Nós – David Nicholls

Acompanhar o crescimento da intimidade entre um casal é a melhor maneira de “desromantizar” um relacionamento. Nós é um livro sobre términos e descobertas. Sobre encerramentos e novos começos. O autor David Nicholls analisa o relacionamento a partir de uma perspectiva realista. Mostra como um casamento aparentemente feliz e bem-sucedido entre duas pessoas totalmente distintas, mas que parecem se completar em suas diferenças, pode vir a desmoronar.

Douglas e Connie não poderiam ser mais diferentes. Ele é um bioquímico workaholic, antissocial e praticamente desprovido de autoconfiança. Ela, uma pretensa artista, leve, inconsequente e espontânea. Apesar das disparidades ou, talvez, por causa delas, os dois acabam se apaixonando e se casando. Eles pareciam um casal feliz e completo. Afinal, precisamos que o outro seja diferente de nós; que traga para nossas vidas aquilo que ainda não temos; que possa expandir nossa visão de mundo e nos fazer sair da zona de conforto… Até que, em uma noite como outra qualquer, Connie pede o divórcio.

Ao lado do filho, Albie, que está prestes a ingressar na universidade, eles farão aquela que talvez seja a sua última viagem em família. Uma viagem que pode reacender o casamento entre Douglas e Connie ou colocar um ponto final definitivo em sua relação. Em meio às belas paisagens da Europa, Douglas vê a oportunidade perfeita de tentar se redescobrir, revisando aspectos de sua vida ao lado da esposa e filho e tentando compreender onde exatamente falhou como marido e pai. Ele bem que se esforça, mas não consegue agradar ao filho hipster e constantemente mal-humorado que puxou à mãe. E suas tentativas de fazer Connie mudar de ideia também soam infrutíferas.

David Nicholls

Repleto de idas e vindas, Nós não segue uma cronologia linear, mostrando o início e o fim de tudo ao mesmo tempo, a partir das memórias de Douglas. Lançando mão de fina ironia e de uma acidez sofisticada, Nicholls avança pelas páginas nos mostrando o ponto de vista do protagonista que assume o posto de narrador. 

E justamente por ser narrado em primeira pessoa e apresentar a forma como o protagonista enxerga os fatos ao seu redor, o livro nos leva a simpatizar e solidarizar com a figura de Douglas e ver os demais, a esposa e filho, como os ingratos, autoritários e impositivos da história. No entanto, lembre-se: ele é um narrador não confiável. É nos últimos capítulos que percebemos que, na verdade, o filho reclama, e com razão, do desprezo que seu pai parece nutrir por ele. E como Douglas, desde sempre, lhe dá a desconcertante impressão de querer sufocar a sua personalidade. Atenção para o spoiler (passe o cursor do mouse para ler): É particularmente cruel quando Albie se compara à irmã que faleceu ainda bebê, dizendo que ela jamais decepcionou o pai porque não teve tempo para isso. E por esse mesmo motivo é que Douglas parece preferi-la.

Sobretudo, o livro nos leva à reflexão sobre o desgaste das relações e como os pais parecem se tornar meros sócios da criação dos filhos. É melancólico ver um conceito de família se espatifar; os elos e compromissos sólidos se esfarelarem pouco a pouco. 

Primeira imagem da minissérie adaptada do livro “Nós”

A verdade é que o que está chegando ao fim, é o casamento entre Connie e Douglas. Não necessariamente o amor. Nós é a epítome da desromantização de um relacionamento. A antítese da romantização. Uma história de amor ao contrário que começa pelo fim.

O livro está sendo adaptado para o formato de minissérie para a televisão. Produzida e transmitida pela emissora de TV britânica BBC, contará com Tom Hollander, Saskia Reeves, Iain De Caestecker e Gina Bramhill no elenco, e creio que um dos grandes atrativos do show será o fato de explorar essa simples e grande história tendo como cenários diversas localidades da Europa.

Andrizy Bento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s