Nas Prateleiras: Lançamentos de Livros – Março (2019)

Os fãs de clássicos da literatura nacional e internacional devem ficar de olho nos lançamentos da Nova Fronteira. A editora traz o Box Eça de Queiroz, contendo os títulos emblemáticos de autoria do romancista português, e o Box Grandes Escritoras da Literatura Francesa com obras da trinca Simone de Beauvoir, Marguerite Duras e Marguerite Yourcenar. A editora ainda apresenta uma nova edição de Beijo no Asfalto de Nelson Rodrigues. Falando em relançamentos, depois de anos esgotado no Brasil, A Metade Sombria do mestre do suspense, Stephen King, retorna às livrarias com capa dura e conteúdo extra. O Silmarillion de J.R.R. Tolkien e Trilogia Cósmica de C. S. Lewis também ganham novas edições pelas editoras HarperCollins e Thomas Nelson, respectivamente. Ainda no quesito grandes nomes da literatura, o mestre da literatura policial americana, Harlan Coben apresenta seu mais novo livro, Até o Fim – aqui, no Brasil, o lançamento ocorre pela editora Arqueiro. Abaixo, você confere capas e sinopses dos principais lançamentos de livros do mês de março:

Nas Terras de Creonte: Uma Parábola Sobre o Enlouquecimento
Geraldo Massaro
Talentos da Literatura Brasileira

Nas terras de Creonte só os designados podem escrever, então as autoridades escolheram alguém para uma importante missão: a de registrar as transformações da sociedade, os costumes, os desejos, as crenças e reuni-las em um livro. Mesmo surpreso com a proposta, Memoriete – o homem incumbido dessa tarefa – traça um paralelo crítico, por meio do acesso a arquivos ocultos, e analisa as diversas áreas da sociedade. No entanto, sua motivação para finalizar a obra é a promessa feita pelas autoridades de ele poder possuir sua maior paixão, Viberana – em Creonte, é raro tomar posse de uma mulher, ainda mais sendo de dimensões sociais diferentes. Além disso, a paixão não é algo recomendado pelas autoridades. Em tom de realismo mágico, esta parábola ficcional, baseada em experiências na área de Psiquiatria, muito se assemelha aos nossos costumes. E, assim como muitos com seus delírios, os habitantes de Creonte vivem uma estranha cultura: a de malograr suas existências.

Eu Não Podia me Apaixonar
J. Piantola
Editora Novo Século

Letícia tem muitos obstáculos a superar. Às vésperas do casamento, ela descobre que seu noivo a trai com a secretária e cancela imediatamente todos os planos de uma vida a dois. Além de lidar com essa frustração, ela precisa se dedicar à nova promoção no trabalho e à melhor amiga, Ângela, que está grávida. Equilibrar todas as mudanças em sua vida não será fácil, principalmente quando ela precisa cumprir uma promessa que lhe trará grandes responsabilidades, fazendo-a assumir uma vida que não é dela e obrigando-a a conviver com um homem de quem ela nunca gostou. Mesmo com a vida de cabeça para baixo, Letícia recebe a dádiva de um reencontro com o amor, agora em sua forma mais pura, através dos olhos de uma criança. Porém, esse forte sentimento lhe trará problemas, despertará medos e mudará completamente o rumo de sua vida.

Luz, Câmera e Amor
Aline Sant’Ana
Charme

Sou Evelyn Heyley, atriz de Hollywood, e você provavelmente já ouviu meu nome em algum lugar. Batalhei anos para consolidar minha carreira e me orgulho muito de todos os projetos que abracei com amor. Mas, agora… estou prestes a receber a oportunidade da minha vida: um longa-metragem inspirado no romance da autora bestseller Shaaron W. Rockefeller. E é claro que vão me dar um par romântico incrível. Provavelmente um nome que Hollywood ama, como o Thor, da Marvel, ou até o novo James Bond. Ao menos, era o que eu esperava. Assim que a porta da sala de reunião se abriu, revelando o rosto estupidamente bonito daquele ator, com um perfume impactante e uma beleza digna de irritar os deuses, eu soube que meus planos tinham ido por água abaixo. O que era a minha chance do Oscar acabou se tornando um desastre cinematográfico. Chuck Ryder. Ou você pode chamá-lo de o meu pior pesadelo.

Mundo Em Caos: (Série Mundo Em Caos Vol.1)
Patrick Ness
Intrínseca

Do premiado autor Patrick Ness, uma distopia marcante que ganhará as telas do cinema em filme estrelado por Tom Holland e Daisy Ridley. Em um mundo pós-apocalíptico, uma infecção rara e perigosa causou o inimaginável: a morte de todas as mulheres. O mesmo germe fez com que os pensamentos dos homens se tornassem audíveis, e agora o caótico Ruído está por toda parte. É impossível guardar segredos no Novo Mundo. Todd Hewitt é o único garoto entre os homens da cidade de Prentisstown, e mal pode esperar para se tornar um deles. No entanto, o lugar esconde algo grave, capaz de mudar o futuro de Todd e do Novo Mundo para sempre. A apenas um mês de se tornar homem, um segredo impensável é revelado, e ele se vê forçado a fugir antes que seja tarde demais. Acompanhado por seu fiel escudeiro, o cachorro Manchee, ele empreende uma jornada repleta de perigos e se depara com uma criatura estranha e silenciosa: uma garota. Mas quem é ela? E por que não foi morta pelo germe como todas as mulheres? Publicado em mais de trinta países, Mundo em caos é o primeiro volume de uma distopia perturbadora sobre os laços que forjamos em situações extremas e traz à tona a infinita insensatez humana diante das diferenças. A adaptação cinematográfica da obra está prevista para o início do segundo semestre e terá Tom Holland e Daisy Ridley como protagonistas. A Intrínseca relança em uma edição especial, com tradução inédita e um conto extra, a série que consagrou Patrick Ness como um dos maiores nomes da literatura jovem.

