiu um emprego com o Marquês de Drake. Através de sua posição, Lucien encontrou um propósito na vida e se contentou em manter seu passado enterrado. Lady Eloise Yardley ama Lucien desde criança. Quando desistiu de sonhar com ele, a jovem se casou com outro. Anos depois, ela é uma viúva solitária que não se encaixa na sociedade. Quando a família de Lucien pede sua ajuda para reunir pai e filho, ela aproveita a oportunidade para não apenas ajudar seu antigo amigo, mas também escapar de Londres. Lucien não sabe o plano arquitetado por Eloise, mas conhecendo-a tal como é, quando a jovem faz uma visita à Marquesa, ele sabe que a amiga de infância está tramando algo. A última coisa que ele quer é a tentação que essa nova Eloise oferece; uma lembrança reconfortante de tempos mais felizes e de paz. No entanto, a jovem está determinada a conquistar o amor de Lucien de uma vez por todas… se ao menos ele pudesse deixar de lado a dor de seu passado e arriscar tudo pelo coração de uma lady.

A Coragem de Katie: A Herança do Condado Lancaster
Beverly Lewis
Editora Pausa

A vida inteira seus desejos foram reprimidos. Ela terá coragem de enfrentar tudo para viver seus sonhos? Katie Lapp é uma jovem Amish, cumpridora de todas – ou quase todas – as exigências de sua comunidade. Mas seu espírito agitado encontra-se em uma busca constante, por respostas que ela não consegue ter. Até o dia em que ela encontra algo em sua casa… Por que sua mãe, uma simples mulher Amish que preserva os velhos costumes, esconde um lindo vestido de cetim, de um bebê, no sótão? A resposta inesperada vem na véspera do casamento de Katie com o bispo John, lançando sua vida – presente e futuro – em um enorme conflito.

O Longo Voo Para Casa: Volume 1
Alan Hlad
Editora Pausa

Quando os alemães decidem atacar Londres, uma arma aparentemente frágil pode ser a esperança enviada do céu. Em setembro de 1940 – um ano depois do início da Segunda Guerra Mundial – à medida que as bombas alemãs caem sobre a Grã-Bretanha, cresce o medo de uma invasão iminente. Os aviões inimigos escurecem o céu ao redor da casa de Susan Shepherd e seu avô, Bertie, na floresta de Epping. Depois de perder seus pais quando criança, Susan encontrou conforto criando pombos-correio com Bertie. Para a jovem, todos os pássaros são extraordinários, inteligentes e belos, mas nenhum é melhor do que Duquesa. Nascida de um ovo que Susan incubou em uma tigela sob a lâmpada de mesa de seu avô, Duquesa tem uma ligação especial com a jovem e uma curiosidade incomum sobre o mundo. A milhares de quilômetros de distância, nos Estados Unidos, um jovem piloto de pulverização de plantações chamado Ollie Evans decide viajar para a Grã-Bretanha para se juntar à Força Aérea Real. Sua jornada o leva a Epping e ao Serviço Nacional de Pombos, onde Susan está envolvida em uma missão secreta. Com o codinome Operação Columba, a missão tem como objetivo soltar, de vários aviões, centenas de pombos-correio na França ocupada pelos alemães. Muitos não sobreviverão, mas aqueles que fazem a viagem de regresso à Inglaterra podem levar informações cruciais sobre os movimentos das tropas alemãs e ajudar a recuperar os céus britânicos da Luftwaffe. A amizade entre Ollie e Susan se aprofunda à medida que a data da missão se aproxima. Quando o avião de Ollie é derrubado atrás das linhas inimigas, ambos sabem que as chances de reencontro são remotas. No entanto, a devoção de Duquesa e o seu extraordinário senso de dever tornam-se uma inesperada ajuda, transportando as mensagens entre Susan e Ollie à medida que a guerra avança e provando, por fim, que a esperança nunca se perde.

O Médico e o Monstro e Outros Experimentos
Robert Louis Stevenson
Darkside

Todos temos um lado pouco conhecido, secreto, por vezes maligno e até monstruoso. Raros, porém, são aqueles que dão vazão a esta faceta. O escocês Robert Louis Stevenson soube retratar, como poucos, este aspecto das personalidades múltiplas em sua novela gótica, O Médico e o Monstro, publicada originalmente em 1886, em Londres. Considerado um dos três maiores clássicos do gênero de horror, ao lado de Frankenstein e Drácula, O Médico e o Monstro inspirou incontáveis traduções, adaptações, interpretações e homenagens ao longo das décadas. A DarkSide® Books, primeira editora brasileira inteiramente dedicada ao terror e à fantasia, anuncia a peça que faltava para completar a tríade monstruosa e atemporal na coleção Medo Clássico: O Médico e o Monstro & Outros Experimentos é o livro que todo darksider sempre sonhou. Capa dura para proteger o material de elementos químicos destrutivos, tradução cuidadosa de Paulo Raviere para honrar o trabalho de Stevenson, ilustrações impecáveis de Alcimar Frazão para explorar as nuances metafóricas dos personagens ― e, claro, uma seleção de contos perfeita para quem quer conhecer ou revisitar o talento inigualável de Stevenson. Além da curiosa história do advogado Gabriel John Utterson preocupado com o comportamento estranho do seu amigo Dr. Henry Jekyll, outros “experimentos” de Stevenson que flertam com o terror e o sobrenatural estão presentes neste volume. É o caso dos contos “Markheim”, “O Apanhador de Corpos”, “Olalla” e “Janet, a Entortada”), sem falar nos contos de mistério e aventura (“A Praia de Falesá”), e fantasia (“O Demônio da Garrafa”, “A Ilha das Vozes”). Nenhuma dessas narrativas, porém, pode ser resumida a um gênero e enquadrada em apenas uma categoria. Alguns deles estão entre os mais brilhantes exemplares de ficção de horror do século XIX. Como aponta o tradutor Paulo Raviere na introdução do volume: “ ‘O Apanhador de Corpos’ é inspirado no célebre caso de Burke e Hare, serial killers escoceses que matavam para fornecer cadáveres a um professor de anatomia. Em ‘Markheim’, conto de horror psicológico, Stevenson evoca alguns dos grandes assassinatos ingleses do século XIX para narrar o desespero de um homicida imediatamente após o seu ato. ‘Janet, a Entortada’ é exploração linguística que, se em primeiro plano conta uma história de possessão demoníaca, mais a fundo sugere quão terrível pode ser uma multidão assustada e supersticiosa, mal que afligira a Europa durante a Inquisição, e atualmente apenas mudou de forma. ‘Olalla’ é o soturno relato do enfermo que decide passar uma temporada na villa de uma nobre, porém, decadente família espanhola.” A edição conta ainda com ensaio de Marcel Schwob sobre o autor, publicado originalmente em 1896. Stevenson foi um artista que, feito raro mesmo entre os autores clássicos, entrou para o imaginário da sua época e foi ao mesmo tempo um sucesso de público e da crítica especializada. Agora, o autor de um dos maiores clássicos do terror finalmente recebe o tratamento dark que merece. A coleção Medo Clássico se consolida a cada mestre que entra em sua casa, fazendo uma homenagem aos grandes nomes da literatura que já causaram pesadelos inenarráveis aos leitores, década após década. As edições monstruosas trazem ilustradores brasileiros convidados e tradutores que respiram e conhecem profundamente as obras, além de imagens inéditas, rascunhos originais e textos de apoio. Mary Shelley, Bram Stoker, H.P. Lovecraft, Edgar Allan Poe e Robert Louis Stevenson estão em casa.

A Herança de Uma Nobre Mulher
Danielle Steel
Record

Uma jovem com o coração partido que carrega um grande segredo. Uma história de amor proibida. Um legado capaz de mudar para sempre a vida de mulher. Quando chegou ao banco no qual trabalhava havia anos, Hal Baker achava que aquele seria um dia como outro qualquer, mas estava enganado. Naquele dia, Hal teve de abrir um cofre abandonado, mas não imaginava que, ao fazer isso, estava revelando um grande segredo. Entre os pertences estavam várias fotos de um casal na Europa depois da Segunda Guerra, correspondências antigas e 22 caixinhas de couro, cada uma delas contendo uma joia extravagante. O conteúdo do cofre pertencia a Marguerite Wallace Pearson di San Pignelli, que havia morrido há alguns meses sem deixar testamento. Mas por que alguém abandonaria uma fortuna em jóias? Jane Willoughby, uma jovem escrivã, e Phillip Lawton, um especialista em joias, são encarregados de desvendar esse mistério. Os dois ficam intrigados com Marguerite e, empenhados em montar o quebra-cabeça da vida daquela misteriosa mulher, embarcam em uma jornada que vai dos Estados Unidos à Inglaterra, da França à Itália e que pode revelar um segredo capaz de mudar a vida deles para sempre

Rebel: Nunca Subestime o Rebelde
Marie Lu
Rocco Jovens Leitores

Respeite a LENDA. Idolatre a PRODÍGIO. Celebre o CAMPEÃO. Mas nunca subestime o REBELDE. ÉDEN WING vive à sombra de seu irmão há anos. Mesmo sendo um dos melhores alunos da universidade em Ross City, Antártida, e um inventor brilhante, a maioria das pessoas só o conhece como o irmão caçula de Daniel Wing. Uma década atrás, Daniel era conhecido como Day, o garoto das ruas que liderou uma revolução que salvou a República da América. Mas Day não é mais o jovem que uma vez fora o herói da nação. Agora ele prefere se esconder do mundo e deixar o passado para trás. Tudo o que importa para Daniel é manter Éden seguro, mesmo que isso signifique desistir de June, o grande amor da vida dele. Enquanto os dois irmãos se esforçam para descobrir quem se tornaram desde aquele tempo na República, um novo perigo espreita na distância que cresceu entre eles. Éden logo se vê imerso no lado sombrio de Ross City e nem seu irmão poderá salvá-lo. Pelo menos não sozinho… Com um suspense inigualável e sua característica narrativa cinematográfica, a best-seller #1 do New York Times, Marie Lu devolve os leitores ao mundo inesquecível de Legend para um grand finale memorável.

A Dupla Noite das Tílias: História e Natureza no Fausto de Goethe
Marcus Vinicius Mazzari
Editora 34

Partindo do conceito de Weltliteratur, “literatura mundial”, cunhado por Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832), e do entendimento de que cada época pode reinterpretar as grandes obras de arte a partir de seu próprio contexto, A Dupla Noite das Tílias, de Marcus Vinicius Mazzari, professor de Teoria Literária da Universidade de São Paulo, propõe uma leitura informadíssima e atualizadora da obra máxima de Goethe, Fausto: Uma Tragédia. Aliando a erudição e o senso crítico a uma capacidade investigativa rara, o autor abarca um leque de questões que atravessam a história, a economia, a ética, a estética, a percepção da natureza e a poesia, sem perder-se jamais na multiplicidade de caminhos possíveis. Ao contrário, detendo-se particularmente no quinto ato do Fausto II, que concentra a chamada “tragédia da colonização”, Mazzari não só repassa criticamente a discussão contemporânea sobre esta que é a mais enigmática obra de Goethe como também avança, de maneira fundamentada e original, uma interpretação própria para as “fórmulas ético-estéticas”, cunhadas pelo poeta em sua maturidade. A dupla noite das tílias resulta, assim, um livro denso de poesia, reflexão e informação, que abre perspectivas amplas para a Literatura Comparada e se afirma como obra poderosa do ensaísmo brasileiro.

