Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Outubro (2019)

Em outubro, a editora Instante lança o contundente Morra, Amor de Ariana Harwicz. O livro toca em um tema ainda considerado tabu pela sociedade: o sentimento de inadequação da mulher à maternidade. Romance fundamental da literatura brasileira, Amazona, nono livro de Sérgio Sant’Anna lançado originalmente em 1986, ganha uma nova edição pela Companhia das Letras. Cari Mora, o novo livro de Thomas Harris, autor do clássico do suspense O Silêncio dos Inocentes, é uma das novidades da Record. A premiada obra de uma das mais importantes escritoras negras da atualidade – vencedora do New Academy Prize 2018 – Eu, Tituba: Bruxa Negra de Salem de Maryse Condé, sai pela editora Rosa dos Tempos. Simplesmente Blue, o mais recente romance de Amy Harmon, autora do sucesso editorial Beleza Perdida, é um dos destaques da Verus. Pela mesma editora, ainda é lançado Amor Sob Encomenda, novo título da escritora best-seller Carina Rissi, de Perdida. Falando em autoras que são fenômeno de vendagens, a Bertrand Brasil promete para outubro Três Destinos da consagrada Nora Roberts. Uma publicação que, sem dúvida, merece a atenção dos leitores é As Coisas Como Elas São de Laurie Frankel, lançamento da HarperCollins, que retrata uma família que encara de coração aberto a realidade de ter uma criança transgênero, mostrando os desafios de educar e orientar filhos na sociedade contemporânea. O autor Rodrigo N. Alvarez já vendeu mais de 800 mil livros no Brasil, Portugal e América Latina. Sua mais recente obra, O Primeiro Imortal, ganha publicação pela Arqueiro. A The Gift Box lança uma versão moderna do tradicional conto A Bela e a Fera. Assinado por Tara Sivec, o lançamento é intitulado Na Cama Com a Fera. E, para completar, Cores Vivas de autoria de Patrice Lawrence, é a nova publicação da Darkside, com a qualidade que os leitores e colecionadores dos títulos da editora já conhecem. Confira os destaques literários do mês de outubro:

Morra, Amor
Ariana Harwicz
Instante

Em uma região esquecida do interior da França, uma mulher luta contra seus demônios: ao mesmo tempo que abraça a exclusão, deseja pertencer; que almeja a liberdade, sente-se aprisionada; que anseia pela vida familiar, quer botar fogo na casa. Casada e mãe de um bebê, ela se sente cada vez mais sufocada e reprimida, apesar de o marido aceitar seu estranho comportamento. A condição feminina, a banalidade do amor, os terrores do desejo, a maternidade e a brutalidade inexplicável “de levar seu coração com o outro para sempre” – esse romance aborda todas essas questões com uma intensidade crua e até mesmo selvagem. É impossível sair ileso de Ariana Harwicz: em um texto corajoso que explora os efeitos desestabilizadores da paixão e da sua ausência, imerso na psique de uma protagonista feminina à beira da loucura, Morra, Amor tem uma prosa irreverente e um lirismo sem remorsos, constituindo uma experiência de leitura viciante. O livro foi adaptado para o teatro na Argentina e em Israel e teve grande reconhecimento da crítica internacional. Publicado originalmente em 2012, é a primeira parte de uma trilogia “involuntária”, chamada por Harwicz de “trilogia da paixão”, tendo em vista que os três livros exploram a relação entre mães e filhos. Dela também fazem parte os romances La Débil Mental [A Débil Mental], de 2015, e Precoz [Precoce], de 2016. Harwicz também é autora de Degenerado (2019). Por que ler este livro? O livro trata com coragem um tema ainda considerado tabu pela sociedade: o sentimento de inadequação da mulher à maternidade. A prosa é caracterizada por violência, erotismo, ironia e crítica aos clichês que envolvem as noções de família e as relações tradicionais. Comparada a Virginia Woolf, Sylvia Plath, Clarice Lispector e Nathalie Sarraute, Ariana Harwicz é uma das figuras mais radicais da literatura argentina contemporânea. Em 2018, a versão em inglês de Morra, Amor (Die, My Love) foi indicada ao prestigioso Man Booker Prize.

Meu Tio
Jean-Claude Carrière (Autor), Pierre Étaix (Ilustrador)
Editora SESI-SP

Neste romance, Jean-Claude Carrière, um dos mais importantes roteiristas vivos do cinema, partiu do filme homônimo, Meu Tio, de 1958, para contar, em primeira pessoa, a história de um garoto de 8 anos dividido entre as regras impostas por pais seduzidos pelas facilidades da vida moderna e a liberdade oferecida pelo tio Hulot, cuja falta de adaptação a esse mundo novo preserva as relações afetivas com as pessoas e a cidade. A obra tem um humor refinado e um tempo cadenciado e irônico que fazem da leitura desta ficção francesa uma experiência divertida e prazerosa para jovens e adultos.

Solidão Acompanhada
Ana Beatriz Barbosa Silva, Lauren Palma
Globo Livros

Uma obra divertida sobre a loucura de ser uma mulher jovem nos dias de hoje, Solidão Acompanhada marca mais uma incursão da consagrada psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva na ficção, desta vez em parceria com a estreante Lauren Palma. Eleonora, a protagonista, está solteira, mora num quarto e sala bancado por seus pais e não tem muita ideia do que fazer com a tela em branco que parece ser sua vida. Seu mundo é extremamente conectado, embora ela tenha uma crescente noção de que cada pessoa é, mais do que nunca, uma ilha. Enquanto tenta arrumar um amor, uma vocação, um grupo de amigos, o sucesso nas redes sociais e algum sentido para sua existência, Eleonora diverte o leitor com as confusões do seu dia a dia e suas observações ácidas e sagazes sobre o mundo que a cerca. Impossível não se identificar.

Missão Carbúnculo
Gustavo Rosseb
Jangada

Do mesmo universo da trilogia As Aventuras de Tibor Lobato, em Missão Carbúnculo, o ganancioso Pedro Malasartes se une a Cosmo, um boto cor-de-rosa que pode assumir a forma humana, em uma difícil missão: Resgatar os saberes de uma população inteira, roubados por um lendário e perigoso lagarto conhecido como Carbúnculo. Entretanto, todo o conhecimento roubado está aprisionado no interior da pedra preciosa que o lagarto tem incrustada na testa. Para concluir a missão, ambos precisarão vencer sete desafios pelo caminho e desvendar os mistérios que rondam a criatura, iniciando assim uma jornada fascinante e perigosa. Nesta aventura diversos personagens do imaginário popular brasileiro se misturam entre aliados e vilões como Cobra Honorato, Maria Caninana, Caipora, Makunaima, Pavão Misterioso e tantos outros, em situações das mais malucas possíveis.

A Morte e o Meteoro
Joca Reiners Terron
Todavia

Uma aventura literária macabra e surpreendente por um dos grandes nomes da literatura brasileira contemporânea. A Amazônia praticamente acabou. O pouco que resta após décadas de aniquilamento é insuficiente para abrigar os kaajapukugi, uma tribo isolada e misteriosa que agora se vê diante da própria extinção. As informações precárias que temos a respeito desses índios vêm do igualmente enigmático Boaventura, um sertanista que, até onde se sabe, foi o único a ter contato com a tribo, dedicando sua vida a protegê-la do homem branco. Com a iminência do fim, Boaventura traça um plano ousado: transferir os cinquenta kaajapukugi remanescentes para o México, onde serão recebidos como refugiados políticos. A ideia causa comoção, e o mundo assiste atento aos preparativos do resgate. Todavia, Boaventura morre em circunstâncias mal explicadas, e cabe a um colega indigenista completar a operação. Assim, da noite para o dia, o plano recai sobre esse obscuro funcionário mexicano que vinha ajudando o sertanista brasileiro a levar os kaajapukugi para o México. Tendo perdido os pais há pouco tempo, e com parco conhecimento sobre a tribo, é ele quem vai narrar este assombroso romance de Joca Reiners Terron. A Morte e o Meteoro é uma intrincada aventura literária, que combina segredos ancestrais, índios anarquistas, insetos alucinógenos e uma viagem sangrenta pelos lugares mais sombrios do passado e do futuro. Enquanto o indigenista mexicano investiga a vida de Boaventura e as circunstâncias de sua morte, o leitor se verá em um labirinto de pistas falsas e ruas sem saída.

Uma Noite Com Sabrina Love
Pedro Mairal
Todavia

Primeiro romance do autor de A Uruguaia, mescla de “road movie” com romance de formação. Todas as noites o jovem Daniel Montero encerra-se em seu quarto para assistir ao Show de Sabrina Love, programa de TV com a atriz pornô mais popular do momento. Ao vencer um sorteio para passar uma noite com Sabrina em Buenos Aires, ele terá não apenas uma primeira vez, mas várias: a viagem pelas estradas argentinas, a descoberta do sexo, a percepção da hipocrisia humana, o conhecimento do amor. Brilhante estreia de Pedro Mairal, este romance permite antever as qualidades ― a prosa leve, a narrativa cheia de vivacidade e a construção empática dos personagens ― de A Uruguaia.

Percevejos, Ideólogos — e Alguns Escritores
Rodrigo Gurgel
Vide Editorial

Este livro é o terceiro da série, ainda não terminada, em que o crítico literário e professor de escrita criativa Rodrigo Gurgel relê os prosadores da literatura brasileira e analisa sua obras de destaque. Os dois primeiros volumes da série, Muita Retórica – Pouca Literatura (de Alencar a Graça Aranha) e Esquecidos & Superestimados, vieram a público em 2012 e 2014, respectivamente. Neste terceiro volume, Gurgel vai de Alberto Rangel a Cassiano Ricardo, comentando o que aconteceu de melhor e de pior na produção literária brasileira nas décadas e 1920 e 1930. O crítico encontra-se muitas vezes tendo que garimpar trechos de genuína literatura em meio a escombros de prosa barata, vazia ou ideológica. O leitor é quem mais se beneficia com a empreitada, já que sai com todas as riquezas colhidas e ainda assiste a um crítico destemido vergastando quem merece.

Amazona: Romance
Sérgio Sant’Anna
Companhia das Letras

Nono livro de Sérgio Sant’Anna e romance sem-par na literatura brasileira, Amazona ganha nova edição com posfácio de André Nigri. Publicado pela primeira vez em 1986, Amazona foi recebido com espanto pelo público. Este retrato transgressor sobre a libertação da mulher não só destoava da produção literária da época, mas acertava em cheio as questões políticas do país, que dava os primeiros passos em direção à transição democrática. O mito grego das mulheres guerreiras é a metáfora que conduz o livro, que narra a ascensão da bela Dionísia, uma típica esposa da classe média carioca, ao poder ― primeiro como modelo de revista erótica e depois como uma proeminente figura política do Brasil dos anos 1980. Fazendo uso dos melhores artifícios da ficção, Sérgio Sant’Anna põe lado a lado o mais fino das ironias e digressões machadianas e os elementos vitais dos romances de folhetim ― sexo, drogas, chantagens e intrigas políticas ― e cria uma obra que permanece única mesmo depois de três décadas de seu lançamento.

Orgulho e Preconceito
Jane Austen
Via Leitura

Em Orgulho e Preconceito, Jane Austen nos apresenta os Bennets: uma família nobre, porém sem dinheiro, composta pelo pai, pela mãe e por cinco moças, todas em idade de se casar e nenhuma com direito a herdar a propriedade da família. Para assegurar o futuro delas, é preciso encontrar pretendentes de boa posição – uma busca que atormenta a senhora Bennet e, consequentemente, a família toda. A chegada de novos vizinhos provoca um alvoroço na vizinhança ao apresentar dois jovens solteiros e abastados: o senhor Bingley, por quem Jane Bennet, a primogênita, logo se apaixona; e o senhor Darcy, um homem orgulhoso que desperta o desprezo de Elizabeth Bennet, a segunda irmã mais velha e heroína desta história. Para viver um grande amor, no entanto, eles terão de repensar suas convicções e reavaliar seus sentimentos. Esta envolvente narrativa traz o que há de melhor na literatura de Jane Austen: um enredo repleto de reviravoltas, personagens inesquecíveis e diálogos aguçados. Com sua característica ironia refinada e traços de comédia, a autora coloca em evidência a condição feminina na sociedade de sua época. Publicada em 1813, esta que é sua principal obra tornou-se também uma das mais importantes da literatura. Um livro universal e atemporal, que ganha agora uma edição para colecionador em capa dura que apresenta ilustrações das principais personagens da narrativa e com acabamento suave ao toque.

As Flores do Mal
Charles Baudelaire
Penguin

Edição bilíngue de um dos mais influentes livros de poemas da modernidade. Obra poética completa de Baudelaire em nova tradução. Grafado pelo autor originalmente com letra maiúscula, o “Mal” de Baudelaire é um conceito, uma percepção que perpassa a sua obra e expõe o caráter humano. Livro inovador, que nas palavras de Marcel Raymond e Paul Valéry funda uma espécie de “movimento poético contemporâneo”, As Flores do Mal foi responsável por uma escandalosa transformação da literatura mundial ao misturar estilos elevados e populares, influenciando escritores como André Gide, Marcel Proust, James Joyce, Thomas Mann, entre outros. A primeira edição, publicada em 1857, quando Baudelaire tinha 36 anos, logo se torna objeto de um processo judicial que culmina na proibição de seis poemas. A segunda edição, de 1861, suprime os poemas censurados e inclui outros 35. O poeta ― também tradutor de Edgar Allan Poe e crítico de arte ― foi alvo de discórdia também nos círculos literários. Conhecido por encarar a vida com uma paixão enfastiada, Baudelaire transformou o universo a sua volta em uma poesia forte, visceral e por vezes perniciosa. Este volume bilíngue reúne toda a poesia de Baudelaire: As Flores do Mal tal como publicado em 1861 e os poemas acrescidos à edição póstuma de 1868, em uma edição especial que demonstra toda a potência de um autor ainda hoje “maldito”.

Epigramas de Calímaco – Bilíngue
Calímaco de Cirene
Autêntica

Epigramas são poemas originalmente inscritos em objetos, como monumentos, lápides e estátuas. Calímaco, poeta helenístico, transforma alguns desses poemas em pequenos objetos falantes: lápides (com ou sem cadáver!) que falam com o leitor, muitas vezes metapoeticamente, com grande delicadeza e sofisticação. A escolha de Calímaco é pelo caminho não trilhado. Neste jogo dos caminhos, ele explicita sua poética, manifesta seu pertencimento ao rico momento literário da alvorada da filologia, do amor pelo logos, da estética autoconsciente da poesia helenística. Não menos autoconsciente de seu papel é o nosso tradutor, Guilherme Gontijo Flores, já conhecido por traduções monumentais e vencedoras de prêmios importantes. Ele escolhe, no caminho já traçado da poética do dístico em versos tradicionais portugueses, a radicalidade do estilo conciso e refinado. Este volume nos traz todos os epigramas de Calímaco, além de três fragmentos; a introdução e as notas são um tesouro adicional para a boa fruição da leitura dos poemas aqui apresentados.

