Vencedores do Globo de Ouro 2018

Em seu monólogo de abertura, o mestre de cerimônias, Seth Meyers, não deixou de abordar um espinhoso assunto: a polêmica envolvendo as recentes denúncias de abuso sexual em Hollywood

No último domingo, dia 7 de janeiro, foi realizada a cerimônia de entrega do Globo de Ouro. A premiação, que se encontra em sua 75ª edição, consagra, anualmente, os melhores profissionais do cinema e da televisão, eleitos pela Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood (Hollywood Foreign Press Association). Transmitida pela NBC nos Estados Unidos e, simultaneamente, pelo canal por assinatura TNT no Brasil, o Globo de Ouro contou com o comediante Seth Meyers como mestre de cerimônias, que não perdeu tempo e nem se privou de citar os nomes do ator Kevin Spacey, do produtor Harvey Weinstein e do diretor Woody Allen ao fazer seu monólogo de abertura, com inúmeras gags contundentes aludindo a casos de abusos sexuais em Hollywood.

Aliás, até na vestimenta dos convidados à premiação, a luta contra o assédio sexual esteve presente. Exceto por alguns que, talvez, não tenham sido informados a respeito do dress code da cerimônia – ou, na pior das hipóteses, quiseram apenas chamar a atenção – a maioria das estrelas presentes na festa estava vestida de preto, como símbolo de apoio às vítimas de crimes sexuais e combate aos casos de assédio e abusos tão recorrentes em Hollywood e, atualmente, tão expostos na mídia .

Big Little Lies levou o prêmio de Melhor Minissérie ou Telefilme

O ator Casey Affleck, por exemplo, acusado de abuso sexual e vencedor do prêmio de melhor ator de drama no ano passado, foi banido da festa, quebrando a tradição de os vencedores do ano anterior entregarem as estatuetas aos premiados da vez. Mas entre uma atitude consciente e uma antiga tradição, a consciência falou mais alto.

O assunto esteve em pauta na maior parte dos discursos de agradecimento, como na bela oratória de Oprah Winfrey, a primeira mulher negra a ser premiada com um Globo de Ouro honorário pelo conjunto da obra. Em seu discurso, atentou não apenas para o sexismo e as condutas condenáveis de nomes consagrados da indústria, como para o racismo ainda presente.

Outro que fez história foi Sterling K. Brown, de This is Us, que se tornou o primeiro homem negro a ganhar o prêmio de melhor ator em série de drama.

Natalie Portman aproveitou para alfinetar a própria premiação, atentando para o fato de a categoria de melhor direção contar apenas com homens como concorrentes

A atriz Natalie Portman, ao apresentar uma categoria ao lado do cineasta Ron Howard, aproveitou para dar uma cutucada na própria premiação, com o já emblemático “aqui estão todos os homens indicados ao prêmio de melhor direção“, enfatizando o fato de a categoria só contar com indicados do sexo masculino.

Para além da vestimenta e dos discursos engajados, tivemos alguns vencedores previsíveis e outras surpresas. Elisabeth Moss, como melhor atriz em série de drama por The Handmaid’s Tale, e Nicole Kidman, arrematando o Globo de melhor atriz em minissérie por Big Little Lies, já eram mais do que esperadas. Gary Oldman, que iniciou a temporada de prêmios como franco favorito por sua performance como Winston Churchill em O Destino de uma Nação, vinha sendo desbancado por Timothée Chalamet, do belo Me Chame Pelo Seu Nome, nos prêmios da crítica. No Globo de Ouro, recuperou seu favoritismo e pode ser que suas chances de conquistar um careca dourado estejam mais favoráveis.

A verdade é que Globo de Ouro dificilmente produz algum grande impacto no Oscar. Mas veremos.

Três Anúncios Para um Crime foi o vencedor na categoria Melhor Filme de Drama

A surpresa negativa da noite ficou por conta da vitória de Três Anúncios Para um Crime, apontado como Crash 2, resultado que esperamos que não se repita no Oscar.

Abaixo, você confere os vencedores nas principais categorias do Globo de Ouro 2018:

Melhor Filme de Drama
Três Anúncios Para um Crime

Melhor Filme de Comédia/Musical
Lady Bird – A Hora de Voar

Melhor Diretor
Guillermo del Toro (A Forma da Água)

Melhor Ator em Filme de Drama
Gary Oldman (O Destino de uma Nação)

Melhor Atriz em Filme de Drama
Frances McDormand (Três Anúncios Para um Crime)

Melhor Ator em Comédia/Musical
James Franco (Artista do Desastre)

Melhor Atriz em Comédia/Musical
Saoirse Ronan (Lady Bird)

Melhor Ator Coadjuvante
Sam Rockwell (Três Anúncios Para um Crime)

Melhor Atriz Coadjuvante
Allison Janney (Eu, Tonya)

Melhor Filme De Animação
Viva – A Vida é uma Festa

Melhor Filme Estrangeiro
Em Pedaços (Alemanha)

Melhor Roteiro
Martin McDonagh (Três Anúncios para um Crime)

Melhor Trilha Sonora Original
A Forma da Água

Melhor Canção Original
“This Is Me”, Justin Paul e Benj Pasek (O Rei do Show)

Melhor Série de Drama
The Handmaid’s Tale

Melhor Série de Comédia/Musical
The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor Minissérie/Telefilme
Big Little Lies

Melhor Ator em Série de Drama
Sterling K. Brown (This Is Us)

Melhor Atriz em Série de Drama
Elisabeth Moss (The Handmaid’s Tale)

Melhor Ator em Série de Comédia/Musical
Aziz Ansari (Master of None)

Melhor Atriz em Série Comédia/Musical
Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)

Melhor Ator em Minissérie/Telefilme
Ewan McGregor (Fargo)

Melhor Atriz em Minissérie/Telefilme
Nicole Kidman (Big Little Lies)

Melhor Ator Coadjuvante em Série De TV/Minissérie/Telefilme
Alexander Skarsgard (Big Little Lies)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série De TV/Minissérie/Telefilme
Laura Dern (Big Little Lies)

Sugestão de foto: Nicole, Big Little Lies, Oprah, Três Anúncios, Seth Meyers

Andrizy Bento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s