Os Testamentos
Margaret Atwood
Rocco

O Conto da Aia, a obra-prima distópica de Margaret Atwood, tornou-se um clássico de nossos tempos. E, agora, a autora oferece a seus leitores a sua aguardada e surpreendente continuação. QUINZE ANOS APÓS os eventos de O Conto da Aia, o regime teocrático da República de Gilead aparentemente se mantém firme no poder, mesmo após as sucessivas tentativas de insurgência. Mas há sinais de que suas engrenagens começam a se deteriorar. Nesse momento crucial da história política do país, as vidas de três mulheres radicalmente diferentes convergem, e as consequências deste encontro poderão ser explosivas. Duas delas cresceram em lados opostos da fronteira: uma em Gilead, criada em meio a privilégios como filha de um importante Comandante, e outra no Canadá, onde frequenta a escola, trabalha na loja dos pais, participa de protestos anti-Gilead e assiste, na TV, às notícias sobre seus horrores. Os testamentos dessas duas jovens, que fazem parte da primeira geração a chegar à idade adulta nessa nova ordem mundial, são entrelaçados por uma terceira voz: o revelador manuscrito de uma das executoras do regime, uma mulher que exerce sua autoridade implacável por meio do acúmulo e da manipulação de segredos de Estado que podem ameaçar todas as estruturas do poder. Segredos dispersos e há muito enterrados, capazes de unir essas três mulheres, fazendo com que elas encarem quem realmente são e decidam até onde podem ir em busca do que acreditam.

Milionário Arrogante
Penelope Ward & Vi Keeland
Charme

Conheci Bianca em um elevador. Ela estava indo me entrevistar quando ficamos presos. A jornalista morena linda presumiu que eu fosse um garoto de entregas por causa da forma como estava vestido. O que ela não fazia ideia era que eu, na verdade, era Dex Truitt, o empresário rico e bem-sucedido, que ela apelidou de “Milionário Arrogante” ― seu compromisso da tarde. Bianca me contou o quanto odiava o tipo de Dex: esnobe, almofadinha, nascido em berço de ouro e que não aproveitava as coisas simples da vida. Então, depois que, finalmente, o elevador recomeçou a se mover, cancelei a entrevista e a deixei acreditar que eu era alguém diferente: um ciclista mensageiro chamado Jay. Adorava o jeito como ela olhava para o falso eu e não queria que acabasse. Comecei a sair com ela como “Jay”, o tempo todo deixando-a entrevistar meu eu verdadeiro por e-mail. Não esperava que nossa química on-line fosse ser tão intensa. Não esperava a confusão em que tinha me metido. Não esperava que Jay e Dex se apaixonassem por ela. E ela estava se apaixonando por dois homens. Só que ambos eram eu. E, quando ela descobrisse, nós dois iríamos perdê-la. Nada poderia ter me preparado para aquele dia. E eu, certamente, não estava preparado para o que aconteceu em seguida. Todas as coisas boas acabam, certo? Só que eu não esperava que o nosso fim chegasse.

Felicidade Para Sempre
B. J. Harvey
Charme

Você conheceu Mac e Daniel em Felicidade Temporária. Agora, junte-se a eles novamente e acompanhe a história de como eles acabam se casando. Makenna Lewis nunca pensou que um dia entraria em uma igreja para casar com seu Superman. Mas ela também não esperava que Daniel Winters entraria em sua vida e tiraria seu mundo dos eixos há dois anos. Enquanto celebram seus últimos dias de solteirice, eles se veem disputando a lista de convidados, lidando com os sogros e com desastres de última hora que ameaçam prejudicar seu dia especial. No mais genuíno estilo bliss, temos surtos, situações desconfortáveis, hilárias, drama e momentos constrangedores enquanto Mac e Daniel se preparam para o dia mais importante de suas vidas. Venha ver a gangue assistir a dois deles entrarem na igreja e concluírem seu felizes para sempre. Este livro continua a partir do final de Felicidade Verdadeira e introduz o livro Felicidade Encontrada: A História de Noah Taylor, O Vibrador Ambulante. Aviso: sexo quente, mensagens de texto bêbadas, ligações cheias de tesão e um casamento esperado por todos, exceto uma pessoa. E, é claro, alguns surtos no meio do caminho (mas não do tipo que você deve estar acostumado), porque isso é a cara da Mac.

A Ilha Do Tesouro
Robert Louis Stevenson (Autor), Paula Puiupo (Ilustrador)
Antofagica Editora

Aventuras em alto-mar, traição, lutas de espadas e uma caça ao tesouro eram coisas que não passavam de imaginação para o jovem Jim Hawkins, que vivia entediado na pacata hospedaria de seus pais. Quando um sombrio capitão se hospeda na Almirante Benbow, isso começa a mudar: ele canta canções de marujos, parece paranoico sobre um marinheiro ameaçador e faz com que a estalagem seja tomada pela pior corja de bucaneiros que o garoto já viu. É então que o rastro de um tesouro real cai nas mãos de Jim, e resta ao garoto se juntar a uma tripulação de nobres cavaleiros e partir para a Ilha do Tesouro, em uma corrida contra os piratas. Publicada em 1883, esta obra-prima de Robert Louis Stevenson é uma das mais empolgantes aventuras marítimas já escrita, e deu origem a grande parte do imaginário de piratas que até hoje habita nossas mentes e a cultura pop. Esta nova edição traz tradução inédita, notas e posfácio de Samir Machado de Machado e ilustrações de Paula Puiupo, além de textos complementares do escritor Jim Anotsu e da pesquisadora Marina Bedran, especialista na obra de Stevenson.

Biblioteca Sobre Rodas
David Whitehouse
Rocco

Do premiado autor David Whitehouse, a aventura tragicômica de um adolescente em apuros que decide escapar de sua pequena cidade no interior da Inglaterra a bordo de uma biblioteca sobre rodas roubada. Bobby Nusku, de 12 anos, é um arquivista de sua mãe. Ele passa as noites catalogando minuciosamente seus cabelos, roupas e outros vestígios da vida que ela deixou para trás, na esperança de que um dia ela volte para casa, enquanto enfrenta o alcoolismo do pai e a indiferença da madrasta. Durante o dia, Bobby e seu melhor amigo Sunny criam planos mirabolantes para enfrentar o bullying que sofrem na escola e a violência em seus lares – incluindo a transformação de Sunny, membro por membro, em um ciborgue. Mas quando Sunny se fere em um acidente, Bobby é forçado a enfrentar o mundo sozinho. É quando Bobby conhece Rosa, uma menina cuja deficiência a torna um alvo ainda mais fácil dos valentões. No dia em que Bobby conhece a mãe de Rosa, a solitária Val, a conexão entre os três é imediata, e eles passam um verão mágico juntos, em meio a leituras de Roald Dahl, Antoine de Saint-Exupéry e inúmeros outros autores que ocupam as prateleiras da biblioteca móvel onde Val trabalha como faxineira. Mas quando o verão chega ao fim, Bobby se vê em apuros em casa e Val corre o risco de perder o emprego. Para os três, a solução parece simples: abandonar tudo e fugir a bordo da biblioteca móvel, em uma viagem repleta de livros e aventuras inusitadas pelas estradas da Inglaterra. Ao mesmo tempo cômico, provocador e repleto de emoção, Biblioteca Sobre Rodas é uma fábula sobre o intrínseco desejo humano de ser amado e compreendido – uma carta de amor para famílias improváveis e as histórias que nos moldam.

Intruso
Iain Reid
Fábrica231

NÓS NÃO RECEBEMOS VISITAS. NUNCA. NÃO AQUI. JUNIOR E HENRIETTA vivem uma vida confortável e solitária em sua pequena fazenda, em meio a extensos campos de canola e tendo apenas algumas galinhas como companhia, longe das luzes da cidade, mas próximos um do outro. Certo dia, um estranho chega à fazenda com uma estranha notícia: Junior fora selecionado aleatoriamente para fazer uma viagem para muito, muito longe. Ao que parece, ele é um dos candidatos da Instalação, um projeto de colonização espacial realizado por uma grande empresa privada. Mas a parte mais incomum dessa barganha é o fato de que tudo fora organizado para que Henrietta não ficasse sozinha durante a ausência de Junior. Nunca, nem por um segundo. Para todos os efeitos, Henrietta terá sempre uma companhia familiar. Depois dessa estranha visita, a paz doméstica começa a fragmentar-se. Junior precisa chegar a uma decisão em meio a uma desconfiança crescente, enquanto o dia a dia na fazenda é tomado por um clima de paranoia e claustrofobia, e o que aparentemente era uma vida tranquila e bucólica a dois torna-se uma existência angustiante, repleta de jogos mentais e incertezas. Narrado em um estilo claro e, ao mesmo tempo, sugestivo, Intruso é um quebra-cabeça psicológico assustador, que examina a natureza dos relacionamentos domésticos, a autodeterminação e o que significa ser (ou não ser) alguém.

Deixe a Neve Cair
Lauren Green John / Johnson Maureen / Myracle
Rocco Jovens

Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos. Em Deixe a Neve Cair, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera.

NA TERRA DO CERVO BRANCO
CHEN ZHONGSHI (Autor)
Estação Liberdade

Na planície que dá nome ao livro, as famílias Bai e Lu, parte de um mesmo clã, alternam-se no poder. Acompanhamos três gerações destas famílias, enquanto testemunham a onda de mudanças e destruição a que o povo chinês foi submetido na primeira metade do século XX. Com o fim da dinastia Qing e a queda do Império, em 1912, os senhores feudais locais passam a brigar entre si. Depois, é a disputa entre o Partido Nacionalista e o Partido Comunista, cada um com sua ideia de libertação popular. Ao mesmo tempo, ocorre a invasão japonesa e a devastadora Segunda Guerra Mundial. Novamente, a guerra total entre partidos, que culmina na Grande Marcha e na fundação da República Popular da China. Com o estabelecimento do novo Estado revolucionário, novos valores e formas de vida vêm substituir a cultura arraigada há milênios. Contra esse pano de fundo histórico, o elenco de personagens criado por Chen Zhongshi compõe um retrato das formas possíveis de viver perante às catástrofes. Conhecemos a ética e a organização da vida local; experimentamos os rituais simbólicos tradicionais, bem como a filosofia do confucionismo – incorporados no doutor Leng e no sábio Mestre Zhu. Acompanhamos personagens em busca de suas revoluções pessoais por meio da educação, do banditismo ou da adesão aos grupos de poder. Vemos a opressão patriarcal e as tentativas de libertação feminina, encarnadas nas personagens Xiao’e Bai Ling. Por fim, vemos como as escolhas pessoais levam famílias amigas a lados opostos de uma guerra fratricida. Concebido em 1987 e finalizado em 1992 – período em que o autor viveu na zona rural da infância para viver a atmosfera que queria recriar – NA TERRA DO CERVO BRANCO é um clássico moderno da literatura chinesa. O livro alçou Chen Zhongshi ao patamar de autores como Yu Hua ou o Prêmio Nobel Mo Yan, com a diferença de que, em vez de buscar uma literatura globalizada, ele trata de assuntos eminentemente chineses.

Condições Nervosas
Tsitsi Dangarembga
Kapulana

Condições Nervosas (Original Nervous Conditions, 1988), de Tsitsi Dangarembga, é um clássico da literatura africana. Narrado em primeira pessoa por Tambudzai, que, já adulta, relembra a sua infância e adolescência e os caminhos que tomou para contornar as opressões da pobreza, do patriarcado e do colonialismo. Tambu tem a oportunidade de estudar após a morte do irmão, único menino da família. Em suas memórias, ela relembra as dificuldades do processo de emancipação de sua mente e corpo, as ideias controversas e sedutoras da prima Nyasha, a resignação da mãe, a amargura da tia, e as injustiças que unem todas essas mulheres. O livro traz discussões pertinentes sobre machismo, religião e colonialismo, e como esses três fatores se entrelaçam para construir uma sociedade altamente opressora e limitante para as mulheres e as pessoas que vivem na pobreza. Condições nervosas recebeu o prêmio “Commonwealth Prize for Africa”, em 1989; está entre os dez primeiros colocados na lista dos 100 Livros Africanos Mais Importantes do Século XX, organizada pela Zimbabwe International Book Fair com a colaboração de entidades africanas e internacionais; e, em 2018, integrou a lista da BBC dos “100 livros que ajudaram a mudar o mundo”, na 66ª posição.