Intragável
Marília Passos
Editora Labrador

Uma mulher forte, assertiva, que não se encolhe diante dos ambientes predominantemente masculinos típicos do mundo financeiro. Pelo contrário. Clarissa faz questão de expor a fraqueza dos inimigos e comemora a humilhação de subordinados infiéis. Segue uma linha não muito diferente em casa: ao marido, Lauro, reserva o papel de secretário do lar e delega todos os cuidados da casa e dos filhos. Mas essa mulher dominadora e pragmática vê a estabilidade ruir quando ouve do submisso marido: “Clarissa, quero me separar de você”. É o início de uma jornada em que, acredita nossa anti-heroína, ela poderá amolecer seu coração e se transformar internamente, o que, segundo essa mesma visão duvidosa, traria sua vida de volta aos eixos. O caminho? Apaixonar-se. Intragável conta, com humor e sarcasmo, os percalços dessa bem-sucedida executiva para manter tudo que conquistou.

Apenas um Olhar
Harlan Coben
Editora Arqueiro

HARLAN COBEN JÁ VENDEU MAIS DE 70 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS NO MUNDO.

Uma foto pode contar muitas mentiras…

“O único bom motivo para deixar este livro de lado é ir conferir se a porta de casa está bem trancada.” – People

Ao buscar um filme que mandou revelar, Grace encontra, no meio das fotos, uma que não pertence ao rolo. É uma imagem de cinco pessoas, tirada no mínimo vinte anos atrás. Quatro delas não lhe são familiares, mas a quinta é muito parecida com seu marido, Jack. Ao ver a foto, Jack nega ser ele. Só que, mais tarde, ele foge sem nenhuma explicação, levando a fotografia. Sem saber por que ele se foi, Grace luta para proteger os filhos da ausência do pai. Cada dia que passa traz mais dúvidas sobre si mesma, sobre seu casamento e sobre Jack, assim como a compreensão de que há outras pessoas procurando por ele e pela fotografia – inclusive um violento e silencioso assassino. Quando entende que não pode contar com a polícia, e que seus vizinhos e amigos têm os próprios objetivos secretos, Grace precisa enfrentar as partes sombrias de seu passado para descobrir a verdade que pode trazer seu marido de volta.

Tempo De Graça, Tempo De Dor
Frances De Pontes Peebles
Arqueiro

A HISTÓRIA DE DUAS MULHERES E DE UMA INTENSA AMIZADE ALIMENTADA POR AMOR, INVEJA E ORGULHO – E PELO MEDO DE AMBAS DE NÃO SER NINGUÉM SEM A OUTRA.

Frances de Pontes Peebles também é autora de Entre Irmãs, que foi traduzido para nove idiomas e recebeu os prêmios Elle Grand Prix for Fiction, o Friends of American Writers Award e o Michener-Copernicus Fellowship. Além disso, foi adaptado para o cinema pela Conspiração Filmes e para a TV pela Rede Globo, em formato de minissérie.

“Ecos de Elena Ferrante ressoam nesta saga esplêndida.” – O, The Oprah Magazine

“Uma obra-prima. Frances Peebles é uma mestra da tensão dramática, da intriga e da linguagem – e uma habilidosa observadora da intimidade humana.” – Lambda Literary

Nascida na miséria e abandonada pela mãe, Das Dores tem uma infância difícil trabalhando como ajudante de cozinha num grande engenho de açúcar em Pernambuco, nos anos 1930. Um dia, a chegada de uma menina muda tudo. Graça, a filha mimada do novo senhor da fazenda, é esperta, bem-alimentada, bonita – e encantadoramente malcomportada. Vindas de mundos tão diferentes, elas constroem uma amizade que nasce das travessuras em dupla, floresce em seu amor pela música e marca para sempre sua vida e seu destino. Quando não conseguem suportar o que o futuro no engenho lhes reserva, elas fogem para o Rio de Janeiro em busca de uma carreira como divas do rádio. Mas só uma está destinada a se tornar uma estrela. À outra restam os bastidores, longe das atenções e do reconhecimento do público. Começando no Nordeste e passando pelas ruas da Lapa, no Rio de Janeiro, e pela Los Angeles da Era de Ouro Hollywoodiana, Tempo de Graça, Tempo de Dor é o comovente retrato de uma amizade inabalável, marcada pelo orgulho, pela rivalidade e pelo ressentimento. Escrito em forma de memórias, conta as alegrias e o lado sombrio do relacionamento de duas mulheres que encontram na música, e às vezes uma na outra, o sentido da própria existência.

O Mundo do Sexo
Henry Miller
José Olympio

Sem abrir mão do estilo narrativo e do caráter autobiográfico que o consagraram, em O Mundo do Sexo, Miller trata do seu tema mais frequente: a sexualidade – tanto no cotidiano quanto na literatura. Com uma escrita clara, simples e mais madura do que nas obras anteriores, o autor utiliza o sexo como meio para pensar a condição humana. O resultado é um ensaio primoroso sobre liberdade, amor, sexo e arte. A obra é enriquecida por narrações do próprio Miller, compartilhando sua vida, seus encontros e os acontecimentos bizarros e incríveis que experimentou. Sem nenhuma autocensura, colocou em cena amor e sexo – ora unidos, ora como antagonistas. O autor ainda discorre sobre a condição humana em relação ao sexo: “Entrar na vida por meio da vagina é um caminho tão bom como qualquer outro. Se você entrar bem fundo e permanecer tempo suficiente, vai encontrar o que procura. Mas você precisa entrar com coração e alma – e deixar seus pertences do lado de fora. (Por pertences eu me refiro a medos, preconceitos, superstições.)”. Figura-chave na revolução sexual americana, junto com outros nomes de destaque, seus livros escancaram a intimidade do prazer humano: gozos e gemidos se movimentam livremente em suas páginas.

Cari Mora
Thomas Harris
Record

Mais um mistério, outras surpresas. O novo livro de Thomas Harris, autor do clássico contemporâneo do suspense O Silêncio dos Inocentes. Vinte cinco milhões de dólares em ouro estão escondidos em uma mansão em Miami Beach, e seu dono está morto. Há anos homens implacáveis têm tentado encontrar essa fortuna, e agora é a vez de Hans-Peter Schneider. Motivado pela ganância, ele ganha a vida com atividades ilícitas, e a principal delas é realizar as fantasias mais doentias de homens ricos em busca de mulheres… peculiares. Cari Mora, a caseira da mansão, é uma imigrante que fugiu da violência em seu país de origem. Ela vive em Miami, sempre com medo da sua situação com o Serviço de Imigração e Controle Alfandegário. Como seu visto para os Estados Unidos não é permanente, Cari não pode prosseguir com os estudos, por isso é obrigada a ter vários empregos para se sustentar. Uma bela mulher, marcada por cicatrizes da guerra, Cari atrai o olhar de Hans-Peter quando ele se aproxima do tão desejado tesouro. Mas ela tem habilidades surpreendentes, e essa não é a primeira vez que seu instinto de sobrevivência é posto à prova. Monstros vivem à espreita na fissura que existe entre o desejo dos homens e a sobrevivência das mulheres. E nenhum outro escritor foi capaz de criar monstros tão tenebrosos e brilhantes como Thomas Harris. Cari Mora, seu sexto romance, marca o retorno à escrita desse verdadeiro mestre da literatura.

Nós & Eles
Bahiyyih Nakhjavani
Dublinense

Quando Lili e Goli têm que lidar com sua mãe, Bibi, os problemas de sua família começam a vir à tona. Segredos, verdades inoportunas e mentiras de ocasião se sobrepõem à medida que a história avança, deixando a trama instigante e revelando nuances das personagens, que nunca são aquilo que conhecemos primeiro. Neste Nós & eles, Bahiyyih Nakhjavani apresenta as fragmentações da diáspora iraniana em três gerações de uma família e todas as suas conexões de afetos e desafetos espalhadas pelo mundo. Os conflitos sobre quem deve cuidar da mãe obrigam as irmãs Lili e Goli a lidar com as obscuras finanças da família no presente, relações com o passado, uma meia-irmã deslocada e, sobretudo, com o desaparecimento de seu irmão mais novo, o qual Bibi vive a esperar. Narrado na primeira pessoa do plural, esse “nós” que tenta a todo o momento se distanciar de um “eles”, por fim nos mostra que o verdadeiro exílio é ser indiferente ao outro.

Eu, Tituba: Bruxa Negra de Salem
Maryse Condé
Rosa dos Tempos

Livro premiado de uma das mais importantes escritoras negras da atualidade, vencedora do New Academy Prize 2018 (Prêmio Nobel Alternativo). Tituba, mulher negra, nascida em Barbados, no século XVII, renasce, três séculos depois. Torna-se outra vez real, pelas mãos da premiada escritora Maryse Condé. No início do livro, Condé anota: “Tituba e eu vivemos uma estreita intimidade durante um ano. Foi no correr de nossas intermináveis conversas que ela me disse essas coisas que ainda não havia confiado a ninguém.” Da mesma forma, quem lê Tituba poderá ouvi-la falar, do invisível, desestabilizando estruturas cristalizadas, mediando novas concepções de identidades e culturas e protegendo as pessoas insurgentes. Aqui, essa personagem fascinante, é retirada do silêncio a que a historiografia lhe destinou. Filha de uma mulher negra escravizada, viveu cedo o terror de ver a mãe assassinada por se defender do estupro de um homem branco e de saber que o pai se matou por causa do mesmo homem branco. Cresceu sob os cuidados de uma mulher que tinha o poder da cura e que a iniciou nos mistérios. Adulta, apaixonou-se por John Indien e abdicou, por ele, da própria liberdade. Uma das primeiras mulheres julgadas por praticar bruxaria nos tribunais de Salem, em 1692, Tituba fora escravizada e levada para a Nova Inglaterra pelo pastor Samuel Parris, que a denunciou. Mesmo protegida pelos espíritos, não pôde escapar das mentiras e acusações da histeria puritana daquela época.

O Alforje
Bahiyyih Nakhjavani
Dublinense

Ao contrário do que se diz, o deserto é um território fértil. Ao menos para Bahiyyih Nakhjavani, que, a partir de uma trama complexa, faz convergir nas areias árabes um grupo de personagens que têm suas trajetórias costuradas por um misterioso alforje. Uma noiva que viaja para encontrar o futuro marido, um padre em peregrinação, um beduíno de alma livre e uma escrava falacha são alguns dos retratos que a autora pinta com maestria e profundidade. Ainda que tenham origens, crenças e desejos muito diferentes, todos os viajantes terão a vida transformada pelas escrituras sagradas.

Avenida do Contorno
Thaís Morgana dos Santos, Thainara Cristina Santos Silva
Editora Jaguatirica

Com uma riqueza de detalhes que nos transportam para uma época diferente, Avenida do Contorno nos mostra como o amor pode nascer até nas diferenças. O desafio aqui é sobreviver amando, em um ambiente repleto de preconceitos e alteridades, refletindo sobre como o controle absoluto sobre a vida – com o objetivo inocente de melhorá-la – pode ter o efeito contrário, e afundá-la de vez. Neste livro de Thaís Morgana e Thainara Cristina, nos deparamos com mestiços, imigrantes, oprimidos que buscam sobrevivência em meio a definições de caos e controle. Duas espécies em contraste unidas pela força do amor. Pode o amor perdurar? Pode o amor de Elzi e Tobias – protagonistas dessa história – superar a perseguição e o tempo, as intolerâncias sociais? Avenida do Contorno é “um manifesto silencioso, um pensamento que talvez alguém deixou escapar sem consciência, um reflexo da sua própria insatisfação”. A obra também pode ser vista como um protesto e uma reflexão sobre o rumo que a humanidade está tomando, um alerta sobre o perigo de ambientes intransigentes e a força da projeção de vozes minoritárias ao alcance de todos em prol da cultivação da igualdade e da justiça.

Mais Classificados e Nem Tanto
Marina Colasanti (Autor), Rubem Grilo (Ilustrador)
Galera

Para quem procura coisas difíceis de achar é só abrir este livro e encontrar o que sua imaginação mandar! A obra que inclui prosa, poesia, crônicas e contos, vem repleta de imaginação e bom humor. Marina Colasanti retorna ao universo infantil com Mais Classificados e Nem Tanto, um encantador livro de poesia para os pequenos. “Há gente que percorre os anúncios classificados atrás de um apartamento bem localizado, um carro do ano, um cachorro com pedigree. Mas há pessoas que buscam um tapete voador, a chave para a qual já perderam a fechadura, o endereço do amigo imaginário, o rastro da estrela cadente. Para elas é este livro”, explicou a autora. O livro reúne 82 poemas “curtinhos”, sendo cada um acompanhado de uma xilogravura, criada pelo premiado artista plástico Rubem Grilo, que dialoga de maneira muito divertida com o conteúdo do livro.

O Café da Praia
Lucy Diamond
Editora Arqueiro

UMA RECEITA PARA O DESASTRE OU UMA RECEITA PARA O AMOR?

Lucy Diamond é autora de mais de 10 romances, sendo publicada em 15 idiomas, e sempre figura na lista de mais vendidos do The Sunday Times.

“Uma narrativa encantadora, divertida e verdadeira” – Heat

“Com personagens cativantes e momentos de verdadeira emoção, este livro engraçado e otimista vai encantar as românticas de carteirinha.” – The People

Em uma praia paradisíaca, Evie Flynn tem a chance de começar do zero… Evie sempre foi a ovelha negra da família: sonhadora e impulsiva, o oposto das irmãs mais velhas bem-sucedidas. Tentou fazer carreira como atriz, fotógrafa e cantora, mas nada deu muito certo. Às vezes, ao pular de um trabalho para outro, ela tem a sensação de que lhe falta um propósito. Quando sua tia preferida morre em um acidente de carro, Evie recebe uma herança inesperada, um café na beira da praia na Cornualha. Empolgada com a oportunidade de mudar de vida, ela decide se mudar para lá, mas logo descobre que nem tudo são flores: os funcionários não são dos melhores e o local está caindo aos pedaços. Tudo bem diferente dos tempos em que passava as férias de verão com a tia. Apesar das dificuldades, pela primeira vez Evie está determinada a ter sucesso. Ao lutar pelo café, ela busca secretamente dar um novo rumo à sua vida e, assim, pode acabar conquistando bem mais do que esperava no trabalho… E também no amor.