Por Que Crianças Matam – A História de Mary Bell
Gitta Sereny
Vestígio

Em 1968, Mary Bell, de 11 anos, foi julgada e condenada pelo assassinato de dois garotinhos em Newcastle Upon Tyne, Inglaterra. Antes mesmo de ir ao tribunal, Mary Bell foi apresentada como a encarnação do mal, a “semente ruim”. Mas a jornalista Gitta Sereny, que cobriu o julgamento sensacionalista, nunca aceitou essa explicação. Ao longo dos anos, Sereny se deu conta de que, se quisermos entender as pressões que levam crianças a cometer crimes hediondos, precisamos voltar nosso olhar para os adultos que elas se tornaram. Passados 27 anos de sua condenação, Mary Bell concordou em falar com Sereny sobre a sua infância angustiante, os dois terríveis atos cometidos no intervalo de nove semanas, o seu julgamento público e os doze anos de detenção. Em Por Que Crianças Matam, Bell e Sereny discutem o que ela fez e o que foi feito a ela, bem como a criança que era e a pessoa que se tornou. Nada do que Mary Bell disse nos cinco meses de conversas intensas serve como desculpa para seus crimes: ela mesma rejeita qualquer atenuação nesse sentido. Mas sua história devastadora nos força a pensar na responsabilidade da sociedade sobre crianças que são levadas ao limite.

A Bandeira do Elefante e da Arara: Livro de Interpretação de Papéis
Christopher Kastensmidt
Devir Livraria

A Bandeira do Elefante e da Arara: Livro de Interpretação de Papéis está de volta nesta edição expandida, com novas regras e ilustrações. Reúna seus amigos e explore este mundo fantástico. Crie seu próprio personagem e participe de aventuras ilimitadas no Brasil Colônia. Enfrente as criaturas lendárias que habitam o imaginário popular. Mude o rumo da história do país com uma jogada dos dados. A nova edição do livro de A Bandeira do Elefante e da Arara foi completamente revisada e conta com 20 páginas de conteúdo inédito.

História de Joia
Guilherme Gontijo Flores
Todavia

O primeiro romance de uma das grandes vozes da poesia contemporânea. Joia passeia por seu bairro e realiza seus afazeres diários. Mas quem é Joia? Ou ainda – e de acordo com a pergunta que este notável romance parece nos fazer o tempo inteiro –, o que faz essa pessoa ser quem ela é? Pelos olhos que a rodeiam, conhecemos apenas fragmentos de Joia. Como num jogo de espelhos, a história ilumina também as vidas que a cercam, e aos poucos forma-se um painel não só de uma pessoa, mas de um lugar e seus habitantes. O espelho pode se voltar também para o leitor, que se verá diante de perguntas como “quem somos?”, e “por que somos o que somos?”.

Os Últimos Dias de Lampião e Maria Bonita
Victoria Shorr
Gryphus

Ambientado no árido sertão brasileiro, Os Últimos Dias de Lampião e Maria Bonita é uma ficção histórica baseada no emblemático casal e seu grupo de cangaceiros fora da lei. A obra narra a história verídica desses bandoleiros nômades que dominaram o Nordeste do Brasil entre 1922 e 1938

Elegia do Irmão
João Anzanello Carrascoza
Alfaguara

Em Elegia do Irmão, uma das vozes mais singulares da literatura brasileira narra uma emocionante história sobre o luto pela perda de uma irmã. Dividido em duas partes, Elegia do Irmão conta a vida de Mara através das lembranças de seu irmão. Jovem, diagnosticada com uma doença grave, Mara sabe que terá um período conturbado de tratamento, e que o apoio da família será fundamental para uma possível recuperação. Ao mesmo tempo, seu irmão, ao viver a dor da notícia, não quer se deixar tomar apenas pelo sofrimento infligido a ela, escolhendo também se lembrar de como eles viveram, da memória dos momentos passados juntos que solidificaram essa relação fraternal através dos anos. Com uma narrativa envolvente e belíssima, João Anzanello Carrascoza constrói um retrato contundente e apaixonado de uma das ligações mais íntimas do ser humano: a irmandade. Mara e seu irmão são carne da mesma carne, frutos de um mesmo amor, mas ainda assim são indivíduos repletos de conflitos e diferenças. A dualidade humana se estabelece no romance e na comunhão entre os irmãos marcados pelo fim precoce. O resultado é uma obra única, que ratifica o vigor lírico do autor e seu domínio da narrativa longa.

A Literatura Nazista na América
Roberto Bolaño
Companhia das Letras

Este livro é, nas palavras do autor, “uma antologia vagamente enciclopédica da literatura nazista produzida na América entre 1930 e 2010”. Com a publicação desta coletânea de escritores fictícios e infames, Roberto Bolaño chamou pela primeira vez a atenção da crítica, que o saudou por sua “originalidade e imaginação brilhante”. Organizada como uma antologia de escritores simpáticos ao horror, esta engenhosa obra compila perfis dedicados à vida e aos livros de autores de um cânone fictício e delirante. Ao antecipar todas as temáticas que viriam a ser recorrentes na obra do autor, A literatura nazista na América é um livro-chave e cada vez mais atual na sua reflexão sobre o mal e a violência. As vidas imaginárias perfiladas neste livro ― que pode ser lido como um volume de contos, mas, principalmente, como um romance, como queria seu autor ― irão se converter numa paródia sombria (e atual) da história real da literatura e da política do continente.

“Neste livro, Bolaño radicaliza seu projeto de tirar a literatura do pedestal e mostrar como ela é também cúmplice da barbárie. O nazifascismo não morreu: sua ideologia persiste difusa em toda cultura.” ― Antônio Xerxenesky

“O autor chileno escancara a debilidade e hipocrisia de nossas sociedades letradas quando se trata de sua relação com o poder.” ― Edmundo Paz Soldán

“Na obra de Bolaño, a literatura é uma compulsão indigna e não particularmente agradável, como fumar.” ― N+1

“Sua maneira de construir textos ao mesmo tempo desconcertantes, brilhantes e infinitamente próximos é uma forma de resistir ao mal, à adversidade, à mediocridade.” ― Le Monde

A Falência
Julia Lopes de Almeida
Penguin

Leitura obrigatória para o vestibular da Unicamp, A Falência se consolida como um dos mais importantes romances do modernismo brasileiro. Ícone do modernismo brasileiro, Júlia Lopes de Almeida consegue oferecer um notável panorama das repercussões do boom do café no final do século XIX na formação da nascente burguesia urbana, e também retratar, com impecável maestria, os meandros de uma sociedade machista e hipócrita, em que subsistem as relações escravocratas e aprofundam-se as desigualdades sociais. Rio de Janeiro, 1891. Francisco Teodoro, um bem-sucedido e ambicioso comerciante de café, conhece Camila. Em busca de um casamento que traga estabilidade, ele não vê melhor opção que desposar tal jovem, bela e de boa e humilde família. Os filhos Mário, Rachel, Lia e Ruth crescem a olhos vistos, enquanto a empresa do pai continua a prosperar. Nem só de flores, contudo, vivem os Teodoro. Francisco, cada vez mais ganancioso, vê outros comerciantes se arriscando no trato com o café e decide fazer o mesmo. Afinal, é preciso aumentar o patrimônio familiar que Mário insiste em dilapidar. Camila, alheia aos movimentos econômicos e cada vez mais absorta em sua relação com o médico Gervásio, nada opina. Em um revés do destino, a fortuna da família acaba. Francisco Teodoro se suicida e todos, mãe e filhos, precisam aprender a lidar com a nova situação social.