Porventura
Mauro Ventura
Aller

Não é pouca a responsabilidade do cronista moderno — resgatar a tradição e preservar o legado de antecessores como João do Rio, Rachel de Queiroz, Rubem Braga e muitos outros —, mas Mauro Ventura a leva a efeito com mestria. Nos textos reunidos neste livro, entre inéditos e outros de grande repercussão publicados ao longo de duas décadas em veículos como Jornal do Brasil, O Globo e, mais recentemente, a internet, autor convida leitor a trafegar por um Rio de Janeiro tão lindo quanto ardiloso, com suas ruas, feiras, delegacias, calçadas e, principalmente, pessoas; por alas estreitas de comunidades esquecidas pelo poder institucional, onde pessoas (in)comuns realizam projetos sociais extraordinários; pelos cômodos do lar, onde a convivência com a família e os amigos proporciona experiências inusitadas; enfim, pela vida, fornecedora da matéria-prima indispensável a toda boa crônica.

A Exortação: O Encontro, Livro 1
Tito Corrêa
Ler Editorial

Será que Deus existe mesmo? Se existe, onde ele está? Se é um Deus amoroso, por que permite o sofrimento e as injustiças no mundo? Para que serve a fé, se muita das vezes, mesmo a tendo, ainda assim as coisas dão errado? Isaac sempre seguiu os caminhos do Senhor Jesus, desde que nasceu, porém, uma tragédia o inseriu em uma tremenda escuridão, fazendo com que questionasse o poder, a glória e o amor de Deus, e sobre o que é ter fé. Agora, caberá a sua esposa, Clara, conduzi-lo à luz e a verdade de Deus, que passa a usá-la sobrenaturalmente como seu instrumento, a fim de exortar e resgatar Isaac. Entretanto, Isaac precisará enfrentar as fortes investidas do inimigo, que passa a seduzi-lo com o objetivo de arrastá-lo de vez para a perdição. Clara triunfará em sua missão ou a escuridão em que Isaac está envolto o arrastará de vez para longe de Deus?

Uma Herdeira Apaixonada: 5
Lisa Kleypas
Arqueiro

QUINTO LIVRO DA SÉRIE OS RAVENELS. Lisa Kleypas já escreveu mais de 40 romances, que são best-sellers no mundo todo e foram traduzidos para 28 idiomas.

“Um romance elegante, espirituoso e sensual. De fazer suspirar, com personagens inesquecíveis, ritmo impecável e uma trama repleta de desejo e perigo.” ― Booklist

“Kleypas tem um estilo inebriante, tão exuberante e romântico quanto o cenário de suas histórias.” ― Entertainment Weekly

Viúva ainda jovem, Phoebe já viveu um grande amor e não cultiva mais ilusões românticas. Agora, ela precisa ser prática – e cuidar dos dois filhos pequenos e da propriedade da família. Mas quando vai passar alguns dias no Priorado Eversby, a bela dama se surpreende ao conhecer um cavalheiro incrivelmente charmoso. Seu encanto se desfaz no momento em que ele se apresenta como ninguém menos que West Ravenel: o homem que tornou a vida de seu falecido marido um tormento. E ela jurou nunca perdoá-lo por isso. West sabe que é um homem com um passado manchado e que não está à altura de uma mulher como Phoebe, mas, ao conhecê-la, é consumido por um desejo irresistível e um sentimento inteiramente novo. Sem terras nem fortuna, tudo que ele pode lhe oferecer é prazer. O que West não imagina é que, apesar da aparente ingenuidade, Phoebe está decidida a tomar as rédeas da própria vida. Será que essa paixão esmagadora será suficiente para superar os obstáculos do passado?

A Última Música
Nicholas Sparks
Arqueiro

O AMOR TEM DIVERSAS FORMAS DE CURAR NOSSO CORAÇÃO.

Os livros de Nicholas Sparks foram traduzidos para mais de 50 idiomas e já ultrapassaram os 100 milhões de exemplares no mundo todo, sendo 3 milhões só no Brasil. Onze de seus livros ganharam adaptações para o cinema, como A Última Música, estrelado por Miley Cyrus e Liam Hemsworth.

“Fãs de Diário de uma paixão, Uma carta de amor e outros sucessos do autor vão devorar este livro.” ― Entertainment Weekly

Uma das lembranças mais felizes de Ronnie era se sentar ao lado do pai ao piano e tocar por horas. Porém, desde que ele se separou da mãe dela e se mudou de Nova York, a menina só consegue olhar para o instrumento com raiva e mágoa. Três anos após o divórcio, Ronnie mal tem contato com ele e a mãe acha que já está na hora de os dois reconstruírem os laços, passando juntos as férias de verão. Antes um pianista que sempre estava viajando, o pai agora leva uma vida tranquila numa pequena cidade litorânea, imerso no trabalho de reconstrução do vitral de uma igreja, destruído em um incêndio misterioso. A última coisa que a rebelde Ronnie quer é passar meses num local entediante como aquele, mas aos poucos a brisa da praia e de novas paixões começa a acalentar seu coração ressentido. Um dos maiores sucessos de Nicholas Sparks, A Última Música é uma verdadeira celebração de todos os tipos de amor, desde a paixão do primeiro romance e a afeição entre pais e filhos até a devoção à música.

Se Eu Ficar
Gayle Forman
Arqueiro

EDIÇÃO COMEMORATIVA. INCLUI CONTO EXTRA.

Se Eu Ficar vendeu mais de 5 milhões de exemplares em 40 países.

“Intenso e emocionante, este romance levará o leitor a fazer um balanço da própria vida, bem como das pessoas e das coisas pelas quais vale seguir em frente.” ― PUBLISHERS WEEKLY

NÃO SEI MAIS SE PERTENÇO A ESTE MUNDO. NÃO SEI SE QUERO ACORDAR. Em um piscar de olhos, tudo muda. Mia não tem nenhuma lembrança do acidente, mas vê seu corpo em meio aos destroços do carro, ao lado dos pais e do irmão. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida e recordar seu passado feliz, pensando no que perdeu, no que deixou para trás. Recebendo a visita de amigos, de parentes e do namorado, Mia se depara com um futuro desconhecido. Ela precisa tomar a decisão mais difícil de todas: se ainda vale a pena ficar ou se deve partir para sempre. Comemorando 10 anos de lançamento, Se Eu Ficar se mantém como uma história atemporal sobre dor e esperança, amor e memória, e sobre as escolhas que devemos fazer quando tudo parece perdido.

Ghost Story
Peter Straub
Darkside

Na pacata cidadezinha de Milburn, nos Estados Unidos, a Sociedade Chowder ― formada por um grupo de quatro velhos amigos ― se reúne todo mês para contar histórias em encontros regados a bebidas e charutos. Algumas são verdadeiras, outras inventadas… Mas todas elas têm algo em comum: são terrivelmente assustadoras. Um passatempo simples para conferir um pouco de diversão a suas vidas monótonas. Mas uma história chega para mostrar suas garras no presente e assombrá-los. Algo que eles fizeram muito tempo atrás. Um erro grotesco. Um acidente terrível. Agora, pesadelos fazem com que eles inevitavelmente sejam atraídos pelo sobrenatural. E não demora muito para que eles percebam que ninguém pode enterrar o passado para sempre… Há quase sete anos, os fãs do terror encontraram na DarkSide® um lar. Ou, bem, uma mansão assombrada. Desde então, a Caveira republicou clássicos, revelou novos talentos e fez muita gente se revirar na cama com pesadelos. Os nomes mais assustadores da literatura entraram para a família: Clive Barker, William Hjortsberg, Stephen King, William Peter Blatty… E, agora, Peter Straub. É com o coração assombrado por fantasmas que a DarkSide® apresenta o clássico Ghost Story, uma das histórias sobrenaturais mais surpreendentes já escritas ― e uma das mais aguardadas pelos leitores que caminham de mãos dadas com a Caveira desde o início. Em Ghost Story, Straub mostra seu talento ao apresentar cada membro da Sociedade Chowder para o leitor, ao mesmo tempo em que estabelece a atmosfera da cidadezinha fictícia e os acontecimentos sobrenaturais. Uma leitura compassada, que se esgueira para os cantos mais sombrios da mente, para nunca mais sair. Straub mexe profundamente com a cabeça do leitor em um terror psicológico que aborda arrependimentos, vinganças, amizades que se desmancham e histórias mal-resolvidas ― mas também faz o sangue congelar ao colocar olhos amarelos à espreita e crianças estranhas olhando pela janela. Fantasmas são manifestações reais ou meros ecos do passado? Só lendo para descobrir. Peter Straub se tornou um dos autores de horror mais prolíficos e aclamados de todos os tempos, com inúmeros romances, contos, poemas e novelas publicadas. Entre os leitores notáveis de seu trabalho encontra-se Stephen King, também amigo pessoal e parceiro criativo em obras como O Talismã e A Casa Negra. Ghost Story chega para os leitores no timing perfeito para virar a leitura favorita de Halloween. O padrão de qualidade é o que você já conhece: uma edição de colecionador, feita de fã para fã, para assombração nenhuma colocar defeito. Preparado para encarar os fantasmas desta história?

Seres Mágicos & Histórias Sombrias
Neil Gaiman, Al Sarrantonio
Darkside

As melhores histórias são poderosas o suficiente para fazer com que o leitor continue virando as páginas, ávido para obter respostas para a pergunta que move todos os curiosos: “o que aconteceu depois?”. É uma conexão que vai muito além das restrições de gênero literário; no fim, o que importa são as histórias, e se elas são capazes de desprender o leitor da realidade para fazê-lo simplesmente imaginar. É com essa certeza inspiradora que Seres Mágicos & Histórias Sombrias começa. Neil Gaiman, autor de Deuses Americanos, Coraline e Sandman, se uniu ao escritor de terror e ficção científica Al Sarrantonio para editar uma antologia especialmente sombria e mágica para leitores curiosos que gostam de sonhar. Eles sabem que os escritores são os criadores de um portal mágico capaz de sugar cada um de nós para seus universos particulares, e moldam mundos onde as palavras se tornam uma paleta de cores únicas capazes de ganhar vida em nossos corações, sonhos e pesadelos. Com 27 histórias que expandem e redefinem a ficção imaginativa, Seres Mágicos & Histórias Sombrias reúne Joyce Carol Oates, Joe R. Lansdale, Jodi Picoult, Peter Straub, Chuck Palahniuk, Jeffery Deaver, Joe Hill e outros inúmeros autores renomados que toparam o desafio de transcender todo e qualquer limite ao darem vida a seus personagens e histórias de maneira afiada e intensa, cada um à sua maneira. Em “O Diabo na Escada”, Joe Hill conta a história perturbadora de um homem e seu declínio ao mal. “A Verdade é uma Caverna nas Montanhas Negras”, de Neil Gaiman, é um conto gelado e folclórico com um desfecho inesperado. “Figuras Fósseis”, de Joyce Carol Oates, narra o implacável e poderoso elo entre irmãos gêmeos. “As Estrelas Estão Caindo”, de Joe R. Lansdale, reflete sobre as mudanças na vida de um soldado da Primeira Guerra Mundial que volta para casa depois de passar anos afastado de quem ama. Em “Perdedor”, Chuck Palahniuk apresenta a história do membro de uma fraternidade que participa de um programa de TV durante uma viagem de ácido. De Carolyn Parkhurst, “Indisposta” é narrado por uma mulher de idade que recorda a relação tóxica com sua irmã. Estes são apenas alguns exemplos dos tesouros escondidos nas páginas deste livro. Mas a experiência de ler Seres Mágicos & Histórias Sombrias vai muito além disso: o livro é um verdadeiro compêndio com contos para todos os gostos e autores queridos para conhecer e revisitar. Para tornar a edição da DarkSide® Books ainda mais especial, o artista norte-americano Jason Limon emprestou seu singular talento para conectar a delicadeza e magia das palavras do livro em uma imagem poderosa. O resultado é uma edição única no mundo, feita de fã para fã, com capa dura e detalhes extraordinários. Em seu texto de abertura, Neil Gaiman ainda escreve que a magia da ficção é pegar as palavras e utilizá-las para construir novos mundos. E se viajar aumenta nossos horizontes, os destinos de Seres Mágicos & Histórias Sombrias ― e o reino sem fronteiras da ficção imaginativa ― vão transformar sua visão de mundo.