Simplesmente Blue
Amy Harmon
Verus

Novo romance da autora do best-seller Beleza Perdida. Blue Echohawk não sabe quem ela é. A garota, que desconhece seu nome verdadeiro e sua data de nascimento, foi criada por um estranho e não frequentou a escola até os dez anos. Aos dezenove, quando a maioria dos jovens vai à faculdade ou segue em frente com a vida, ela é apenas uma veterana no ensino médio. Sem mãe, sem pai, sem fé e sem futuro, Blue é uma estudante difícil, para dizer o mínimo. Durona e sexy, ela é o oposto do jovem professor britânico que decide que está pronto para o desafio de levar a encrenqueira para debaixo de suas asas. Simplesmente Blue narra a história de uma transformação e fala de uma amizade improvável em que a esperança promove a cura e a redenção se torna amor.

Três Destinos
Nora Roberts
Bertrand Brasil

Após sobreviver a um naufrágio que matou mais de mil pessoas na costa da Irlanda, um ladrão renuncia à vida de fora da lei. Embora tenha se tornado um homem diferente, ele guardou consigo uma estatueta de prata que roubara no navio. Quase um século depois, a peça, parte integrante de um conjunto de valor inestimável denominado Três Parcas, foi roubada de seus descendentes, os Sullivan. Determinados a recuperar o tesouro deixado por seu trisavô e a reunir as três estatuetas, os irmãos Malachi, Gideon e Rebecca serão levados da Irlanda a Helsinque, onde Malachi conhece Tia Marsh, uma extraordinária estudiosa americana cuja família tem um vínculo importante com a misteriosa estatueta desaparecida; a Praga, onde uma exótica dançarina chamada Cleo irá encantar Gideon e se lançar num jogo que mudará sua vida para sempre; e até mesmo a Nova York, onde um especialista em segurança, Jack Burdett, irá se unir à família na luta contra uma mulher perigosa, que não se deterá diante de nada para se apossar das Parcas. Transbordando romance e paixão, esta é uma inesquecível história de amor e de sorte na qual o futuro de três irmãos depende de uma simples reviravolta do destino.

O Caso Eduard Einstein
Laurent Seksik
Bertrand Brasil

A incrível história do filho esquecido de Albert Einstein.

“Não se trata de uma questão de natureza. Trata-se de uma questão de coragem. Ele foi um homem corajoso. Afrontou a Gestapo, foi um dos primeiros a apoiar a causa dos negros, ajudou a criação do Estado judeu, afrontou o FBI, não se curvou, nunca renunciou, escreveu a Roosevelt para construir a bomba contra a Alemanha e para suspender a bomba destinada ao Japão. Apoiou os judeus oprimidos pelo Reich. Assinou petições. Esteve na linha de frente. Mas ver seu filho está além de suas forças. Ele conhece seus limites. Apenas o universo não conhece limites.”

Na Alemanha de Hitler, o povo acompanha cada passo da guerra pelas rádios: são discursos de ódio que pedem a erradicação dos judeus. Em meio a esse ambiente opressivo, o gênio do século XX, Albert Einstein, sua ex-mulher, Mileva, e seu filho, Eduard, lutam para sobreviver. Eduard viveu toda a sua vida à sombra do pai. Admirador de Freud, queria se tornar psiquiatra no futuro. No entanto, aos 20 anos, é diagnosticado com esquizofrenia e internado numa clínica psiquiátrica em Zurique. Entre seus poucos visitantes está sua mãe, que cuida dele com devoção. Seu pai não teve a mesma coragem. “Meu filho é o único problema que permanece sem solução”, escreve Einstein no exílio. Nenhum tratamento parece ajudar Eduard. E ele lutará contra a doença até a sua morte, em 1965. Durante todo esse tempo, Albert o visitou uma única vez. Em O Caso Eduard Einstein, Laurent Seksik revela um drama de foro íntimo em que reverberam a dor de uma mãe, a vergonha e a culpa de um grande homem por sua fraqueza e a voz de um filho esquecido.

Britt-Marie Esteve Aqui: Marie Esteve Aqui
Fredrick Backman
Fábrica231

Britt-Marie não suporta bagunça. Uma gaveta de talheres desorganizada está no topo de sua lista de pecados imperdoáveis. Para ela, o dia começa às seis da manhã, porque apenas lunáticos acordam mais tarde. E ela não é passivo-agressiva. De forma alguma. Acontece que às vezes as pessoas interpretam suas sugestões construtivas como críticas, o que certamente não é a intenção. Britt-Marie não é do tipo que faz julgamentos ― não importa quão mal-educadas, desleixadas ou moralmente duvidosas as pessoas possam ser. Mas, por trás do jeito socialmente desajeitado, exigente e intrometido há uma mulher cheia de imaginação, com sonhos maiores e um coração muito mais afetuoso do que qualquer um ao redor dela é capaz de perceber. Quando Britt-Marie resolve deixar o marido infiel para trás e se virar por conta própria na cidadezinha “onde Judas perdeu as botas”, também conhecida como Borg ― sobre a qual o maior elogio que se pode fazer é que é construída ao longo de uma estrada ―, ela está mais do que despreparada. Contratada para cuidar de um centro recreativo prestes a ser fechado, a meticulosa Britt-Marie precisa lidar com pisos enlameados, crianças indisciplinadas e um rato (literalmente) como colega de quarto. Ela se vê envolvida no cotidiano dos moradores locais, uma estranha variedade de canalhas, bêbados e desocupados ― e um policial boa-pinta que mal consegue esconder seus sentimentos pela recém-chegada. E, para completar, a ela restou a impossível tarefa de treinar e conduzir um time infantil de futebol sem o menor talento rumo à vitória. Engraçado e comovente, Britt-Marie esteve aqui é uma celebração às amizades inesperadas que nos transformam para sempre, e ao poder do mais gentil dos espíritos de tornar o mundo um lugar melhor.

Grandes Dias e Outras Histórias
Donald Barthelme
Rocco

Em sua breve existência, Donald Barthelme (1931-1989) se destacou como jornalista, editor de revistas de arte, diretor do Museu de Arte Contemporânea de Houston e professor (foi um dos criadores do programa de Escrita Criativa da Universidade de Houston). Como se isso não bastasse, foi ainda um escritor prolífico e bem-sucedido, aclamado como um dos grandes nomes da literatura pós-moderna norte- -americana, rótulo que ele aceitava com desconfiada resignação. Barthelme foi, com certeza absoluta, um dos maiores escritores de contos de todos os tempos, dotado de técnica infalível, melancólica alegria e invulgar versatilidade. Tanto podia escrever um conto no estilo de Tchekhov, quanto histórias destituídas de tramas e narrativas que continuam a desafiar os rótulos. Na tentativa de definir Grandes dias e outras histórias, Matt Lewis, crítico do prestigioso The Guardian, comentou entusiasmado que aqui podem ser encontradas fábulas, narrativas lendárias, cartas e ensaios, além de textos compostos inteiramente por diálogos e, também, eventualmente, contos mais fiéis aos parâmetros consagrados do gênero. Já David Eggers, que assina a instigante introdução deste livro, não hesitou em afirmar que a escrita de Donald Barthelme é “divertida, sutil, bela e mais aparentada com a poesia (em sua perfeita ambivalência em relação à narrativa) do que praticamente qualquer outra prosa atual”. Ambos estão certos, porém a literatura de Barthelme é isso e muito mais, razão pela qual ele já foi comparado a autores tão talentosos e diferentes entre si quanto James Joyce, Vladimir Nabokov, Jorge Luis Borges, Virginia Woolf e Samuel Beckett. É ler para crer…

A Última Criatura Humana
Lee Bacon
V&R

Um robô que nunca havia questionado as regras e uma garota que não deveria existir numa jornada que mudará tudo… Em um futuro não muito distante, os robôs exterminaram a espécie humana. E XR_935, um robô de doze anos, não vê nisso um problema. Sem humanos, não há guerras, não há poluição, não há crime. Cada membro da sociedade tem um objetivo e tudo funciona com eficiência. Até que um dia, XR descobre algo impossível: uma garota chamada Emma. Por toda a sua vida, ele ouviu que homens, mulheres e crianças eram o mal. Mas ela não parecia ser uma ameaça. Estava assustada e precisando de ajuda. Agora, XR vai embarcar numa perigosa viagem com Emma e dois outros robôs para levá-la em segurança a um ponto misterioso do mapa. Mas como vão sobreviver num lugar onde as regras nunca podem ser quebradas e no qual a espécie humana era considerada extinta? Em A última criatura humana, Lee Bacon constrói um mundo tecnológico fascinante que fará os leitores refletirem a respeito dos caminhos e descaminhos da humanidade.

O Ano da Graça
Kim Liggett
Globo Alt.

“Um livro indispensável para fãs de O Conto da Aia” – Bustle Tierney James vive no Condado de Garner, uma sociedade patriarcal onde as garotas aprendem desde cedo que sua existência é uma ameaça. Lá, acredita-se que jovens mulheres detêm poderes obscuros e, por isso, ao completarem dezesseis anos, são enviadas a uma espécie de campo de trabalho, no qual devem permanecer durante um ano para se “purificar”. Mas nem todas retornam vivas e as que voltam parecem diferentes. No Condado de Garner, é proibido falar sobre o Ano da Graça. Mas Tierney está pronta para subverter as regras. O Ano da Graça é uma história brilhante, assustadora e atual sobre os complexos laços formados entre mulheres e a resistência delas em uma sociedade misógina, patriarcal e desigual. O livro será adaptado para o cinema pela Universal Pictures com produção e direção de Elizabeth Banks.

Matéria de Poesia
Manoel de Barros
Alfaguara

A linguagem de Manoel de Barros se insurge contra o convencional, o grandioso e o mercantil. Matéria de Poesia é, nesse sentido, um livro revolucionário, um contraponto a tudo aquilo que a civilização rejeita como menor. Com prefácio de Mia Couto e imagens do acervo pessoal do poeta.

“Todas as coisas cujos valores podem ser / disputados no cuspe à distância / servem para poesia.” Assim começa Matéria de poesia, livro publicado originalmente em 1974 em que Manoel de Barros explicita do que é “feita” sua arte. Pois ela é composta de versos que são frases ritmadas ao rés do chão, nascidas da atenta observação do que não é importante. A matéria da poesia une palavras e coisas. Quase um manifesto que reflete o projeto de escrita de Manoel, os poemas reunidos neste volume unem seres e objetos aparentemente inconciliáveis. Nesta que é uma de suas obras mais importantes, se destacam também o apurado trabalho com a linguagem e o olhar para as coisas miúdas da natureza, nomeadas como se estivessem sendo vistas pela primeira vez. Afinal, nas palavras do próprio poeta: “As coisas jogadas fora/ têm grande importância”.

“Fala-se muito da capacidade de criação de neologismos do poeta do Pantanal. Creio que o seu mérito é bem mais do que a conquista do novo vocábulo. Manoel revela toda uma língua que não há para nomear criaturas que existem numa dimensão que, sendo onírica, é tão real como qualquer outra.” ― Mia Couto, do prefácio do livro

“A partir de Matéria de Poesia, o poeta passa a ser mais metalinguístico, parte de pequenos bichos aquáticos, insetos e ‘inutensílios’ (trastes sem préstimo) para compor uma espécie de cosmologia oculta.” ― Manuel da Costa Pinto, Folha de S.Paulo

O Pequeno Príncipe
De Antoine Saint
Rocco

O Pequeno Príncipe se mantém, desde seu lançamento em plena Segunda Guerra Mundial, na posição do livro francês mais vendido e mais traduzido de todos os tempos, com versões para trezentos idiomas, sendo superado apenas pela Bíblia. Isso porque o caráter universal desta fábula singular de Antoine de Saint-Exupéry tem conquistado gerações sucessivas de leitores em todos os quadrantes do mundo, confirmando o valor imorredouro de sua mensagem de amor, compaixão, tolerância, otimismo, perseverança e autoconhecimento. A nova tradução de Frei Betto atualiza e revitaliza a mensagem deste clássico maior da literatura universal, tornando-o mais atraente para o leitor brasileiro contemporâneo.

Gravity Falls: Feliz Summerween! / A Loja De Conveniência… Do Horror! (vira–vira)
Samantha Brooke
Universo dos Livros

Nesta edição vira-vira, a Universo dos Livros apresenta duas eletrizantes histórias do fenômeno Gravity Falls! Feliz Summerween! — Chegou o famigerado feriado do Summerween em Gravity Falls! Como não poderia deixar de ser, Dipper e Mabel recebem a inusitada visita de um monstro que exige deles a coleta de 500 docinhos de porta em porta até o fim da noite… ou pagarão caro por isso! Será que Dipper e Mabel conseguirão reverter a situação para conseguirem salvar suas almas ou vão virar a sobremesa do Monstro do Summerween? A loja de conveniência do horror! — É mais um dia tranquilo para os irmãos Pines: o dia perfeito para investigar uma loja de conveniência mal-assombrada! Com a ajuda de Wendy, Robbie e seu grupo de amigos, os gêmeos precisarão lutar por sua própria vida contra os fantasmas que parecem odiar adolescentes – e amar a Dança do Carneirinho! Sinopse da série animada para televisão (canal Disney XD): Os gêmeos Dipper e Mabel Pines, de 12 anos, moram na Califórnia, mas vão passar as férias de verão na cidadezinha de Gravity Falls, no Oregon, com seu excêntrico e ganancioso tio-avô Stan – ou Tivô Stan, como eles o chamam. Quando chegam à Cabana do Mistério, negócio administrado pelo tio, que corresponde a um museu farsante sobre esquisitices, os irmãos percebem que, apesar das trapaças de Stanley Pines, a cidade de Gravity Falls é, na verdade, bem estranha mesmo.

Mulherzinhas: Edição Comentada e Ilustrada (Clássicos Zahar)
Louisa May Alcott
Zahar

Romance que inovou a literatura e ainda hoje comove e atrai leitores. Dezembro de 1861, Massachusetts. Meg, Jo, Beth e Amy March enfrentam seu primeiro Natal sem o pai, que serve na Guerra Civil. É o marco inicial da jornada de formação das quatro irmãs, e Mulherzinhas as acompanha nesse processo até a vida adulta. Entre alegrias e aflições, desafios e conquistas, perdas e aprendizados, crescemos com elas… O romance tem sensibilidade, humor e pulso e mostra que um universo familiar e cotidiano pode ser o celeiro de mudanças importantes, ao defender – sem falsa moralidade – princípios como a virtude acima da riqueza, a equidade entre os gêneros e a realização individual sem prejuízo do bem coletivo. Essa edição traz o texto integral, centenas de notas, apresentação e cronologia de vida e obra de Alcott, além de cerca de 130 ilustrações consagradas de Frank T. Merrill.

