Nas Prateleiras: Lançamentos de livros – Março (2018)

Vendido como “A História da Fada das Trevas”, Malévola – A Rainha do Mal é um dos grandes destaques literários do mês de março, que ainda traz Tudo Que Faltou Acontecer – um livro tocante sobre a descoberta da homossexualidade na adolescência – e mais um lançamento impecável da editora DarkSide Books: Rastro de Sangue – Jack, o Estripador. Abaixo, você confere as sinopses dos lançamentos do mês:

Malévola – A Rainha do Mal
Serena Valentino

malevola

Era uma vez uma adorável e indefesa donzela que dorme profundamente anos a fio – vítima de uma maldição – antes de ser resgatada pelo belo e corajoso príncipe encantado. Mas essa é apenas a metade da história. E quanto à Fada das Trevas, Malévola? O que a levou de fato a sucumbir à maldade e ao ódio a ponto de desejar o mal de alguém? Por que ela amaldiçoa a princesa inocente? Este é um relato passado ao longo dos séculos. É uma história de amor e de traição, de magia e de fantasia, de perdão e de arrependimento. É a história da Rainha do Mal. Sobre a autora: Serena Valentino há anos vem criando contos fantásticos em seus quadrinhos aclamados pela crítica. Ela é conhecida por seu estilo único de contar histórias, que conduz os leitores a mundos requintadamente construídos, repletos de aventura, beleza e protagonistas femininas.

Tudo Que Faltou Acontecer
Thiago Teodósio

tudo que faltou acontecer

Com apenas 12 anos, Henri notou que se sentia atraído por meninos. Infelizmente, a autoaceitação foi um pouco complicada, principalmente com a opressão vinda de um colega da escola e de alguns familiares. O garoto sempre teve em mente que nunca revelaria sua sexualidade, porém, após pedir tantas respostas a Deus e se esconder dentro de uma sociedade intolerante, aos 16 anos, ele acaba sentindo a necessidade de se arriscar para entender aquilo que sempre procurou esconder dentro de si mesmo. Já esgotado de tanta inconformidade, Henri divide sua angústia com suas amigas, Hebe e Dyenifer. E a partir do momento em que ele passa a aceitar-se, toda a situação começa a melhorar, quer dizer, nem tudo. O ensino médio pode ser complicado para os adolescentes, mais ainda se faz parte de uma minoria. Procurando não ser atingido pela homofobia cometida por algumas pessoas, Henri, com os sentimentos à flor da pele, começa a viver intensamente e com mais liberdade, sempre ao lado das pessoas que ama, como sua avó e suas amigas. Até que chega Benício para abalar seu coração. Com base em uma grande lição de vida, você está convidado a fazer a leitura desta obra o mais rápido possível e, assim, conhecer um pouco mais sobre a vida de um garoto homossexual durante a adolescência.

Onde Não Existir Reciprocidade, Não Se Demore
Iandê Albuquerque

onde não existir

Finais machucam. Recomeços curam.

Certa vez ouvi alguém dizer que “quem realmente ama não desiste nunca’’, e essa frase causou um turbilhão de conflitos dentro de mim”. Por que tentamos o tempo todo nos convencer de que o amor é de fato permanecer? Ficar, somente por não termos coragem de partir? Às vezes ir embora se torna necessário: você se envolve em uma relação abusiva, que só consegue te fazer mal. Você se vê insatisfeito em uma relação, mas ainda assim insiste em acreditar que tudo vai melhorar. Ou quando você ama tanto alguém que não consegue aceitar o fato de que a maior prova de amor que podemos ter é deixando o outro ir. Eu já desisti algumas vezes, mesmo querendo tanto ficar, porque aprendi que não adianta um só querer. É preciso ter muita coragem pra desistir de alguém que você ama pra caramba só porque não faz mais sentido. É preciso acreditar que onde não existir reciprocidade, a gente não deve demorar.

Como Se Vingar De Um Cretino
Suzanne Enoch

como se vingar de um cretino

Era uma vez um notório visconde Dare, que seduziu Lady Georgiana Halley e tomou sua inocência para ganhar uma aposta, e agora ele vai ter que pagar. O plano é simples: ela vai usar cada artifício de conquista que conhece para ganhar o coração de Dare, e então quebrá-lo. Mas o olhar do visconde tenta Georgiana a se entregar ao prazer mais uma vez, e quando ele a surpreende com um pedido de casamento, ela se pergunta: esse é mais um de seus jogos, ou dessa vez é amor verdadeiro?

Rastro De Sangue – Jack, o Estripador
Kerri Maniscalco

rastro de sangue

O assassino mais perigoso da história espera por você! Combine a astúcia de Sherlock Holmes com a determinação de Lia, a heroína das Crônicas de Amor & Ódio. Pronto, você já tem uma pista de quem é Audrey Rose, a detetive protagonista de Rastro de Sangue: Jack, o Estripador. Prepare-se para acompanhá-la pelos becos sombrios de Londres neste romance policial com grande pesquisa histórica. Você nunca mais vai encarar a era vitoriana do mesmo jeito após devorar este lançamento da DarkSide® Books. Audrey Rose não é a típica donzela inglesa do século XIX. Quando ninguém está vendo, a jovem realiza autópsias no laboratório de seu tio, contrariando a vontade de seu pai e todas as expectativas da sociedade. Ela pode não saber fazer um penteado elaborado, mas faz uma incisão em Y num cadáver como ninguém. Seus estudos em medicina forense a levam na trilha do misterioso Jack, cujos assassinatos brutais derivados de uma terrível sede de sangue amedrontam a cidade. E Audrey Rose, empoderada desde o berço, quer fazer justiça às vítimas – mulheres sem voz e marginalizadas por uma sociedade extremamente sexista. Na companhia de Thomas Cresswell, o aprendiz convencido e irritante de seu tio, ela decide seguir seus instintos e os rastros de sangue do notório assassino. Afinal, nenhum homem foi capaz de descobrir sua identidade. Esse é um trabalho para uma mulher. Rastro de Sangue: Jack, o Estripador é o primeiro volume de uma série que já prevê inspiração em outros personagens clássicos da era vitoriana, como o príncipe Drácula e o escapista Harry Houdini. É também o romance de estreia de Kerri Maniscalco, autora descoberta por James Patterson, que vem conquistando o coração de leitoras e leitores em todo o mundo. Aqui no Brasil, os fãs podem esperar aquele padrão de qualidade quase psicopata da DarkSide® Books. Uma edição feita sob medida para acompanhar os leitores nessa investigação cheia de reviravoltas. E, como se fosse preciso dizer, em capa dura, é claro. Rastro de Sangue: Jack, o Estripador faz parte da linha editorial DarkLove, só com livros escritos por mulheres com grandes histórias para contar. Os detalhes sobre medicina forense aproximam também os fãs de livros da coleção Crime Scene, como O Segredo dos Corpos ou os Arquivos Serial Killers, de Ilana Casoy. Recomendado também para os amantes de CSI, Mindhunter, o terror gótico de Penny Dreadful e o medo clássico de Edgar Allan Poe.

Lilian Alipio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s