Porto Alegre Noir – Lançamento do selo Safra Vermelha da AVEC Editora e antologia Onda de Crime

Lançamento de selo voltado à publicação de histórias do gênero policial da AVEC Editora é um dos destaques do evento cultural PAN.

De 9 a 14 de abril, será realizado o Porto Alegre Noir, uma convenção cultural totalmente voltada para a literatura policial e o cinema noir. O evento, que se encontra atualmente em sua segunda edição, reúne autores nacionais, especialistas, pesquisadores, críticos de cinema e literatura para debaterem e reverenciarem a ficção policial, gênero que atravessa gerações, conquistando cada vez mais admiradores e cujos maiores expoentes, dentre outros, são Agatha Christie e Edgar Allan Poe. A programação do evento inclui, além de bate-papo com os autores, cursos, venda de livros e uma mostra de filmes clássicos noir, na qual serão exibidos longas disponibilizados pela Versátil Home Video. Acima de tudo, o Porto Alegre Noir é um encontro de fãs que dá a oportunidade aos amantes do gênero policial de trocarem uma ideia e adquirirem mais cultura e conhecimento acerca do tema.

Ótima opção de entretenimento na capital gaúcha, o Porto Alegre Noir é realizado na Cinemateca Capitólio Petrobrás – Rua Demétrio Ribeiro, 1085 – Centro Histórico, Porto Alegre – RS, e a entrada é franca.

É no PAN que será lançado o Safra Vermelha, o novo selo de ficção policial da AVEC Editora. O nome presta um tributo à obra-prima Red Harvest, de Dashiell Hammett – ícone da literatura noir e um dos precursores do gênero, o escritor também se aventurou, no início da carreira, pela literatura pulp. O selo foi criado pelo escritor Cesar Alcázar, em 2018, e tem como principal objetivo divulgar o melhor das histórias de crime produzidas na América Latina e além – desde nomes contemporâneos até os clássicos do gênero. A primeira publicação pelo selo é a antologia Onda de Crimes, que reúne algumas das principais vozes da literatura policial latino-americana da atualidade. Este também é o primeiro lançamento de 2019 da AVEC Editora.

Confira a sinopse abaixo:

Da Argentina, Nicolás Ferraro aborda as agruras de uma jovem que acaba envolvida nas aventuras ilegais do próprio pai. Já seu conterrâneo, Kike Ferrari, mergulha nas tensões da tríplice fronteira entre Paraguai, Argentina e Brasil. Nascido no México, mas radicado no Uruguai, Rodolfo Santullo apresenta uma série de mortes desconcertantes no inverno sombrio de Punta del Diablo. Do Brasil, Cláudia Lemes investe no suspense ao retratar um homem vítima de uma perseguição que não consegue compreender. O feminicídio é a base da história narrada por Paula Bajer, na qual uma mulher suspeita que o vizinho é um assassino. Por fim, Cesar Alcázar mostra que segredos obscuros do passado podem gerar uma explosão de violência.

Curiosos? Ansiosos? Se vocês estiverem pelas redondezas não deixem de conferir o PAN a partir do dia 9 de abril. Para saber mais informações a respeito do evento e conferir a programação completa do PAN, consulte o site oficial e acesse a página do facebook.

Andrizy Bento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s