Minha Bailarina
Fernanda Terra
Ler Editorial

Luca Donatti, piloto italiano e atual queridinho da Formula 1, está voltando para casa com mais um troféu nas mãos. Ele agora é o tricampeão da temporada. Acostumado a tudo que o dinheiro e a fama podem lhe proporcionar, ele se vê diante do maior desafio de sua vida, o câncer que está devastando a saúde do seu pai e maior mentor. É nesse momento que conhece Giovanna Vitalle, uma bailarina clássica, destemida, independente e melhor amiga da sua irmã. Desde criança, Giovanna sempre se dedicou inteiramente à dança e hoje, primeira bailarina da Companhia de Balé de Milão, apaixona-se à primeira vista por Luca. Em meio ao começo de uma relação de muito amor, Luca encontra em sua bailarina a força e a coragem para passar pelo momento mais difícil da sua família. O que ele não imaginava era que a vida lhes traria inúmeras surpresas, transformando-o no próprio pilar de Giovanna.

Morangos Mofados
Caio Fernando Abreu
Companhia das Letras

Em sua obra mais célebre, publicada em 1982, quando tinha trinta e quatro anos, Caio Fernando Abreu faz transbordar de cada página a angústia, o desassossego e o estilo confessional que o consolidaram como uma das vozes mais combativas e radicais de sua época. A prosa visceral dos dezoito contos de Morangos mofados ― potencializada pela hesitação coletiva de um país que vislumbrava a redemocratização ante a falência incipiente do regime militar ― traduziu as inconstâncias humanas mais profundas e continua, ainda hoje, arrebatando leitores de todas as gerações. Para José Castello, que assina o posfácio desta edição, embora seja um livro de narrativas curtas, “a obra mantém uma férrea unidade, em torno da coragem de se despir, da fidelidade aos sentimentos mais íntimos e mesmo os mais terríveis, e ainda à dificuldade de ser”.

Juro Que Não Vou Gritar
Patrícia Berton
Alameda Editorial

Em versos e shortcuts – registros feitos como num diário íntimo –, a narradora atravessa seus afetos e vazios recorrentes, entre o drama, a nostalgia e o humor ainda que contido, mais irônico que desbragado. Aqui a filha se torna mãe e continua a carregar a adolescente que foi, namorados e maridos se confundem, e mesmo que as paisagens se modifiquem, entre o sul, a metrópole e o estrangeiro, o lugar interior permanece, a angústia persiste no passar da década. Anotar parece a saída, em “bilhetes amarelos, laranjas e rosas espalhados pelo carro, na agenda, grudados no computador para não desperdiçar as ideias.” Anotar acasos, enganos, lembranças, dores e desejos.

Sozinha é o Dobro
Patrícia Berton
Alameda Editorial

Se para Virgínia Woolf a criação literária feminina pressupõe um quarto isolado, apartado desses barulhos, com uma renda fixa mensal, que cuidaria da sobrevivência da autora, em Sozinha é o Dobro, esse quarto ideal e essa criação artística apartada da realidade são implodidos. Não existe um quarto para as mulheres escreverem. Nem uma renda fixa. Carolina de Jesus mostrou que a literatura contemporânea está no quarto de despejo, na rua, na miséria – nesses mil sons que fazem o cotidiano de todos nós. As vísceras e entranhas femininas estão expostas. Assim como os sonhos e desejos. Patrícia Berton não tem 500 libras para apenas escrever ficção, e também não está desesperada e com fome, como Carolina de Jesus. Ela escreve naquele lugar mediano, dos dias cinzas, do tédio, da aparente banalidade. No livro fica claro que os quartos ideais ficaram para os autores em torres de marfim, lidos pelos críticos, e que aprecem em revistas literárias bem comportadas. O resto de nós chafurda na lama e não consegue parar nunca de ouvir as próprias entranhas. – Joana Monteleone

Memórias em Trânsito: Deslocamentos Distópicos em Três Romances Pós-Coloniais
Roberta Guimarães Franco
Alameda Editorial

O livro nos apresenta uma análise profunda e atual acerca da relação entre diferentes movimentos de deslocamento, em suas várias categorias – como emigração, exílio, retorno ou refúgio – e os processos de colonização e descolonização no continente africano. Dividido em cinco capítulos, a trajetória empreendida pela autora nos leva a partir de um cais movente, o pós-colonialismo e suas implicações no tempo presente. Seguindo o roteiro de deslocamentos, traça-se um novo (antigo) percurso, ligando Portugal, Angola e Moçambique, através dos romances de António Lobo Antunes, Pepetela e João Paulo Borges Coelho. O traumático das sucessivas guerras e a permanente indagação acerca das responsabilidades e dos pertencimentos que marcaram cinco séculos de dominação colonial presentificam-se nas idas e vindas das histórias narradas. O final desta travessia entre relatos ficcionais e (re) avaliações críticas da história põe diante do leitor uma significativa constatação, nas palavras da pesquisadora, tais deslocamentos “não são exclusividade desse período ou desses espaços, são histórias diárias que atingem milhões de pessoas, mas que continuam quase invisíveis, por não trazerem em si as marcas externas dos grandes conflitos, nem as da narração dos grandes feitos”. – Renata Flavia da Silva (Professora Associada da Universidade Federal Fluminense).

A Vida é um Sorvete Derretido
Flávio Sanso
Editora Jaguatirica

O livro A Vida é um Sorvete Derretido, composto por 56 crônicas de Flávio Sanso, é uma tentativa de refrescar-se, um pequeno deleite em meio ao cotidiano, um ponto de alívio sobre a contemplação de um punhado de possibilidades sobre os rumos urbanos, esse bailado aleatório. As histórias delicadamente contadas são atalhos no tempo, e nós somos puxados como em um “barbante imaginário”, podendo olhar sem demora, degustando “prazer e percalços, euforia e incômodo” como quem se delicia com um sorvete na orla da praia. Transeuntes, vendedores, mães, filhas, passageiros de ônibus, casais, músicos, a tecnologia diária, os cachorros… O invisível se torna protagonista nas esquinas da vida, nos contornos das ruas, nas calçadas que se vão, os meandros do urbano e o cotidiano, visto com acalento e “resistência à decrepitude”. Flávio Sanso, cronista que já coleciona alguns prêmios, é um observador refinado, um “espião fajuto”, uma espécie de colecionador de curiosidades, que se mantém em movimento, porém em uma “contemplação acanhada”. Ao fim de suas pequenas viagens, ele nos presenteia com sabores, entre fôlegos e alívios. A obra é um apanhado “encantadamente peculiar”, algo que se agita, “quer sair, ganhar o mundo, propagar-se por grandes distâncias”, ou talvez só “um olhar distraído para o lado e pronto”.

As Esquecidas Ermâncias de Destino
Diego Kullmann
Editora Jaguatirica

Encantamento. O poder que as palavras têm de nos fazer mergulhar em magia e feitiço, numa sedução palavresca que nos pega pela mão e pelos olhos. Fascinação, a la Manoel de Barros, numa vontade de medir o mundo com os sentidos. Aqui olfato, tato e visão ganham outra dimensão, outros desdobramentos. Com prefácio de Marcelo Moraes Caetano, As Esquecidas Ermâncias de Destino é uma narrativa poética de dobrar as vistas em contemplação, como toda coisa que “entamanha”, que faz rebuliço nos sentidos, como se pudéssemos “engolir respiro”. As palavras de Diego Kullmann são “rabiscos de inventariar mundos”, como se a beleza do silêncio estivesse presente em cada alma que abre uma página do livro e fizesse com que o leitor fosse livre – verdadeiramente livre para percorrer as histórias e se deleitar entre vírgulas e pontos. Livre para navegar em sentidos próprios. É preciso “chorar o choro doído pra fora”, ouvir o “canto que num é de caber gente”, estar “na companhia do sopro do mundo” e “adequar o nome ao tempo”, pois a linguagem do livro nos leva à epifania e à compreensão de que “a verdade é coisa que tá dentro da gente”.

O Desafio do Amor Verdadeiro
Laura Lee Gurhke
Harlequin Books

Para Clara Deverill, ser a verdadeira Lady Truelove significa dar conselhos sobre problemas que ela mesma nunca superou. Só lhe resta refugiar-se em uma casa de chá e esperar que a inspiração chegue entre um bolinho e outro. Isso não acontece até ela escutar um canalha falando eloquentemente sobre a honorável arte de terminar com uma dama. O cafajeste pode se parecer com um Adônis, mas ele está prestes a conhecer o outro lado de Lady Truelove. Rex Galbraith é um herdeiro sem planos de se acomodar com uma donzela. Ele flerta com inúmeras jovens para animar sua tia casamenteira, mas Clara é a primeira a conquistar seu olhar namoradeiro. Ao descobrir que ela ― como Lady Truelove ― usou seu conselho como material para o jornal, Galbraith fica furioso. Mas quando é forçado a fazer um acordo secreto com ela, Rex percebe que tem um problema muito maior ― porque Clara está contrariando tudo o que ele achava saber sobre as mulheres e sobre si mesmo…

A Mãe Perfeita
Aimee Molloy
HarperCollins

Ser a mãe perfeita parece impossível, mas ainda assim elas tentam. Recebem e-mails com dicas sobre a criação dos filhos, trocam mensagens com sugestões e se apoiam quando precisam. Essas são as Mamães de Maio. Alguns meses após se conhecerem, Winnie, Francie, Colette e Nell decidem sair para beber em um bar local, buscando uma pequena folga da rotina. Mas na noite do Quatro de Julho, durante o verão mais quente da história do Brooklyn, o que começa com alguns drinques inocentes termina terrivelmente errado: um dos bebês é roubado de seu berço. Winnie estava relutante em deixar Midas, seu filho recém-nascido, em casa com a babá, mas o grupo insistiu. Quando Midas desaparece sem deixar rastros, a vida dela entra em colapso. As Mamães de Maio são as únicas dispostas a escutá -la e ajudá-la. Porém, além de investigarem o desaparecimento da criança, elas precisam investigar umas às outras. Não se conhecem tão bem quanto pensavam e, conforme a investigação policial avança e a mídia faz do sofrimento de Winnie seu assunto principal, segredos são expostos, casamentos testados e amizades formadas e destruídas.

As Coisas Como Elas São
Laurie Frankel
HarperCollins

Rosie e Penn têm quatro filhos. Ao engravidar mais uma vez, Rosie torce para enfim ter uma menina, mas em vão: nasce Claude, um garotinho que cresce saudável e feliz, demonstrando amor, curiosidade e inteligência genuínos, e que enche a família de orgulho. Porém, logo cedo na infância, ele revela o desejo de usar vestidos, além de querer ter o cabelo comprido. Os pais, sempre buscando a felicidade dos filhos, encaram de coração aberto a realidade de terem uma criança transgênero. Dessa forma, Claude se torna Poppy. Ela é a mesma criança amorosa, curiosa e inteligente, mas não está livre do perigo e dos preconceitos. Quando Rosie atende, no hospital em que trabalha, uma universitária trans que foi espancada por alunos de uma fraternidade, ela decide que a cidade em que vivem é perigosa para Poppy e decide mudar toda a família a fim de proteger a filha. Com a mudança, uma nova chance se apresenta. Na nova cidade, ninguém nunca ouviu falar de Claude, apenas Poppy. Rosie e Penn decidem, então, manter essa informação em segredo. Por um tempo, sua filha cresce protegida, mas as tensões em torno desse segredo aumentam, e a verdade vem à tona. Quando a bolha de proteção estoura, Poppy e sua família precisam encarar a realidade de um mundo desconhecido, cheio de dúvida, medo e angústia, e aprender a lidar com os novos desafios de uma pré-adolescência incomum. As coisas como elas são é uma história sobre transformações, contos de fadas e família. E sobre como as coisas sempre são como são: mudanças se mostram difíceis; educar filhos é um mergulho no desconhecido; crianças crescem, mas nem sempre da forma que planejamos; e alguns segredos não podem permanecer eternamente escondidos.

Crocodilo
Javier A. Contreras
Companhia das Letras

Uma narrativa singela e emotiva sobre a construção da família, da relação pai-filho e das mudanças que o amadurecimento traz para a vida de todos nós. “Hoje, meu filho Pedro pulou da janela do seu apartamento.” Assim começa o romance de Javier A. Contreras, um relato ágil e surpreendente sobre o suicídio e a angústia dos que permanecem. Ao contar a história dos sete dias que se seguem à morte de Pedro, o autor embarca em uma narrativa única, que aborda temas como a relação pai-filho, o caos do mundo moderno e as expectativas que nutrimos e frustramos no decorrer da vida. Com uma linguagem moderna e de ritmo fluido, os sentimentos de Ruy, pai de Pedro, são trazidos à superfície em um misto de raiva e desolação. Ao perder o único filho, Ruy reavalia não só sua relação com a paternidade, mas com todo o mundo a sua volta.

O Primeiro Imortal
Rodrigo N. Alvarez
Arqueiro

RODRIGO N. ALVAREZ JÁ VENDEU MAIS DE 800 MIL LIVROS, QUE FORAM PUBLICADOS NO BRASIL, EM PORTUGAL E NA AMÉRICA LATINA.

Quando morremos, será que a alma morre também? Em 1987, na Península de Yamal, na Sibéria, uma descoberta pode mudar o futuro da humanidade. Durante uma caçada, o soviético Yuri encontra dentro de uma caverna de gelo quatro corpos de seres humanos, que ficaram congelados e preservados por 38 mil anos. Reconhecendo a oportunidade de ganhar uma fortuna, o ganancioso primo de Yuri vende um deles, clandestinamente, a membros de uma sociedade secreta que há décadas busca desvendar o enigma da imortalidade. Quando o impensável acontece e eles conseguem trazer o corpo de volta à vida, cientistas de várias partes do mundo entram em uma disputa sem limites pelo homem que venceu a morte. Só que, ao retomar a consciência, o primeiro imortal recupera também suas memórias, desejos e sonhos. E decide reaver o que é seu, fazendo com que o projeto saia totalmente de controle. Em sua estreia na ficção, o renomado autor Rodrigo N. Alvarez leva o leitor por uma viagem no tempo e por lugares tão diversos como Sibéria, Romênia, Estados Unidos, França, Alemanha e Brasil, passando por cavernas, geleiras, florestas, museus e centros de pesquisa de última geração. Com enorme habilidade, tece uma colcha narrativa mesclando arte, paleontologia, história e antropologia para contar a emocionante jornada de um sapiens ancestral em busca do sentido da própria existência.

Mudança De Planos (Missão Bope 4)
Cristina Melo
The Gift Box

Depois de uma infância de questionamentos e frustrações, Juliane, uma veterinária apaixonada por sua profissão, conseguiu enfim criar sua própria “teoria” sobre o amor e relacionamentos. Seu plano desde então é viver intensamente o que a vida lhe oferece de melhor. Tudo estava dando muito certo até determinado ogro idiota cruzar seu caminho. O plano dele, por mais engraçado que seja, é o mesmo plano que o seu. Isso seria perfeito se ele não tivesse o poder absurdo de irritá-la como ninguém no mundo… Vingar-se das suas babaquices era para ser divertido e não para fazê-lo se aproximar mais… Fantasmas e segredos começam a se revelar e o “plano perfeito” de ambos começa a desmoronar. A missão agora é fazê-los parar antes que novas feridas surjam… Antes que seja tarde demais e consequências devastadoras para ambos aconteça. Será que eles terão tempo?