After (Edição Tie-in): After ― Vol. 1
Anna Todd
Paralela

A história de amor de Tessa e Hardin virou filme! Edição inclui capa especial, introdução inédita da autora e um capítulo extra. Depois de bater a marca de um bilhão de acessos no Wattpad e se transformar em um verdadeiro fenômeno editorial, After chega às telonas com uma superprodução estrelada por Josephine Langford e Hero Fiennes Tiffin. Esta edição especial inclui capa inspirada no pôster do filme, introdução inédita de Anna Todd e um capítulo extra! No primeiro volume da série que já vendeu mais de 15 milhões de exemplares no mundo, conhecemos Tessa, uma garota certinha que deixa a casa da mãe e a vida pacata para fazer faculdade. No primeiro dia de aula, ela conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Ela não demora a descobrir que Hardin possui um passado cheio de fantasmas, e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.

Livro Clara Nunes + Bolsa
Vagner Fernandes
Agir

Clara Nunes é uma das maiores estrelas da canção popular do Brasil de todos os tempos. Esta biografia, minuciosa e ricamente ilustrada, foi escrita pelo jornalista Vagner Fernandes que pesquisou durante quatro anos e recolheu depoimentos de mais de 300 pessoas que fizeram parte da trajetória da artista. O resultado é uma obra que se constitui verdadeira referência para quem quiser conhecer a vida e a carreira desse ícone da nossa música. Rico em poesia, o atualíssimo legado de Clara Nunes é extremamente relevante e simbólico por tratar de questões silenciadas pela sociedade brasileira em um período controverso, pautado pela anulação dos direitos civis. Ela converteu o canto em instrumento de conciliação e fez da própria arte um mecanismo capaz de propor imprescindíveis reflexões sobre identidade de gênero, etnia e credo. Levantou debates sobre o preconceito étnico-racial e a intolerncia religiosa, quando esses temas ainda se apresentavam timidamente no Brasil. Como boa guerreira, lutou arduamente nos palcos e fora deles, por acreditar em uma sociedade mais justa, menos sectária, menos desigual.

Um Verão com Maquiavel
Patrick Boucheron
L&PM

“UM MAQUIAVEL QUE NÃO É O SINÔNIMO DO “MAL” Este livro, magnificamente bem escrito, mostra o lado oculto des­te que é um dos mais célebres ícones da filosofia política em todos os tempos. Seu nome transformou-se em adjetivo e sua celebri­dade é alicerçada por uma frase que ele jamais escreveu: “Os fins justificam os meios…”. Desde sua morte, em 1527, não paramos de lê-lo, apesar das calú­nias e das censuras. E sempre para que ele nos arranque do torpor. Nisso – por que não? –, Maquiavel é implacável como o sol de ve­rão. É o astro que inspira sua prosa contundente, que lança sobre tudo uma luz tão crua que torna as arestas mais vivas. Nietzsche o disse melhor do que ninguém, em Além do bem e do mal: “Ele nos faz respirar o ar seco e rarefeito de Florença e não consegue evitar a exposição das mais sérias questões ao ritmo de um indomável allegrissimo, não sem desfrutar, talvez, de um perverso prazer de artista ao ousar o seguinte contraste: um pensamento embasado, difícil, duro, perigoso, e um ritmo galopante, de um bom-humor endiabrado”.

A Contrapartida
Uranio Bonoldi
Valentina

“O que poucas pessoas têm em mente é que Cultura, no sentido mais amplo da palavra, não se restringe apenas ao entretenimento. O objetivo maior e primeiro da Cultura é nos transformar em pessoas melhores, agregando novos conhecimentos e percepções sobre nós mesmos, os outros e o entorno em que vivemos – é isso que A Contrapartida faz. A sua leitura nos proporciona uma série de profundas e valiosas reflexões sem, contudo, deixar o entretenimento e o suspense de lado. Com relação ao suspense, gostaria de fazer uma breve analogia com o mundo do cinema para ser mais claro em minha exposição. Um bom thriller é aquele que nos causa ansiedade para ver a próxima cena e nele os acontecimentos não são óbvios e declarados. Enfim, é o que aconteceu comigo quando li A Contrapartida – eu queria saber o que estava para acontecer na próxima página, de modo a poder ligar os fatos apresentados no livro e ter as respostas às perguntas que a leitura indiretamente me fazia. Inevitavelmente, a leitura do livro me remeteu à Hollywood. Quando nos referimos a thrillers, logo vem à mente o nome de Alfred Hitchcock, cuja genialidade se encontrava em entender profundamente a psiquê do ser humano e em criar um estado emocional tão intenso no público, que seus filmes se transformavam imediatamente em sucesso. Essa mesma genialidade foi reproduzida aqui neste livro. O autor conseguiu criar caminhos mentais de condução de nós, leitores, em um mundo imaginativo de suspense e mistério dignos de um grande blockbuster.” Lion Andreassa – produtor e diretor de cinema da Lumix Art Films.

Maternidade: Um Romance
Sheila Heti
Companhia das Letras

Em Maternidade, Sheila Heti reflete sobre os ganhos e as perdas para uma mulher que decide se tornar mãe, tratando a decisão que mais traz consequências na vida adulta com a franqueza, a originalidade e o humor que lhe renderam reconhecimento internacional por seu livro anterior, How Should a Person Be? Ao se aproximar dos quarenta anos, numa fase em que todas as suas amigas se perguntam quando irão ter filhos, a narradora do romance intimista e urgente de Heti ― no limiar entre a ficção e autorreflexão ― questiona se aquela é uma experiência que ela quer ter. Em uma narrativa que se estende ao longo de muitos anos, moldada a partir de conversas com seus pares e seu parceiro e de sua relação com os pais, ela se vê em um embate para fazer uma escolha sábia e coerente. Depois de buscar ajuda na filosofia, no próprio corpo, no misticismo e no acaso, ela descobre a resposta num lugar bem mais familiar do que imaginaria.

