Nós – David Nicholls

Acompanhar o crescimento da intimidade entre um casal é a melhor maneira de “desromantizar” um relacionamento. Nós é um livro sobre términos e descobertas. Sobre encerramentos e novos começos. O autor David Nicholls analisa o relacionamento a partir de uma perspectiva realista. Mostra como um casamento aparentemente feliz e bem-sucedido entre duas pessoas totalmente distintas, mas que parecem se completar em suas diferenças, pode vir a desmoronar. Continuar lendo Nós – David Nicholls

Coringa

Sou eu… Ou o mundo está ficando mais louco?

O barulho em torno de Coringa tem sido ensurdecedor desde muito antes de seu lançamento. De um lado, estava uma escolha curiosa para assumir a direção – Todd Phillips, acusado de piadas sexistas, racistas e outros istas em exemplares pregressos de sua filmografia, como os longas da série Se Beber, Não Case, e cujas declarações recentes sobre como o humor politicamente correto acabou com a comédia não o tem ajudado – de outro, estava a preocupação diante do fato de o filme enaltecer o nêmesis de Batman como um herói, de celebrar a cultura incel, de levantar bandeiras fascistas e promover o Joker como um símbolo equivocado e irresponsável de subversão. Isso gerou debates acalorados nas redes sociais, com gente que sequer havia assistido ao filme classificando-o precipitadamente como tóxico e perigoso.

Coringa, de fato, é sombrio, furioso, violento, anárquico, perturbador. Exatamente como se esperava que fosse um filme sobre o personagem. A produção retrata uma conduta, mas não a defende ou valida, não legitima a violência. Em nenhum momento assume um tom apologético. Importante ressaltar que o comportamento e atitudes do vilão não são justificados por conta do bullying, agressões e traumas que o protagonista, Arthur Fleck (Joaquin Phoenix), sofre e com os quais convive desde a infância. Ele é um sociopata, afinal. Não precisa de grandes motivações para agir da maneira como age. A empatia por Fleck, no entanto, acaba quando ele se converte definitivamente em Coringa e começa a matar. E ele mata sem hesitações ou arrependimentos posteriores; sem ver nada de errado nisso. Jamais pondera sobre seus gestos. Fala com absurda normalidade sobre as atrocidades que comete. Não está atrás de justiça, mas de vingança. Continuar lendo Coringa

Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Outubro (2019)

Em outubro, a editora Instante lança o contundente Morra, Amor de Ariana Harwicz. O livro toca em um tema ainda considerado tabu pela sociedade: o sentimento de inadequação da mulher à maternidade. Romance fundamental da literatura brasileira, Amazona, nono livro de Sérgio Sant’Anna lançado originalmente em 1986, ganha uma nova edição pela Companhia das Letras. Cari Mora, o novo livro de Thomas Harris, autor do clássico do suspense O Silêncio dos Inocentes, é uma das novidades da Record. A premiada obra de uma das mais importantes escritoras negras da atualidade – vencedora do New Academy Prize 2018 – Eu, Tituba: Bruxa Negra de Salem de Maryse Condé, sai pela editora Rosa dos Tempos. Simplesmente Blue, o mais recente romance de Amy Harmon, autora do sucesso editorial Beleza Perdida, é um dos destaques da Verus. Pela mesma editora, ainda é lançado Amor Sob Encomenda, novo título da escritora best-seller Carina Rissi, de Perdida. Falando em autoras que são fenômeno de vendagens, a Bertrand Brasil promete para outubro Três Destinos da consagrada Nora Roberts. Uma publicação que, sem dúvida, merece a atenção dos leitores é As Coisas Como Elas São de Laurie Frankel, lançamento da HarperCollins, que retrata uma família que encara de coração aberto a realidade de ter uma criança transgênero, mostrando os desafios de educar e orientar filhos na sociedade contemporânea. O autor Rodrigo N. Alvarez já vendeu mais de 800 mil livros no Brasil, Portugal e América Latina. Sua mais recente obra, O Primeiro Imortal, ganha publicação pela Arqueiro. A The Gift Box lança uma versão moderna do tradicional conto A Bela e a Fera. Assinado por Tara Sivec, o lançamento é intitulado Na Cama Com a Fera. E, para completar, Cores Vivas de autoria de Patrice Lawrence, é a nova publicação da Darkside, com a qualidade que os leitores e colecionadores dos títulos da editora já conhecem. Confira os destaques literários do mês de outubro:

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Outubro (2019)

Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Outubro (2019)

Fãs de 30 Dias de Noite, preparem-se! A obra seminal de Steve Niles e belamente ilustrada por Ben Templesmith ganha uma edição comemorativa com a qualidade já conhecida e reverenciada da editora Darkside. A caveira ainda traz outro título imperdível, o sangrento e aterrador Exorcismo: O Ritual Romano que permanecia inédito no Brasil. Elogiada mundo afora, a graphic novel do premiado roteirista El Torres conta com ilustrações de Jaime Martínez e cores de Sandra Molina.

A editora do ano, segundo o Troféu HQMix, Pipoca e Nanquim lança A Arte de Charlie Chan Hock Chye de Sonny Liew, na qual o leitor terá a oportunidade de conhecer mais profundamente a arte e a carreira de mais de cinco décadas do quadrinista natural de Singapura, Charlie Chan Hock Chye que, em seu trabalho, sempre procurou retratar o cenário político e social de sua terra natal.

O sensacional crossover DC Encontra Hanna-Barbera sai pela Panini. Outro lançamento da editora – e que não pode faltar na estante dos Batmaníacos – é o Álbum Batman 80 Anos, livro ilustrado oficial da editora, que comemora as oito décadas de um dos mais icônicos super-heróis de todos os tempos. A publicação ainda vem com cromos e cards para colecionar.

A Mythos Editora publica com exclusividade uma graphic novel de luxo totalmente inédita, roteirizada pelo lendário Peter David e com ilustrações do aclamado Sal Velluto: O Fantasma: Em Busca Da Cidade Perdida.

Falando em clássicos, O Eternauta 1969, de Héctor Germán Oesterheld  e originalmente ilustrada por Francisco Solano López finalmente ganha lançamento no Brasil pela Comix Zone. Trata-se de um título imperdível para os apaixonados por sci-fi.

O time da Wizard of the Coast transporta para as páginas de um glorioso livro ilustrado, toda a magia e a lenda de Dungeons & Dragons em Monstros e Criaturas, publicação da Excelsior.

Mulheres e Quadrinhos, lançamento da Skript, é indispensável para todos os amantes da nona arte. O livro traz materiais exclusivos, tais quais entrevistas, artigos, textos de pesquisa e contos centrados na produção de quadrinhos realizada por mulheres. A publicação mostra, sobretudo, o quanto o velho e equivocado conceito de que “quadrinhos é coisa de menino” não poderia estar mais ultrapassado. Abaixo, você confere os principais lançamentos dentre graphic novels, mangás e edições avulsas de HQs do mês de outubro.

Continuar lendo Nas Prateleiras: Lançamentos de HQs – Outubro (2019)

Bons Filmes em Outubro (2019)

O grande destaque dentre os lançamentos cinematográficos de outubro é Coringa que estreia na próxima quinta-feira, dia 3. Além do longa estrelado pelo palhaço do crime de Gotham City e nêmesis de Batman, outras estreias do mês são as sequências Angry Birds 2Malévola 2 – Dona do Mal, Zumbilândia 2: Atire Duas Vezes e o novo O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio. Outras opções interessantes incluem o inédito de Ang Lee, Projeto Gemini, estrelado por Will SmithCrime Sem Saída com Chadwick BosemanO Farol de Robert Eggers; e A Família Addams de volta, dessa vez em um longa de animação. Ainda tem diversas estreias nacionais – alguns que fizeram barulho internacionalmente, em festivais, como é o caso de A Vida Invisível e Morto Não Fala.

Abaixo, você confere datas de estreia, pôsteres e sinopses dos principais filmes que entram em cartaz em outubro nos cinemas. Lembrando que qualquer alteração no calendário de estreias é de responsabilidade única e exclusiva das distribuidoras nacionais.

Continuar lendo Bons Filmes em Outubro (2019)