À Espreita
Paola Scott
The Gift Box

Tornar-me um caçador nunca esteve em meus planos. Nem nas minhas brincadeiras mais loucas isso um dia me passou pela cabeça, mas dizem que o destino nos prega peças. E ele me levou a fazer parte desse mundo. Agora, tudo o que almejo é atingir o auge na minha carreira, e para isso precisarei ingressar na quadrilha de George Walker, um dos caçadores de maior renome no continente africano. E é aí que o destino novamente apronta para mim, dessa vez colocando uma mulher à minha frente. Scarlet não é somente jovem e bonita. Ela tem um viço, um olhar, uma ousadia. Um algo a mais que, mesmo com a diferença significativa de idade entre nós, aos poucos vai me capturando. Acontece que ela também é filha de Walker, o que representa encrenca certa. De repente caçar tornou-se secundário. A prioridade era fugir daquela armadilha em forma de mulher, que poderia não apenas arruinar meu coração, mas colocar minha vida em risco. Mas será que eu conseguiria?

Punk 57
Penelope Douglas
The Gift Box

Autora best-seller do New York Times, Penelope Douglas, apresenta seu mais recente romance “New Adult”“Nós éramos perfeitos juntos. Até nos conhecermos.” ┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈Misha: Não posso deixar de sorrir com a letra da música em sua carta. Ela sente a minha falta. Na quinta série, minha professora organizou duplas com colegas de uma escola diferente. Pensando que eu era uma menina – por causa do meu nome – a outra professora me juntou com a sua aluna, Ryen. Minha professora – acreditando que Ryen era um garoto – concordou. Não demorou muito para descobrirmos o erro. E, em pouco tempo, estávamos discutindo sobre tudo. A melhor pizza para viagem. Android vs. iPhone. Se Eminem é ou não o melhor rapper de todos os tempos… E foi assim que começou. Nos sete anos seguintes, éramos só nós. Suas cartas são sempre escritas em papel preto com caneta prateada. Às vezes, recebo uma por semana ou três em um dia, mas eu preciso delas. Ela é a única que me mantém nos eixos, me acalma e aceita quem eu sou por inteiro. Nós só tínhamos três regras: nada de redes sociais, sem números de telefone e nenhuma fotografia. Nós tínhamos um lance bacana. Por que arruinar isso? Até eu deparar com uma foto de uma garota, online. Com o nome de Ryen, que ama a pizza do “Gallo” e idolatra seu iPhone. Quais eram as chances? Que se f*da. Preciso encontrá-la. Só não imaginava que odiaria o que descobri.┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈ Ryen: Ele não escreve há três meses. Algo não está certo. Ele morreu? Foi preso? Conhecendo Misha, nem um dos dois seria um exagero. Sem ele por perto, estou ficando maluca. Preciso saber que alguém está me ouvindo. A culpa é minha. Devia ter pedido seu número de telefone, foto ou algo assim. Ele podia ter sumido para sempre. Ou poderia estar bem debaixo do meu nariz, e eu nem sequer desconfiava.

Além Das Consequências (Prequel Da Série Jogo Duplo)
Andy Collins, Helena Stein
The Gift Box

No xadrez, há um rei e uma rainha, agindo lado a lado. Protegendo um ao outro de seus inimigos. Na vida real, há um rei e uma rainha. Lutando pelo trono. Corrompendo todos à sua volta. Manchando de vermelho o chão que pisam. E irão além das consequências para provar que só há espaço para um deles reinar. Romance Dark & Máfia.

Arsen
Mia Asher
The Gift Box

Um olhar foi tudo o que bastou… Sou uma traidora. Uma mentirosa. Minha vida inteira é uma confusão. Eu amo um homem. Não, amo dois homens. Acho. Um faz amor comigo. O outro me faz explodir de desejo. Um é a minha rocha. O outro é a minha kriptonita. Estou destruída, perdida e com ódio de mim mesma. Mas não consigo parar. Esta é a minha história. Minha destruidora história de amor.

Sensacional
Andy Collins
The Gift Box

O que fazer quando uma decisão impulsiva muda a trajetória da sua vida? Até onde você iria para proteger a pessoa que ama? Abriria mão do seu futuro? Quando Jace Willers se apaixonou, não sabia que isso traria tantas complicações. Amar um Willers não é fácil, e desde que seu coração escolheu Sky, parecia uma tarefa impossível. Sky sempre se orgulhou de fazer parte da família, até seu coração começar a bater mais forte pelo garoto que ela via como um irmão. Um erro e tudo mudou. Ela perdeu a esperança. Ele não desistiria sem lutar.

O Dia Em Que Te Toquei
Paula Toyneti Benalia
The Gift Box

“Seus olhares, seus sorrisos, suas lágrimas e até seus suspiros…eu conhecia cada detalhe de sua existência. Era como se ela existisse em mim, muito antes de conhecê-la. E então eu a toquei e não foi só como uma descoberta, foi como se fôssemos um só. Era o toque de uma verdadeira deusa.” Pietro Vandick, tinha perdido tudo. Todas as propriedades herdadas, suas terras, seu legado e sua família. O Conde que acumula dívidas de jogos no mais famoso clube da cidade, desperdiçou tudo que a família deixou com bebidas, jogos e mulheres. A perda repentina de seus entes na infância é uma parte obscura que ele esconde e que o faz viver sem se apegar a ninguém. Ele só não esperava cair nas armadilhas de Nataly, a famosa cortesã do clube que ele é frequentador assíduo. A dama conhecida como deusa do amor, pode ser muito mais perigosa do que ele imaginava. Enquanto busca se vingar pela morte da mãe, ela construiu um império que é o Spret House, o mais famoso clube de Londres. Ninguém pode imaginar que uma mulher em pleno século dezenove gerencia o clube mais importante da cidade, e agora que ela perdeu o homem à frente dos negócios, ela precisa de alguém que o substitua e Pietro lhe parece o homem ideal. Um casamento de conveniência, dois corações marcados por passados trágicos, um lord, uma cortesã e um toque que pode mudar tudo.

Resgatando o Amor (Missão Bope 3)
Cristina Melo (Autor)
The Gift Box

Oito anos após ver seus planos despedaçados por um cruel ato de violência, Fernando Estevão só tinha uma missão: evitar que mais pessoas tivessem o mesmo destino, já que o seu não teria mais como ser mudado. Ele se fecha para o amor ou sentimentos mais profundos, preferindo viver em um casulo de dor e recordações. Até que, de forma tão inesperada, quanto surpreendente, um inusitado encontro faz os sentimentos reacenderem, apesar de tentar lutar contra isso. Cecília Castro Gutierrez chega à vida de Fernando e lhe mostra que seus sentimentos poderiam ser resgatados do mar de dor e sofrimento ao qual ele mergulhou, reacendendo a chama que há muito ele achava extinta dentro de si. Mas como tudo em sua vida parece ser tirado violentamente, ele teima em se deixar contagiar pela luz que ela parece trazer para ele, assim como uma paixão que ele não consegue controlar. Seus sentimentos seriam finalmente resgatados da escuridão, através de um amor tão puro e profundo?

Edição Vira, Vira: Por Favor & Dona De Mim (Série Lolas & Age 17 – Parte 1 e 2)
Carol Dias
The Gift Box

POR FAVOR (Série Lolas & Age 17 – Parte 1): Cantar, dançar e fingir. Palavras utilizadas por Thainá há mais tempo do que ela conseguiria contar. Cantar para tentar sobreviver a tudo de ruim que a cercava. Dançar sem perder o ritmo, mesmo com todas as dores que sentia. Fingir que nada acontecia, para que o mundo não desabasse sobre ela. Agora era hora de aprender um novo verbo: lutar, contra todas as amarras que a prendiam, para que tenha forças para recomeçar, para se refazer. ┈♥┈♥┈ DONA DE MIM (Série Lolas & Age 17 – Parte 2): Você está segura. Ester ouviu isso de mais pessoas do que conseguia se lembrar, mas ela sentia o oposto. Perdeu todo o controle da sua mente. Passava por problemas com sua banda. Foi obrigada a paralisar sua vida. Uma lutadora desde que nasceu, sabia que precisava enfrentar seus medos e voltar a ser dona de si mesma. Agora é hora de se levantar e recomeçar de onde parou. ┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈ Edição Especial Vira, Vira: Duas histórias com superação entre adolescentes. Temas como relacionamento abusivo e crise de ansiedade são abordados de forma leve e verdadeira.

Explosiva: Bombshell (EOD Livro 2)
Jane Harvey-Berrick
The Gift Box

O Sargento James Spears não está de coração partido porque ele não possui um. Seu coração foi arrancado em uma tragédia devido a um ataque de bombas na Síria. Irônico, considerando-se que James é um soldado de elite, cuja especialidade é neutralizar bombas. Dispositivo… Eliminação… Explosivo… Outros oficiais de eliminação de bombas dizem que EOD significa ‘Eles, Os Divorciados’, mas para James, tudo que ele escuta é ‘Eles, Os Defuntos’. Quando ele conhece a socialite superficial, Lady Arabella Forsythe, ele a odeia à primeira vista. Ela é tudo que ele despreza, e completamente o oposto da mulher que roubou seu coração e o enterrou. Arabella está sonambulando pela vida. Nada mantém seu interesse por muito tempo, nem o excesso de champanhe e cocaína, dormir com príncipes e plebeus, nem mesmo a sua própria família, que está desesperada por reabilitá-la. Quando duas almas perdidas se encontram no lado sombrio de um mundo que a maioria das pessoas evita, elas se reconhecem nos reflexos quebrados umas das outras. E talvez o ódio seja o outro lado do amor. Codinome: Sleeping Beauty. EXPLOSIVA é o novo romance militar da autora best-seller Jane Harvey-Berrick

Kade (Série Immortals of New Orleans – 1)
Kym Grosso
The Gift Box

Um romance erótico paranormal… Após uma série de garotas serem mortas ritualisticamente nas frias ruas da Filadélfia, a experiente detetive Sydney Willows é forçada a trabalhar com o sensual vampiro Alfa, Kade Issacson. Enquanto trabalham no caso, Sydney se descobre inexplicavelmente atraída por Kade, lutando contra a paixão que ela sente por ele. Determinado a resolver o caso e fazer justiça, ele é cativado pela independente e impetuosa detetive. No que ele tenta protegê-la de um assassino mais do que real, fica preocupado que a bonita, mas completamente humana detetive, possa terminar morta se ela se meter com forças sobrenaturais fora de seu controle. A investigação os leva para um mundo sombrio e perigoso no coração de Nova Orleans, onde juntos eles irão procurar pelos responsáveis pelos assassinatos Vudu. Sydney logo se torna o alvo do matador e acaba lutando pela sua vida e pelo amor na Big Easy. Se ela conseguir sair viva, será que cederá ao desejo intoxicante que sente por Kade? Aviso: Este livro é um romance erótico paranormal com cenas de amor e situações maduras. Ele é destinado para leitores adultos, maiores de 18 anos. Os direitos cinematográficos da série Immortals Of New Orleans foram vendidos para a DreamStreet Entertainment. Capa: Jase Dean Foto by: Wander Aguiar

Colateral
Andy Collins
The Gift Box

Até onde você seria capaz de ir para se encontrar? Abriria mão de quem você se tornou? Deixaria tudo para trás? Jason Willers tirou os ternos de grife e está longe do seu irmão. Com seu jeans surrado e uma mochila nas costas, ele quer apenas uma coisa: respostas. E ele não vai parar até obtê-las. Leah Renard não conhece limites para conseguir o que deseja, seguir regras nunca foi seu ponto forte. Ela tem apenas uma coisa em mente: viver o seu sonho de infância. E ela não vai desistir, até realizá-lo. Um encontro nada agradável coloca em risco o objetivo de ambos. Agora, Jason e Leah têm algo a mais em seus pensamentos. Uma mudança de planos nunca foi tão tentadora. Ele estava preso ao passado. Ela lutava pelo futuro.

Prelúdio Sombrio
Tillie Cole
The Gift Box

Pecar nunca pareceu tão bom… Um encontro fortuito, que nunca deveria ter acontecido. Muitos anos atrás, duas crianças de mundos completamente diferentes forjaram um laço inquebrável que mudaria suas vidas para sempre… Salome conhece apenas uma maneira de viver: sob as regras do Profeta David. Na comuna que ela chama de lar, Salome não conhece nada além da sua rigorosa fé, nem a vida além da cerca; a cerca que a enjaula, mantendo-a presa em um círculo vicioso de tormento. Uma vida à qual acredita estar destinada, até que um evento horrível a liberta. Fugindo da segurança de tudo o que conhecia, Salome é jogada no mundo exterior… Um mundo aterrorizante, cheio de pecados e incertezas; e nos braços de uma pessoa que ela acreditava que nunca veria novamente. River ‘Styx’ Nash sabe da única certeza da vida — ele nasceu para usar um colete de couro. Criado em um mundo turbulento de sexo, Harleys e drogas, Styx inesperadamente se vê com o martelo do Hades Hangmen pesando sobre seus ombros, e tudo isso aos vinte e seis anos, para o deleite dos seus desafetos. Atormentado pela impossibilidade de falar, Styx aprende rapidamente a lidar com seus inimigos. Punhos poderosos, uma mandíbula de ferro e a habilidade excepcional com sua preciosa faca alemã, lhe rendem a assustadora reputação de ser um homem que não deve ser incomodado no obscuro mundo dos MCs foras da lei. Uma reputação que mantém, com sucesso, a maioria das pessoas bem afastadas. Styx tem uma única regra na vida: nunca deixar alguém se aproximar demais. É um plano ao qual se mantém fiel há anos, até que uma jovem é encontrada ferida no seu território… Uma mulher que lhe parece estranhamente familiar, uma mulher que claramente não pertence ao mundo dele, mas que ainda assim, Styx não consegue deixar ir… Romance Dark Contemporâneo / New Adult. Contém situações sexuais, violência, assuntos sensíveis e tabus, linguagem ofensiva e tópicos maduros. Recomendado para maiores de 18 anos.