“Nunca vi ninguém escrever sobre a relação entre não ter filhos, escrever e a tristeza das mães do modo que Sheila Heti faz.” ― Elif Batuman, autora de Os possessos e A Idiota

Impulso
Gisele Souza
Charme

Lucas Bonatti nasceu para ser brilhante. Criado pela irmã, sua vida foi regada de responsabilidades, amor e companheirismo. Contudo, sempre escondeu a ânsia de amar incondicionalmente. Quando, enfim, acreditou ter encontrado a mulher da sua vida, seu coração foi despedaçado. Então, Lucas não via mais motivos para ser o bom moço da família. Sabrina Petri, a caçula de quatro irmãos, sempre foi cercada de cuidados e amor. Uma garota alegre e extrovertida que teve a vida virada pelo avesso subitamente. Quando conheceu o homem que poderia fazê-la feliz, ela já não podia se entregar. Um romance tórrido e intenso. Uma atitude movida por impulso pode fazer a vida dos dois mudar completamente. O amor será capaz de consertar dois corações despedaçados?

A Ladra: Os Agentes da BSS
Emi De Morais
Charme

Ramon é um mexicano intempestuoso e temperamental que se orgulha de fazer parte da BSS, a agência de serviço secreto mais famosa do mundo. Quando conhece Nicole Palmer, a moça com olhos inocentes e rosto de fada, não consegue entender como a noite mais singela da sua vida se tornou, de repente, a melhor, a mais gostosa, a que ele queria repetir mais e mais vezes. O que Ramon não poderia imaginar era que estava se envolvendo com uma das ladras mais procuradas pelos departamentos de segurança dos Estados Unidos. Nesta segunda história da série “Os agentes da BSS”, você vai conhecer melhor o sexy e implacável Ramon, que vai enfrentar a difícil decisão de cumprir a lei dos homens ou a do coração. Ele vai aprender, da maneira mais difícil, que o coração, muitas vezes, ignora a razão e faz suas próprias escolhas.

Poliana Moça
Eleanor H. Porter
Nova Fronteira

Depois de transformar os moradores de Beldingsville, Poliana começa outra aventura: uma estadia na casa da triste Della, em Boston, enquanto sua tia Paulina acompanha o marido na Alemanha. Em seguida, a menina vai ao encontro da tia, retornando à pequena cidade apenas tempos depois, quando já conta com vinte anos. Eleanor H. Porter publica este terno romance em 1915, dois anos após o clássico que se tornou sinônimo de otimismo e doçura. Aqui, acompanhamos o processo de amadurecimento de Poliana e, como não poderia deixar de ser, o esperado momento da descoberta do amor. Esta edição conta com um projeto gráfico especial, todo ilustrado e com capa acolchoada.

O Silmarillion
J.R.R. Tolkien
HarperCollins

O Silmarillion é um relato dos Dias Antigos da Primeira Era do mundo criado por J.R.R. Tolkien. É a história longínqua para a qual os personagens de O Senhor dos Anéis e O Hobbit olham para trás, e em cujos eventos alguns deles, como Elrond e Galadriel, tomaram parte. Os contos de O Silmarillion se passam em uma época em que Morgoth, o Primeiro Senhor Sombrio, habitava a Terra-média, e os Altos-Elfos guerreavam contra ele pela recuperação das Silmarils, as joias que continham a pura luz de Valinor. O livro começa com O Ainulindalë, o mito da criação do Universo, seguido pelo Valaquenta, onde estão descritas a natureza e os poderes de cada um dos deuses. O Akallbeth narra o apogeu e a queda do reino da grande ilha de Númenor no final da Segunda Era e Dos Anéis de Poder fala dos grandes eventos no final da Terceira Era, como narrado em O Senhor dos Anéis.

Além do Planeta Silencioso: Trilogia Cósmica – Volume 1
C. S. Lewis
Thomas Nelson

Perelandra. Trilogia Cósmica – Volume 2
C. S. Lewis
Thomas Nelson

Aquela Fortaleza Medonha. Trilogia Cósmica – Volume 3
C.S. Lewis
Thomas Nelson

A Trilogia Cósmica criada por Lewis é resultado de uma aposta entre ele e seu grande amigo J.R.R. Tolkien. Segundo relatos, os temas foram decididos no cara ou coroa; Lewis ficou com viagem no espaço, e Tolkien com viagem no tempo. Tolkien acabou não cumprindo a aposta, enquanto Lewis não parou em um só livro. A famosa amizade entre os dois foi eternizada pela criação do personagem principal, Elwin Ransom, professor e filólogo, assim como Tolkien. Nessas aventuras de Dr. Ransom pelo espaço encontramos criaturas mágicas, um mundo de encantos, batalhas épicas e revelações de verdades transcendentes.

Tudo Pronto Para o Fim do Mundo
Bruno Brum
Editora 34

Tudo pronto para o fim do mundo, quarto livro do poeta mineiro Bruno Brum, não poderia estar mais em sintonia com os dias atuais. É de um desencanto profundo com as formas assumidas pela vida contemporânea que nascem estes poemas, ainda que perpassados de humor e, por vezes, de uma réstia de lirismo ou ternura. Iconoclasta, perspicaz, cínica e melancólica, a poesia de Bruno Brum se move como o personagem de seu “Porcossauro” ― um dos poemas-síntese do livro ―, misto de porco e dinossauro que vagueia, cabisbaixo e pensativo, por um mundo em vias de extinção: “Não há para onde ir, conclui, atravessando a rua”.

O Caminho de Los Angeles
John Fante
José Olympio

O Caminho de Los Angeles é parte do Quarteto Bandini, que narra episódios da história de Arturo Bandini, alter ego do autor. Após a morte do pai, Arturo, aos 18 anos, é obrigado a começar a trabalhar para ajudar a sustentar a casa. Com uma vida deprimente e rotineira, Arturo encontra seu único “alívio” na leitura de revistas pornográficas, atividade censurada pela mãe e pela irmã, ambas de educação cristã. Este romance apresenta o alter ego de Fante, Arturo Bandini, que reaparece em Espere a primavera, Bandini (1938), Pergunte ao pó (1939) – ambos lançados pela José Olympio – e Sonhos de Bunker Hill (1982). O manuscrito, de 1936, foi descoberto entre os papéis de Fante depois de sua morte, por sua viúva, Joyce, e pode agora ser incluído naquela lista curta e destacada dos romances de estreia mais importantes de autores americanos.

