Chernobyl

Em 1986 ainda vivíamos em era de Guerra Fria. Já mais enfraquecida, é verdade. Porém, os dois grandes inimigos desse período ainda brigavam por protagonismo: Estados Unidos e União Soviética. O que me leva a pensar que vivemos mesmo em uma eterna dicotomia…

Uma das características do mundo, naquela época, e que causaria estranheza aos jovens de hoje, é o fato de que o que importava era manter a informação restrita. Quem mantivesse o segredo, portanto, era o vencedor. Talvez esse detalhe seja uma das justificativas para o encantamento que Chernobyl, minissérie da HBO, gerou.

A série relata como sucedeu o maior acidente radioativo da história. A tragédia ocorreu na Central Nuclear Vladimir Lenin, conhecida como Usina Nuclear de Chernobyl. Vimos, na trama, um exemplo de prepotência e arrogância daqueles que a comandaram e as consequências desse pedantismo, uma vez que o problema todo se dá porque o chefe era incapaz de ouvir um subordinado, dada a importância e autoridade que atribuía a si mesmo. Então o pior acontece. O acidente atinge proporções inimagináveis e os soviéticos tornam-se vítimas dessas fraquezas e da incompetência com que foi conduzida a situação, chegando a um nível tão extraordinário que os responsáveis são levados, pelo mundo, a assumir o acidente. E as entranhas da nação são, assim, expostas, o que leva à queda da União Soviética e, consequentemente, ao fim da Guerra Fria. Para os Estados Unidos, aqueles que representavam seus mais temíveis inimigos deixaram de existir.

Chernobyl é recheada de excelentes atuações, nos leva à reflexão e até mesmo é capaz de causar um súbito pânico nos espectadores ao fazê-los testemunhar como estivemos realmente muito próximos de uma hecatombe nuclear e, pasmem, esta não seria causada por uma guerra, mas por um botão que não deveria ter sido pressionado.

A minissérie, que conta com cinco episódios, estreou em 6 de maio deste ano e teve seu derradeiro capítulo veiculado no dia 3 de junho. Recomendamos.

Gaby Matos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s