Pare De Perguntar O Que Seu Filho Vai Ser
Bianca Solléro
Ser Mais

Não existe criatividade na repetição. “O que você vai ser quando crescer?” é algo que repetimos automaticamente, sem nenhuma crítica. É romântico e talvez ingênuo demais acreditar que essa pergunta ensina a sonhar. Sequer favorece nossos sonhos. Está carregada de um milhão de expectativas e caminhos predefinidos sobre o que é “ser alguém na vida”. O século XXI com sua aceleração exponencial fez transformar-se em hábito essa insistente projeção para o futuro, com a qual perdemos a oportunidade de viver a infância como ela deve ser. O livro Pare de Perguntar o Que Seu Filho Vai Ser, da psicóloga Bianca Solléro, é um convite para um reposicionamento nosso perante nossos filhos. Uma via para possibilitar acomodar a infância e as relações familiares, de uma forma mais leve e criativa, no mesmo espaço e no mesmo tempo que operam este louco cenário, porém não com a mesma velocidade. Bianca Sollero é psicóloga e pesquisadora do modelo mental infantil. Arte terapeuta, consultora em educação criativa e tutora do programa “Criando Crianças Criativas”. Pare de Perguntar o Que Seu Filho Vai Ser é seu primeiro livro pelo selo Filhos Melhores Para o Mundo, iniciativa conjunta das editora Literare Books Internacional e EFeditores, que já publicou A Mamãe Coach, bestseller da autora inglesa Lorraine Thomas, e do recente Elétrico, do escritor Eduardo Ferrari, sobre a visão de mundo de uma criança com TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade).

O Ponto
Jefferson Schroeder
Letramento

Você já parou para pensar em quanta dramaturgia há na sua vida e nas histórias de vidas que você escuta por aí? Passagens simples do cotidiano, fatos muitas vezes banais, acontecimentos que em geral passam despercebidos podem tornar-se narrativas que transbordam poesia, drama, comédia, tragédia, aventuras épicas ou despretensiosas observações filosóficas sobre o sentido de tudo… Basta ter olhos que enxergam e um discurso afiado que traduza esse olhar em textos saborosos. Assim é O Ponto, livro de crônicas de Jefferson Schroeder, no qual ele traz as histórias mais marcantes de sua vida, da infância ao amadurecer, tudo misturado, sem cronologia. São pensamentos, sonhos, coisas que ele ouve na rua, seus medos, alegrias e percepções sobre a existência e o mundo. Uma combinação única e autêntica, de olhar original, com um modo personalizado de usar palavras para expressar fatos e sensações.

Um Lugar à Beira-Mar
Debbie Macomber
Harlequin Books

“Annie o encarou, certa de que os olhos vermelhos revelariam sua angústia. Sem dizer nada, Keaton se sentou perto dela e sua presença a envolveu, lembrando-a de como ele era grande. Keaton não perguntou nada. Não puxou conversa. Não fez nenhum comentário. Limitou-se a ficar ao lado dela, proporcionando o apoio de sua energia silenciosa. Annie sentiu o calor daquele corpo forte acalentar o seu, afugentando o frio. Passaram-se alguns minutos e Keaton a surpreendeu pegando a mão dela, entrelaçando os dedos. Annie chegou a pensar que devia explicar a causa de seu estado emocional, mas não sabia como. Keaton era um homem de poucas palavras. Até conhecê-lo, ela não havia percebido o quanto podia ser dito através do silêncio. Ele não precisava de palavras para se comunicar, e, naquele momento, Annie descobriu que também não. Mais uma vez, Keaton não tinha nada a dizer, mas ela sim. ― Obrigada ― sussurrou. A resposta silenciosa veio através do olhar gentil e significativo que deixou implícito que ele faria qualquer coisa por ela.”

O Amor Não é Óbvio
Elayne Baeta
Galera

Amores platônicos, segredos inconfessáveis, perseguições pela cidade, traição… Poderia ser um roteiro de novela, mas é só a vida real de uma adolescente comum. Íris tem 17 anos e está viciada na novela Amor Em Atos. Ela assiste a todos os episódios ao lado de sua vizinha de 68 anos, Dona Símia, que se tornou sua segunda melhor amiga. É claro que Poliana, que ocupa o primeiro lugar, não pode nem sonhar com isso! Além de ser extremamente ciumenta, Polly anda muito preocupada com a completa falta de interesse de Íris por tudo o que julga prioritário: a festa de formatura e perder a virgindade. Mas isso está prestes a mudar: Cadu Sena, o menino mais gato do colégio São Patrique e sua paixão platônica, finalmente está solteiro. Essa é a chance de Íris. Mas antes ela precisa entender o que levou a namorada de Cadu a deixá-lo por uma garota, Édra Norr. Seria o corte de cabelo moderno? Os olhos castanho-escuros? A postura levemente torta? Os pelinhos na nuca? O talento musical? Montada em sua bicicleta, Íris vai cruzar São Patrique na missão científica de descobrir tudo sobre Édra, e não vai demorar para se enredar também nos encantos… Da garota! Realmente, o amor não é nada óbvio.

Mais Forte Que o Mar
Kassandra Montag
HarperCollins

Um mundo profundamente transformado. A humanidade à beira da extinção. As águas já engoliram as grandes cidades costeiras e chegaram ao coração dos continentes. Nada resta a não ser colônias nos arquipélagos formados pelo topo das montanhas. É em uma dessas ilhas remotas que Myra e sua filha de 7 anos, Pearl, ouvem falar que Row, filha mais velha de Myra, pode estar viva em um acampamento próximo ao Círculo Ártico. Por sete anos, a mãe carregou o luto de ter perdido Row, que foi sequestrada pelo pai assim que o oceano começou a tomar as terras do Nebraska. Deixando de lado qualquer precaução, as duas dão início a uma arriscada viagem para explorar o perigoso mar do Norte, com a esperança de encontrar Row ainda viva. Nessa jornada, mãe e filha embarcam em um navio cuja tripulação deseja construir um refúgio seguro naquele abominável mundo novo. Mas os segredos, a ganância e a traição de amigos e inimigos ameaçam esse sonho, e, após inúmeros episódios sangrentos, Myra não pode mais ignorar a pergunta que ecoa em sua mente desde o princípio da jornada: vale a pena colocar em risco a vida de Pearl e de seus aliados para salvar Row? Uma leitura angustiante, repleta de esperanças frágeis e desejos perdidos, Mais forte que o mar retrata a odisseia impactante e, por vezes, medonha sobre como será o futuro e o que estamos dispostos a fazer por aqueles que amamos. Uma saga redentora e, ao mesmo tempo, surpreendente.

Sonetos
Manuel du Bocage
Martin Claret

Figura polêmica que exaltava os ideais de Liberdade, Igualdade e Fraternidade da Revolução Francesa e criticava o despotismo e os representantes da Igreja, Manuel du Bocage é um dos nomes mais representativos do Arcadismo Português. Sonetista admirável que, segundo estudiosos, está à altura de Camões. O presente volume é uma seleção de seus melhores sonetos.

O Vento, A Chama
Laerte De Paula
Aller

“Como dar conta daquilo que angustia, dilacera o peito? Nosso autor resolveu caminhar e dessas andanças nasceram essas páginas. Da escuta do sotaque da mulher nos encontros arrebatadores ao fim do desejo que se considerava compartilhado, vivemos com ele a construção de novos rumos. Não sem antes as idas e voltas que o pensamento de cada um de nós vive a dar sobre o tema do amor e do erotismo. Laerte nos leva pela mão a percorrer as linhas desse romance. Acompanha-nos a cada frase, a cada citação, a cada deslumbre com as descobertas que fez ao escrever sobre o impossível de decifrar essa mulher. Sabemos, com esse livro, que mais um passo é possível”.

Sofia Pimenta, Futura Presidenta – Coleção Jovens Pensadores
Andrea Beaty (Autor), David Roberts (Ilustrador)
Intrínseca

Nova coleção de livros ilustrados traz as peripécias de crianças apaixonantes, inteligentes e inspiradoras. Em Sofia Pimenta, Futura Presidenta, vamos nos surpreender com uma menina atenciosa que faz de tudo para ajudar as pessoas em sua vizinhança: conversa com velhinhos solitários, cata folhas e passeia com cachorrinhos. Quando, a caminho da escola, ela e seu avô caem sem querer num monte de lixo, Sofia tem uma ideia: em vez de um lugar cheio de porcaria, ela quer um parque para alegrar o dia! Só que a menina logo percebe que não vai ser tão fácil botar seu plano em prática. Todo mundo diz que ela é só uma criança. E quem disse que crianças não podem mudar o mundo? Com graça e desenvoltura, a Coleção Jovens Pensadores reúne o primoroso estilo de Andrea Beaty e as belas ilustrações de David Roberts para contar histórias de crianças corajosas que começam a descobrir suas aptidões e a desbravar o mundo. Em edição de luxo, com formato especial, capa dura e ilustrações coloridas, o livro é escrito em versos e recheado de rimas, tornando-se uma leitura prazerosa e dinâmica. A coleção debate temas complexos em tom irreverente e instigante, incentivando a criatividade e o engajamento das crianças.

Outros títulos da coleção: Paulo Roberto, Arquiteto; Ada Batista, Cientista; Rita Bandeira, Engenheira.

Rita Bandeira, Engenheira – Coleção Jovens Pensadores
Andrea Beaty (Autor), David Roberts (Ilustrador)
Intrínseca

Nova coleção de livros ilustrados traz as peripécias de crianças apaixonantes, inteligentes e inspiradoras Em Rita Bandeira, Engenheira, vamos conhecer uma menina que vê inspiração onde as pessoas veem apenas lixo. Sozinha em seu quarto, a garotinha constrói máquinas de cachorro-quente e chapéus que soltam queijo. Invenções tão magníficas com certeza deixariam todo mundo de queixo caído, isso se Rita pelo menos deixasse alguém dar uma olhadinha nelas. Acontece que ela morre de medo de fracassar, e por isso esconde todas as suas criações embaixo da cama. Até que recebe a visita da tia-bisavó, Rosa, que vai lhe mostrar que na vida o único verdadeiro fracasso é desistir.

Box Fred Elboni
Fred Elboni
Benvirá

Box exclusivo com todas as obras de Fred Elboni lançadas pela Benvirá. Inclui caderneta exclusiva. UM SORRISO OU DOIS, MEU UNIVERSO PARTICULAR (novo formato, mesmo conteúdo), SÓ A GENTE SABE O QUE SENTE, NOTAS DE LIBERDADE, UM BEIJO OU DOIS.

Box – Guerra e Paz
Leon Tolstói
Nova Fronteira

Guerra e Paz é um dos romances mais importantes da literatura universal. Compreendendo o período de 1805 a 1820, esta obra grandiosa – resultado de exaustiva pesquisa de Leon Tolstói – nos dá detalhes da vida na Rússia antes e durante a invasão napoleônica. Entremeando os dramas pessoais dos personagens com a rotina mundana da aristocracia, e, ainda, com a narrativa de batalhas, Tolstói cria uma série de afrescos épicos, como diz o escritor francês Romain Rolland em texto incluído nesta edição. Esse cenário nos revela com rara perspicácia uma Rússia imponente por sua história e suas grandes personalidades, mas guiada fundamentalmente por seu povo.