Um Amor de Inverno (Vol. 2 As Irmãs Shakespeare)
Carrie Elks (Autor), Andréia Barboza (Tradutor)
Verus

Pode estar nevando lá fora, mas, em uma cabana de madeira no meio da floresta, as coisas estão definitivamente quentes… A estudante de cinema Kitty Shakespeare está determinada a aproveitar ao máximo seu novo emprego como babá. Pode não ser exatamente a carreira que ela esperava quando mudou de Londres para Los Angeles, mas, graças ao hábito de travar em entrevistas, esta pode ser sua última chance de impressionar um dos maiores produtores de Hollywood ― se ela conseguir cuidar do filho dele direito, certamente o homem vai olhar para ela com mais atenção. Pelo lado positivo, há muita neve na casa da família nas montanhas e ela sempre adorou crianças. Mas Kitty não contava se envolver com a família problemática do chefe, nem se sentir atraída por Adam, o irmão sexy e recluso. Adam Klein pode ser lindo, mas também é bruto e grosseiro e não está pronto para cair de quatro pela babá ― não depois do ano que ele teve. Tudo o que ele quer é se enfiar em sua cabana na floresta e se esconder do irmão que destruiu sua vida. Se ao menos ele conseguisse ignorar a maneira como Kitty faz seu coração disparar… Isso está longe de ser amor à primeira vista ― mas desde quando o caminho para um final feliz digno de cinema acontece sem tropeços? Um amor de inverno é mais um romance de aquecer o coração da série As Irmãs Shakespeare. Quatro irmãs, quatro histórias… quatro maneiras de encontrar o amor verdadeiro.

Espirito Perdido
P. J. Maia
Labrador

Keana é uma refugiada criada numa terra estranha, há muito tempo. No reino fugaz de Divagar, deuses e deusas desfrutam de luxo e da vida eterna às custas dos humanos comuns. Não conhecem fome, perigo ou morte, trancafiados num paraíso ensolarado. Se Keana conseguir descobrir sua origem proibida, os deuses talvez precisem fazer sacrifícios para proteger seus privilégios eternos. Mesmo que o sacrifício seja a vida dela.

Box – Eça de Queirós
Eça de Queirós
Nova Fronteira

Considerado um dos maiores escritores em língua portuguesa, Eça de Queirós se notabilizou por seus romances que desestabilizaram os valores de seu tempo e traziam a ironia como grande marca. Neste box estão reunidas três de suas obras-primas. O Crime do Padre Amaro, narrativa que marca o início do realismo em Portugal, traz como mote principal a crítica ao celibato do clero, acompanhada da denúncia aos seus desmandos e excessos e da constatação do provincianismo nocivo que assola o país. A crítica social aliada à análise psicológica prossegue em O Primo Basílio, que surpreende o público com uma história de desejo feminino e adultério e faz uma das primeiras reflexões sobre o atraso da sociedade portuguesa, uma ácida crítica à burguesia lisboeta e a seus delitos domésticos. Já em Os Maias ― obra com que, para muitos críticos, o autor atinge a maturidade literária ―, Eça ousou abordar temas polêmicos para a época, como o divórcio, o suicídio e o incesto.

David Copperfield – Caixa
Charles Dickens
Nova Fronteira

Considerado o maior escritor inglês da era vitoriana e admirado por Dostoiévski e Van Gogh, Charles Dickens, de todas as suas obras, tinha uma favorita: David Copperfield. Neste romance de formação, em muito inspirado na vida de seu autor, acompanhamos o amadurecimento e a tumultuosa jornada de David, um menino nascido à meia-noite de uma sexta-feira — o que, segundo a superstição, o condenaria a ser infeliz. Em uma narrativa repleta de tensão, encontramos não apenas personagens memoráveis, mas também um retrato contundente da realidade social da época.

Box – Grandes Escritoras da Literatura Francesa
Simone de Beauvoir, Marguerite Duras, Marguerite Yourcenar
Nova Fronteira

Box composto por 3 volumes: Livro: Emmily L. É verão em Quillebeuf, pequeno porto petroleiro ao norte da França. No bar do hotel da marina, um improvável casal inglês é o impulso para que dois franceses reexaminem seu próprio relacionamento e seu passado. Em Emily L., saudado pela crítica com um dos livros mais importantes de Marguerite Duras, convivem duas histórias de relações em crise. Com todo seu brilhantismo, a escritora faz uma meditação pungente sobre o amor, a arte e o desgaste provocado pelo tempo. Livro: Golpe de Misericórdia. No final dos anos 1910, nos países bálticos devastados pela guerra, pela revolução e pelo desespero, três jovens – Eric, Conrad e Sophie – jogam o perigoso jogo do amor. Sedução, conflitos mentiras e erotismo os levarão aos limites da loucura. Em Golpe de Misericórdia, Marguerite Yourcenar, primeira mulher a integrar a Academia Francesa de Letras, renova o tema do triângulo amoroso numa suntuosa hitória de amor. Livro: A Convidada. Os intelectuais Pierre e Françoise são um casal livre, que desperta admiração e inveja naqueles que o rodeiam. Nada, nem mesmo a guerra iminente, parece capaz de ameaçar essa relação – até o surgimento da misteriosa Xavière, jovem provinciana que vai morar em Paris. Primeiro romance de Simone de Beauvoir, com fortes toques autobiográficos, A Convidada expõe as incertezas, paixões e frustrações nos meses que antecederam a Segunda Guerra Mundial, descrevendo num estilo ágil e vibrante a boemia intelectual parisiense do final dos anos 1930.

Até Onde o Amor Alcança
Júlio Hermann
Faro

Autor do sucesso Tudo Que Acontece Aqui Dentro. Ninguém avisa a gente que amar faz a pele arder e o peito dilatar, seja com as coisas dando certo ou não. Contos de fadas não duram muitos dias na vida real, o amor é o que faz tudo valer a pena. Torço para que você seja feliz, e que possamos caminhar juntos. Hoje eu quero o para sempre, mesmo sabendo que não posso controlar tudo. Há coisas minhas que são tão suas, a ponto de eu não ter coragem de colocar uma roupa nova sobre elas, porque eu não quero te esquecer. Foi muito bom te reencontrar nesse processo. Nas viagens de carro que fizemos, nas noites em restaurantes baratos e nos domingos de carnaval fechados em nosso próprio mundo, nós construímos algo especial. VOCÊ TINHA PRESSA, EU TINHA MEDO… Suportamos isso. Ignoramos inclusive as partes chatas da existência. Esses momentos difíceis retornam, de vez em quando. Contudo podemos nos perdoar e ter novas chances. JURAMOS QUE DURARIA PARA SEMPRE MESMO SABENDO QUE O AMOR NÃO VIVE DE PROMESSAS, MAS NÃO VAMOS DESISTIR!