Beije a Garota
Tara Sivec
The Gift Box

Enquanto as amigas se livraram de suas inseguranças, Ariel Water ainda luta para sair de sua concha. Seu ex-marido tirou a sua voz e sua autoconfiança, e ela está se afogando em um mar de dívidas para pagar sua pensão. Ela se recusa a se deixar enganar pelo charme de um homem outra vez, e está determinada a se virar sozinha. Quando a sua casa e as suas amadas antiguidades são tomadas pelo banco depois de muitas contas vencidas, Ariel se encontra à deriva até que o charmoso e irritante Eric Sailor vem ao seu resgate. Embora ela não consiga suportar o playboy milionário, a gentileza e o apoio incondicional de Eric revelam águas profundas e um amor que Ariel nunca imaginou que pudesse encontrar novamente. Mas existem influências de fora que não medirão forças para afastá-los. Será que Ariel e Eric conseguirão navegar pela tempestade e encontrar uma maneira de ficarem juntos?

Na Cama Com a Fera
Tara Sivec
The Gift Box

Um conto tão antigo como o tempo: ela precisa de um local para ficar, ele é um cara rabugento com um segredo e um quarto extra… Será que o amor consegue se instalar? Morando no porão do seu pai superprotetor, a acanhada Belle vive sua vida através dos livros. Ser parte do ‘The Naughty Princess Club’ é a primeira aventura que teve, além disso, ela precisa desesperadamente de dinheiro para salvar um dos seus lugares preferidos: a biblioteca local. Mas quando suas novas amigas e parceiras de negócios acabam fazendo com que ela seja expulsa da casa do pai, Belle é resgatada pelo ríspido Vincent “Fera” Adams que a convida para ficar em sua casa até que ela consiga colocar a vida nos trilhos. Apesar da atitude dele e da longa lista de regras, o coração de Belle começa a acelerar para aquele homem musculoso com tendências a rosnados, e passa a ver um lado gentil dele que não estava lá antes. Mas tem um quarto que a Fera mantém trancado e a intuição de Belle diz que ele está escondendo algo… Será que uma bibliotecária nerd consegue domar a fera ou o romance deles terminará antes mesmo de ter a chance de florescer?

Antologia Para Você – 2a. Edição
Paola Scott, Sofia Silva, Jane Harvey-Berrick, Stuart Reardon
The Gift Box

Para Você é um presente da The Gift Box para os leitores. Neste livro você será envolvido por temas emocionantes, que farão seu coração acelerar. Dando início à antologia, os autores Jane Harvey-Berrick e Stuart Reardon trazem uma história que tocará sua alma. Paola Scott oferece uma caixa de mensagens que fará você suspirar a cada página. Encerrando, Sofia Silva mostrará um casal que teve seu futuro roubado. Os contos são sobre amores, perdas e superações, e relatam o quanto presentes podem fazer a diferença nas nossas vidas. Apaixone-se por estas histórias que foram escritas para você! ┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈ Toque Minha Alma – Jane Harvey-Berrick e Stuart Reardon: Ben Richards é um jogador de rugby profissional, solteiro e bem sucedido. Ele possui tudo que a vida tem para oferecer, menos a saúde de seu irmão mais novo que sofre de uma doença que lhe impõe alguns limites. Quando Bruna, uma divertida e briguenta fisioterapeuta, entra em suas vidas, ele percebe que amar é um presente valioso — e que um pequeno amor pode tocar a alma e durar uma vida toda. ┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈Caixa de Mensagens – Paola Scott: “Papai Noel não esqueceu o seu presente. É que demora preparar algo especial para uma menina linda como você.” É naquela mensagem, acompanhada de uma pequena flor de papel, recebida de um garoto desconhecido em uma noite de Natal, que Antonela se agarra para seguir em frente. Treze anos depois ela ainda guarda as palavras em seu coração. Ao ingressar como estagiária em uma agência de publicidade, tudo o que a jovem quer é usar sua criatividade para se destacar na empresa. O que ela não imagina é que uma brincadeira iniciada no condomínio onde trabalha possa lhe trazer essa oportunidade. Obra do destino ou não essa ação vai lhe render também muitas lembranças e despertar sentimentos e dores antigas, bem como lhe colocar frente a frente com um homem que parece conhecer sua dor. Em seu primeiro romance New Adult, Paola nos faz novamente pensar sobre o valor dos sentimentos e o impacto que as palavras podem surtir sobre as pessoas.⠀ ┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈♥┈ O Futuro Que Nos Roubaram – Sofia Silva: Uma promessa. Dois segredos. Três vidas devastadas… Dois anos após a morte do seu filho, Mia Andersen refugiou-se ainda mais do mundo que sempre a tratou mal, até ao dia em que recebe uma visita inesperada. Andrew Cooper correu para longe após a morte do seu melhor amigo, levando consigo um segredo devastador, contudo precisou voltar. Uma promessa precisa ser cumprida. Entre segredos dolorosos, mal entendidos devastadores e uma trágica morte, Mia e Andrew vão compreender que às vezes não conhecemos quem mais amamos. O FUTURO QUE NOS ROUBARAM é um romance dramático sobre a cura de duas almas. ⠀

Superficial
Andy Collins
The Gift Box

Cameron Willers só se importava com duas coisas: Sua família e corrida de carros. Até o dia em que conheceu a garota que o ensinou muito mais do que lições de física. Eleanor Mitchell se sentia à vontade entre fórmulas e livros. Ser o gênio da família nunca foi um problema. Porém nenhum livro ou teoria a teria preparado para o tempo em que passou com o garoto que a fez se sentir como a adolescente que – na verdade – era. Uma escolha. Uma separação. Um reencontro prova que tudo o que viveram em poucos meses não foi suficiente. Agora Cam tinha todas as probabilidades a seu favor. Ele queria mais, e correria atrás disso. Ela tinha tudo sob controle. Ele a lembraria que era o único capaz de fazê-la quebrar as regras.

Antologia Fantástica Biblioteca
Tici Pontes, Lety Friederich, Stella Takayas
The Gift Box

 

Esta Fantástica Biblioteca levará você a experimentar histórias únicas, vividas em um lugar encantador, apaixonante e que fará de você um grande desbravador do submundo. Abrindo as portas misteriosas, Tici Pontes te levará pelos mistérios do submundo. Lety Friederich mostrará que as páginas de um livro podem virar realidade e nos trazer muito amor e magia. Fechando as portas encantadas, Stella Takayas nos presenteará com uma mocinha forte, que não precisa de um príncipe encantado para salvá-la.

Apenas um Jogo
M.S. Fayes (Autor)
The Gift Box

Victorio Marquezi, mais conhecido como Vic, amava o que fazia e vivia para o basquete. Jogar era o que supria um imenso vazio em sua alma e coração, mesmo que nunca admitisse ou permitisse que outras pessoas vislumbrassem essa faceta de sua personalidade. Vivendo com a culpa por algo que fizera no passado, Vic tentava encontrar em todas as mulheres a sombra da única que não pudera ter. Ayla Marshall era um espírito livre. Vivia como uma cigana e dedicava sua energia a demonstrar com seu talento na dança a arte pelo qual era apaixonada desde criança. Ela buscava fugir de qualquer espécie de problemas que tirassem seu foco ou jeito de ser. O único conflito ao qual se arrependia de nunca ter tirado a limpo estava relacionado a Victorio Marquezi, amigo de Mila, sua melhor amiga. O sentimento de decepção e rancor sempre amargaria em seu peito, associado à intensa paixão que a mera lembrança dele despertava. Duas almas torturadas que se atraíam e se repeliam em igual medida, mas que quando conectadas, criaram um elo indivisível. Ayla acreditava que Vic vivia apenas pelo jogo que amava, mas ele mostraria que buscava por apenas um jogo. Um único: o de conquistar o coração da mulher que lhe ensinara a viver outra vez.

O Plano Quase Perfeito
Bruna Mazzali, Érika Leonardo
The Gift Box

Alice trabalha em um famoso ateliê de vestidos de noivas. Sua vida é bastante tranquila e ela tinha um sonho: ter sua própria loja. Mas como nada em sua vida acontece de acordo com os planos, tudo muda quando um dia ela deixa sua curiosidade vencer e se mete na maior confusão de sua vida. Eduardo está atrasado e em conflito quando é obrigado a resgatar uma maluca correndo pela rua vestida de noiva. Ele só não imaginava que seu mundo seria virado de cabeça para baixo, quando o destino resolve juntá-los. De forma surpreendente e divertida a vida desses dois estranhos, tão diferentes, será interligada. Resta saber se eles estarão preparados para abandonar seus planos tão bem pensados e seguir novos planos (quase) perfeitos.

Meu Crush De Nova York
Raffa Fustagno
The Gift Box

A vida de Charlotte não está nada fácil. Ela perdeu o emprego e anda cansada de enviar currículos sem ser chamada para nenhuma entrevista. Em casa, os problemas também a encontram: até hoje ela não perdoou o pai por ter traído sua mãe. Procurar o amor verdadeiro não faz parte da rotina dela. ‘Amor verdadeiro’ não existe. Com o dinheiro do fundo de garantia, ela embarca em uma viagem para Nova York, com a esperança de que isso a faça esquecer os boletos que não param de chegar. Na cidade que nunca dorme, palco de filmes que nunca esquecemos, Charlotte vai conhecer Ethan, um barista do Starbucks que estuda música e que vai mudar a visão que ela tem de amor à primeira vista para sempre. Juntos, eles descobrirão como qualquer cidade, quando estamos com quem gostamos, fica muito mais especial.

Cores Vivas
Patrice Lawrence
Darkside

Marlon prometeu. Ele não se meteria em problemas. Não como seu irmão, Andre, líder de uma gangue que pagou um preço alto pelo caminho que escolheu. Sempre foi mais fácil ficar na dele, no quarto, ouvindo os antigos discos do Earth, Wind & Fire de seu pai e assistindo a filmes de ficção científica. Até que ele conhece Sonya. Uma garota linda da escola que, contra todas as probabilidades, lhe dá uma chance. Mas o primeiro encontro dos dois termina em tragédia e, de uma hora para outra, Marlon se torna suspeito e não entende o porquê. Com seu pai morto e o irmão incapaz de ajudá-lo, ele não tem escolha a não ser entrar no mundo de Andre ― um mundo violento, cruel e desumano ― para descobrir a verdade e proteger as pessoas que ama. O livro que você está prestes a conhecer é uma leitura poderosa e emocionante ― e extremamente necessária nos dias atuais. Cores Vivas, o mais novo lançamento da DarkSide Books®, aborda com muita honestidade como escolhas erradas, mesmo feitas com a mais nobre das intenções, podem levar uma pessoa a um caminho tortuoso e, muitas vezes, sem volta. Patrice Lawrence, autora premiada com o Waterstones Children’s Book Award e o The Bookseller ya Book Prize em 2017, nos apresenta a uma Londres que vai muito além dos pontos turísticos: aqui, conhecemos o cotidiano de uma família que não vive na área nobre da cidade, mas em proximidade com um submundo em que a violência é constante, e o medo é apenas uma consequência. Cores Vivas é uma história poderosa sobre compreensão, amor e sobrevivência. A sensibilidade e o cuidado narrativo de Patrice Lawrence encontram casa na linha DarkLove, dedicada a revelar novas vozes femininas da literatura contemporânea. O coming of age urbano e repleto de camadas mostra que, às vezes, você pode fazer tudo certo, e mesmo assim as coisas dão errado. Mas respeito e compaixão são questões básicas para mantermos todas as nossas cores vivas.

Diários intermitentes
Celso Furtado
Companhia das Letras

Esta edição integral é ilustrada por fotos, documentos e outros registros inéditos dos diários do acervo do economista Celso Furtado, autor de Formação econômica do Brasil e um dos grandes intérpretes de nossa história. Os Diários intermitentes de Celso Furtado, resgatados integralmente de seus arquivos pessoais, reúnem anotações deixadas por ele ao longo de seis decênios e meio de sua vida, entre 1937 a 2002. Ele não foi um praticante assíduo da arte dos diários, e podia se passar algum tempo sem que fixasse num caderno, numa agenda, numa folha avulsa, o presente mais intensamente vivido. Mas essas notas, embora nem sempre diárias, foram para ele a oportunidade de registrar momentos marcantes e decisivos de sua vida, impressões de viagens a países distantes, a participação na Segunda Guerra Mundial, combates políticos no Nordeste, diálogos com intelectuais e políticos com quem conviveu no Brasil e no exterior, e, por vezes, frustrações e desabafos. Tem-se, aqui, um precioso material inédito que completa as memórias que Celso Furtado deixou e que, sobretudo, mostra uma face desconhecida de um economista e professor que foi, também, protagonista privilegiado da história do Brasil, da América Latina e da Europa na segunda metade do século XX.

Uma Jornada Como Tantas
Francisco J. C. Dantas
Alfaguara

Romance de grande humanidade, Francisco J.C. Dantas o constrói com um lirismo delicado e tocante, o que aprofunda a ironia diante da crueza das vicissitudes, mas que, por isso mesmo, lança um bote certeiro, a ponto de desarranjar a memória coletiva e pedir respostas. Durante os preparativos para a Festa da Padroeira num lugarejo do interior do Sergipe, Madrinha se acidenta na igreja e desencaminha a gravidez do quarto filho. Sinha Amália, parteira titular da região, é buscada às pressas, mas mãe e criança precisam de cuidados urgentes, quem sabe disponíveis na cidade mais próxima, ou só em Aracaju. O ano é 1954. A condição das estradas é deficiente e são escassos os meios de transporte. Resta apenas a Teodoro, o devotado marido, contar com os préstimos de Zé Carreiro para transportar, até lá, a gestante no seu carro-de-boi. A peregrinação dá à luz um saber sobre um mundo ainda ignorado, que se abre e fecha em armadilhas, em trancos, em pequenas lindezas. E em árdua lição para Valdomiro ― o menino que, a cavalo, acompanha o carro-de-boi e que relata, com toda a inocência, os terríveis percalços da jornada. Ao seguir a comitiva, o leitor conhece o quanto esse universo é, em verdade, distante do seu. Mas apenas em aparência.

A Inquilina de Wildfell Hall
Anne Brontë
Martin Claret

Na época em que Anne Brontë viveu e escreveu seus dois romances, as mulheres tinham pouquíssimos direitos na Inglaterra. Uma esposa não tinha a oportunidade de optar por uma vida independente, por mais que sua vida conjugal fosse insuportável, cheia de abusos e maus tratos. Em A Inquilina de Wildfell Hall, a autora nos apresenta uma protagonista que ousa quebrar os paradigmas daquela sociedade conservadora. Anne Brontë, do seu ambiente restrito e reprimido, pôde visualizar um mundo diferente, com horizontes mais largos para sua personagem. Uma leitura imperdível e necessária. A presente edição possui acabamento gráfico diferenciado, com a lombada exposta.