A Rede de Alice
Kate Quinn
Verus

Um romance de glória e sacrifício que fará com que os leitores embarquem nessa aventura e façam questão de não abandoná-la até a última página. Neste romance histórico hipnotizante, duas mulheres – uma espiã recrutada para a Rede de Alice, esquema real que ocorreu durante a Primeira Guerra Mundial, e uma universitária americana que busca sua prima ao final da Segunda Guerra – são unidas em uma história de coragem e redenção.1947: no caótico fim da Segunda Guerra Mundial, Charlie St. Clair é uma universitária grávida, sem marido e prestes a ser expulsa de casa por sua família. Ela também nutre uma esperança desesperada de que sua prima Rose, desaparecida durante a ocupação nazista da França, ainda possa estar viva. Então, quando os pais de Charlie a levam para a Europa para cuidar de seu “probleminha”, Charlie foge para Londres, determinada a saber o que aconteceu com a prima que ela ama como a uma irmã.1915: Eve Gardiner quer lutar contra os alemães na Primeira Guerra Mundial. Ela recebe essa chance ao ser recrutada como espiã e enviada à França, onde é treinada por Lili, a rainha das espiãs, que gerencia uma vasta rede de informantes bem debaixo do nariz dos inimigos. Trinta anos depois, assombrada pela traição que desmantelou a Rede de Alice, Eve passa seus dias bêbada em sua casa em Londres, até que uma jovem aparece falando um nome que ela não ouvia há tempos – e a lança em uma missão atrás da verdade.

A Última Tudor
Philippa Gregory
Record

O novo livro da rainha do romance histórico que reconta a vida trágica das três irmãs Grey. Em 10 de julho de 1553, Joana Grey foi coroada rainha da Inglaterra. Em 19 de julho do mesmo ano, foi deposta. Seu pai e seus aliados a coroaram, mas Maria Tudor, meia-irmã do falecido rei, prontamente reuniu um exército, reivindicou o trono e mandou encarcerar Joana na Torre de Londres. Quando a jovem Grey se recusou a negar a fé protestante, Maria a enviou ao cepo do carrasco, onde Joana transformou em trágico martírio a ganância do pai pelo poder. “Aprende a morrer” é o conselho que Joana deixa por escrito para a irmã mais nova, Catarina, que não deseja a morte, e sim uma vida de beleza, amor e juventude. Mas Catarina é sucessora da insegura e infértil rainha Maria e da meia-irmã desta, a rainha Elizabeth, que jamais consentirá que ela se case e gere um filho Tudor capaz de reivindicar o trono. Quando uma gravidez denuncia o casamento secreto de Catarina, a jovem é aprisionada na Torre, a poucos metros do cadafalso da irmã. “Adeus, minha irmã”, escreve Catarina à caçula da família Grey, Maria. Maria Grey ― uma bela mulher desdenhada pela corte e guardiã dos segredos da família ― tenta se esquivar dos olhares atentos de Elizabeth. Depois de ver as irmãs desafiarem suas respectivas rainhas, Maria tem plena consciência do perigo que corre, mas está determinada a ter o controle da própria vida. O que acontecerá quando a última Tudor desafiar a implacável e rancorosa prima, a rainha Elizabeth?

Corpos Ocultos
Caroline Kepnes
Rocco

Joe Goldberg viaja para Los Angeles na tentativa de recomeçar. Ele pretende esquecer o que aconteceu em Nova York. Mas um encontro em uma sala escura na Soho House pode fazer tudo mudar. Ela não é como ninguém que ele tenha conhecido antes. Ela ainda não sabe sobre o passado dele. O problema é que os corpos ocultos nem sempre permanecem assim. A aguardada e surpreendente continuação de Você, o livro que deu origem à série de sucesso da Netflix. Joe Goldberg já está acostumado a esconder corpos. Nos últimos anos, ele já precisou lidar com quatro deles, todos danos colaterais de sua busca pelo amor. Hoje, Joe quer esquecer seu passado serial killer, mas antes será preciso acertar as contas com Amy Adams. Contratada para trabalhar com ele na livraria, Amy aparentava ter tudo para ser uma boa namorada: sensibilidade, inteligência e sensualidade, dizia detestar as redes sociais, gostar de canetas e páginas de verdade. Mas ela fingiu estar apaixonada para roubar alguns dos valiosos livros raros de Joe. E ele quer se vingar. Para encontrá-la, Joe sai de Nova York e viaja para o oeste, rumo a Los Angeles, a cidade das segundas chances. Na sua busca, Joe faz amigos e tem companhias, como Harvey, o síndico do prédio onde se instala, aspirante a comediante; Calvin, que trabalha com ele num sebo e sonha ser diretor-ator-produtor; Delilah, uma atriz malsucedida que se torna repórter. Adaptado ao estilo de vida de Los Angeles, agora ele se tornou alguém com metas e aspirações, encontra celebridades, navega pelas redes sociais, se interessa em escrever roteiros e, mais importante do que encontrar Amy, o amor por uma nova mulher acontece e o encanta e modifica. Mas será que o suficiente para atenuar seus pensamentos sombrios e livrá-lo de seu instinto assassino? Hipnótico, arrebatador e repleto de reviravoltas, Corpos Ocultos é uma leitura viciante, que irá levar o leitor a uma viagem assustadora aos recantos mais íntimos de uma mente obsessiva.

Doutor Sono
Stephen King
Suma de Letras

Mais de trinta anos depois, Stephen King revela a seus leitores o que aconteceu a Danny Torrance, o garoto no centro de O iluminado, depois de sua terrível experiência no Overlook Hotel. Em Doutor Sono, King dá continuidade a essa história, contando a vida de Dan, agora um homem de meia-idade, e Abra Stone, uma menina de doze anos com um grande poder. Assombrado pelos habitantes do Overlook Hotel, onde passou um ano terrível da infância, Dan ficou à deriva por décadas, desesperado para se livrar do legado de alcoolismo e violência do pai. Por fim, ele se instala em uma cidade de New Hampshire, onde encontra abrigo em uma comunidade do Alcoólicos Anônimos que o apoia e um emprego em uma casa de repouso, onde seu poder remanescente da iluminação fornece o conforto final para aqueles que estão morrendo. Ajudado por um gato que prevê a morte dos pacientes, ele se torna o Doutor Sono. Então Dan conhece Abra Stone, uma menina com um dom espetacular, a iluminação mais forte que já se viu. Ela desperta os demônios de seu passado e Dan se vê envolvido em uma batalha pela alma e sobrevivência dela. Uma guerra épica entre o bem e o mal, uma sangrenta e gloriosa história que vai emocionar os milhões de fãs de O Iluminado e satisfazer os leitores deste novo clássico da obra de King.

Cartas Estranhas Para Amores Inventados
Carol Martins
Chiado Editora

Para escrever poesia há de se ter coragem. É mais revelador do que a nudez, bem mais do que uma carta. Publicá-los é tão assustador quanto deixar um diário aberto à visitação alheia. As metáforas não disfarçam os segredos expostos, pelo contrário, grifam com canetas neons detalhes das mentiras ditas, dos escapes amorosos, das mágoas, rancores, desejos proibidos, fome, sede, morte e vinganças. Por isso a poesia alivia, alivia a quem a escreve e aos leitores que nela se identificam. Mas, reafirmo, há de se ser corajoso, publicar poesia. A língua portuguesa é a mais eficiente e bela ferramenta poética. Já somos poetas por sermos ninados desde o início com essa canção que repete sentimentos tão misteriosos: distâncias que nós sabemos descrever como ninguém. Carol Martins é corajosa e sabe usar a língua materna. Seus poemas insones, descrições de desejos que a atormentam e que poucas vezes parecem ser alcançados, conduzem o leitor a uma trama que vai além dos versos. Essa é uma das belezas da estrutura, ela nos permite criar personagens que vagam de um poema para outro, nos dá a chance de elaborar histórias nas entrelinhas desse emaranhado de confissões “mal disfarçadas”. Há erotismo nesta obra, mas isso, recomendo, não deve seduzir o leitor a fáceis conclusões. O profano distrai o resto, e ele é enorme. Neste primeiro livro publicado, a autora demonstra vigor. Espero que a intumescência que possa vir a causar nos mais delicados a palavras sacanas não os façam temer mais e mais releituras dessas escancaradas declarações de liberdade.

A Musa Pede um Soneto – Sonetos Que Nasceram Com o Tempo
Ramalho
Chiado Editora

A Musa Pede Um Soneto – Sonetos Que Nasceram Com o Tempo traz 85 sonetos do poeta RAMALHO, Isaías Ramalho da Silva, angrense radicado na cidade de Foz do Iguaçu-PR. São poemas com diversos temas; porém, que sobressai um tema central, qual seja, “o olhar do eu-lírico para o belo existente no outro”. Na maioria dos poemas, o poeta trabalha, além da estrutura do soneto, a estrutura do acróstico, fazendo do poema um soneto-acróstico.

Um Amor Conveniente
Tessa Dare
Gutenberg

Depois de perder o seu sustento, Alexandra Mountbatten assume uma tarefa impossível: transformar duas órfãs rebeldes em damas da sociedade. Alex, porém, logo percebe que não é de disciplina que as crianças precisam, e sim de um lar repleto de amor. Mas como irá convencer o guardião delas, Chase Reynaud, disso?

Pontos de Fuga: 2
Milton Hatoum
Companhia das Letras

Segundo volume da trilogia de Milton Hatoum, que entrelaça o período da ditadura militar brasileira aos anos de formação de um grupo de jovens acossados pelo golpe e pelos sonhos de liberdade. A empreitada literária O Lugar Mais Sombrio, trilogia que acompanha a formação sentimental, cultural e política do jovem Martim durante a ditadura militar brasileira, teve início com o romance A Noite da Espera (2017), que se desenrola nos anos 1960, na recém-construída capital do país. Neste segundo volume, o protagonista deixa Brasília e retorna a São Paulo, sua cidade, onde ingressa na faculdade de arquitetura da USP e passa a morar numa república de estudantes no bairro da Vila Madalena ― um grupo que lhe trará novas vivências e grandes companheiros para a vida. Agora distante do pai opressor e dos amigos de Brasília, e sobretudo afastado de Dinah, a atriz militante com quem sua relação ficou estremecida, ele acompanha o endurecimento do regime autoritário no país, ao mesmo tempo que experimenta as agruras e adversidades da vida adulta, sempre assombrado pela incógnita do desaparecimento de sua mãe. Um dos maiores nomes da literatura brasileira contemporânea, Milton Hatoum volta a mostrar neste romance a força de seus personagens e a incrível capacidade de reencenar a história com sua ficção magistral.

O Doce e o Amargo
João Gabriel Paulsen
Record

Vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2019 na categoria Contos. O Doce e o Amargo aborda temas tabus, tratados com delicadeza. A qualidade dos contos é vista em todas as frases, construídas de forma natural, mas criando poderosos efeitos. Os diálogos são ágeis e precisos. Há constantes reflexões percorrendo o texto, que nos atraem para o interior da narrativa e dos personagens, mantendo um tom ao mesmo tempo violento e suave. O tema é universal: a morte e seus correlatos, em contraposição a um tênue amor. Há excelentes metáforas, e o texto evita bravamente qualquer lugar-comum. As conexões criam uma linha narrativa que não se rompe; a coerência interior é tal que torna o livro, em cada conto e como um todo, uma trama indissolúvel, mesmo que atravessada por extremos: o pesado e o leve, o onírico e o real, o doce e o amargo.

Os Invisíveis: Tragédias Brasileiras
Carlos Nejar
Difel

Carlos Nejar é um homem partido pelas tragédias brasileiras. Com sessenta anos de lira nos ombros, algo que nenhum outro autor nacional tem hoje, ele descreve as tragédias de Brumadinho, de Mariana, o incêndio no Museu Nacional e o desmatamento covarde da Amazônia. Sua voz teatral inconfundível põe-se a favor de todos os invisíveis, dos flagelados, dos desalojados, dos índios Awás perseguidos, dos mortos pagos e dos familiares inclementes. Os Invisíveis fala em nome dos que desapareceram pelo simples fato de serem brasileiros. Fala de nossa omissão histórica no presente. Fala sem fim do fim iminente da honra e da dignidade.