A Metade Sombria – Coleção Biblioteca Stephen King + kit de marcadores
Stephen King
Suma

Após anos esgotado no Brasil, A Metade Sombria volta às livrarias como parte da Biblioteca Stephen King, coleção de clássicos do mestre do terror em edição especial com capa dura e conteúdo extra. Criar George Stark foi fácil. Se livrar dele, nem tanto. Há anos, Thad Beaumont vem escrevendo, sob o pseudônimo George Stark, thrillers violentos que pagam as contas da família, mas não são considerados “livros sérios” pelo escritor. Quando um jornalista ameaça expor o segredo, Thad decide abrir o jogo primeiro, e dá um fim público ao pseudônimo. Beaumont volta a escrever sob o próprio nome, e seu alter ego ameaçador está definitivamente enterrado. Tudo vai bem. Até que uma série de assassinatos tem início, e todas as pistas apontam para Thad. Ele gostaria de poder dizer que é inocente, que não participou dos atos monstruosos acontecendo ao seu redor. Mas a verdade é que George Stark não ficou feliz de ser dispensado tão facilmente, e está de volta para perseguir os responsáveis por sua morte.

Até o Fim + Pin Arqueiro colecionável
Harlan Coben
Editora Arqueiro

NOVO LIVRO DE HARLAN COBEN, AUTOR COM MAIS DE 70 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS NO MUNDO. Coben é conhecido como “o mestre das noites em claro” e é o único escritor a ter recebido a trinca de ases da literatura policial americana: o Anthony, o Shamus e o Edgar Allan Poe.

“Harlan Coben é mestre em prender a atenção do leitor e criar histórias surpreendentes. Ele vai seduzir você logo na primeira página só para chocá-lo na última.” ― Dan Brown, autor de O Código Da Vinci.

“Harlan Coben é um dos meus autores favoritos. Seus livros têm tudo que se pode esperar: suspense de roer as unhas, tramas vertiginosas, questões sociais relevantes e personagens perfeitos.” ― Kristin Hannah, autora de O Rouxinol.

Uma noite trágica. Uma vida inteira de segredos. O detetive Nap Dumas nunca mais foi o mesmo após o último ano do colégio, quando seu irmão Leo e a namorada, Diana, foram encontrados mortos nos trilhos da ferrovia. Além disso, Maura, o amor da vida de Nap, terminou com ele e desapareceu sem justificativa. Por quinze anos, o detetive procurou pela ex-namorada e buscou a verdadeira razão por trás da morte do irmão. Agora, parece que finalmente há uma pista. As digitais de Maura surgem no carro de um suposto assassino e Nap embarca em uma jornada por explicações, que apenas levam a mais perguntas: sobre a mulher que amava, os amigos de infância que pensava conhecer, a base militar próxima a sua antiga casa. Em meio às investigações, Nap percebe que as mortes de Leo e Diana são ainda mais sombrias e sinistras do que ele ousava imaginar.

O Homem Inocente
John Grisham
Editora Arqueiro

O LIVRO QUE INSPIROU A SÉRIE DOCUMENTAL DA NETFLIX, INOCENTE. UMA HISTÓRIA REAL DE CRIME E INJUSTIÇA. Com mais de 40 livros publicados e 19 adaptados para o cinema, John Grisham é um dos autores mais lidos dos Estados Unidos.

“Grisham escreve uma tragédia americana e seu melhor thriller jurídico, ainda mais emocionante por ter acontecido de verdade.” – Entertainment Weekly

“Grisham criou um livro de não ficção que é tão repleto de suspense e tão vertiginoso quanto suas obras de ficção mais famosas.”― The Boston Globe

“Uma história real corajosa e angustiante.” – Time

Em 1971, aos 18 anos, Ron Williamson tinha uma carreira promissora como atleta. Acabara de assinar contrato com um time grande de beisebol e de se despedir de Ada, sua cidade natal, para ir em busca do sucesso. Seis anos depois, estava de volta com os sonhos destruídos por um braço lesionado e o vício em bebidas e drogas. Foi morar com a mãe e passava vinte horas por dia dormindo no sofá. Em 1982, uma garçonete de 21 anos chamada Debra Sue Carter foi estuprada e assassinada brutalmente em Ada. Por cinco anos o crime ficou sem solução, até que uma frágil evidência apontou a investigação na direção de Ron. A partir daí o herói fracassado foi perseguido, acusado, julgado e condenado à morte. O processo, coalhado de testemunhas mentirosas e provas corrompidas, não só acabou de arruinar a vida já despedaçada de um homem, como permitiu que o verdadeiro assassino ficasse impune. Com uma pesquisa impecável e uma narrativa arrebatadora, O homem inocente é um livro que ninguém pode se dar ao luxo de não ler.

O Destino das Terras Altas: Os Murrays 1
Hannah Howell
Editora Arqueiro

PRIMEIRO VOLUME DA SÉRIE OS MURRAYS. Com Hannah Howell, a Editora Arqueiro inaugura a primeira série medieval da coleção de Romances de Época. Em O Destino das Terras Altas, primeiro livro da série Os Murrays, Hannah Howell nos apresenta o esplendor da Escócia medieval com uma saga de guerra entre clãs, lealdades divididas e amor proibido. Quando o destino coloca Maldie Kirkcaldy na mesma estrada que sir Balfour Murray e seu irmão ferido, ela lhes oferece seus serviços como curandeira. Ao saber que tem em comum com sir Balfour um juramento de vingança, decide seguir com ele para cumprir a sua missão. Mas ela não pode lhe revelar sua verdadeira identidade, sob o risco de ser acusada como espiã. Enquanto luta para negar o desejo que a dominou assim que viu o belo cavaleiro de olhos negros pela primeira vez, Maldie tenta a todo custo conservar o aliado. Balfour, por sua vez, sabe que não pode confiar nela, mas também não consegue ignorar a atração que nasceu entre os dois. E, ao mesmo tempo que persegue seu objetivo de destruir Beaton de Dubhlinn, promete descobrir os segredos mais profundos de Maldie e conquistar o seu amor. Para isso, não deixará que nada se interponha em seu caminho.

