As Quatro Estações (1989) – Legião Urbana

Data de Lançamento: 26 de Outubro de 1989
Duração: 46:27
Faixas: 11 faixas
Estilo: Rock Alternativo, New Wave, Folk Rock e Art Rock
Produção: Mayrton Bahia
Gravadora: EMI

Lado A
Há Tempos
Pais e Filhos
Feedback Song for a Dying Friend
Quando o Sol Bater na Janela do Teu Quarto
Eu Era um Lobisomem Juvenil

Lado B
1965 (Duas Tribos)
Monte Castelo
Maurício
Meninos e Meninas
Sete Cidades
Se Fiquei Esperando Meu Amor Passar

Quando a década de 1980 começou a partir para o fim, a Legião Urbana já havia se consolidado como uma das bandas mais consagradas de nosso país, tornando o cantor e compositor Renato Russo um dos grandes porta-vozes daquela geração. Eis que em As Quatro Estações, álbum de 1989, ele deixava ainda mais evidente o seu lado poeta, apresentando letras profundas, compostas em parceria com seus companheiros de banda, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá.

As Quatro Estações foi o quarto disco do grupo brasiliense e o primeiro a não mais contar com a presença do baixista Renato Rocha, que saiu quando eles estavam prestes a assinar o contrato para este mesmo projeto. Com isso, a banda tornou-se trio e foi essa a formação que se fixou até o fim, em 1996.

Esse álbum trazia letras com um pouco de sentimentalismo, melodias mais sensíveis que se tornaram grandes clássicos da Legião. Entre as músicas presentes no álbum destacam-se Pais e Filhos, Meninos e Meninas, Monte Castelo e Há Tempos. Vale citar também 1965 (Duas Tribos) e Feedback Song for a Dying Friend, canção gravada em inglês em tributo ao fotógrafo Robert Mapplethorpe, também a Cazuza e outros amigos de Renato. Aliás, uma curiosidade em torno dessa canção é que, no encarte, acompanha a tradução da música feita pelo poeta Millôr Fernandes que havia recusado a proposta no início, e só aceitou posteriormente por achar que a letra ficou muito bem escrita em inglês, com Renato citando Shakespare.

Esse álbum é considerado, por alguns fãs, um dos melhores e mais inspiradores da história da banda, tendo recebido, inclusive, o disco de diamante por conta das 2,6 milhões de cópias vendidas.

Adryz Herven

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s