O Legado de Nossa Miséria
Felipe Holloway
Record

Vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2019 na categoria Romance. Um professor e crítico literário é convidado a participar de um simpósio de jornalismo cultural na fictícia cidade de Amará, no interior de Minas Gerais. Sem poder assistir à última mesa do evento ― justamente a que mais lhe interessava ―, segue, contrariado, para o bar do hotel, onde, sem perceber, se senta junto ao balcão ao lado do escritor que tanto admira. Este puxa conversa, e os dois se envolvem num longo diálogo madrugada adentro em que muitas das certezas que o crítico tinha até ali ― incluindo a casualidade daquele encontro ― acabam por ser colocadas sob suspeita. Neste livro, a discussão literária está no cerne da narrativa e se faz mais vivaz que a vida.

Ida – Um Romance
Gertrude Stein (Autor), Mauricio Tamboni (Editor), Pedro Monfort (Ilustrador), Luís Protásio (Tradutor), Luiz Päetow (Contribuinte), Badi Assad (Contribuinte), Sherwood Anderson (Epílogo)
Ponto Edita

Escrito nos anos finais da década de 1930, quando Gertrude Stein (1874-1946) já era uma celebridade, Ida – Um romance, que a PONTO EDITA lança em tradução de Luís Protásio, é um comentário sobre a cultura da fama e o tema da identidade. A edição traz textos de apresentação da cantora Badi Assad e do ator e dramaturgo Luiz Päetow, uma reunião inédita de nove composições de Stein (entre elas as influentes conferências “Como a escrita é escrita” e “O que são obras-primas”), um texto clássico de Sherwood Anderson apresentando a escritora e um posfácio do tradutor comentando a tradução. Publicado em 1941, Ida – Um romance combina técnicas de montagem cinematográfica e colagens cubistas numa narrativa com tons de fábula para criar uma personalidade pública tão pública a ponto de não existir mais personalidade. Descrito à época pelo New York Times como “romance curto, poema longo ou conto de fadas moderno; ou, ainda, uma pintura com palavras que lembra mais Dali do que Picasso”, o livro retrata como a religião foi substituída pelo culto às personalidades públicas e mostra as inquietações de Stein diante de sua relação com a literatura, os leitores e a crítica. Inspirada em Wallis Simpson, a figura no centro da crise que levou Eduardo VIII a abdicar do trono do Reino Unido em 1936, Ida, a personagem que dá nome ao romance, assim como a Duquesa de Windsor, encarna o modelo de celebridade – um lugar ocupado, em meados do século XX, por estrelas de cinema, artistas famosos, generais de guerra e psicopatas e, hoje, por influenciadores. Com aspectos de romance de formação e traços autobiográficos, a narrativa acompanha a trajetória de Ida, uma mulher cuja vida consiste em descansar, passear, falar sozinha, mudar-se, ter vários cachorros, ter vários maridos. Em alguns momentos, o texto lembra uma ladainha, uma oração, na medida em que as palavras, esvaziadas do sentido semântico esperado, criam uma escrita não referencial que aproxima a experiência do leitor à experiência da música. Ao comentar o fraseio steiniano na crônica poética em que apresenta o livro, a cantora Badi Assad o descreve como “uma mistura de Guimarães Rosa com Saramago, Manoel de Barros com Forrest Gump, além do russo Daniil Kharms, com suas histórias que viram de ponta cabeça qualquer criança descuidada”. Ao combinar Helena de Troia, Dulcineia, Greta Garbo e a Duquesa de Windsor, como sugere o crítico Donald Sutherland, Gertrude Stein cria uma mulher não definida por sua relação com um homem (em que é a esposa, a amante, a filha), com outra mulher (em que é a amiga, a lésbica) ou com uma instituição (em que é a judia, a americana, a expatriada). Ida é a representação da “mulher do fim do mundo”, que não se conforma a padrões pré-definidos e luta pelo direito de ser o que ela desejar ser. O que define a identidade de Ida é, para usar uma imagem de Badi Assad, sua relação com o próprio eu distraído diante de tudo isso e da atenção dos outros. A inconformidade de Ida é registrada nos usos que Stein faz da linguagem. A pontuação é reduzida ao mínimo e a vírgula, que desempenha o papel de dois pontos, ponto e vírgula, travessão e aspas, engaja o leitor na construção das frases e dos sentidos das frases e enseja um texto carregado de ambiguidade criadora, como observa Luís Protásio no posfácio da edição. O projeto gráfico criado pela PONTO EDITA considerou esses aspectos para conceber o livro como um objeto que questiona a própria identidade do livro e mimetiza instâncias da fama. Os textos de abertura ― a crônica poética da cantora Badi Assad e uma cápsula teatral do ator, diretor e dramaturgo Luiz Päetow, estudioso da obra de Stein ― são impressos em uma lâmina que só os revela à medida que é desdobrada, oferecendo uma experiência concreta que prepara o leitor para a aventura no labirinto poético do texto de Stein. O formato, estreito e alto, remete a uma coluna de jornal por onde os acontecimentos da vida de Ida desfilam como um cortejo de notícias, fofocas e lembranças cujo contraponto é uma paleta de cores luminosas. A disposição do texto, alinhado à esquerda, traduz de forma gráfica o fraseio da prosa e embala o padrão rítmico irregular ao mesmo tempo em que remete à sinuosidade do texto poético. A edição inclui também fotografias de Carl Van Vechten e desenhos do multi-artista brasileiro Pedro Monfort, que assina a capa do volume: uma versão totêmica de Basket, o icônico poodle de Stein e Toklas. Ida – Um Romance é o livro nº. 2 da PONTO EDITA.

Um Amor de Gato
Melinda Metz
Record

Amante de bichinhos, cuidado! Esse gato vai roubar seu coração. Jamie Snyder tem 34 anos e é solteira, mas não está “na pista”. Depois de enfrentar O Ano do Homem Com Medo de Compromisso, O Ano do Homem Egoísta e O Ano do Homem que se Esqueceu de Mencionar que Era Casado, ela está pronta para aproveitar o “Meu Ano” sozinha ― exceto pela companhia de MacGyver, claro. MacGyver é um gato tigrado adorável com o hábito não tão adorável de fugir de casa à noite e furtar coisas dos vizinhos. Isso mesmo, MacGyver é um gato cleptomaníaco. Ele permanece sendo o único macho em quem Jamie confia ― e o único companheiro de que ela precisa.MacGyver sabe que sua humana está solitária. Ele sente o cheiro da solidão dela. O mesmo cheiro que identificou no vizinho David, um jovem confeiteiro ― e gato, por assim dizer ― cansado da insistência dos amigos em arrumar uma namorada para ele. E é aí que MacGyver assume o caso. Primeiro, ele furta algo de David e guarda o objeto na casa de Jamie. Em seguida, surrupia algo de Jamie e deixa com David. Em pouco tempo, os dois começam a devolver os objetos furtados, a compartilhar histórias horríveis de relacionamentos fracassados, e a tentar não se apaixonar. Mas eles não vão conseguir fazer MacGyver de bobo. Quando humanos geram essa quantidade de calor, só lhe resta agir como um gato em teto de zinco quente.

A Traição das Elegantes
Rubem Braga
Global Editora

“É duro confessar isto, mas é preciso forrar o coração de dureza, porque não sabemos se tudo isso é o fim de uma era ou o começo de uma nova era mais desolada e difícil de suportar.” Em A traição das elegantes está presente o olhar de fascínio e encantamento de Rubem diante dos mistérios das moças de seu tempo, suas reflexões intimistas sobre os desacertos do coração, seu alumbramento em face das criações da natureza e suas imbatíveis divagações acerca de instantes de sua vida que ficaram guardados na memória. Em sua busca por traduzir aos leitores sua visão lírica e desprendida sobre um mundo em fervilhante transformação, o cronista concebe joias de rara beleza que integram o melhor do tesouro literário da moderna prosa brasileira.

Café Da Manhã Dos Campeões
Kurt Vonnegut
Intrínseca

Em um de seus maiores best-sellers, Vonnegut mantém o estilo ácido e engraçado que o tornou um dos escritores norte-americanos mais importantes do século XX. Neste livro — lançado originalmente em 1973, uma sátira sobre guerra, sexo, racismo, sucesso e política nos Estados Unidos — um dos personagens mais emblemáticos e alter ego de Vonnegut, o autor de livros de ficção científica Kilgore Trout, descobre que Dwayne Hoover, um vendedor de carros americano aparentemente normal, está levando a sua ficção ao pé da letra e perdendo o juízo. Com a ajuda de seus famosos desenhos, Vonnegut conduz o leitor por um texto bem-humorado e crítico da sociedade norte-americana neste clássico moderno que o consagrou como um dos autores mais instigantes do nosso tempo.

Loki – Onde Mora a Trapaça
Mackenzie Lee
Excelsior

A pergunta que nos assombra há séculos: podemos mudar nosso destino? Muito antes de encarar os Vingadores frente a frente, um Loki mais jovem está desesperado para provar seu heroísmo e sua capacidade, enquanto todos ao redor parecem esperar dele apenas vilania e depravação… Exceto por Amora. A aprendiz de feiticeira de Asgard parece ser sua alma gêmea – alguém que valoriza a magia e a sabedoria, que pode até enxergar o melhor que existe dentro de Loki. Mas quando Loki e Amora causam a destruição de um dos objetos mais valiosos de Asgard, Amora é banida para a Terra, onde seus poderes vão lentamente minguar até desaparecer. Sem a única pessoa que olhava para sua magia como um dom e não como uma ameaça, Loki mergulha cada vez mais na angústia e na sombra de seu universalmente adorado irmão, Thor. Quando a magia asgardiana é relacionada a uma série de assassinatos na Terra, Odin envia Loki para investigar. Ao se materializar na Londres do século XIX, Loki embarca em uma jornada que o leva para algo maior do que apenas uma suspeita de assassinato, colocando-o no caminho para descobrir a fonte de seu poder – e quem ele está destinado a se tornar.

Lágrimas de Amor e Café
Babi A Sette
Verus

Novo romance da autora do best-seller Senhorita Aurora – edição autografada. Fragilizada pela morte da mãe e a miséria na Itália, Angelina aceita a proposta de um estrangeiro rico que oferece não só casamento, mas também conforto para seu pai e sua irmã caçula. Decidida a ajudar a família, ela embarca para um país distante tendo como companhia somente a escrita e os romances que ama, já que durante a viagem o marido se revela muito diferente do príncipe que sonhou um dia conhecer. Vincenzo também tem o Brasil como destino e, por uma traição, vê seus sonhos roubados logo que desembarca no novo país. E é na fazenda de um barão do café, onde Angelina é senhora e também vítima do marido cruel, que Vincenzo acaba achando trabalho. Em meio a encontros e conversas, nasce entre ambos uma amizade verdadeira e uma paixão secreta que pode colocar em risco não apenas a vida deles, mas também a segurança de outras pessoas. Vincenzo e Angelina teriam coragem o bastante para esquecer as proibições, passar por cima dos perigos e viver esse grande amor?

A Sala das Borboletas
Lucinda Riley
Arqueiro

Os livros de Lucinda Riley já foram traduzidos para 37 países e venderam mais de 20 milhões de exemplares em todo o mundo. Ela está na lista de autores mais vendidos do The Sunday Times e do The New York Times.