A Carta Secreta
Lucinda Riley
Editora Arqueiro

NOVO ROMANCE DE LUCINDA RILEY. Com mais de 15 milhões de livros vendidos em todo o mundo, Lucinda Riley está na lista de autores mais vendidos da Inglaterra, Estados Unidos, Itália, Noruega, Alemanha e Brasil.

“A carta secreta é um livro multifacetado, escrito com o primor e a poderosa imaginação que já são marcas registradas de Lucinda Riley. Um jogo de gato e rato no qual se cruzam mentiras e histórias de amor, segredos e subterfúgios, dissimulação e perigo.” – Lancashire Evening Post.

Quando sir James Harrison, um dos maiores atores de sua geração, morre aos 95 anos, deixa para trás não apenas uma família arrasada, mas também um segredo que seria capaz de abalar o governo britânico. Joanna Haslam, uma jovem e ambiciosa jornalista, é designada para cobrir o funeral, no qual estão presentes algumas das maiores celebridades do mundo. Mas ela se depara com algo sombrio além de todo aquele glamour: a menção a uma carta que James Harrison deixou, cujo conteúdo algumas pessoas escondem há setenta anos a qualquer custo. Enquanto procura retirar o véu de mentiras que encobre o segredo e dar o furo jornalístico do século, Joanna percebe que forças poderosas tentam impedi-la de descobrir a verdade. E elas não vão se deixar deter por nada para chegar à carta antes dela. Neste livro, Lucinda Riley apresenta um suspense surpreendente, sem deixar de lado o romance e a minuciosa reconstituição histórica que sempre encantam seus leitores.

Os Vizinhos
Einat Tsarfati
Pequena Zahar

O meu prédio tem sete andares. Cada andar tem uma porta um pouquinho diferente. E atrás de cada porta se esconde uma surpresa. Enquanto sobe os andares do seu prédio, uma menina imagina o que está por trás das portas dos apartamentos de seus vizinhos. Será que a porta cheia de fechaduras pertence a uma família de saqueadores? E a porta com pegadas cheias de lama, pode esconder um tigre de estimação? Ela não sabe, mas a coisa mais incrível talvez esteja em sua própria casa. Uma deliciosa viagem que, a cada página, apresenta um novo mundo de detalhes exuberantes e surpresas revelados nos desenhos vibrantes criados com singular delicadeza pela autora e ilustradora israelense Einat Tsarfati. Traduzido direto do hebraico, Os Vizinhos ganhou o renomado prêmio Ha-Pinkas, de Israel.

“O livro traz revelações deliciosas e culmina com uma divertida surpresa. O texto é simples e elegante, apoiado por imagens absolutamente encantadoras que funcionam no mundo inteiro. Cada página proporciona uma satisfação quase infinita nas pequenas descobertas que os esperam.” Booklist.

“A história celebra o poder da imaginação.” Publishers Weekly.

Box Trilogia Verão: Box com 3 volumes da coleção
Jenny Han
Intrínseca

Da autora de Para Todos os Garotos Que Já Amei, que deu origem ao filme da Netflix. Em O Verão Que Mudou Minha Vida, Sem Você Não é Verão, e Sempre Teremos o Verão, os três títulos do box Trilogia Verão, acompanhamos as venturas e desventuras de Isabel Conklin, a Belly. Jovem e romântica, ela tem nas férias na casa de praia o ponto alto de sua vida. Os dias longe dali passam lentamente, enquanto ela espera que o sol lhe traga de volta o que mais ama: o mar, descanso, diversão e, principalmente, os irmãos Conrad e Jeremiah Fisher, amigos da família, com quem ela divide todos os seus verões. Ano após ano, Belly tenta se aproximar de Conrad, uma paixão secreta, mas parece que o garoto nunca vai correspondê-la. Recentemente, no entanto, algo está diferente: talvez, só talvez, Jeremiah também esteja apaixonado… por Belly. Em meio a descobertas, promessas e desilusões, ela ama, desama, se arrisca, entra na universidade e, conforme passam os verões, descobre que amadurecer significa aprender a tomar as decisões mais difíceis. Lançados anteriormente no Brasil no início dos anos 2000, os três títulos foram relançados pela Intrínseca com nova tradução e novas capas, com estampas internas e textura de areia no título, além de lombadas numeradas e coloridas. Um presente perfeito para os leitores mergulharem nessa história de amor e aproveitarem o melhor do verão.

A Lista do Ódio
Jennifer Brown
Gutenberg

E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista das pessoas e das coisas que ela e Nick odiavam. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, depois de passar o verão reclusa, se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A Lista do Ódio, de Jennifer Brown, é um romance instigante; leitura obrigatória, profunda e comovente.

“Esta edição contém o spin-off Diga Alguma Coisa”.

Um Cisne na Noite
Regina Taccola
Editora Jaguatirica

Lembranças, relações, memórias que voltam numa rede de sentidos e significações. Um Cisne na Noite, o novo livro de contos de Regina Taccola alcança a árvore de nossos sonhos, “bate forte no tronco, marradas que lembram trovões”, nos coloca em uma “fina lâmina de água que sobrou do mar recuado” e nos faz flutuar em palavras. Palavras essas que são como um brinco recém encontrado, que, ao olhar de perto, nos dá a certeza de ser um diamante lapidado. A autora nos leva às miudezas do cotidiano, aos preconceitos, vivências e diferenças em suas 31 narrativas. Há muito vento e escuta, como se o narrador fosse uma poesia que vem, nos toca e vai, numa musicalidade em verso. Especialista no cotidiano lírico e poético, suas palavras são “rasgo vermelho-sangue na junção do céu com o mar” como se a vida ganhasse a pincelada que nos surpreende e adiciona sopro sobre um mar revolto enquanto se “espraia espumas”. É leitura fundamental para aqueles dias onde procuramos esperança na escrita.

O Crime da Galeria de Cristal: E Os Dois Crimes da Mala ― São Paulo, 1908-1928
Boris Fausto
Companhia das Letras

A partir de uma extensa pesquisa, o historiador Boris Fausto transporta o leitor à São Paulo do início do século XX e reconstitui três crimes que abalaram a sociedade da época. Um homem é assassinado num quarto de um hotel do centro da cidade. Um cadáver é encontrado numa mala quando um passageiro do navio tentava jogá-la ao mar. Um corpo de uma mulher é descoberto ao se içarem as bagagens de uma embarcação. Neste livro, Boris Fausto reconstitui três crimes que abalaram a São Paulo do início do século XX, transportando o leitor a uma cidade que fervilhava com a modernização e a chegada de imigrantes ― e se tornava palco de incidentes curiosos que alimentavam tanto as manchetes dos jornais quanto o imaginário da população. A partir de pesquisas em documentos da época, o historiador compõe uma narrativa envolvente, que se entrelaça a uma arguta reflexão sobre a repercussão dos episódios na imprensa, os julgamentos morais e as questões de gênero.