Box Fernando Pessoa: Percurso em Prosa
Fernando Pessoa
Nova Fronteira

Fernando Pessoa é amplamente conhecido por sua monumental obra poética, no entanto, pouco se sabe de seus passos pela escrita em prosa, até então quase inexplorada no Brasil. A fim de preencher tal lacuna, a professora Monica Figueiredo apresenta, no primeiro volume deste boxe, uma criteriosa seleção de cartas, ensaios, traduções, artigos, crônicas e incontáveis rascunhos de projetos do autor. Dividido em partes, cada qual com uma apresentação específica, este primeiro livro vai construindo o personagem Fernando Pessoa, um dos mais instigantes da literatura universal. No segundo volume, outro percurso é instaurado: o do guia “Lisboa — O que o turista deve ver”, em que Poeta projeta na cidade a experiência afetiva de percorrer a paisagem urbana, dando a conhecer seu patrimônio cultural, arquitetônico e intelectual. A edição bilíngue, com prefácio inédito e rica iconografia, passeia ainda, e sobretudo, pelas vielas de um sujeito que, pelo exercício da palavra, mantém-se em eterna construção.

Jane Eyre
Charlotte Brontë
Martin Claret

Jane Eyre, romance de estreia da consagrada e renomada escritora inglesa Charlotte Brontë, narra a história de vida da heroína homônima. Quebrando paradigmas e criticando a realidade vitoriana da época, Jane Eyre desafia o destino imposto às mulheres e as posições sociais que elas deveriam ocupar. Recheado de características góticas, o romance possui personagens inesquecíveis e transformadores, como a figura do misterioso Rochester, patrão de Jane e peça vital da narrativa. A presente edição possui acabamento gráfico diferenciado, com a lombada exposta.

Porém Bruxa
Carol Chiovatto
AVEC Editora

Ísis Rossetti é uma bruxa. Seu trabalho é monitorar crimes envolvendo forças sobrenaturais na cidade de São Paulo. Apenas esses. As regras são claras: se não houver magia envolvida, ela não pode intervir. Mas em meio ao caos sufocante da cidade, a vida dos comuns está constantemente em perigo. Não há como não ajudar. Tudo se complica quando, em meio a duas investigações extraoficiais, Ísis recebe uma missão de uma divindade. Ela precisa então reviver questões pessoais que preferiria manter enterradas no passado, guardadas a sete chaves por seus amigos, enquanto tenta lidar com os vigilantes olhos do Corregedor.

Devoção
Patti Smith
Companhia das Letras

Neste livro breve e delicado, Patti Smith, a lendária autora do disco Horses e do aclamado livro de memórias Só Garotos, oferece um relato íntimo de seu processo criativo ― e uma reflexão poderosa sobre os mecanismos da escrita. Por que escrevemos? De onde vêm as ideias para uma história? Como funcionam as engrenagens da inspiração e da literatura? Dividido em três partes, Devoção vai refletir sobre questões como essas. O relato se inicia com uma viagem da autora a Paris. Percorrendo as “ruas abstratas de Patrick Modiano” e lendo uma biografia de Simone Weil, Patti Smith começa a esboçar um conto, que vai se materializar no segundo capítulo do livro ― a história de uma jovem patinadora, sua jornada em busca de si mesma e de suas origens. Ao fim, Patti volta à cena e narra uma visita à casa de Albert Camus, na cidade de Lourmarin, onde depara com o manuscrito de O Primeiro Homem, romance inacabado do escritor argelino. “Por que alguém se sente compelido a escrever?”, é a pergunta que nos acompanha até o fim. “Para dar voz ao futuro, revisitar a infância. Para dar rédea curta às loucuras e aos horrores da imaginação”, Patti diz. E porque, afinal, “não podemos apenas viver”.

Os Sete Maridos de Evelyn Hugo
Taylor Jenkins Reid
Paralela

Com todo o esplendor que só a Hollywood do século passado pode oferecer, esta é uma narrativa inesquecível sobre os sacrifícios que fazemos por amor, o perigo dos segredos e o preço da fama. Lendária estrela de Hollywood, Evelyn Hugo sempre esteve sob os holofotes ― seja estrelando uma produção vencedora do Oscar, protagonizando algum escândalo ou aparecendo com um novo marido… pela sétima vez. Agora, prestes a completar oitenta anos e reclusa em seu apartamento no Upper East Side, a famigerada atriz decide contar a própria história ― ou sua “verdadeira história” ―, mas com uma condição: que Monique Grant, jornalista iniciante e até então desconhecida, seja a entrevistadora. Ao embarcar nessa misteriosa empreitada, a jovem repórter começa a se dar conta de que nada é por acaso ― e que suas trajetórias podem estar profunda e irreversivelmente conectadas.

“Evelyn Hugo faz Elizabeth Taylor parecer sem graça. Você vai rir com ela, chorar, sofrer, e então voltar para a primeira página e fazer tudo de novo.” ― Heather Cocks e Jessica Morgan, autoras de The Royal We

Diários da Presidência 2001-2002 (Volume 4)
Fernando Henrique Cardoso
Companhia das Letras

No quarto e último volume da série dos Diários da Presidência, Fernando Henrique Cardoso revela os bastidores do final de seu segundo mandato. O cotidiano da política nacional e as reflexões sobre o exercício do poder compõem o pano de fundo da narrativa minuciosa dos principais êxitos e desafios do governo. No final de 2002, depois de oito anos no Planalto, o presidente Fernando Henrique Cardoso concluía seu segundo mandato com uma lista de realizações que transformaram o Brasil, com destaque para o Plano Real. A abertura da economia, a forte evolução dos indicadores sociais e a inserção soberana do Brasil no mundo globalizado também marcaram sua presidência, além da construção de numerosas obras de infraestrutura. Por outro lado, a sequência de crises internas e externas enfrentadas desde 1995 obrigara o presidente a tomar decisões difíceis como a brusca desvalorização da moeda, em 1999, e a demissão de auxiliares próximos acusados de condutas impróprias. A derrota do tucano José Serra para o petista Luiz Inácio Lula da Silva refletiu nas urnas o desgaste da popularidade do governo, debilitada desde a crise do apagão, iniciada em 2001. No quarto volume da série Diários da Presidência, que abarca o período 2001-2002, FHC expõe sua visão definitiva sobre o exercício do poder e os destinos do Brasil. Nas entrelinhas dos registros e reflexões, as emoções do calor da hora temperam a frieza analítica de sociólogo e a argúcia de estadista calejado pelas intempéries de Brasília.

Amor Sob Encomenda
Carina Rissi (Autor)
Verus

Novo romance da autora do best-seller Perdida. Melissa Gouvêa está totalmente focada na profissão. Responsável pela situação financeira da família, incluindo o caro tratamento médico da mãe, a determinada assistente sonha em se tornar a produtora de eventos da allure. Como se casar não faz parte de seus planos no momento, ela se assusta ao saber que o namorado foi visto comprando um anel de noivado. Mas mel não devia ter se preocupado tanto, já que o anel não era para ela e, pior ainda, a allure foi contratada para o cerimonial do canalha. Mesmo assim, melissa aceita o maior desafio de todos: produzir o casamento do ex. A bagunça em sua vida aumenta quando ela se vê dividindo o apartamento com o cara mais irritante, cínico, atrevido — e muito lindo, infelizmente — que conhece. Melissa devia se concentrar em manter o que resta de seu coração a salvo e sobreviver ao casamento do ex. O problema é que o novo colega de apartamento confunde sua razão e seus batimentos cardíacos, despertando desejos avassaladores até então desconhecidos. Tarde demais, mel se dá conta de que seu coração nunca correu tanto perigo. Amor sob encomenda vem cheio de humor, amor e emoção e apresenta uma história que nos fará refletir a respeito do que realmente é importante na vida.

Efratia Gitai – Em Tempos Como Estes: Correspondências 1929-1994
Efratia Gitai
Ubu Editora

“Em tempos como estes, não temos escolha a não ser ir em frente e continuar vivendo”, diz Efratia em uma de suas cartas. Este livro reúne parte da correspondência de Efratia Gitai, uma mulher do século XX, de opinião própria, libertária, com posições feministas e ideais socialistas. As cartas vão de 1929 a 1994 e retratam, numa escrita saborosa e de um ponto de vista subjetivo, os contextos políticos e sociais em que ela vive, na condição de mulher e judia, numa Europa marcada pela guerra e pela constituição do Estado de Israel. Nascida ao pé do Monte Carmelo em Israel, em 1900, Efratia faz seus estudos na Europa, na Áustria, e depois na Alemanha, até que a investida de Hitler a faz retornar a Israel. Dos três filhos que ela tem com o engenheiro Munio Gitai, o primogênito morre, o segundo é o cineasta Amos Gitai. Através de suas cartas se entrevê uma mulher inteligente, culta, esclarecida. As cartas misturam sentimentos pessoais e discussão política e cultural. Em uma delas, Efratia descreve a sessão de Luzes da Cidade, de Charles Chaplin, que ela assistiu no lançamento, em 1931. Em outra, responde a seu pai, discordando de sua posição política

Drama
Raina Telgemeier
Devir Livraria

Callie ama o teatro. E apesar de ter vontade de tentar um papel na montagem de Luar sobre o Mississipi que a sua escola está organizando, ela não sabe cantar. Callie é a cenógrafa da equipe de teatro e neste ano ela está determinada a produzir algo digno da Broadway – com o orçamento de uma escola de ensino fundamental. Mas como ela atingirá seu objetivo, já que a carpintaria não é seu forte, as vendas de ingressos estão fracas e os membros da equipe não estão se dando bem? Isso sem falar nos dramas que acontecem dentro e fora do palco, especialmente quando dois irmãos bonitinhos entram em cena. Os primeiros anos da adolescência são um turbilhão de acontecimentos e sensações, e Raina Telgemeier sabe retratar essa fase como poucos autores. Usando suas próprias experiências como base, Raina cria uma obra de ficção que agradará até quem nunca foi ao teatro.

A Origem dos Outros: Seis Ensaios Sobre Racismo e Literatura
Toni Morrison
Companhia das Letras

Toni Morrison, ganhadora do prêmio Nobel de literatura, reflete sobre questões raciais, políticas públicas de imigração e outros temas contemporâneos em ensaios pungentes e profundos. Baseado nos discursos que Toni Morrison proferiu na universidade de Harvard, A Origem dos Outros é uma busca de respostas para questões históricas, políticas e literárias sobre o racismo e a radicalização da identidade. Se o racismo é aprendido com exemplos cotidianos, a literatura mostra-se uma arma fundamental para combater o problema. Pensando nisso, a autora analisa autores desde Harriet Beecher Stowe até Ernest Hemingway e William Faulkner para entender melhor o papel da narrativa no estabelecimento dos padrões de pensamento racial. A origem dos outros é um livro de atualidade extraordinária, no qual os temas que estamos acostumados a ver banalizados e desencorajados no debate público são abordados pela escritora americana com extrema elegância. Com prefácio de Ta-Nehisi Coates e ensaios intitulados “Romantizando a escravidão”, “Ser ou tornar-se o estrangeiro”, “O fetiche da cor”, “Configurações de negritude”, “Narrar o outro” e “O lar do estrangeiro”, A Origem dos Outros é um livro necessário de uma das mais importantes intelectuais do século.

Os Despossuídos
K. Le Guin, Ursula
Editora Aleph

+ Em Os Despossuídos, Ursula levanta questionamentos sobre existencialismo, poder e sistemas políticos. Esses temas, bastante atuais, fazem com que o livro se mantenha importante nos dias de hoje.
+ Esta nova edição em capa dura tem ilustração inédita da artista plástica Marcela Cantuária e projeto gráfico da designer Giovanna Cianelli.
+ Os Despossuídos venceu os prêmio Nebula, em 1974, e os prêmios Hugo e Locus, em 1975.

Escrito em 1974 pela brilhante e premiada Ursula K. Le Guin, Os Despossuídos é uma ficção científica incomum, utópica e distópica, sobre dois planetas gêmeos separados por conflitos e desconfianças, e um homem que arriscará tudo para reuni-los. Urras é um mundo de abundantes recursos dividido em vários estados-nação. Em meio a extremos de riqueza e pobreza, dois deles estão em guerra para estender sua influência – e seu sistema político – sobre os demais. Anarres, por sua vez, é o planeta recluso e anarquista gêmeo de Urras, cuja visão utópica de seus colonizadores acabou criando uma ilusão de sociedade perfeita. Essa ilusão só é quebrada quando Shevek, um jovem físico brilhante de Anarres, descobre a Teoria da Simultaneidade, uma ideia que pode acabar com o isolamento de seu planeta e, ao mesmo tempo, avivar as guerras do planeta vizinho. Seguindo o estilo de Le Guin, este livro aborda questões de fundo sociológico, como liberdade, desigualdade, individual versus coletivo, e temas políticos cruciais, como anarquismo e polarizações políticas. Embora seja fruto da influência da Guerra Fria, este livro continua cativante e extremamente atual. Situado no mesmo universo ficcional de A Mão Esquerda da Escuridão, outro clássico da autora,.

Mulheres, Mitos e Deusas: O Feminino Através dos Tempos
Martha Robles
Goya

Algumas mulheres conheceram o céu, outras o inferno; umas foram enaltecidas, santificadas, outras demonizadas; mas todas tocaram as profundezas do próprio ser, chegaram ao limite de sua condição e de seu tempo e se eternizaram na história. Ao tomar contato com a história e os dilemas vividos por figuras como Afrodite, Cinderela, Simone de Beauvoir e Virginia Woolf, a autora nos guia em uma viagem de resgate da essência perdida ao ressignificar o papel feminino no mundo. O livro revela uma análise inteligente dos arquétipos, dos mitos e das lendas construídos em torno da mulher, demonstrando como eles acabaram por reafirmar o machismo na cultura ocidental.

Três Guinéus
Virginia Woolf
Autêntica

Três Guinéus é um longo e complexo ensaio. Mas não se trata de um ensaio comum. Em primeiro lugar, ele assume o formato de uma carta escrita por uma missivista fictícia e endereçada a um destinatário também fictício. Depois, trata-se de uma carta muito peculiar: dividida em três capítulos, traz cinco fotos e muitas notas. Virginia constrói aqui uma trama argumentativa para demonstrar o forte vínculo entre o militarismo e o papel subordinado das mulheres na esfera doméstica, política e social. O livro está todo recheado de exemplos da vida cotidiana, de citações de jornais e livros, de extratos de biografias e autobiografias, de dados e estatísticas de livros de referência. Pode-se questionar alguns detalhes específicos dos espinhosos teoremas de Virginia; é difícil, entretanto, não se deixar convencer por suas rigorosas demonstrações. Incontestavelmente, Três guinéus foi um documento importante em sua época. E continua, sem dúvida, importante, num tempo em que a maioria das estruturas opressoras então dominantes continuam tão fortes e firmes e ferrenhas quanto antes. Três Guinéus continua válido e vivo. Virginia, a feminista e pacifista Virginia, vive. Além do texto de Virginia, completam o livro extensas notas do tradutor Tomaz Tadeu e um posfácio de Naomi Black, pesquisadora de ativismo e teoria feminista, sobre o feminismo de Virginia Woolf.