“Um romance intenso e inspirador, com personagens perfeitamente delineados.” ― Woman’s Own

Posy Montague está prestes a completar 70 anos. Ela ainda vive na Admiral House, a mansão da família onde passou uma infância idílica caçando borboletas com o pai e onde criou os próprios filhos. Porém, a casa está caindo aos pedaços e Posy sabe que chegou a hora de vendê-la. Em meio a essa angustiante decisão, ela precisa lidar com os dois filhos, tão diferentes entre si. Sam é um fracasso nos negócios e, a cada empresa falida, se torna um homem mais amargo. Já Nick, o mais novo, retorna de repente à Inglaterra depois de dez anos morando na Austrália, fugido de uma decepção amorosa. Para completar, Posy reencontra Freddie, seu primeiro amor, que agora deseja explicar por que a abandonou cinquenta anos atrás. Ela reluta em acreditar nessa súbita afeição, percebendo que ele tem um segredo devastador para revelar. Mesclando narrativas do presente e do passado, A Sala das Borboletas mais uma vez mostra a habilidade de Lucinda para criar uma saga familiar inesquecível.

Um Caminho Para a Liberdade
Jojo Moyes
Intrínseca

Cinco mulheres vão enfrentar uma cidade inteira por amor aos livros. E juntas vão descobrir o poder do conhecimento, da liberdade e da amizade. Em uma época em que não seguir os costumes e a religião era transgressão gravíssima, o caminho de um grupo de mulheres se cruza de maneira inesperada. A década de 1930 está chegando ao fim, e, em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos, a ideia de que as moças administrem uma biblioteca itinerante desafia o status quo. Com o compromisso de levar livros para os moradores mais pobres da região, Margery, Alice, Beth, Sophia e Izzy aceitam trabalhar na biblioteca. E à medida que enfrentam inúmeras dificuldades, como aprender a cavalgar, percorrer rotas de difícil acesso e suportar o preconceito dos mais conservadores, elas fortalecem o laço que as une e descobrem mais sobre si mesmas. Em pouco tempo, toda a cidade se volta contra o grupo, colocando em risco a sobrevivência do projeto. E as mulheres vão se perguntar mais uma vez se o poder das palavras será suficiente para salvá-las. Inspirado em uma história real, Um Caminho Para a Liberdade fala de lealdade, independência e justiça. Com uma trama envolvente e emocionante, Jojo Moyes faz o leitor refletir sobre as redes de apoio e amizade entre mulheres e como é preciso ir além dos nossos — supostos — limites. Afinal, conquistar a liberdade nunca é fácil.

Biblioteca Lovecraft – Vol. 1: O Chamado de Cthulhu e Outras Histórias
H. P. Lovecraft
Companhia das Letras

Primeiro volume da coleção que publicará as histórias completas de Lovecraft, o escritor que revolucionou a literatura de horror. Nascido em 1890, Howard Phillips Lovecraft revolucionou o gênero literário do horror ao inserir em suas histórias elementos típicos da fantasia e da ficção científica. Com um estilo de escrita único, por vezes de vocabulário e ortografia conservadores, Lovecraft elevou o terror a um patamar literário poucas vezes visto. Assim como Edgar Allan Poe no século XIX, Lovecraft é visto por autores como Neil Gaiman, Joyce Carol Oates e Stephen King como um dos principais autores de terror do século XX. Neste primeiro volume da série Biblioteca Lovecraft, traduzida e organizada por Guilherme da Silva Braga, encontramos textos clássicos como “O chamado de Cthulhu” e “A sombra de Innsmouth”, e também textos menos conhecidos como “Dagon” (espécie de breve preâmbulo aos Mitos de Cthulhu).

“Lovecraft abriu o caminho para a minha escrita.” ― Stephen King

 “Ler Lovecraft é como ter em mãos um mapa para o horror.” ― Neil Gaiman

As Crônicas do Escritor Que Não Sabia Escrever
Rodrigo Carneiro
Chiado Editora

Caco é um cara muito normal. Durante um período importante da sua vida, registrou suas grandes catarses emocionais em crônicas que escrevia e guardava para si. Apesar de esbanjar segurança em muitos aspectos, além das palavras, Caco guardava consigo um coração leve, romântico e inseguro. Em um momento de impulso, desejando intensamente compartilhar aqueles anos de reflexões, levou-as ao seu melhor amigo pedindo para que ele as revisasse. Caco sofre de um tipo de dislexia que causa algumas dificuldades de aprendizado, o que o fez ter pânico de redações e todo tipo de avaliação escrita ao longo de sua vida. Por isso, precisava de um revisor. É quando Alex, durante a revisão das crônicas (e com a ajuda de sua esposa Teté) acaba escrevendo o que estava por trás de cada uma delas. A combinação dos textos de Alex, Caco e Teté revelam muito sobre amizade, amor e sobre visitar o passado sem ter medo dele. A história deles pode ser a história de muitos outros amigos em qualquer lugar do mundo, pois é cotidiana. É sobre ter a coragem de revelar seu coração e se permitir aprender e seguir em frente.

Entrevista Com o Professor
Lívio Soares de Medeiros
Chado Editora

Eu fui professor. Eis tudo. Eu quis ser roqueiro por desejar aquilo que qualquer um deseja quando decide estar numa banda de rock: sexo, liberdade, rebeldia, contestação, inconformismo, fama, dinheiro, possibilidade de se criar a beleza, fãs, entrevistas, shows… Sim, eu queria essas coisas, bem como queria a amizade e o cansaço de estar numa banda de rock. Eu queria ser amado por uma canção que eu tivesse composto, que o rock me tirasse de minha insignificância. Eu queria aproveitar a vida, não ser um burocrata num mundo chato. Há pouco, comentei que errei de destino ao acatar as aulas que me foram ofertadas, mas ainda que eu não as tivesse acatado, falta-me o básico para o que acalentei ― talento.

Poderoso Destino
J. Marquesi
Astral Cultural

Depois de ser publicamente humilhado pela alta sociedade de Londres, o Conde de Hawkstone precisará provar que é capaz de reerguer-se e ter de volta a fortuna de sua família, completamente arruinada pelo seu falecido pai. Com a chegada de Joaquim, seu primo português, Hawk vê a possibilidade de enriquecer novamente com um arriscado investimento: o café brasileiro. Com o sucesso dos negócios e sua volta ao topo da aristocracia, Hawkstone está pronto para reenvidicar o amor de Lady Gwendoline, que lhe fora negada no passado, porém, uma viagem ao Brasil faz com que ele conheça o verdadeiro amor nos braços da jovem e misteriosa garota de cabelos castanho-avermelhados.

Essa Gente
Chico Buarque
Companhia das Letras

Um escritor decadente enfrenta uma crise financeira e afetiva enquanto o Rio de Janeiro colapsa à sua volta. Tragicomédia urgente, o novo romance de Chico Buarque é a primeira obra literária de vulto a encarar o Brasil do agora. Há alguns pontos de contato entre Chico Buarque e o protagonista de Essa Gente, seu primeiro livro após a consagração do prêmio Camões. O escritor Manuel Duarte tem esse sobrenome de perfil vocálico idêntico, e gosta de bater perna nos arredores do Leblon. Contudo, o leitor logo descobre que isso conduz a um dos muitos becos sem saída da trama. Autor de um romance histórico que se tornou best-seller nos anos 1990, Duarte passa por um deserto criativo e emocional, tendo por pano de fundo um Rio de Janeiro que sangra e estrebucha sob o flagelo de feridas sociais finalmente supuradas, ostensivas. Com estrutura de diário, a reflexão sobre a linguagem ― marca da ficção buarquiana ― parte agora do apontamento rápido, artimanha para auxiliar a memória quando for possível dar sentido ao tumulto do presente. Ao seu melhor estilo, Chico Buarque borra as fronteiras entre vida, imaginação, sonho e delírio, e constrói uma narrativa engenhosa, em cujas entrelinhas se descortinam as contradições de um país fraturado.

“A imaginação literária de Chico Buarque é bela e peculiar. Ler sua ficção é sempre um prazer.” ― Salman Rushdie

 “Com aparente simplicidade, Chico Buarque faz uma enternecedora, ainda que ligeiramente cômica, elegia à solidão, à mágoa, aos mal-entendidos eróticos (e literários) e à nostalgia de todas as coisas não ditas.” ― Lila Azam Zanganeh

Uma Canção de Natal
Charles Dickens
Penguin

O livro que “inventou” a celebração do Natal como a conhecemos hoje ganha nova tradução pela Penguin – Companhia, com as ilustrações originais de John Leech. Incapaz de compartilhar momentos de amizade e de compreender a magia do Natal, Ebenezer Scrooge só encontra refúgio na riqueza e na solidão. Até que, num 24 de dezembro, recebe a visita do fantasma de Jacob Marley, seu ex-sócio falecido há sete anos. É ele quem avisa a Scrooge que mais três espíritos o visitarão para lhe dar a chance de mudar seu triste fim e ser poupado de vagar a esmo depois de morto, como Marley. Assim, o Fantasma dos Natais Passados, o Fantasma do Natal Presente e o Fantasma dos Natais Futuros levarão o protagonista para uma viagem no tempo, mostrando-lhe que a generosidade é sempre a melhor escolha. Um dos livros mais carismáticos da literatura inglesa, Uma Canção de Natal recebe o crédito por ter concebido a celebração desse evento como a entendemos hoje: uma ocasião para agradecer e ajudar o próximo.

As Sombras de Outubro
Søren Sveistrup
Suma

É outubro e a neve de outono começa a cair em Copenhagen, deixando os dias mais curtos e as noites mais sombrias… E pelas ruas geladas e escuras, um psicopata aterroriza a cidade. Em uma manhã tempestuosa em um tranquilo bairro de Copenhagen, a polícia faz uma descoberta sinistra: o corpo de uma mulher brutalmente assassinada, com uma das mãos faltando. Sobre ela está pendurado um pequeno boneco feito de castanhas. O caso é entregue à ambiciosa detetive Naia Thulin e a seu novo parceiro, Mark Hess, um investigador introspectivo que acabou de ser expulso da Europol. Logo se descobre uma evidência ligando o sr. Castanha a uma garota desaparecida há um ano: a filha da política Rosa Hartung. O homem que confessou tê-la sequestrado e assassinado está atrás das grades e o caso foi encerrado há tempos ― e qualquer insinuação contrária causa disputas e inimizades na corporação. No entanto, quando novas vítimas e novos bonecos aparecem, Thulin e Hess acham cada vez mais difícil ignorar a conexão entre o caso Hartung e o novo serial killer. Mas que conexão seria essa? E como impedir o assassino de continuar sua caçada, se ele parece sempre um passo à frente da polícia? As Sombras de Outubro traz o melhor do estilo thriller noir, acrescentando ao suspense clássico uma boa dose de energia. Sveistrup retrata seus personagens com sensibilidade e mostra como romances policiais podem fazer críticas contundentes às realidades sociais.

“Se você é um dos milhares de espectadores que adorou The Killing, precisa ler este romance do mesmo criador da série. Sveistrup é ótimo em criar tensão e esta história daria uma ótima série de TV.” ― The Guardian

“Um thriller de ritmo acelerado, com uma atmosfera carregada de adrenalina. Você vai devorar cada palavra.” ― A.J. Finn, autora de A Mulher na Janela

Longa Pétala de Mar
Isabel Allende
Bertrand Brasil

O fascinante novo romance de Isabel Allende. Em plena Guerra Civil Espanhola, o jovem médico Víctor Dalmau e sua amiga, a pianista Roser Bru-guera, são obrigados a abandonar Barcelona, exilar-se e atravessar os Pirineus rumo à França. A bordo do Winnipeg, navio fretado pelo poeta Pablo Neruda, que levou mais de dois mil espanhóis para Valparaíso, eles embarcaram em busca da paz e da Liberdade que não tiveram em seu país. Recebidos como heróis no Chile ― essa “longa pétala de mar e neve”, nas palavras do poeta chileno ―, os dois se integrarão na vida social do país durante várias décadas, até o golpe de Estado que derrubou Salvador Allende, com quem Víctor estava ligado por laços de amizade, graças à paixão pelo xadrez. Víctor e Roser se verão novamente desterrados, mas, como diz a autora: “quando se vive o suficiente, todos os círculos se fecham”. Uma viagem pela história do século XX, de mãos dadas com alguns personagens inesquecíveis que descobriram que numa única vida cabem muitas outras, e às vezes o difícil não é fugir, mas voltar.