“O Crime da Galeria de Cristal não é descrição histórica, nem jornalismo literário, tampouco romance de não ficção. É a exposição objetiva (ora distanciada, ora irônica, sempre brilhante) de terríveis e inexplicáveis paixões, que preferimos esconder numa mala.” ― Tony Bellotto

A Outra Mulher
Daniel Silva
HarperCollins

Enquanto Gabriel Allon, agora chefe da agência de inteligência israelense — o “Escritório” —, perde um de seus maiores contatos dentro da KGB após uma missão fracassada, uma misteriosa francesa está escrevendo um livro de memórias sobre o homem que ela amou e o filho que foi tirado de seus braços. Apesar de, à primeira vista, não terem conexão alguma, os dois eventos estão profundamente ligados, pois a mulher guarda um dos maiores segredos da antiga inteligência soviética — a chave para Allon desmascarar uma das maiores conspirações do Ocidente —, que, se revelado, colocará o destino do planeta em risco.

Um Tempo Aceitável
Madeleine L’engle
HarperCollins

Polly O’Keefe acabou de se mudar para a casa dos avós, os famosos cientistas Alex e Kate Murry, quando ela acidentalmente se encontra em uma época 3 mil anos no passado. Talvez não seja um mero acidente, ou, ao menos, é o que dizem dois druidas: quando um portal entre círculos do tempo se abre, isso acontece por um motivo. Quando o portal se fecha atrás de Polly e de seu amigo gravemente doente, Zachary, o motivo se torna claro. Em meio ao desespero, conseguirá Polly manter a si mesma e a Zachary vivos até que o portal reabra e eles possam voltar para casa?

A Náusea
Jean-Paul Sartre
Nova Fronteira

A Náusea é o primeiro romance de Jean-Paul Sartre, considerado pela crítica e pelo próprio autor o mais perfeito de sua sempre inquieta e inovadora carreira. O protagonista desta história é o intelectual pequeno-burguês Antoine Roquentin, símbolo de uma geração que descobre, horrorizada, a ausência de sentido da vida. Em um diário, o personagem passa, então, a catalogar impiedosamente todos os seus sentimentos, que culminam em uma sensação penetrante e avassaladora: a náusea. Publicado pela primeira vez em 1938, o livro foi um marco na ficção existencialista e é até hoje um dos textos mais famosos da literatura francesa do século XX. Esta edição conta com prefácio inédito de Caio Liudvik, pós-doutor em Filosofia e autor de Sartre e o pensamento mítico.

Beijo no Asfalto
Nelson Rodrigues
Nova Fronteira

Arandir, um homem casado, beija a boca de outro homem, que acaba de ser atropelado, realizando assim seu último desejo antes da morte. Com o destaque do caso pela imprensa, Arandir se vê compelido a um destino que não consegue modificar.

Ted Bundy – Um Estranho Ao Meu Lado
Ann Rule
Darkside

Quando Ann Rule conheceu Ted Bundy em um centro de atendimento de prevenção ao suicídio, ela não fazia ideia de que aquele rapaz simpático e inteligente — que sentava ao lado dela e de quem até chegou a receber um cartão de Natal — se tornaria um dos serial killers mais proeminentes da história. Ted Bundy confessou ter matado ao menos 36 mulheres nos Estados Unidos durante os anos 1970. Para estudiosos do caso, a contagem final é ainda maior. Ele pode até ter salvado vidas pelo centro de prevenção, mas ceifou outras dezenas quando ninguém estava olhando. Inúmeras famílias ficaram sem respostas, e ele foi executado em 1989 na cadeira elétrica. Mas estas informações todo mundo conhece. Chegou a hora de saber mais. Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado é o livro de true crime mais aguardado pelos darksiders e chega como um clássico na coleção Crime Scene, da DarkSide Books. Ann Rule — que teve uma extensa carreira publicando livros e reportagens sobre casos criminais —, divide uma experiência que ninguém, em sã consciência, gostaria de ter: a proximidade com um serial killer e a descoberta de sua verdadeira face. Em Ted Bundy: Um Estranho ao Meu Lado, mergulhamos nas memórias de Rule através de um viés inusitado e assustador. Após mudar de emprego e começar a cobrir casos criminais, Rule se viu diante de um mistério envolvendo mortes consecutivas de mulheres, até que, anos depois, quando estava escrevendo um livro sobre essas mesmas vítimas, a verdade veio à tona. Rule levou anos para aceitar e assimilar o fato de que o homem que havia causado tanto horror era o mesmo com quem havia passado sozinha os turnos da noite no trabalho. Em 2003, em uma entrevista ao Houston Chronicle, ela afirmou: “Por muito tempo eu nutri esperanças de que ele fosse inocente, de que, de alguma forma, isso tudo não passasse de um erro terrível”. Sua experiência alterou drasticamente seu projeto: ela não mais estava escrevendo sobre um assassino misterioso, e sim sobre alguém que havia conhecido pessoalmente. Equilibrando sua vivência pessoal cheia de descrenças, temores e conflitos e seu papel como repórter investigativa, Rule explora a dualidade de Bundy com uma intimidade ímpar. De um lado, um homem charmoso e carismático que dividia planos sobre reconquistar uma antiga namorada; de outro, um psicopata que nutria um ódio fervoroso por mulheres e vivia uma vida de mentira. O clássico best-seller de Ann Rule é o olhar mais profundo e detalhado sobre Ted Bundy que um leitor de veia investigativa irá encontrar. E em 2019 ainda estreia o filme Extremely Wicked, Shockingly Evil and Vile, com Zac Efron e Haley Joel Osment no elenco, narrando a história de Bundy a partir da perspectiva de Elizabeth Kloepfer, namorada de longa data do psicopata; e também a série documental Conversando com um Serial Killer: Ted Bundy, com gravações de áudio do próprio Bundy feitas no corredor da morte. Ainda acha que conhece bem todas as pessoas que convivem com você? Pense de novo. Algumas verdades moram nas profundezas e, às vezes, só conseguimos ver aquilo que os outros querem nos fazer enxergar.

Andrizy Bento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s