Personalidade: Rede Manchete

“O importante não é ser, ter ou parecer. O importante é fazer, construir e desenvolver” (Adolpho Bloch)

Rede Manchete, a televisão do futuro:

Como falei no texto anterior, nutro uma verdadeira admiração pela emissora de Adolpho Bloch, por seu caráter singular e por priorizar a inovação. Ela trazia uma nova linguagem, desafiando os padrões estabelecidos, constituindo uma identidade própria e se firmando como uma alternativa à Rede Globo. O problema das outras emissoras – e, possivelmente, o motivo de elas amargarem eternamente a vice-liderança – é o fato de quererem copiar e repetir as propostas da Rede Globo, ao invés de surgirem com ideias inovadoras e diferenciadas como a Rede Manchete. A Manchete fazia frente à Globo, porque seus diretores artísticos sabiam que repetecos e plágios não alcançam o sucesso do original, que o importante é ser criativo. Se você quer ter seu espaço e entrar na luta com as concorrentes, você deve ser original; investir em propostas diferentes e ousadas.

Continuar lendo Personalidade: Rede Manchete