O Abismo – Biblioteca Áurea
Charles Dickens
Nova Fronteira

Charles Dickens foi um dos escritores mais populares da era vitoriana. Suas obras abarcavam as diversas esferas do cotidiano, trazendo à tona uma crítica social que modificou a história da literatura. A amizade com o romancista e dramaturgo Wilkie Collins, um dos precursores do gênero policial, resultou nesta obra a quatro mãos, que traz o que há de mais emblemático na escrita dos dois autores. Publicado originalmente em 1867, tanto em texto teatral quanto em romance, O Abismo conta a jornada de Walter Wilding, um rico comerciante de vinhos que leva uma vida de fortuna e prestígio. Após a morte da mãe, Wilding descobre que não é seu filho legítimo. Corroído pela culpa de ter usurpado a identidade e a herança de outro homem, ele decide, então, procurar esse duplo desconhecido. Com uma narrativa de tirar o fôlego, a trama combina a atmosfera única e os personagens bem delineados de Dickens com os geniais enigmas e mistérios de Collins. Esta edição conta com a tradução de E.P. Fonseca e traz apresentação do crítico e escritor Adonias Filho, além de prefácio inédito do pesquisador Daniel Puglia.

Box – Os Mitos De Cthulhu
H. P. Lovecraft
Nova Fronteira

H.P. LOVECRAFT é considerado o maior nome da literatura de terror do século XX. Sua obra influenciou toda uma geração de escritores, como Stephen King e Anne Rice, e deixou marcas até hoje visíveis na cultura pop, em livros, filmes, séries de TV, músicas e mesmo jogos eletrônicos. Neste box especial, estão reunidos os contos que formam os pilares dessa mitologia única: o primeiro volume inclui os clássicos “O chamado de Cthulhu”, “A cor vinda do espaço” e “O horror de Dunwich”, entre outros, e conta com prefácio de Raphael Montes, um dos mais aclamados escritores brasileiros da atualidade. Já o segundo volume reúne seis contos e novelas desse panteão lovecraftiano, como “Nas montanhas da loucura”, “A sombra de Innsmouth” e “A sombra além do tempo”. São histórias sombrias, fantásticas, bizarras, assustadoras e, sem dúvida, sempre fascinantes.

Um Amor – Biblioteca Áurea
Dino Buzzati
Nova Fronteira

Considerado um dos maiores nomes da literatura italiana do século XX, Dino Buzzati se dedicou por mais de quarenta anos ao jornalismo, atividade que deu ares realistas à sua escrita, marcada também por traços do surrealismo e por inspirações kafkianas. Em O Deserto dos Tártaros, sua obra-prima, já estavam presentes características que décadas depois se desdobrariam em Um Amor, seu último romance, tido pela crítica como seu livro mais autobiográfico. Ao narrar a história de Antonio Dorigo, arquiteto de meia-idade que se apaixona pela jovem prostituta Laide, Buzzati dá continuidade à investigação das ansiedades humanas, reafirmando temáticas recorrentes em suas narrativas, como a nostalgia e uma existência moldada pelo vazio e pela solidão. A incompletude do homem vem mais uma vez à tona, agora habilidosamente costurada pela voz de um narrador obssessivo e apaixonado. Esta edição conta com a tradução de Tizziana Giorgini e traz ainda um prefácio inédito do escritor Marco Lucchesi.

Box – Os 77 Melhores Contos De Hans Christian Andersen
Hans Christian Andersen
Nova Fronteira

Quase 150 anos após sua morte, Hans Christian Andersen continua a encantar leitores de todas as idades. Com um estilo próprio, que foge muitas vezes das estruturas tradicionais dos contos de fadas e traz às narrativas um divertido tom de ironia, o escritor inspirou-se em casos contados pelo pai, durante a infância miserável na Dinamarca, e também naqueles ouvidos ao longo da vida. Para esta coletânea, dividida em dois volumes, a escritora Luciana Sandroni selecionou 77 histórias em três grandes conjuntos: contos do mar e do campo, contos domésticos e contos urbanos. Esta edição traz ainda as clássicas ilustrações de William Heath Robinson, Edmund Dulac, Edward Shenton, Elenore Abbott, Helen Stratton e Maria L. Kirk.

A Melhor História Está Por Vir
Maria Dueñas
Planeta

Um furacão acaba de passar pela vida da professora espanhola Blanca Perea: o que parecia um casamento feliz de vinte anos termina bruscamente quando seu marido lhe abandona por uma mulher mais jovem, e logo ela é avisada de que, além da nova união, o casal também espera um filho. Incapaz de continuar vivendo do mesmo jeito enquanto seu coração está despedaçado, ela aceita uma proposta de emprego nos Estados Unidos para organizar os arquivos esquecidos do falecido professor Andrés Fontana. Mais do que um recomeço, é a chance de Blanca se reencontrar, descobrir o que existe dentro de si e reconstruir sua felicidade. O trabalho, que no começo parece simples, se mostra cada vez mais suspeito e, entre documentos e novos colegas, como o charmoso Daniel Carter e o rígido diretor Luis Zárate, Blanca começa a perceber que algumas coisas não são esquecidas por acaso. A autora de O Tempo Entre Costuras apresenta um emocionante romance, onde o recomeço abre as portas para a história, e a melhor história está sempre por vir.

Formas de Voltar Para Casa
Alejandro Zambra
Tusquets

Terceiro romance de Alejandro Zambra publicado no selo Tusquets da Planeta do Brasil, Formas de Voltar Para Casa narra as memórias – ouvidas e vivenciadas – de um homem cuja infância foi vivida durante a ditadura de Augusto Pinochet, no Chile. Na busca por entender acontecimentos nebulosos de seu passado – e, quem sabe, encontrar ferramentas para finalizar um romance que está escrevendo no presente –, o protagonista de Formas de Voltar Para Casa percorre um melancólico e dolorido caminho de retorno à sua infância no Chile dos anos 1980, oscilando entre tempos marcados por dois grandes terremotos. Depois de Bonsai & A Vida Privada das Árvores, Formas de Voltar Para Casa consolidou Zambra como um dos melhores escritores de sua geração na América Latina. Nas palavras de Ricardo Piglia: “Zambra é um escritor notável, muito perceptivo diante da diversidade das formas”. O livro recebeu o Prêmio Altazor e o Prêmio do Conselho Nacional do Livro como melhor romance de 2012 no Chile.

A Mitologia em Game of Thrones: As Referências Mitológicas no Universo Ficcional de George R. R. Martin
Gwendal Fossois
Planeta Minotauro

Redescobrindo a série de maior sucesso dos últimos tempos na literatura e na televisão por meio das referências mitológicas de George R. R. Martin. Será que Game of Thrones é o melhor professor de mitologia que já existiu? A mitologia em Game of Thrones é o livro perfeito para os milhões de fãs da série de maior sucesso dos últimos tempos. Com uma abordagem inteligente, Gwendal Fossois reapresenta a saga genial de George R. R. Martin sob a luz da mitologia. Martin foi buscar nos maiores mitos da história a inspiração para criar os personagens, as tramas e os ambientes de As Crônicas de Gelo e Fogo. E todas essas referências mitológicas estão lá, na série Game of Thrones da HBO: homens que voltam dos mortos depois de rituais misteriosos, personagens resistentes às labaredas ou capazes de mudar a própria aparência, dragões, lobos gigantes e hordas de mortos-vivos congelados até os ossos. O que seria de Daenerys sem seus dragões? Será que a gente se importaria tanto com a Patrulha da Noite se não houvesse os Caminhantes Brancos do outro lado da Muralha? E Melisandre, de onde vem? São muitas as referências mitológicas (gregas, romanas, anglo-saxônicas e arthurianas) em Game of Thrones. Venha redescobrir esse universo fantástico!

Eu Avisei
Megan Maxwell
Essência

“Se eu ganhasse um diamante a cada frustração na vida, seria milionária”, pensou Victoria quando encontrou o namorado na cama com sua melhor amiga na véspera de seu casamento. Apesar dos óculos Prada, das bolsas Chanel, dos sapatos Gucci e de todas as roupas Carolina Herrera penduradas no armário, Victoria era apenas uma mulher amarga morando na melhor área de Madri. Em meio ao caos emocional, sua empresa lhe dá um ultimato: se em dois meses ela não conseguir convencer um conde escocês a emprestar seu castelo para gravar um comercial de uma marca de relógios, eles a colocarão na rua e ela terá que abrir mão de seu estilo de vida sofisticado. Com um fracasso amoroso nas costas e uma missão comercial difícil, Victoria segue para as Terras Altas em busca do Conde McKenna. Mas lá, além da chuva e das vacas, a única pessoa que encontra é Niall, braço direito do aristocrata que tem um plano muito específico para tratar a espanhola rabugenta. Eu avisei é uma comédia romântica divertida e emocionante que fará você lembrar-se de como é maravilhoso se apaixonar.

A Senhora de Avalon: Terceiro Livro do Ciclo de Avalon
Marion Zimmer Bradley
Planeta Minotauro

Em A Senhora de Avalon, sequência de A Casa da Floresta, Marion Zimmer Bradley recria as lendas da origem da sagrada ilha de Avalon. A profecia do nascimento do rei Artur, soberano de Camelot e responsável pela união da Britânia, está costurada às vidas de três das maiores sacerdotisas da História do culto à Deusa: Caillean, Teleri e Viviane, a Senhora do Lago em As Brumas de Avalon. Caillean, a jovem sacerdotisa destinada a se tornar a Senhora de Avalon, resgata e orienta Gawen, herdeira de uma linhagem real mística e potencialmente perigosa. Dierna terá de usar toda a força, a sabedoria e o amor que puder reunir para se proteger das traições políticas que ameaçam a segurança da ilha sagrada. Viviane, Senhora do Lago e guardiã do Santo Graal, está destinada a uma grandeza sem precedentes, enquanto prepara Avalon para a chegada do lendário rei. Essas três poderosas mulheres moldarão o destino dos romanos britânicos, enquanto lutam para proteger a magia da ilha de vales dourados e brumas de prata.

O Golpe
Christopher Reich
Editora Arqueiro

Escrito na tradição de O Dia do Chacal e A Identidade Bourne, O Golpe é uma viagem elegante, cheia de estilo e de tirar o fôlego.

“Uma mistura de Hitchcock com Jason Bourne.” ― JEFF ABBOTT, autor de Blame

 “Um assalto espetacular é apenas o começo deste thriller maravilhoso que coloca ladrão contra ladrão, espião contra espião, policial contra policial. O golpe é diversão garantida: uma surpresa atrás da outra até a última página.” ― JOSEPH FINDER, autor de Paranoia

Simon Riske é um espião industrial freelance que, apesar da profissão, consegue ter uma vida relativamente tranquila evitando trabalhos arriscados e sujos e fazendo bicos para bancos, companhias de seguros e o serviço secreto britânico. Até que o gângster Tino Coluzzi leva a cabo o assalto mais audacioso da história de Paris: o roubo de milhões, em dinheiro vivo, de um príncipe saudita – além de uma carta secreta tão explosiva que pode derrubar governos, redefinir alianças e alterar o equilíbrio de poder no mundo ocidental. Riske é então contratado pelo governo americano para recuperar o documento, e para isso terá que acertar as contas com um antigo aliado. No passado, ele e Coluzzi trabalharam juntos, mas a relação criminosa terminou com Riske na prisão. Agora, anos depois, os dois se enfrentam, seguidos de perto por um perigoso policial parisiense, por uma femme fatale russa e o chefe desequilibrado dela – e talvez até pela CIA.

Andrizy Bento

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s