Box Todas as Histórias de Tom Sawyer e Huckleberry Finn
Mark Twain
Nova Fronteira

Tom Sawyer e Huckleberry Finn formam a dupla mais famosa da literatura norte-americana. Neste box, estão reunidas todas as histórias desses parceiros inseparáveis, que são consideradas as maiores criações do genial Mark Twain. Tom é um garoto esperto que vive com a tia, o irmão e a prima em um povoado às mar­gens do mítico rio Mississippi, durante o período escravocrata. No seu tempo livre, ele se junta a Huck e realiza as mais mirabolantes façanhas em busca de tesouros. Em As Aventuras de Tom Sawyer, os dois amigos presenciam um assassinato, cujo desenrolar mudará para sempre as suas vidas. Já no aclamado As Aventuras de Huckleberry Finn, segundo volume do box, Huck embarca em uma viagem pelo rio Mississippi na companhia de Jim, um escravo fugitivo que encontra no garoto a única chance de sobreviver. O terceiro tomo traz as duas histórias finais da dupla. Em As Viagens de Tom Sawyer, a fome de aventuras de Tom e Huck extravasa os limites do Sul dos Estados Unidos e ganha o mundo. Em Tom Sawyer, detetive, os meninos precisam usar todas as suas técnicas de detetives-mirins para livrar um inocente da forca.

Ad Infinitum: Réquiem Para Álvares de Azevedo e Ian Curtis
Luciana Fátima, Arlindo Gonçalves
Sebo Clepsidra

Alguns diálogos são desejáveis demais para caberem na realidade palpável. Nestes casos, a imaginação é o único fórum capaz de reunir as vozes que jamais poderiam ser cruzadas em vida. Esta ficção-homenagem propõe exatamente um desses encontros fortuitos demais para serem reais, visto que seus interlocutores foram separados por dois oceanos: um de água (o primeiro era brasileiro, o segundo, britânico) e outro de tempo (um viveu em meados do século XIX, o outro, na segunda metade do século XX). Duas coisas os unem, entretanto: o dom da poesia e a morte precoce. É justamente num limbo imaginário situado após a morte que se dá esse encontro, um local onde não há barreiras de língua e no qual as memórias e o pensamento se entrelaçam. Escrito a quatro mãos por grandes apaixonados pelos personagens retratados, este livro testemunha o encontro impossível de dois grandes nomes da poesia contemporânea: Ian Curtis, vocalista da cultuada banda Joy Division, recém-chegado ao além em 1980, e Álvares de Azevedo, o grande nome da nossa segunda geração romântica, que lhe tutora com toda a experiência de um veterano na arte de morrer cedo. Mais que um mero elogio à produção de ambos, Ad Infinitum é uma declaração de amor à sensibilidade, aos anseios humanos e à imortalidade da poesia.

À Sombra da Verdade
Márcia Lima
Qualis

Às vezes o caminho que escolhemos nos leva direto para o destino do qual desejamos fugir… Maria Luiza passou a vida fugindo. Do destino, das pessoas, de si mesma. Quando finalmente começou a escrever, de próprio punho, sua história, uma tragédia a lançou ao encontro de um homem que ela nunca ousaria amar, mas que jamais poderia esquecer. Faruk e Samir Cantara não poderiam ser mais opostos, ainda que tivessem dividido a vida desde o útero materno. Herdeiros de uma grande fortuna, tomaram caminhos opostos na vida e nos relacionamentos. Samir encontrou o amor nos braços de uma bela mulher, enquanto o irmão esforçou-se para manter o romance do lado de fora da sua vida. Um navio no meio do Mediterrâneo. Uma tempestade e um acidente capazes de mudar o rumo de três vidas. Em meio à dor da perda, uma paixão avassaladora pela mulher proibida. Quando a vida cobrar sua conta, de que lado você irá ficar? Qual será o preço da mentira? O AMOR VALE MAIS QUE A VERDADE?

Um Certo Alguém
Míddian Meirelles
Qualis

Após concluir a graduação, a jovem publicitária, Paula, se muda para a capital. Um novo emprego parecia ser a grande chance da sua vida, mas se envolver com alguém complicado e lindo como Caio Orleans é a última coisa que ela está procurando. Embora há muito tempo tenha deixado de acreditar em conto de fadas, algo nele mexe com ela como ninguém fez. Então, quando Paula conhece melhor o cara sob a superfície do homem que diz só querer relacionamentos casuais, ela resolve mudar as regras do jogo, elaborando um plano para caçar o caçador. Decidida a conquistar o cara mais fascinante, generoso e lindo que já conheceu, o convence a ensiná-la a jogar o jogo da qual ela mesmo decidiu vencê-lo. O resultado é que ambos irão descobrir que, como diz a canção, “quando um certo alguém cruza teu caminho, te muda a direção…”

O Que Ainda Restou (Duologia – Livro 01)
Bia Carvalho
Qualis

Meu nome é Arthur Montenegro. Três anos atrás eu simplesmente desapareci, sendo dado como morto pelos meus familiares e amigos. Porém, a verdade é completamente diferente. Fui sequestrado por uma corporação secreta e recebi um treinamento militar. O objetivo era me tornar um assassino, mas eu escapei. Ao voltar para minha vida real, já não era o mesmo. Apenas um pensamento preservou minha vontade de lutar e sobreviver: Christine. A mulher que eu amava e que tanto magoei antes de desaparecer. Contudo, surgir na porta da casa dela ferido e precisando de ajuda talvez não fosse a forma mais correta de me redimir. Muito menos colocá-la em perigo. Aqueles que me sequestraram ainda me perseguiam. Por saber demais, queriam me eliminar. A solução que encontraram foi usar Christine para me atingir. Então, eu precisava protegê-la, enquanto armava um plano de vingança, sem saber que havia muito mais segredos que colocariam a prova tudo em que eu acreditava e todos aqueles em quem confiava.

Rebele-se (Antologia)
Alexandre R., Bibiana Danna, Day Fernandes, Gabriela Bernardes, Hector Leandronic, Joy Rodrigues, Leandro Israel Sarnik, Lucas Barreto Teixeira, Matheus Treis, Raquel Nunes
Qualis

Já dizia George Orwell: “Não se revoltarão enquanto não se tornarem conscientes, e não se tornarão conscientes enquanto não se rebelarem.”. Imagine viver em um mundo onde tudo é controlado; onde a guerra, a destruição e o caos se instalaram e fazem parte de sua vida? Imagine ver tudo ao seu redor desmoronar, a realidade mudar de um dia para o outro? Na antologia REBELE-SE, você irá se deparar com contos que explorarão a coragem de pessoas que não se conformaram com o mundo onde viviam e encontraram na rebeldia sua forma de protesto; uma forma de salvarem o futuro. Escolha suas armas, o lado pelo qual irá torcer e junte-se à resistência!

Empodere-se (Antologia)
Amanda Lomba, Betânia Vicente, Cristinna Gusmão, Hector Leandronic, Joy Rodrigues, Ju Costa, Lucas Barreto Teixeira, Luisa L. Lopes, Marta Vasconcelos, Pedro Rogério Drumond
Qualis

Já dizia Lulu Santos: “Consideramos justa toda forma de amor…”. Não existe amor mais bonito do que aquele que sentimos por nós mesmos. Aprender a nos apaixonarmos pelo que vemos no espelho é um dos maiores desafios da vida, especialmente quando somos considerados “minoria” ou “fora dos padrões”. O que é a normalidade? O que é o certo? Nas páginas da antologia EMPODERE-SE, você irá encontrar histórias de superação contra preconceitos dos mais variados tipos. Contos que farão refletir sobre a realidade em que vivemos, a sociedade como um todo e sobre o quão responsáveis somos pela forma como lidamos com as diferenças. Abra sua mente, abrace as diversidades e venha conhecer o mundo com outros olhos.

Apaixone-se (Antologia)
A.M.R. Wolff, Ana Paula Toledo, Ceginara, Cris Barbosa, Crys Carvalho, Diana Vanderlei, Jéssica Driely, Joy Rodrigues, Lettie S.J., Mari Sales, Olívia Rebeca, Rafaela Guimarães, Ricardo Tagliaferro, Stephanie Back, Vall Chruscielski
Qualis

Já dizia Mario Quintana: “É tão bom morrer de amor e continuar vivendo…” Este sentimento sempre merece ser exaltado, reverenciado e, principalmente, vivido. Seja na realidade ou na experiência de um livro. Uma bela história de amor é capaz de embalar nosso coração e preenchê-lo das sensações mais doces. Imagine várias histórias de amor? Sem dúvida fazem bem para a alma inteira. Na antologia APAIXONE-SE, você irá conhecer casais com suas idas e vindas, suas paixões correspondidas e não correspondidas, suspirará com primeiros encontros, primeiros beijos e declarações avassaladoras, além de se encantar com finais felizes, cheios de emoção. Solte seu lado mais apaixonado e venha se aventurar por páginas e páginas de puro romantismo.

Honra e Glória
J.C. Ponzi
Qualis

O QUE ESPERAR DE UM REI AMBICIOSO, UMA PRINCESA AUDACIOSA E UM REINO INTEIRO A SER DESBRAVADO? Helena de Windsor está pronta para suceder o pai, quando vê o trono ser entregue a Arthrur Montgomery. Usada como moeda de troca para união entre dois reinos, ela se vê dividida entre a rivalidade e o amor pelo príncipe que chegou para tomar o lugar que deveria ser seu. Uma magnífica trama de amor e traição, disputas acirradas e redenção, que fará seu coração bater mais forte até a última linha.

Amor Errado
Cristina Valori
Qualis

História sobre amores sempre fizeram parte da vida de Mia; emoções que ela nunca vivenciara além das aulas como professora de literatura. Até que um dia as páginas ganharam cores e tornaram Mia a protagonista de um romance onde a tristeza deixara marcas profundas que o tempo nunca fora capaz de apagar. Fugir da dor passou a ser a melhor opção para aplacar a culpa que sentia. Contudo, assim como nas grandes histórias de amor, um passado mal resolvido sempre retorna para cobrar as mágoas deixadas pelo caminho. E encontrar o equilibrio entre o certo e o errado talvez fosse a única solução para uma segunda chance.

A Sorte do Meu Azar
Marcia Rubim (Autor)
Qualis

O sonho da divertida Madelon sempre foi viajar para fora do país, mas o mais próximo que conseguiu chegar disso foi trabalhar como agente de viagens. Azarada desde que se conhece por gente, Madelon acredita que sua sorte começa a mudar quando sua irresponsável mãe a presenteia com um Maneki Neko, o famoso gato da sorte, e ela acaba sendo uma das sorteadas no evento anual da sua agência para um cruzeiro pelo Caribe no espetacular navio Emperor of The Seas, da empresa de navegação Nordics. Acreditando que as merecidas férias serão embaladas apenas por diversão e o “Lema de Vegas”, Madelon não poderia estar mais errada. Coisas estranhas começam a acontecer, desde ser colocada na área Vip até ter a própria vida em risco. Sorte ou azar? Depende apenas do ponto de vista. E nessa viagem, acredite, tudo, mas tudo mesmo pode acontecer.

Um Beijo Sob as Estrelas
Silvia Spadoni
Qualis

Amores Aventureiros. Drake Morgan está prestes a conquistar o lugar que sempre sonhou na sociedade. Tudo parece perfeito até que um desastre destrói seus sonhos. Abandonado por todos e perseguido por dívidas, ele foge, mas promete voltar para recuperar o que é seu e ter a sua vingança. Annie é uma jovem em fuga. Envolvida em um homicídio, ela precisa escapar, mesmo sendo inocente. Quis o destino coloca-la no caminho de Drake, que se torna a sua melhor opção de sobrevivência. Colocados frente a frente pelas circunstâncias, Drake e Annie precisarão confiar um no outro para conseguirem o que desejam. Mas como confiar em alguém sem saber quem realmente a pessoa é?

Tenshi: Um Anjo Sem Asas
Luciane Rangel
Qualis

Seria ele um anjo? Que outra explicação teria para aquele garoto surgir do nada em seu caminho, caído, ferido, frágil e desmemoriado, bem na noite de um tradicional festival? Ao encontrá-lo, a possibilidade de ajudá-lo se torna um escape para Umi, uma adolescente que enfrenta no dia a dia as dificuldades de ser diferente. E assim ela acaba, sem perceber, se envolvendo em um novo sentimento. Enquanto se esforça para descobrir quem é o misterioso garoto desmemoriado, os acontecimentos inesperados daquele verão também levam Umi a descobrir sobre si mesma.

Sr. Jones
Roxane Norris
Qualis

Brasil, Séc. XIX. Uma grande traição pode causar um incidente diplomático de imensurável proporção e desdobramentos entre o Imperador D. Pedro II e Vitória, a Rainha da Inglaterra, causando um estremecimento entre as relações de ambos países. Todavia, um renomado detetive inglês está disposto a impedi-lo a qualquer custo e, para isso, contará com o mais improvável dos aliados. E, o que antes era somente a promessa de um grande caso que envolveria suas habilidades dedutivas já tão aclamadas, acabará por lhe exigir muito mais do que somente sua sagacidade, indo além de algo que, por muitos anos, o experiente detetive se negou a lidar, e que promete ser o maior enigma de sua carreira.

O Monstro Rendido (No Berço Da Máfia – Livro 02)
Nana Simons
Qualis

“Você tem o cheiro da morte, mas é a mais doce fragrância que já senti. E tudo bem, porque já provei venenos piores. Você prega peças e me confunde. Me salva e desvia da morte. Mas, no fim, ainda é a minha overdose…” Anita Bonucci não conhece limites. Não tem papas na língua, não gosta de seguir regras e não joga para perder… Até Luigi DeRossi entrar na jogada. Luigi nunca teve problemas em conseguir o que queria, principalmente em se tratando de sexo. Dono de um incrível sorriso sarcástico e a fama de levar qualquer mulher ao céu, o Consigliere não esperava nutrir uma obsessão pela garota de pior reputação de toda a máfia italiana. Ela não vai se render. Ele não vai desistir. Uma noite, uma chantagem. E apenas um dos dois pode vencer.

Minha Rendição – Série Segredos – Livro 02
Cinthia Freire
Qualis

Segredos são como fantasmas, nos assombrando e nos fazendo crer que são reais. Todos temos fantasmas. Poliana tem os seus e há seis meses ela tenta se convencer de que ainda é capaz de viver, mesmo que seu coração diga a ela que não há mais esperança. Vinicius é um renomado cardiologista que vê no trabalho voluntário uma forma de se redimir dos seus pecados. Uma mulher marcada pela dor, um homem que carrega em seu coração a culpa por seus atos. Duas almas feridas, encontrando nos braços um do outro uma nova chance para serem felizes. Um livro sobre culpa, perdão, rendição e a descoberta do verdadeiro amor.

Andrizy Bento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s